HARPA CRISTÃ COMPLETA 640 HINOS

 

1. CHUVAS DE GRAÇA

1 Deus prometeu com certeza,
Chuvas de graça mandar;
Ele nos dá fortaleza,
E ricas bênçãos sem par.

CHUVAS DE GRAÇA,
CHUVAS PEDIMOS SENHOR,
MANDA-NOS CHUVAS CONSTANTES,
CHUVAS DO CONSOLADOR.

2 Cristo nos tem concedido
O santo Consolador,
De plena paz nos enchido,
Para o reinado de amor.

3 Dá-nos, Senhor, amplamente,
Teu grande gozo e poder
Fonte de amor permanente,
Põe dentro de nosso ser.

4 Faze os teus servos piedosos,
Dá-Ihes virtude e valor,
Dando os teus dons preciosos
Do santo Preceptor.    J.R.

2. SAUDOSA LEMBRANÇA

1 Oh! que saudosa lembrança
Tenho de ti, ó Siâo,
Terra que eu tanto amo,
Pois és do meu coração.
Eu para ti voarei,
Quando o Senhor meu voltar;
Pois Ele foi para o céu,
E breve vem me buscar.

SIM, EU PORFIAREI
POR ESSA TERRA DE ALÉM;
E LÁ TERMINAREI
AS MUITAS LUTAS DE AQUÉM
LÁ ESTÁ MEU BOM SENHOR
AO QUAL EU DESEJO VER;
ELE É TUDO P'RA MIM,
E SEM ELE NÃO POSSO VIVER.

2 Bela, mui bela, é a esperança,
Dos que vigiam por ti,
Pois eles recebem força,
Que só se encontra ali;
Os que procuram chegar
Ao teu regaço, ó Sião,
Livres serão de pecar
E de toda a tentação.

3 Diz a Sagrada Escritura
Que são formosos os pés
Daqueles que boas novas
Levam para os infiéis;
E, se tão belo é falar
Dessas grandezas, aqui,
Que não será o gozar
A graça que existe ali.  A.N.

3. PLENA PAZ

1 Plena paz e santo gozo,
Tenho em ti, ó meu Jesus!
Pois eu cri em Tua morte sobre a Cruz;
No Senhor só confiando
Neste mundo viverei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

OH! GLÓRIA AO MEU JESUS!.
POIS É DIGNO DE LOUVOR;
E MEU REI MEU BOM PASTOR,
E MEU SENHOR.
COMO OS ANJOS, QUE O LOUVAM,
EU TAMBÉM O LOUVAREI
ENTOANDO ALELUIAS AO MEU REI!

2 O amor de Jesus Cristo
E mui grande para mim,
Pois Sua graça me encheu de amor sem fim.
Meu Jesus foi para a glória,
Mas um dia eu O verei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

3 Este mundo não deseja
Tão bondoso Salvador,
Não sabendo agradecer Seu grande amor.
Eu, porém, estou gozando
Do favor da Sua lei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

4 Quando o povo israelita
Com Jesus se consertar,
Dando glória ao Seu nome, sem cessar.
Nesse tempo, céu e terra
Hão de ser a mesma grei,
Entoando aleluias ao meu Rei!

4. DEUS VELARÁ POR TI

1 Não desanimes, Deus proverá;
Deus velará por ti;
Sob Suas asas te acolherá;
Deus velará por ti.

DEUS CUIDARÁ DE TI
NO TEU VIVER, NO TEU SOFRER;
SEU OLHAR TE ACOMPANHARÁ;
DEUS VELARÁ POR TI

2 Se o coração palpitar de dor,
Deus velará por ti;
Tu já provaste Seu terno amor.
Deus velará por ti.

3 Nos desalentos, nas provações,
Deus velará por ti;
Lembra-te dEle nas tentações;
Deus velará por ti.

4 Tudo o que pedes Ele fará;
Deus velará por ti;
E o que precisas não negará.
Deus velará por ti.

5 Como estiveres, não temas, vem!
Deus velará por ti;
Ele te entende e te ama bem!
Deus velará por ti.

5. Ó DESCE, FOGO SANTO

1 Espírito, alma e corpo,
Oferto a Ti, Senhor,
Como hóstia verdadeira,
Em oblação de amor.

EU TUDO A DEUS CONSAGRO
EM CRISTO, O VIVO ALTAR
O DESCE, FOGO SANTO,
DO CÉU VEM TU SELAR!

2 Sou teu, ó Jesus Cristo!
Teu Sangue me comprou;
Eu quero a Tua graça,
Pois de ti sempre sou.

3 Espírito divino,
Do Pai a promissão;
Sedenta a alma pede,
A Ti, a santa unção.  J.R.

6. NA MALDIÇÃO DA CRUZ

1 Tu, na maldição da cruz,
Elevaste o teu amor,
Em rogar, Senhor Jesus:
"Pai, perdoa ao transgressor".

QUERES, QUERES, COM VIGOR,
MUITAS ALMAS DESPERTAR;
QUERES, QUERES, Ó SENHOR!
TRANSFORMAR REMIR, CURAR;
OH! SIM! OH! ,SIM!
QUERES TODOS RENOVAR.

2 O Maligno tentador
E o autor da perdição
Do pecado, mal e dor,
Da doença e da aflição.

3 Tu levaste, ó bom Jesus,
O pecado, o mal e a dor,
E a doença, sobre a cruz;
És o grande Salvador!

4 Deus é bom, quer sempre o bem
Do oprimido pecador;
Mal nenhum, em Si, Deus tem;
"Deus é luz, Deus é amor!"   H.M.W.

7. CRISTO CURA, SIM!

1 Contra os. males deste mundo,
Deus nos vale só;
  Não há mal que Deus não cure,
Pois de nós tem dó.
 
CRISTO CURA, SIM, 
CRISTO CURA SIM, 
SEU AMOR POR NÓS É IMENSO; 
ELE CURA, SIM!

2 Derramou Seu sangue puro
P'ra remir a mim; 
Quando ungido sou de azeite,
Sou curado, enfim!

3 Só noss'alma é bem segura,
Oculta em Jesus;
Ele o bálsamo da vida, 
Derramou na cruz.

4 Glória a Deus! Eterna glória,
Demos-Lhe louvor;
Glória, cânticos e hosanas
Dai ao Redentor! "'

8. CRISTO, O FIEL AMIGO

1 Cristo Jesus é fiel amigo,
Ele só. Ele só.
E nas fraquezas está comigo,
Ele só, Ele só.

E NAS LUTAS DE CADA DIA,
CRISTO NUNCA ME DEIXA SÓ;
POIS ELE É MEU SEGURO GUIA,
ELE SÓ, ELE SÓ.

2 Não há amigo mais nobre e digno,
Não, não há; não, não há.
Nem mais humilde e mais benigno,
Não, não há; não, não há.

3 Ao pecador perdoar anela,
Ele só, Ele só;
E pelos Seus santos sempre vela,
Ele só, Ele só;

4 Deus, em Seu Filho, se há comprazido,
N'EIe só, n'Ele só;
Mas Sua glória me há repartido,
D'EIe só, d'Ele só.

5 N'Ele nós temos um firme guia,
N'EIe só, n'Ele só;
A noite enche de alegria,
Ele só, Ele só. J.R.

9. MARCHAI, SOLDADOS DE CRISTO

1 Marchai, soldados de Cristo Jesus,
Marchai, marchai e enfrentai
O inimigo do bem e da luz;
Soldados, avançai!

SIM, AVANÇAR, NÃO RECUAR;
SEM TEMOR, COM VALOR,
MARCHAI, LUTAI, POIS CRISTO VAI
NA VANGUARDA - AVANÇAI!

2 Marchai, soldados, bem alto erguei
O pavilhão da salvação
A Belial, firmes, ousados, vencei;
Vencei a corrupção.

3 Vossa armadura de guerra tomai,
O elmo, sim, da salvação;
E a Espada: a Bíblia levai,
E vencereis, então.

4 Avante, avante, confiando em Jesus,
Fortes sereis por Seu amor,
Marchai invictos, soldados da luz,
Jesus é o vencedor. ***

10. EU TE LOUVO

1 Glória a Deus, o Pai Eterno,
Cujo trono é os céus;
O universo Lhe pertence.
Glória, sim, ao nosso Deus.

EU TE LOUVO! EU TE LOUVO!
OH! JESUS MEU SALVADOR!
DAI-LHE GLÓRIAS, Ó REMIDOS!
POIS SEU SANGUE LIMPA O PECADOR.

2 Glória ao Filho mui amado,
Que merece o louvor,
Demos glória ao Seu nome,
Ao Cordeiro, ao Redentor.

3 Demos nós, ao Santo Espírito,
Mil louvores por seu dom;
Por Sua graça tão imensa,
Glória a Ele, Ele é bom!

4 Glória, glória ao Pai bendito,
Glória, glória a Jesus
Glória dai ao Santo Espírito,
Ao Deus trino, nossa luz.     A.N.

11. Ó CRISTÃO, EIA AVANTE

1 Ó cristãos, eia avante, eia avante!
Por Jesus e Sua Igreja a lutar
Co'a Palavra, essa espada flamante,
Vamos, vamos, irmãos, pelejar.

Ó CRISTÃO SEMPRE AVANTE NA LIDA!
O EVANGELHO COM FÉ A PREGAR
AO TRABALHO O SENHOR NOS CONVIDA,
VAMOS, POIS, COM JESUS PELEJAR.

2 Ó cristãos, eia avante, eia avante!
Boa nova aos perdidos levar;
Por cidades e vilas adiante,
Salvação vamos nós proclamar.

3 Ó cristãos, eia avante, eia avante!
Pois a aurora já vemos raiar
Desse dia em que Cristo, triunfante,
Neste mundo ha de sempre reinar.

4 Ó cristãos, eia avante, eia avante!
Vexilários da fé vamos ser
E a vanguarda do exército brilhante
Que gloriosa vitória há de ter!

5 Ó cristãos, eia avante, eia avante!
Com coragem, sem nada temer;
Com Jesus, divinal comandante,
Nós havemos, irmãos, de vencer. A.T.S.

12. VEM JÁ, PECADOR

1 Pecador, vê a luz, brilha para ti,
Lá da cruz do Salvador,
Onde a vida deu; e do lado Seu
Corre sangue redentor.

Ó VEM JÁ, COMO ESTÁS!
VEM AGORA, AO SALVADOR;
SUA VIDA DEU, TUDO PADECEU;
NÃO DEMORES! VEM JÁ, PECADOR!

2 Na escuridão do Jardim orou
Tão aflito meu Senhor;
Quando pranteou, sangue Seu suou,
No Getsémane em dor!

3 Vê o Salvador co'as feridas mãos
Te chamando, ó pecador!
Vida eterna tem os que n'Ele crêem
E aceitam o Seu amor.

4 Vem a Cristo, vem confessando, já,
Teus pecados, e te ouvirá,
E no coração sentirás o perdão,
Pois Jesus te perdoará.     A.S.

13. JESUS COMPROU-ME

1 Jesus comprou-me do mundo aqui,
Palavras doces são para mim;
Jesus comprou-me e vai me dar
Eterno gozo, celeste lar,
Jesus comprou-me e vai me dar
Eterno gozo, celeste lar.

2 Jesus comprou-me da escravidão,
A paz eu gozo por Seu perdão;
Sou desprezado um pouco aqui,
Mas eu espero gozar ali.
Sou desprezado um pouco aqui,
Mas eu espero gozar ali.

3 Jesus comprou-me e eu fiquei
P'ra sempre livre da dura lei!
Agora espero até Ele vir
P'ra que me leve ao Seu porvir.
Agora espero até Ele vir,
P'ra que me leve ao Seu porvir.

4 O vinde, amigos, e junto a nós,
Ouvi depressa do céu a voz;
- O que demora não chegará,
Porque se perde e morrerá.
- O que demora não chegará,
Porque se perde e morrerá.

5 Jesus comprou-me e me dará
Lugar às mesas que esperam lá.
Ouve o convite, ó pecador,
Pois Jesus Cristo é o Salvador.
Ouve o convite, ó pecador,
Pois Jesus Cristo é o Salvador.          S.N.

14. GOZO EM JESUS

1 Oh! que gozo sinto em Jesus
Que por mim expirou na cruz;
A minh'alma deu divina luz,
Glória a meu Jesus!

QUANTA GLÓRIA VEJO EM JESUS,
GOZO SANTO E BENDITA LUZ:
CUJOS RAIOS BRILHAM LÃ NA CRUZ,
NA QUAL MORREU JESUS.
SEMPRE AVANTE QUERO EU ANDAR,
TÉ NO CÉU CHEGAR.

2 Livre do pecado já estou.
Do abismo me retirou
Sobre a Rocha eterna me firmou;
Glória a meu Jesus!

3 Divinal louvor Jesus me deu;
Harmonia que vem do céu;
cantarei, alegre, Cristo é meu,
Glória a meu Jesus!

4 Esta nova hei de proclamar;
Muitos hão de assim chegar,
E a glória receber, sem par .
Glória a meu Jesus!  J.J.S.

15. CONVERSÃO

1 Oh! quão cego andei e perdido vaguei,
Longe,longe do meu Salvador!
Mas do céu Ele desceu e Seu sangue verteu
P'ra salvar um tão pobre pecador.

FOI NA CRUZ, FOI NA CRUZ, ONDE UM DIA EU VI
MEU PECADO CASTIGADO EM JESUS;
FOI ALI, PELA FÉ, QUE OS OLHOS ABRI,
E AGORA ME ALEGRO EM SUA LUZ.

2 Eu ouvia falar dessa graça sem par,
Que do céu trouxe nosso Jesus;
Mas eu surdo me fiz, converter-me não quis
Ao Senhor, que por mim morreu na cruz.

3 Mas um dia senti meu pecado, e vi
Sobre mim a espada da lei;
Apressado fugi. em Jesus me escondi,
E abrigo seguro nEle achei.

4 Quão ditoso, então, este meu coração,
Conhecendo o excelso amor
Que levou meu Jesus a sofrer lá na cruz;
P'ra salvar a um tão pobre pecador.  H.M.W.

16. DESPERTAR PARA O TRABALHO

1 Posso tendo as mãos vazias,
Com Jesus eu me encontrar?  
Nada fiz, e vão-se os dias  
Que Lhe posso apresentar?

POSSO TENDO AS MÃOS VAZIAS,  
COM JESUS, EU ME ENCONTRAR?
QUANTAS ALMAS PODERIA
AO SENHOR APRESENTAR?

2 Não mais temerei a morte;
Vencerei,por salvo estar;
Qual será a minha sorte,
Se no céu vazio entrar?

3 No celeste lar entrando,
Como irei ao Salvador?
Quantas almas irei levando,
Para meu fiel Senhor?

4 Do pecado, preso em elos,
Passei anos em vão labor;
Quem me dera reavê-los,
P'ra servir ao meu Senhor.

5 Despertemos, já é dia;
Trabalhemos, com fervor;
E levemos. com alegria,
Muitas almas ao Senhor.  S.L.

17. PENSANDO EM JESUS

1 Nas horas que passo pensando em Jesus
As trevas desfaço, buscando a luz;
Que horas de vida, tão doces p'ra mim,
Jesus me convida, que eu suba p'ra Si!

2 Da vida voando, sem nenhum temor;
Acima buscando do véu o amor
Que doce ventura, que aspecto feliz,
Que nova natura minh'alma bendiz.

3 Do mar o bramido da brisa o langor
Da ave o carpido de doce amor,
Me falam sentidos acordes dos céus
Me trazem aos ouvidos os hinos de Deus!

4 Minh'alma ansiosa já quer percorrer
A senda gloriosa que eu hei de ver;
Que coisa tão bela; oh! que luz sem véu!
Jesus me revela mistérios do céu. "'"

18. GRATA NOVA

1 Grata nova Deus proclama
Hoje, ao mundo pecador!
Doce nova revelada,
Lá na cruz do Salvador;
Cego e desviado, o homem,
Dos caminhos do Senhor,
Desconhece e desconfia
Deste Deus, o Deus de amor.

GRATA NOVA, DOCE NOVA,
VEM DOS LÁBIOS DO SENHOR;
ESCUTAI COM ALEGRÌA:
"DEUS É LUZ, DEUS É AMOR"

2 Com ofertas e obras mortas,
Sacrifícios sem valor,
Enganado, pensa o homem,
Propiciar Seu Criador,
Meios de salvar-se inventa;
Clama, roga em seu favor,
A supostos mediadores,
Desprezando o Deus de amor.

3 Luz divina, resplandece!
Mostra ao triste pecador,
Que na cruz estão unidos
A justiça e o amor.
Fala aos corações feridos,
Mostra-te, Deus Salvador;
E sem fim, proclamaremos:
"Deus é luz Deus é amor"      A.S.

19. O CONVITE DE CRISTO

1 Eis. a voz de Cristo clama,
Sobre o revoltoso mar
Desta vida perigosa:
"Vinde em Mim vos abrigar".

2 Quando outrora em Galiléia,
Essa doce voz soou,
Logo, o coração ouvinte,
Tudo, pronto, abandonou.

3 Sobre as vozes sedutoras,
De mundanas atrações,
Clama a meiga voz de Cristo:
Dai-me vossos corações!"

4 Quer no meio dos prazeres,
Quer no dia da aflição
Inda clama, paciente: ,
"Amas-Me tu, ó cristão?"

5 Na vereda estreita e santa,
Já pisada por Jesus,
A segui-Lo Ele te chama:
"Vem, cristão, andar na luz!"

6 Dessa cruz angustiosa,
Onde brilha seu amor,
Ouve a voz que te convida,
Ouve e segue, pecador!  H.M.W.

20. OLHAI P'RA O CORDEIRO DE DEUS

1 Livres de pecado vós quereis ficar?
Olhai p'ra o Cordeiro de Deus!
Ele morto foi na cruz p'ra vos salvar;
Olhai p'ra o Cordeiro de Deus!

Olhai p'ra o Cordeiro de Deus,
Olhai p'ra o Cordeiro de Deus
Porque, só Ele vos pode salvar.
Olhai p ra o Cordeiro de Deus!

2 Se estais tentados, em hesitação,
Olhai p'ra o Cordeiro de Deus!
Ele encherá o vosso coração
Olhai p'ra o Cordeiro de Deus!

3 Se estais cansados e sem mais vigor,
Olhai p'ra o Cordeiro de Deus!
Ele vos, quer dar Seu divinal amor,
Olhai p ra o Cordeiro de Deus!

4 Se na vossa senda sombras vêm cair,
Olhai p'ra o Cordeiro de Deus!
Ele com Sua graça tudo quer suprir
Olhai p'ra o Cordeiro de Deus!      H.E.N.

21. GLORIOSA AURORA

1 A gloriosa aurora vem,
Do dia em que lá em Belém
Nasceu de Deus, o Filho;
Que belo dia e de luz,
No qual p'ra nós desceu Jesus,
Do céu mostrando o trilho.
Quantos santos hoje lembram,
E relembram a história
De Jesus, o Rei da Glória!

2 Nasceu Jesus lá em Belém,
Trazendo-nos o sumo bem
Do céu - a liberdade;
Nos concedeu perfeita paz,
Consolação que satisfaz
Por toda a eternidade!
Como fomos desgarrados,
Desviados e perdidos!
Hoje somos redimidos!

3 Conosco Cristo habitará
Com Seu poder nos velará,
Nos dando livramento;
E sempre há de nos guiar
Pois Sua graça vai nos dar
Em todo o sofrimento,
'Scuta: Luta sempre forte,
Té a morte, pois ajuda
Tens em Cristo, que não muda!

4 Jesus desceu p'ra nos salvar,
O sol da Graça vem brilhar,
Alegres jubilemos;
Jesus, ó nosso Bom Pastor,
Vem nos guiar com Teu amor;
A Ti nós pertencemos
Almas salvas, perdoadas,
Libertadas hoje oram,
Reverentes Te adoram!  O.N.

22. CEIA DO SENHOR

1 Em nossa alma nós tomamos
O teu corpo, ó Jesus
Como oferta voluntária,
Que nos deste lá na cruz.

COMO PÃO DO CÉU DESCESTE,
VAMOS A TI RECEBER,
POIS UNIDOS AO TEU CORPO,
NÓS QUEREMOS, SIM, VIVER.

2 Em figura, o Teu sangue
Nós bebemos, ó Senhor,
Pois só nEle há virtude
P'ra salvar o pecador.

3 Vem, concede à Tua Igreja
O perdão do Teu amor,
Para que nos dois emblemas,
Contemplemos-Te, Senhor.

4 O Senhor, por Teu Espírito
Em nós vem já residir,
P'ra Teu corpo e Teu sangue
Nós podermos discernir.  J.B.C.

23. GLÓRIA A JESUS

1 Cantam os santos com fervor,
A Quem por mim foi imolado,
Na cruz, sofrendo o meu pecado.

GLÓRIA A JESUS!
GLÓRIA A JESUS!
GLÓRIA A JESUS, O SALVADOR!

2 Deus é o Justificador
De quem crer no Seu Enviado
Sim, no Seu Filho mui amado.

3 Do Seu Pai recebeu louvor,
E com poder foi exaltado,
Por isso é glorificado.

4 Do "Sangue Purificador",
Eu quero sempre ter lembrança
E nEle ter mais confiança.

5 Por nós, na cruz, sofreu a dor,
Com sangue fomos nós comprados,
E do pecado resgatados.  P.L.M.

24. PODER PENTECOSTAL 

1 No Pentecostes sucedeu
O que Jesus falou,
Pois de repente lá do céu
Um vento assoprou
Que veio a casa toda encher
E os corações com mui poder.

PODER, PODER, PODER PENTECOSTAL.
O VEM NOS INFLAMAR,
TAMBÉM NOS RENOVAR;
O VEM, SIM, VEM, Ó CHAMA DIVINAL,
TEUS SERVOS BATIZAR.

2 Em cada um veio repousar
A preciosa luz,
O Preceptor que veio ficar
Co'os servos de Jesus;
Foi o fogo santo do Senhor,
Que os encheu com Seu vigor.

3 E começaram a falar,
Repletos de poder,
Em outras línguas exaltar
Ao que mandou trazer
Os ricos dons do Seu amor
E o poder consolador.

4 E quem deseja receber
Esta água salutar,
Que é prometida ao que crer
E humilde esperar,
Perseverando em oração,
Terá poder seu coração.  A.S.

25. JESUS, TU ÉS BOM

1 Meu Jesus, Tu és bom;
Tu és tudo p'ra mim!
Foste morto, mas vives em mim;
Tu mereces louvor,
O Cordeiro de Deus!
Tu és tudo, sim, tudo p'ra mim!

2 Quero a Ti dar louvor,
Pois és Rei sobre reis;
Tu és tudo, mas nada eu sou;
Enche meu coração
De ternura e paz
Honra eterna e glória Te dou.

3 O Teu Nome é amor,
Pois Tu amas a mim,
E eu quero andar neste amor;
Triunfante estou,
Confiando em Ti,
Meu Jesus, grande Consolador.

4 Ó Ungido de Deus
Trazes paz e perdão;
Salvação, vida, tens para os Teus:
Que mensagem do Céu
E de transformação,
Enviada do trono de Deus!  J.Car.

26. A FORMOSA JERUSALEM 

1 Quão glorioso, cristão, é pensares
Na cidade que não tem igual,
Onde os muros são de puro jaspe,
E as ruas de ouro e cristal;
Pensa como será glorioso
Ver-se a triunfal multidão,
Que cantando, aguarda a chegada
Dos que vencem a tribulação.

2 Pensa como será glorioso
Ver o rio da vida e luz,
Cujas margens juncadas de lírios,
São a glória de nosso Jesus;
Haverá lá perpétua aurora,
Pois Deus mesmo a alumiará;
E o Cordeiro, com Sua esposa,
Noite e dia resplandecerá.

3 Pensa na celestial melodia
Que a terra encherá, de Beulá;
E das harpas a doce harmonia
Ao passar o Jordão se ouvirá.
Mesmo em dores que levem à morte,
Sê constante, não voltes atrás,
Tua herança, tua eterna sorte,
E Jesus, o Fiel, o Veraz.

4 Se é glorioso pensar nas grandezas,
Nos prazeres que acodem aqui,
Qual será desfrutar as riquezas
Que esperam os salvos, ali?
Os encantos do mundo não podem
Ofuscar essa glória d'além;
Não almejas viver, õ amigo,
Nessa formosa Jerusalém?  E.C.

27. AMOR QUE VENCE

1 Amor, que por amor desceste! 
Amor, que por amor morreste! 
Ah! quanta dor não padeceste, 
Meu coração p'ra conquistar, 
E meu amor ganhar!

2 Amor, que com amor seguias!
A mim, que sem amor Tu vias!
Oh! quanto amor por mim sentias, 
Meu Salvador, meu bom Jesus,  
Sofrendo sobre a cruz! 

3 Amor, que tudo me perdoas! 
Amor, que até mesmo abençoas!
Um réu de quem Te afeiçoas!
Por Ti vencido, ó Salvador, 
Eis-me aos Teus pés, Senhor! 

4 Amor, que nunca, nunca mudas,
Que nos Teus braços me seguras, 
Cercando-me de mil venturas!  
Aceita agora, Salvador,  
O meu humilde amor!  H.M.W.

28. DEUS VAI TE GUIAR

1 Andas carregado de tristeza e dor,
Sem nenhum auxílio, nem um Salvador?
Ouve a mensagem de teu bom Jesus,
E tem mais coragem, leva a tua cruz.

DEUS VAI TE GUIAR COM SUA FORTE MÃO;
PODES DESCANSAR NA TRIBULAÇÃO;
SEJA TUA VIDA LIVRE DE PESAR;
EM TRISTEZA E LIDA DEUS VAI TE GUIAR.

2 Toda carga por ti Ele quer levar;
Alma dolorida, ouve o Seu falar;
Senda espinhosa Ele já andou
Morte afrontosa por ti suportou.

3 Se estás tentado Deus te a ajudará,
Sempre confiando, te Iibertará
As pisadas segue do teu Salvador,
Crendo em Deus, prossegue, seja como for.  F.V.

29. O PRECIOSO SANGUE

1 Oh! que precioso sangue,
Meu Senhor verteu,
Quando, para resgatar-nos,
Padeceu!

2 Oh! que precioso sangue,
Sangue de Jesus,
Que por nós, foi derramado
Sobre a cruz!

3 Oh! que precioso sangue,
Sangue remidor!
Sim, com este nos remiste,
Redentor!

4 Oh! que precioso sangue,
Sangue expiador!

Eis o que da pena livra
O malfeitor!

5 Oh! que precioso sangue,
Purificador!
Que de toda a mancha lava
O pecador!

6 Oh! que precioso sangue,
Fala-nos de paz:,
Tudo quanto à lei exige,
Satisfaz!

7 Oh! que precioso sangue,
Por Ele entrarei
Sem receio, na presença
Do meu Rei!

8 Oh! que precioso sangue,
Do bom Salvador!
Hoje, a todos manifesta
Seu amor!   H.M.W.

30. NÃO SOU MEU

1 Não sou meu! Por Cristo salvo,
Que por mim morreu na cruz,
Eu confesso alegremente,
Que pertenço ao bom Jesus.

NÃO SOU MEU! OH! NÃO SOU MEU!
BOM JESUS, SOU TODO TEU!
HOJE MESMO E PARA SEMPRE,
BOM JESUS, SOU TODO TEU!

2 Não sou meu! Por Ele remido,
Quando o sangue derramou;
Na Sua graça confiando,
Que minh'alma resgatou.

3 Jamais meu! A Ti confio
Tudo quanto chamo meu
Tudo nas Tuas mãos entrego;
Meu Senhor, sou todo Teu!

4 Jamais meu! Ó santifica
Tudo quanto sou, Senhor! 
Da vaidade e da soberba,
Vem livrar-me, Salvador.  H.M.W.

31. GLORIA AO MEU JESUS

1 Por mim sofreu o Salvador,
Glória! Glória ao meu Jesus!
Louvai, comigo, ao Redentor!
Glória! Glória ao meu Jesus!

JESUS! JESUS! O SALVADOR!
E DOCE O NOME DO SENHOR;
ABRASA-ME COM SANTO AMOR;
GLÓRIA! GLÓRIA AO MEU SENHOR.

2 C'os meus pecados carregou,
Glória! Glória ao meu Jesus!
E sobre a cruz me resgatou.
Glória! Glória ao meu Jesus!

3 Eu sei que, perdoado estou,
Glória! Gloria ao meu Jesus!
E, com certeza, ao céu eu vou!
Glória! Glória ao meu Jesus!

4 E, quando a guerra aqui findar,
Glória! Glória ao meu Jesus!
No céu, melhor, eu vou cantar,
Glória! Glória ao meu Jesus!  H.M.W.

32. MEU CRISTO! MEU CRISTO!

1 Quem do Céu por mim desceu,
Tudo em meu lugar sofreu,
E por mim na cruz morreu?
Foi Cristo! Foi Cristo!

OS MEUS PECADOS EXPIOU:
DE TODA A PENA ME LIVROU!
DA MALDIÇÃO ME RESGATOU,
MEU CRISTO! MEU CRISTO!

2 Quem me trouxe, qual pastor,
Seu cordeiro com amor?
Quem quis ser meu Salvador?
Foi Cristo! Foi Cristo!

3 Quem com branda compaixão,
Derreteu meu coração.
Deu-me plena salvação?
Foi Cristo! Foi Cristo!

4 Quem diz: "Não te deixarei,
Nem te desampararei
Sempre te socorrerei?"
É Cristo! É Cristo!

5 Quem é digno de louvor?
Quem merece o meu amor?
É Jesus, meu Salvador,
Meu Cristo! Meu Cristo!

AS MINHAS TREVAS DISSIPOU!
MINHA ALMA ENFERMA ELE SAROU!
MEU CORAÇÃO ELE ALEGROU!
MEU CRISTO! MEU CRISTO!  H.M.W.

 

33. COM TUA MÃO SEGURA

1 Com Tua mão, segura bem a minha,
Pois eu tão fraco sou, ó Salvador!
Que não me atrevo a dar nem um só passo
Sem Teu amparo, meu Jesus Senhor!

2 Com Tua mão, segura bem a minha,
E mais e mais unido a Ti, Jesus.
O traze-me, que nunca me desvie
De Ti, Senhor, a minha Vida e Luz!

3 Com Tua mão, segura bem a minha,
E, pelo mundo, alegre seguirei;
Mesmo onde as sombras caem mais escuras
Teu rosto vendo, nada temerei.

4 E, se chegar à beira desse rio,
Que Tu por mim quiseste atravessar,
Com Tua mão segura bem a minha,
E sobre a morte eu hei de triunfar.

5 Quando voltares esses céus rompendo,
Segura bem a minha mão, Senhor,
E, meu Jesus, ó leva-me contigo,
Para onde eu goze Teu eterno amor. H.M.W.

34. MILÍCIA DE JESUS

1 Milhares de milhares em refulgente luz!
Eis os guerreiros santos, milícia de Jesus!
Completa sim, completa sua longa luta aqui
Com Cristo, seu Senhor e Rei, vão descansar ali;

2 Que doces sinfonias enchem a terra e o céu!
Que coros d'aleluias rompem além do véu!
E que chegou o dia, o dia triunfal,
E Cristo reinará, enfim, em glória divinal.

3 Então não há mais choro nem há mais tentação;
As dores, as tristezas p'ra sempre fugirão,
E os remidos todos verão seu Salvador;
E transformados, todos, serão como o Senhor.  H.M.W.

35. O GRANDE AMOR

1 O grande amor de meu Jesus
Por mim morrendo sobre a cruz,
Da perdição p'ra me salvar;
Quem poderá contar?

Quem pode o Seu amor contar?
Quem pode o Seu amor contar?
O grande amor do Salvador,
Quem poderá contar?

2 O cálice que Jesus bebeu,
A maldição que padeceu,
Tudo por mim, p'ra me salvar,
Quem poderá contar?

3 A zombaria tão cruel,
A cruz sangrenta, o amargo fel,
Que Ele sofreu p'ra me salvar;
Quem poderá contar?

4 Incomparável Salvador!
Quão inefável Teu amor!
Quão impossível de sondar!
Imenso e sem par!  H.M.W.

36. O EXILADO

1 Da linda Pátria estou bem longe;
Cansado estou;
Eu tenho de Jesus saudade,
Oh, quando é que eu vou?

Passarinhos, belas flores,
Querem m'encantar;
São vãos terrestres esplendores,
Mas contemplo o meu Lar.

2 Jesus me deu a Sua promessa;
Me vem buscar;
Meu coração está com pressa,
Eu quero já voar.
Meus pecados foram muitos,
Mui culpado sou;
Porém, Seu sangue põe-me limpo;
Eu para Pátria vou.

3 Qual filho de seu lar saudoso,
Eu quero ir;
Qual passarinho para o ninho,
P'ra os braços Seus fugir;
É fiel - Sua vinda é certa,
Quando... Eu não sei.
Mas Ele manda estar alerta;
Do exílio voltarei.

4 Sua vinda aguardo eu cantando;
Meu lar no céu;
Seus passos hei de ouvir soando
Além do escuro véu.
Passarinhos, belas flores,
Querem m'encantar;
São vãos terrestres esplendores,
Mas contemplo o meu lar. J.H.N.

37. CRISTO P'RA MIM

1 Oh! que descanso em Jesus encontrei!
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!
Oh! que tesouros infindos achei!
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!
'Scolham os outros o mundo p'ra si:
Busquem riquezas, delícias aqui;
Eu 'scolherei, ó Jesus, sempre a Ti!
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!

2 Quer na aflição, na doença, ou na dor:
Cristo p'ra mim! Cristo p ra mim!
Quer na saúde, na força ou vigor;
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!
Sempre ao meu lado p'ra me socorrer,
Com Seu amor, sim, e com Seu poder;
Em cada transe pronto a me valer
Cristo p'ra mim. Cristo p'ra mim!

3 No dia amargo da perseguição:
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!
Nas duras provas e na tentação:
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!
Ele, o pecado e o mundo venceu
Quando por mim, no Calvário morreu;
E da vitória a certeza me deu;
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!

4 Quando no vale da morte eu entrar,
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!
Quando perante meu Deus m'encontrar:
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!
Só no Teu sangue confio, Senhor,
Só no Teu sempre imutável amor!
Inda outra vez cantarei, Salvador:
Cristo p'ra mim! Cristo p'ra mim!   H.M.W.

38. O SENHOR E REI 

1 Proclamai a todo o mundo que o Senhor é Rei!
Proclamai! Proclamai!
Proclamai que suave e doce é Sua santa lei!
Proclamai! Proclamai!
Proclamai como Ele se chama Salvador Jesus,
Como Ele por nós morreu na ensangüentada cruz,
Como Ele - o Cordeiro - sobre o trono está
O Deus de toda graça, que de graça tudo dá.

Proclamai a todo o mundo que o Senhor é Rei!
Proclamai! Proclamai!
Proclamai que suave e doce é Sua santa lei!
Proclamai! Proclamai!

2 Proclamai que reina em graça nosso Salvador!
Proclamai! Proclamai!
Que por cetro de Seu remo Ele tem o Amor!
Proclamai! Proclamai!
Anunciai aos tristes que Ele vive lá;
E a todos os cansados que descanso Ele dá;
Contai aos pecadores que Ele veio salvar,
E a todos os cativos que Ele os pode libertar.

3 Proclamai que Ele do céu em breve descerá!
Proclamai! Proclamai!
E com todos os Seus santos aparecerá!
Proclamai! Proclamai!
Que, sem demora, venham todos se render
E, com amor em tudo a Cristo obedecer
Que estejam todos prontos quando Ele voltar,
E alegres, naquele dia, "Rei dos reis',o aclamar.  H.M.W.

39. ALVO MAIS QUE A NEVE

1 Bendito seja o Cordeiro
Que na cruz por nós padeceu!
Bendito seja o Seu sangue,
Que por nos, ali Ele verteu!
Eis nesse sangue lavados,
Com roupas que tão alvas são,
Os pecadores remidos,
Que perante seu Deus já estão!

ALVO MAIS QUE A NEVE!
ALVO MAIS QUE A NEVE!
SIM, NESSE SANGUE LAVADO,
MAIS ALVO QUE A NEVE SEREI.

2 Quão espinhosa a coroa
Que Jesus por nós suportou!
Oh! Quão profundas as chagas,
Que nos provam quanto Ele amou!
Eis nessas chagas pureza
Para o maior pecador!
Pois que mais alvo que a neve,
O Teu sangue nos torna. Senhor!

3 Se nós a T i confessarmos,
E seguirmos na Tua luz,
Tu não somente perdoas,
Purificas também, ó Jesus;
Sim, e de todo o pecado!
Que maravilha de amor!
Pois que mais alvo que a neve,
O Teu sangue nos torna, Senhor.  H.M.W.

40. A CIDADE DO BOM DEUS

1 Que se diz dos teus encantos,
Ó cidade do bom Deus!
Que soberba te levantas
Entre as glórias desses céus,
Desde o mundo preparada
Para Cristo e para os Seus.

2 São de jaspe adamantino
Os teus muros, ó Sião!
São douradas essas ruas,
Que os remidos pisarão!
De celeste luz banhadas,
Refulgentes sempre estão!

3 Pelo próprio Deus fundada
Sobre a Rocha secular
Quão seguras tuas portas!
Quem as pode ameaçar?
Igualmente, quão seguro
Quem por ela lá entrar!

4 Quão felizes são teus filhos,
Vendo a face do Senhor!
Nunca mais a fome sentem,
Nunca sentem mais a dor,
Com os anjos desfrutando
Pleno gozo, paz e amor!

5 Eis o trono do Cordeiro,
Noite e dia, sem cessar
Corre o rio de água viva,
Para todos saciar
Lá com Cristo, vão teus filhos,
Satisfeitos descansar!

6 Se, por teu amor infindo,
De Sião eu filho for,
Zombe o mundo e escarneça,
Nada imporia, Salvador
Pois que do Teu gozo eterno
Mesmo aqui tenho o penhor!  H.M.W

41. A CRISTO COROAI

1 A Cristo coroai! Que por nós encarnou,
E Deus, o Santo Deus e Pai, aos homens revelou
Eis Sua compaixão! Eis Sua mansidão!
Quem vê a Cristo, vê ao Pai; sim, vê Seu coração

2 A Cristo coroai! De tudo o Criador,
O Filho do eterno Deus, do mundo, o Salvador,
Jesus Emanuel, o grande Redentor!
Em busca dos perdidos, vem o nosso Bom Pastor

3 A Cristo coroai! Que sobre a cruz, ganhou
Por nós eterna redenção e para o céu voltou!
Ele é o Rei dos reis! O Príncipe da paz!
Jesus, da morte, o vencedor, que a salvação nos traz.

4 A Cristo coroai! De todos o Senhor,
A quem a multidão dos céus aclama com fervor!
Eis o Cordeiro ali, que sobre o trono está!
Que vive e reina lá por nós, e cedo voltará  H M W

42. SAUDAI JESUS

1 Saudai o nome de Jesus!
Arcanjos, vos prostrai;
Arcanjos, vos prostrai;
Ao Filho do eterno Deus,
Com glória, glória,
Glória, glória,
Com gloria, coroai!

2 Ó escolhida geração
Do bom eterno Pai,
Do bom eterno Pai;
Ao grande Autor da salvação,
Com glória, glória,
Glória, glória,
Com glória, coroai!

3 Ó perdoados, cujo,amor
Bem triunfante vai,
Bem triunfante vai,
Ao Deus Varão, Conquistador,  
Com glória, glória, 
Glória, glória,  
Com qlória, coroai!

4 Ó raças tribos e nações,
Ao Rei dos reis honrai!
Ao Rei dos reis honrai!
A quem quebrou vossos grilhões, 
Com glória, glória, 
Glória, glória
Com glória, coroai! J.H.N.  

43. DOCE LAR

1 Na Pátria celeste, de Deus o doce lar,
Prepara Jesus, para os Seus, um lugar, 
Pois longe do mal do pecado e da dor 
Consigo p'ra sempre os quer ter seu Senhor. 

OH! DOCE, DOCE LAR! 
ALI, COM JESUS, VOU PARA SEMPRE DESCANSAR. 

2 Oh! lar sacrossanto de paz e de amor! 
Ali sobre o trono, verei meu Senhor, 
O meigo Cordeiro. reinando em luz, 
Por todos louvado, bendito Jesus! 

3 Que puras delícias se encontram em ti! 
Que gozos supremos esperam ali, 
Aqueles a quem junto a Si Deus quer ter,
E perpetuamente os satisfazer! 

4 Não são seus prazeres que anseio gozar, 
Mas, sim, com Jesus para sempre morar! 
Jamais desonrá-Lo, jamais ofender 
A quem, p'ra ganhar-me, por mim quis morrer.  H.M. W.


44. OH! OUE GLÓRIA! 

1 Meu Senhor, que me salvaste,  
Teu, e Teu somente, eu sou;  
Com Teu sangue me saraste;  
Glória, glória a Ti Te dou.   


OH! QUE GLÓRIA! OH! QUE GLÓRIA!  
GOZO EM MEU CORAÇÃO!   
EU CONFIO EM JESUS,   
E, CRENDO TENHO SALVAÇÃO   
OH! QUE GÍÓRIA! OH! QUE GLÓRIA!  
GOZO EM MEU CORAÇÃO!   
EU CONFIO EM JESUS,   
E EM SEU SANGUE ACHEI PERDÃO.  

2 Para obter tão grande gozo,  
Muito e muito trabalhei;  
Mas debalde todo esforço,  
Crendo só é que O achei.  

3 Confiando, confiando,  
Sempre e só, Jesus, em Ti,  
Teu poder e Tua graça  
Podem bem guardar-me a mim.  

4 Consagrado ao Teu serviço,  
Quero eu p'ra Ti viver;  
Dando sempre o testemunho  
De Tua graça e Teu poder.  H.M.W. 

45.  REDENTOR ONIPOTENTE   

1 Redentor onipotente,   
Poderoso Salvador,   
Advogado onisciente   
E Jesus, meu bom Senhor.

Ó AMANTE DA MINH'ALMA,
TU ÉS TUDO PARA MIM! 
TUDO QUANTO EU CAREÇO    
ACHO, JESUS, SÓ EM TI.   

2 Um abrigo sempre perto,   
Para todo o pecador;   
Um refúgio sempre aberto,   
É Jesus, meu Salvador.

3 Água viva! Pão da Vida!
Doce sombra no calor,
Que ao descanso nos convida,
É Jesus, meu Salvador!

4 O Cordeiro imaculado,
Que Seu sangue derramou,
Meus pecados expiando,
A minh'alma resgatou.

5 Fundamento inabalável!
Rocha firme e secular!
Infalível! Imutável!
Quem mo poderá tirar?

6 O caminho que, seguro
Sempre para o céu conduz,
Quem a Cristo pronto segue
Quem tomar a sua cruz.  H.M.W.

46. UM PENDÃO REAL

1 Um pendão real vos entregou o Rei
A vós, soldados Seus
Corajosos, pois, em tudo O defendei,
Marchando para os céus.

COM VALOR! SEM TEMOR!
POR CRISTO PRONTOS A SOFRER!
BEM ALTO ERGUEI O SEU PENDÃO,
FIRMES SEMPRE, ATÉ MORRER!

2 Eis formados já os negros batalhões
Do grande Usurpador!
Declarai-vos, hoje, bravos campeões;
Avante sem temor.

3 Quem receio sente no seu coração,
E fraco se mostrar,
Não receberá o eterno galardão,
Que Cristo tem p'ra dar.

4 Pois sejamos, todos, a Jesus leais,
E a Seu real pendão;
Os que na batalha sempre são fiéis,
Com Ele reinarão.  H.M.W.

47. ROCHA ETERNA

1 Rocha eterna. meu Jesus,
Que, por mim, na amarga cruz,
Foste morto eu meu lugar,
Morto para me salvar;
Em Ti quero me esconder,
Só Tu podes me valer.

2 Minhas obras, eu bem sei,
Nada valem ante a lei;
Se eu chorasse sem cessar,
Trabalhasse sem cansar,
Tudo inútil, tudo em vão!
Só em Ti há salvação.

3 Nada trago a ti, Senhor!
'Spero só em Teu amor!
Todo indigno e imundo sou,
Eis, sem Ti, perdido estou!
No Teu sangue, ó Salvador,
Lava um pobre pecador.

4 Quando a morte me chamar,
E ante Ti me apresentar,
Rocha eterna, meu Jesus,
Que por mim, na amarga cruz,
Foste morto em meu lugar, .
Quero em Ti só me abrigar.          H.M.W

48. O DIA DO TRIUNFO DE JESUS

1 Quando lá do céu descendo, para os Seus, Jesus voltar,
E o clarim de Deus a todos proclamar,
Que chegou o grande dia do triunfar do meu Rei
Eu, por Sua imensa graça, lá estarei.

QUANDO ENFIM, CHEGAR O DIA
DO TRIUNFAR DO MEU REI,
QUANDO ENFIM, CHEGAR O DIA,
PELA GRAÇA DE JESUS EU LÁ ESTAREI!

2 Nesse dia, quando os mortos hão de a voz de Cristo ouvir,
E dos seus sepulcros hão de ressurgir,
Os remidos reunidos, logo aclamarão seu Rei,
E por Sua imensa graça, lá estarei.

3 Pelo mundo, rejeitado foi, Jesus, meu Salvador.
Desprezaram, insultaram meu Senhor,
Mas, faustoso, vem o dia do triunfar do meu Rei,
E, por Sua imensa graça, lá estarei.

4 Em mim mesmo, nada tenho em que possa confiar,
Mas Jesus morreu na cruz p'ra me salvar;
Tão somente n'Ele espero, sim, e sempre esperarei,
Pois, por Sua imensa graça, lá estarei.   H.M.W.

49. ALELUIA! JA CRElO 

1 Deus tem prometido a salvação dar,
A quem em Seu Filho Jesus confiar.

ALELUIA! JÁ CREIO EM CRISTO JESUS.
E SALVO JÁ ESTOU, PELO SANGUE DA CRUZ!

2 Foi tal Seu amor, que me substituiu,
E sobre o Calvário, minh'alma remiu!

3 Não posso jamais desse amor duvidar;
Não posso senão aos Seus pés me prostrar.

4 E, quando, na glória, eu vir meu bom Rei,
Com todos os santos ali cantarei.        H.M.W.

50. SEMPRE FIÉIS 

1 Sempre fiéis, sim a Ti, nós seremos,
Por Tua graça, ó Cristo Senhor!
Sempre fiéis, sim por Ti lutaremos,
Sob Teu pendão, ó, Jesus, Salvador!

SEMPRE FIÉIS, IRMÃOS! IRMÃOS SEJAMOS.
SEMPRE FIÉIS A CRISTO JESUS.
QUE ATÉ À MORTE, POR NÓS PROSSEGUIU,
E LIBERTOU-NOS, MORRENDO NA CRUZ!

2 Por Ti viver, ó bendito Cordeiro,
Quem não deseja - se Te conhecer?
Quem, que se diga cristão verdadeiro,

Pronto não 'steja, por Ti a sofrer?

3 Mas, Salvador quão fraquinhos nós somos,
Como podemos deixar de cair,
Se por Ti mesmo guardados não formos
Quem, té à morte, Te pode seguir?

SEMPRE FIÉIS, SIM, MESMO ATÉ À MORTE!
SEMPRE FIÉIS - TOMEMOS A CRUZ!
EIS A DIVISA QUE A NÓS NOS PERTENCE
AOS LIBERTADOS POR CRISTO JESUS!   H.M.W

51.  ADORAÇÃO RECONHECIDA 

1 Ó minh'alma, sem demora,  
Ergue-te para entoar,  
Os louvores do teu Cristo,  
E Seu nome celebrar!  
P'ra remir-te, p'ra remir-te,  
Sua vida Ele quis dar!  

2 Minha condição tão triste  
Conheceu meu Salvador;  
Que dos céus desceu à terra,  
Para ser meu Redentor!  
Oh! Quão grande! Oh! Quão grande!  
É o amor de meu Senhor!  

3 Condenado, justamente,  
Que podia eu fazer,  
Dessa pena p'ra livrar-me,  
O perdão p'ra merecer?  
O Seu sangue, o Seu sangue  
Quis Jesus por mim verter!  

4 Com meus crimes carregado,  
Lá na cruz, em meu lugar,  
Foi Jesus crucificado,  
A minh'alma p'ra salvar;  
Vinde todos! Vinde todos,  
Já comigo, O adorar! H.M.W

52. TUDO ESTÁ BEM

1 Pelo amor de Deus bendito,  
Vai tudo bem!
Seu amor é infinito:
Tudo está bem!
Esse amor nos tem provado,
Em Seu Filho muito amado,
Que, por nós, foi imolado.
Sim, sim, 'stá bem!

2 Cristo, agora, o cetro empunha:
Vai tudo bem!
Quem morreu é quem governa:
Tudo está bem!
Seu amor é imutável,
Seu poder inabalável,
Seu cuidado é incansável.
Sim, sim, 'stá bem!

3 A fé canta na tristeza:
Vai tudo bem!
Canta, sim, e com firmeza:
Tudo está bem!
Pois se Deus é quem nos guia,
Ternamente nos vigia,
Com bondade, noite e dia.
Sim, sim, 'stá bem!

4 Por caminhos escabrosos,
Vai tudo bem!
Ou por mares tormentosos,
Tudo está bem!
A Jesus tudo obedece;
Sempre o mesmo permanece!
Nem um só dos Seus esquece!
Sim, sim, 'stá bem!

5 Quer na vida, quer na morte,
Vai tudo bem!
Quão feliz é nossa sorte!
Tudo está bem!
Pelo sangue resgatados,
E do mundo separados.
Sempre por Jesus guardados,
Sim, sim, 'stá bem   H.M.W.

53. A ESPERANÇA DA IGREJA  

1 Até que volte o Salvador
Cercando a mesa do Senhor,  
A Ceia vimos celebrar,  
De Cristo, a morte anunciar,  
E com humilde devoção,  
Render a Deus adoração.  

2 Até que volte o Salvador  
Aqui mostremos Seu amor;  
Com viva fé e gratidão 
Participemos deste pão,  
Obedientes a Jesus.  
Lembrando assim a Sua cruz!  

3 Até que volte o Salvador 
Bebendo o cálice do Senhor,  
Seu nome queremos bendizer,  
E mais e mais engrandecer,  
O Sangue que Ele derramou,  
O Sangue que nos resgatou!  

4Se duras são as provações,  
Se fortes as perseguições,  
Se as lutas fazem-se sentir,  
E custa-nos as resistir,  
Não nos deixemos perturbar;  
São só até Jesus voltar!  

5 Bem prontos para O receber,  
Devemos sempre aqui viver;  
O tempo foge, o dia vem,  
A glória esperamos além,  
Pois trabalhemos, com fervor  
Até que volte o Salvador. H.M.W  

54. LOUVEMOS AO REDENTOR  

1 Minh'alma, louva ao Redentor  
Jesus, teu Rei, teu Salvador,  
Que sobre a cruz, em teu lugar,  
Seu sangue deu p'ra te salvar!  

SIM, SOBRE A CRUZ, EM MEU LUGAR,  
JESUS MORREU P'RA ME SALVAR!
SALVO E SEGURO N'ELE ESTIOU,
POIS COM SEU SANGUE ME LIVROU.

2 Oh! quão perdido e longe andei,
Longe de Deus e Sua lei!
Com terno e paciente amor
Seguiu-me sempre, o Salvador!

3 Bendito dia, quando, enfim,
Vi Cristo sobre a cruz, por mim!
Vencido pelo Seu amor,
Rendi-me logo ao Salvador.

4Vem alma aflita, descansar;
Eis Cristo pronto a perdoar!
Confia nEle de coração
E teu será ó gran perdão.   H.M.W.

55. MA!S PERTO DA TUA CRUZ

1 Meu Senhor, sou Teu - Tua voz ouvi
A chamar-me, com amor;
Mais, de Ti, mais perto eu quero estar,
Ó bendito Salvador

Mais perto, perto da Tua cruz
Quero estar, ó Salvador!
Mais perto, perto, perto da Tua cruz
Leva-me, o meu Senhor!

2 A seguir-Te só, me consagro eu,
Constrangido pelo amor,
E, alegre, já me declaro Teu,
P'ra servir-Te a Ti, Senhor.

3 Oh! Que pura e santa delícia é,
Aos Teus santos pés me achar,
E com viva e reverente fé,
Com meu Salvador falar.   H.M.W.

56. TUDO EM CRISTO

1 Dantes, trabalhava sempre com temor,
Mas descanso, agora em meu Salvador;
Dantes "esperava"; hoje, "bem o sei"
Que estou salvo em Cristo, meu bendito Rei.

TUDO! TUDO EM CRISTO!
QUE POR MIM MORREU.
TUDO! TUDO EM CRISTO!
CRISTO É TODO MEU.

2 Dantes, desejava benção do Senhor;
Hoje, mais de Cristo, mais de Seu amor!
Não somente a bênção que tão pronto dá
Mas Ele mesmo a fonte em quem tudo está.

3 Dantes, duvidava, era sempre "o eu";
Hoje, bem conheço Cristo, além do véu,
Sacerdote eterno, lá por mim entrou;
N'Ele estou completo. N'Ele aceito sou.

4 Dantes queria o mundo hoje, é só Jesus!
Dantes, eram trevas; hoje é plena luz;
Dantes, o receio, hoje a doce paz
Tudo a Cristo deixo, Ele me satisfaz.  H.M.W.

57. VIVIFICA-NOS, SENHOR

1 Deus presente está conosco,
Pronto todos a salvar;
Sobre as almas sequiosas,
Quer Sua benção derramar.

MANDA, Ó MANDA AS RICAS CHUVAS
DA TUA BÊNÇÃO, SALVADOR!
IMPLORAMOS! ESPERAMOS!
VIVIFICA-NOS, SENHOR!

2 Eis a Ti, Senhor, erguemos
Nossos pobres corações;
Na Tua grande e rica graça,
Ouve as nossas petições!

3 Torna a nossa fé mais viva,
Mais ardente o nosso amor;
Enche-nos de santo zelo,
De coragem e fervor.  H.M.W.

58. NÃO TEMAS

1 "Não temas! Contigo, eu sempre estarei!
Oh! rica promessa do bondoso Rei;
Qual estrela que brilha, lá na escuridão,
Esta linda promessa brilha no meu coração.

COMIGO ESTAR! COMIGO ESTAR!
SIM, JESUS ME PROMETE,
SEMPRE COMIGO ESTAR.
COMIGO ESTAR! COMIGO ESTAR!
SIM, JESUS ME PROMETE,
SEMPRE COMIGO ESTAR.

2 Os lírios mais alvos, ei-los murchos estão!
Os dias mais belos, quão depressa vão!
Cristo, o Lírio dos vales, nunca mudará;
Cristo, a Luz celeste, sempre comigo estará!

3 E se pelas águas tiver de passar,
Seus braços eternos hão de me guardar;
Sim, mesmo no fogo que vem me provar,
Meu Senhor me promete sempre comigo estar!  H.M.W.

59. EU CRElO, SIM

1 Té conhecer o amor sem fim, 
Um pecador fui eu; 
Em o meu pensar não houve lugar 
Para Cristo e o céu. 

EU CREIO, SIM, JÁ CREIO, SIM, 
JESUS MORREU POR MIM; 
PELO SANGUE SEU QUE ELE VERTEU, 
LIBERTADO FUI POR FIM. 

2 Pois, quando vi Jesus por mim, 
Sofrendo sobre a cruz, 
O meu coração, sem hesitação, 
Recebeu o amor e a luz. 

3 Com lágrimas pedi perdão, 
E dor, também senti; 
Veio, então, Jesus, e a mim falou: 
"Foi por ti que eu morri". 

4 Eu sei que Deus, no Filho Seu, 
Me vê perfeito e são;
Não há mais temor, só bendito amor, 
Gozo no meu coração.   F.V.

60.  EXULTAÇÃO DO CRENTE  

1 Vinde, cantai e entoai  
Louvores a Jesus.  
Que, para nossa salvação,  
Morreu na amarga cruz,  
Seu sangue derramou de tudo me lavou, 
Mais alvo do que a neve me tornou.   

O SANGUE DE JESUS ME LAVOU, ME LAVOU! 
O SANGUE DE JESUS ME LAVOU, ME LAVOU! 
ALEGRE CANTAREI LOUVORES AO MEU REI,   
A MEU SENHOR JESUS, QUE ME SALVOU.  

2 Vinde conosco vos unir 
Na guerra contra o mal;  
E com nosso Salvador,  
Em marcha triunfal,  
A todos proclamar, Sua graça e Seu poder  
Seu sangue derramou p'ra nos salvar.  

3 O Capitão da Salvação  
É Cristo, o Salvador  
O Rei dos reis, o Redentor.  
Jesus, nosso Senhor  
Ele tudo vencerá, vitória nos dará;  
A glória salvos, nos conduzirá.  H.M.W. 

61. DEUS TOMARÁ CONTA DE TI   

1 Em todo o tempo, irmão, o Senhor   
Tomará conta de ti.   
Cristo, que fala de vida e amor,   
Tomará conta de ti.   

DEUS TOMARÁ CONTA DE TI,   
DEUS TOMARÁ CONTA DE TI,   
N'ELE DESCANSA, SEMPRE AQUI,   
POIS TEM CUIDADO DEUS DE TI   

2 Em toda prova irmão, o Senhor   
Tomará conta de ti.   
Cristo, que é teu amado Pastor,   
Tomará conta de ti.  

3 Em toda parte, irmão, o Senhor   
Tomará conta de ti.
Cristo, que nos dá poder e valor,
Tomará conta de ti.

4 Chegando a morte, irmão, o Senhor
Tomará conta de ti.
Cristo será teu fiel condutor:
Tomará conta de ti.  P.L.M.

62. ACHEI JESUS

1 Achei Jesus, achei Jesus,
Oh! gozo incomparável!
Pois salvo estou, á tenho luz
E paz inexplicável!
Os meus pecados expiou
O sangue do Cordeiro;
As minhas trevas dissipou;
De Deus eu sou herdeiro!

2 Jesus mui longe me buscou,
Perdido me encontrava!
E do pecado me salvou,
O qual me atormentava,
Pertenço ao meu bom Redentor,
Ao meu melhor amigo,
Que me livrou de toda a dor,
E sempre está comigo.

3 Oh! Que prazer, oh! Que prazer!
Jesus é meu amado!
Do Salvador eu quero ser
Um servo consagrado;
Pois já me deu a salvação,
Que nos foi prometida,
Ao meu cansado coração
Encheu de nova vida.

4 Desejo a meu Jesus louvar,
Em doce harmonia;
Em Cristo, tudo fui achar,
Pois tudo carecia;
E sem cessar, o Salvador,
Me ama ternamente;
O que direi a tal amor?
"Te amo eternamente!"  P.L.M.

63. ACORDAI, ACORDAI

1 Eis marchamos para aquele bom país
Onde o crente [sim, é Cristo quem o diz],
Com seu Salvador p'ra sempre ali feliz,
Vai com Ele descansar.
Trabalhemos, pois, com zelo e com vigor,
Constrangidos pelo Seu imenso amor;
Trabalhemos pelo nosso Salvador:
Eis que a vida vai findar!

ACORDAI! ACORDAI! DESPERTAI! DESPERTAI!
E CANTAI! SIM, CANTAI! O SENHOR NÃO TARDARÁ.
EIS MARCHAMOS PARA AQUELE BOM PAÍS
ONDE O CRENTE (SIM, É CRISTO QUEM O DIZ),
COM SEU SALVADOR, P'RA SEMPRE ALI FELIZ,
VAI COM ELE DESCANSAR.

2 Eis conosco nosso insigne Capitão,
Que nos assegura eterna salvação!
Eis da santa fé, o invicto pavilhão!
Vamos, vamos trabalhar!
Eis avante! Nada temos que temer
Por Jesus, havemos sempre de vencer,
Trabalhemos, pois até o amanhecer,
E o trabalho aqui findar!

3 Revestidos da couraça de Jesus,
Como servos Seus e filhos, sim da luz,
Gloriando-nos em Cristo e Sua cruz!
Vamos, vamos, trabalhar!
Os perdidos, vamos com amor buscar,
Aos desesperados, vamos declarar
Que Jesus 'stá pronto todos a salvar!
O sim, vamos trabalhar!   H.M.W.

64. DE TODO O MUNDO: ALELUIA! 

1 De todo o mundo, eis-nos aqui 
Em Ti só confiando, 
Permanecendo em Teu amor, 
Teu reino só buscando, 
As nossas vidas, nosso amor, 
A Ti trazemos, Salvador, 
Cantando. "Aleluia"!

2 Viver por Ti, em Ti morrer,
Os nossos pais miravam;
A Tua vontade só fazer,
Eis o que desejavam.
E nós que somos Teus, também
Dizemos, firmes: "Sim, Amém"
E: "Glória!" "Aleluia!"

3 Ao Evangelho Salvador,
Tão puro e glorioso,
As leis santíssimas que Tu
Nos dás, Senhor bondoso,
"Amém!" Dizemos com fervor,
E, pelo Teu imenso amor,
Clamamos: "Aleluia!"

4 Sim, constrangidos pelo amor,
Perdidos procuramos
Salvar, - ganhar p'ra Ti, Senhor:
Eis o que ambicionamos.
Seguindo sempre a Tua lei,
A Ti, leais, bendito Rei,
Cantamos: "Aleluia!"

5 Nem o labor será em vão,
Pois eis, que glorioso,
O dia vem, em que Jesus
Virá vitorioso;
E todo mundo cantará,
E jubiloso O exaltará,
Com: "Amém", "Aleluia!"   H.M.W.

65. QUEM IRÁ?

1 Eis os milhões, que em trevas tão medonhas
Jazem perdidos, sem o Salvador!
Quem, quem irá as novas proclamando,
Que Deus, em Cristo, salva o pecador?

TODO O PODER O PAI ME DEU,
NA TERRA, COMO LÁ NO CÉU!
IDE, POIS, ANUNCIAR O EVANGELHO,
E EIS-ME CONVOSCO SEMPRE!"

2 Portas abertas, eis por todo o mundo!
Cristãos, erguei-vos! Já avante andai!
Crentes em Cristo! Uni as vossas forças
Da escravidão os povos libertai.

3 "O vinde a mim!" A voz divina clama,
"Vinde!" Clamai em nome de Jesus;
P'ra nos salvar da maldição eterna,
Seu sangue derramou por nós na cruz.

4 Ó Deus apressa o dia glorioso,
Em que os remidos todos se unirão,
E em coro excelso, santo jubiloso
P'ra todo o sempre, glória a Ti darão. H.M.W.

66. PRONTO A SALVAR

1 Todo o que crê no Filho de Deus,
Que, p'ra nos remir, desceu dos céus;
Todo o que, contrito, a Deus se chegar,
Jesus está pronto, agora, a salvar.

SIM, JESUS TE CHAMA, Ó MEU IRMÃO!
A TI ELE OFERECE PLENO PERDÃO;
SEU SANGUE VERTEU PARA TE RESGATAR,
E ELE É QUEM QUER E PODE SALVAR.

2 Quem, arrependido, busca perdão,
Abrindo a Jesus o seu coração,
A paz hoje mesmo pode gozar,
Pois Ele está pronto, agora, a salvar.  H.M.W.

67. OUEM QUER IR COM CRISTO?

1 Quem quer hoje mesmo a Jesus seguir?
Seu pendão alçando, ao combate ir?
Quem quer, humilhado, sempre O servir,
E obedecê-Lo, Seu querer cumprir?

Quem quer ir com Cristo quem responderá,
Presto, sem demora, "Eu, Senhor, irei"?
Onde for o Mestre tu também irás?
Quem dirá agora: "Eu Te seguirei"?

2 Quem seguir a Cristo quer com mui amor,
Dando-Lhe tributo, dando-Lhe louvor;
De Sua nobre causa, sendo defensor,
E na santa vinha, ser trabalhador?

3 Queres tu segui-Lo sem vacilação,
E fugir dos braços da vil tentação?
Sempre confiando na Sua proteção,
Por fé desfrutando Sua salvação.  P.L.M.

68. GOZO DE TER SALVAÇÃO 

1 Podes receber a doce paz de Deus,
Crendo em Jesus, que já desceu dos céus;
Toma hoje, tua cruz,
Vem das trevas para a luz,
E, assim, mui gozo te dará Jesus!

GOZO DE TER SALVAÇÃO,
GOZO NO TEU CORAÇÃO.
ALEGRIA FRUIRÁS,
QUANDO DESFRUTARES PAZ,
QUE TE TROUXE CRISTO, NA CRUENTA CRUZ!

2 O amor de Cristo podes conhecer,
Seu sustento santo podes receber;
Não mais só combaterás,
Cristo te defenderá,
E, assim, mui gozo te dará Jesus.

3 Queres tu, de Cristo, fiel soldado ser?
Pelejar por Ele sempre sem temer?
Vem, então, ao Salvador;
Far-te-á mui vencedor,
E, assim, mui gozo te dará Jesus.

4 Poderás por Cristo ser aqui uma luz,
Se obedeceres ao Senhor Jesus!
Ó vem, hoje. sem temor, Aceitar o Salvador,
E, assim, mui gozo te dará Jesus.  P.L.M.

69.  JESUS QUEBROU OS MEUS GRILHÕES

1 Jesus quebrou os meus grilhões,
Com sangue me comprou;
A minha alma, de prisões,
Eterna resgatou.

ALELUIA! CRISTO SALVA O PERDIDO PECADOR!
ALELUIA! CRISTO SALVA O PERDIDO COM AMOR!

2 É minha paz, e proteção,
Meu bom Consolador;
Auxílio certo na aflição,
Remédio para a dor,

3 Nenhum perigo temerei,
Estando em Jesus;
As dores não mais sofrerei;
Jesus é minha luz.

4 Jesus, Teu nome louvarei,
Com todo o coração;
Alegre ao mundo anunciarei
Tão grande salvação.  P.L.M.

70. CRISTO JESUS VAI VOLTAR

1 Nós Aleluia daremos a Cristo,
Quando O virmos nas nuvens voltar,
De esplendor e de glória vestido,
Seus escolhidos vai arrebatar.

CRISTO JESUS LOGO VAI VOLTAR,
VAI VOLTAR, VAI VOLTAR,
SEU POVO VEM, SIM, ARREBATAR;
JESUS BREVE REGRESSARÁ!

2 Eis que estou no Senhor confiando,
Todo o meu ser a Jesus entreguei.
Todos prazeres eu tenho deixado,
Em Jesus Cristo meu gozo achei.

3 Como há de ser para ti Sua vinda?
Ela trará gozo ao teu coração?
Ou te fará padecer mais ainda?
Temes que só te trará maldição?

4 Cristo a mim a promessa tem dado
Que junto dEle, também reinarei;
Breve será meu Jesus proclamado
Sobre a terra, por todos: "O Rei".  P.L.M.

71. SANTO ÉS TU SENHOR

1 Santo! Santo! Grande eterno Deus,
Com alegria nós Te louvamos,
Rei dos reis e Criador dos céus.
Humilhados Te adoramos;
Honra e glória em Ti miramos,
Pois foi rasgado. na cruz, o véu.

SANTO PARA SEMPRE ÉS TU, SENHOR.
NAS BATALHAS ÉS VENCEDOR!

2 Adorai-O terra, céu e mar;
Toda a Igreja seus mensageiros,
Reunidos, vinde suplicar
Dons celestes, pois sois herdeiros
De Deus, e com Jesus co-herdeiros
Da glória que jamais vai findar.

3 Rei dos Séculos, grande Eterno Deus!
Tu és veraz e incompreensível,
Criador da terra e dos céus;
És o Ancião invisível,
Habitas na luz inacessível,
Lá morarão os remidos Teus.  P.L.M.

72. RASGOU-SE O VÉU

1 Rasgou-se o véu, franca ficou a entrada;
Confiança temos. para ali entrar,
Onde a divina glória revelada,
Outrora não podíamos mirar;
Por Cristo, entrando, nada ali tememos;
A glória brilha, sem nos ofuscar;
Na luz estamos e permanecemos
Firmes, tranqüilos, sem mais vacilar.

2 Contigo ali, Senhor, nos encontramos,
Pois nos levaste já ao santo Pai,
Em cuja graça aceitos, sempre estamos,
Em cujo amor tão grande nos atrai
A Ti, o Filho - em Ti, ó bem Amado!
E só em Ti temos aceitação
E quem, no sangue estando já lavado,
Isento está da eterna perdição.

3 O Deus, a Ti de coração louvamos,
Pois de Ti nos quiseste aproximar,
Quando separados de Ti ficamos,
Por Tua lei divina, violar,
Teus santos seguidores, consagrados,
No sangue do bendito Salvador,
O culto e adoração Te apresentamos,
Porque nos chamaste, ó bom Senhor!  ***

73. VEM, VEM A MIM

1 Pecador escuta a voz do Senhor:
"Se estás cansado, ó vem descansar;
Vem, não te detenhas; sem nenhum temor,
Deixa o teu fardo e vem repousar".

VEM, VEM A MIM E DESCANSARÁS;
TOMA O MEU JUGO E TE GUIAREI;
SOU HUMILDE E MANSO, DOU-TE MINHA PAZ;
Ó VEM, HOJE MESMO, E TE SALVAREI.

2 Vem a Deus, faminto, pobre mesmo assim;
Há maná celeste. preparado já;
Grátis é a festa p'ra ti e p'ra mim,
Cristo te convida, vem e cearás.

3 Andas desviado, longe do redil?
Deixa de vagar e vem ao bom Pastor;
Pelos montes vales, há perigos mil?
Volta ao rebanho do teu Salvador.

4 Crendo tu, em Cristo, salvação terás;
Gozo, paz perfeita, tudo que é mister;
Cristo não despreza, nem rejeitará
Todo o que contrito a Ele vier.  P.L.M.

74. CRISTO VIRÁ

1 Talvez Cristo venha ao romper da aurora,
Com santos arcanjos, e com voz sonora;
Os mortos porá dos sepulcros p'ra fora;
Jesus, breve, vem nos buscar.

CRISTO, QUE HÁ DE VIR, VÌRÁ!
ELE NÃO TARDARÁ, SIM JESUS VEM;
ALELUIA! ALELUIA! AMÉM! ALELUIA! AMÉM!

2 Talvez voltará quando o dia feneça,
Ou em uma noite a luz resplandeça
Irmãos esperai que Jesus apareça!
Jesus, breve, vem nos buscar.

3 0 Seu esplendor e a glória veremos,
Do mundo, então, nós por fim, sairemos,
Assim, grande gozo no céu fruiremos;
Jesus, breve, vem nos buscar.        P.L.M.

75. EM JESUS TENS A PALMA DA VITÓRIA

1 Tentado, não cedas, ceder é pecar,
Melhor e mais nobre, será triunfar,
Coragem, ó crente, domina o teu mal;
Deus pode livrar-te de queda fatal.

EM JESUS TENS A PALMA
DA VITÓRIA, MINH'ALMA;
E TAMBÉM DOCE CALMA
PELO SANGUE DA CRUZ!

2 Evita o pecado, procura agradar
A Deus, a Quem deves no corpo exaltar;
Não manches teus lábios com impura voz;
Defende tua alma do vício atroz.

3 Sê manso e benigno, qual morto até.
Na Rocha Eterna, firma tua fé;
Veraz é teu dito: de Deus é teu ser?
T,espera a coroa, tu podes vencer.  P.L.M.

76. VEM, Ó PRÓDIGO

1 Vem, ó pródigo, vem sem tardar, te chama Deus,
Ouve-O chamando, sim, chamando a ti;
Tu, que vagas errante escuta a voz dos céus,
O escuta a voz de amor.

DEUS ESPERA POR TI, PERDIDO, PRÓDIGO, VEM;
DEUS ESPERA POR TI. PERDIDO. PRÓDIGO. VEM.

2 Com paciência e ternura te chama o Senhor,
Ouve-O chamando, sim, chamando a ti
Vem enquanto te chama o meigo Salvador,
O escuta a voz de amor!

3 Lá na casa do Pai, abundância há de pão
Ouve-O chamando, sim, chamando a ti;
Já está pronta a mesa com toda a provisão
O escuta a voz de amor!  P.L.M.

77. GUARDA O CONTACTO

1 Queres, neste mundo, ser um vencedor?
Queres tu cantar nas lutas e na dor?
Queres ser alegre, qual bom lutador?
Guarda o contacto com teu Salvador!

GUARDA O CONTACTO COM TEU SALVADOR,
E A NUVEM DO MAL NÃO TE COBRIRÁ
PELA SENDA ALEGRE, TUA CAMINHARÁS
INDO EM CONTACTO COM TEU SALVADOR.

2 Neste mundo, vivem muitos a penar,
Cujos corações transbordam de pesar;
Dá-Ihes a mensagem de amor sem par;
Com Deus o contacto deves tu guardar!

3 Queres tu, com Deus, a comunhão obter?
Sua glória em ti sempre permanecer?
Que o mundo possa Cristo em ti ver!
Guarda o contacto co'o supremo Ser.

4 Deixa que o Espírito implante em teu ser,
O amor de Cristo, divinal prazer;
Queres, neste mundo, todo o mal vencer?
Guarda o contacto e terás poder!  P.L.M.

78. MEU FORTE REDENTOR

1 Vagando eu em grande escuridão,
O Salvador me encontrou,
Perdido, mesmo, sem ter salvação;
A minh'alma Seu sangue lavou.

JESUS É O MEU FORTE REDENTOR;
ELE É MEU GRANDE SALVADOR,
QUE ME LIBERTOU NA CRUZ, COM MUI AMOR,
CRISTO É MEU REI E MEU SENHOR.

2 Nos meus pecados e vil turbação,
A luz mostrou-me, o Senhor;
E fez-me ver que ali na perdição
Me alcançava Seu grande amor.

3 Eu gozo desta grande salvação,
Meu nome já, no céu está;
E recebi a divinal unção,
Que aos fiéis ainda Deus dá.

4 Num dia alegre, Cristo voltará,
E para o céu eu subirei
Meu corpo transformado, então será,
Qual o de Cristo Jesus, o meu Rei.  P.L.M.

79. SUA GRAÇA ME BASTA

1 Quando me sinto fraco não tenho mais vigor
Não vendo mais o brilho do sol, da clara luz;
Jesus está comigo, é meu Consolador;
Ele jamais me deixa, pois sempre me conduz.

Sua graça me basta a mim, a mim,
Sua graça me basta a mim;
Na vida d'aquém, no céu também,
Sua graça me basta a mim.

2 Quando a tempestade vem contra mim feroz,
Nas trevas navegando com minha embarcação,
Cristo Jesus me anima, ouço a Sua voz;
"Eis que estou contigo, por que temer. então?"

3 Quando m'atingem os dardos do inimigo audaz,
Que busca com astúcia a vida me tirar,
Eu clamo, então a Cristo, meu Salvador veraz,
Q qual me dá vitória, se nEle eu confiar.  G.V.

80. CRISTO TE CHAMA

1 Cristo te chama, a ti, pecador,
Te chama a ti, com voz de amor
Deixa os pecados, e vem ao Senhor.
Cristo te chama a ti!

CRISTO TE CHAMA, TE CHAMA A TI!
CRISTO TE CHAMA, Ó VEM PECADOR!
CRISTO TE CHAMA COM VOZ DE AMOR.
CRISTO TE CHAMA A TI!

2 Deixa as sendas do mundo d'horror,
Vem a Jesus, vem com amor;
Cristo te salva, ó vem, pecador;
Cristo te chama a ti!

3 Cristo glorioso virá com poder;
Pronto estás para ascender?
Só por Seu sangue tu podes vencer.
Cristo te chama a ti!

4 A compassiva voz do Salvador,
Chama-te já com santo amor;
Vem para a fonte, ó vem pecador,
Cristo te chama a ti!  P.L.M.

81. PODE SALVAR

1 Somente em Cristo podemos
A salvação receber;
Novo concerto nós temos
Em quem na cruz quis morrer.

PODE SALVAR PODE SALVAR,
TIRA OS PECADOS E QUER VOS SALVAR,
PODE SALVAR PODE SALVAR
TIRA OS PECADOS, E QUER VOS SALVAR.

2 Quando perdoa os pecados
Vida nos quer conceder.
Fomos por Sangue comprados
Do modo vão de viver.

3 Teu coração já entrega
A Quem te pode salvar;
E Quem as dores carrega:
Cristo te pode livrar!

4 Cristo te quer dar agora
Paz e descanso real;
Quer revelar-te esta hora:
Graça imensa e real.  E.J.

82. UM MEIGO SALVADOR

1 Um Salvador meigo eu tenho,
A quem antes não conheci;
Agora, alegre, eu venho
Contando a todos que O vi.

TODOS, TODOS VERÃO,
TODOS,TODOS VERÃO;
JESUS GLORIOSO E BONDOSO,
SIM, TODOS, TODOS VERÃO.

2 De todos, é o mais formoso,
Imagem da glória de Deus;
Tornou-me alegre e ditoso,
E herdeiro da glória dos céus.

3 Se os ímpios me armarem cilada,
Na senda que hei de trilhar,
Jesus me dará boa espada,
E os laços eu hei de cortar.

4 A vida e o amor Tu me deste,
Porque Tu amaste a mim,
Tornou, sim, a glória celeste,
Minha sorte bendita, enfim.  S.N

83. NÃO POSSO EXPLICAR

1 Mais perto de Jesus, procuro sempre eu chegar,
Mais belo que o ouro do sol nado é a Ti mirar.
Em pensamento, sonhos, tanta glória nunca vi;
Pois Ele é mais belo do que eu jamais previ!

NÃO POSSO EXPLICAR
QUÃO MEIGO É JESUS;
MAS FACE A FACE, NO TEU LAR,
EU TE VEREI, JESUS!

2 A Estrela resplendente da manhã é minha luz;
O Lírio dos vales é o bom Senhor Jesus;
Suave e doce é o cheiro que só vem de ti;
Pois Ele é mais belo do que eu jamais previ!

3 Se mágoas vêm me perturbar, o bálsamo Ele tem;
Me toma nos Seus braços e, assim, descanso bem;
Na cruz levou Jesus o meu pecado sobre Si;
Pois Ele é mais belo do que eu jamais previ!  S.N.

84.  O GRANDE "EU SOU"  

1 Não perturbeis o coração,  
Porque Eu sempre sou fiel;  
Eu fecho a boca do "leão",  
Na cova estou com Daniel.  

SOU EU AQUELE, O GRANDE "EU SOU"  
E, ONDE ESTAIS, TAMBÉM ESTOU;  
NÃO DISSE EU, HÁ MUITO JÁ:  
"PEDI, PEDI... DAR-SE-VOS-Á"?  
PEDI COM FÉ E COM FERVOR  
E VOS DAREI O CONSOLADOR.  

2 Quem tem a fé de Abraão,  
O mundo sempre há de vencer;  
Quem quer ter firme o coração,  
Precisa igualmente crer.  

3 Um terremoto e vento, após,  
Do céu, um fogo e mui furor,  
Ouviu Elias a minha voz,  
Voz do Eterno, voz de amor.  

4 Um certo dia, Estevão viu  
O céu aberto e viu-me a mim;  
Apedrejado, sucumbiu,  
Mas foi fiel, até o fim.  

5 Firmado em mim, Rocha Eternal,  
Assim jamais o crente cai;  
Buscai o dom celestial,  
Que vem da casa de meu Pai.  J.R. 

85.  DEIXAI ENTRAR O ESPÍRITO DE DEUS  

1 Do Santo Espírito, está escrito  
Que sois o templo, sim, templo de Deus;  
Já recebestes, depois que crestes,  
O dom glorioso descido do céu?  

DEIXAI ENTRAR, PARA MORAR,  
O ESPÍRITO DE DEUS;  
DOM PROMETIDO, JÁ CONCEDIDO,  
BENDITO DOM DOS ALTOS CÉUS.  

20 que vos salva, também vos lava,  
P'ra vossa alma de manchas limpar;
Purificados de vis pecados
O Santo Espírito já pode entrar.

3 Ó peregrinos, vede o destino,
Entrai na terra de leite e mel,
Santificados por Deus chamados
Sereis guiados, por guia fiel.  F.V.

86. SATISFEITO COM CRISTO

1 Oh! 'stou satisfeito com Cristo,
Porque Ele minh'alma salvou;
E sobre o madeiro, sofrendo,
O Seu grande amor revelou.

OH! 'STOU SATISFEITO COM CRISTO,
CONFESSO-O POR MEU SALVADOR:
EMBORA DE NADA SER DIGNO,
DESFRUTO DO SEU GRANDE AMOR.

2 Oh! 'stou satisfeito com Cristo,
De triste, tornei-me feliz,
Ouvindo o Seu santo Evangelho,
E crendo no que Ele me diz.

3 Oh! 'stou satisfeito com Cristo,
E sei que vai logo voltar;
Virá com poder glorioso,
A fim de Seu povo levar. ***

87. MEU TESTEMUNHO

1 Justificado estou;
Cristo Jesus me livrou;
Ele é meu Mediador,
Também, meu bom Salvador.

JESUS, SOU TEU, E TU ÉS MEU;
ME GUIARÁS PARA O CÉU;
COM GRAÇA E PAZ ME SATISFAZ
CRISTO, MEU MESTRE VERAZ.

2 Santificado fiquei,
Quando a Ele roguei;
Ele me disse: tomai;
De minha graça usai.

3 Fui redimido, também, 
Obra do meu Sumo Bem; 
Tudo de graça ganhei; 
Nada por obras da lei. 

4 Ele a promessa me deu, 
Do Guia santo do céu; 
Também me disse: ficai, 
E o batismo esperai. 

5 Quando a Ele busquei, 
E batizado fiquei, 
Línguas estranhas falei, 
E meu Senhor exaltei. 

6 Agora, vou trabalhar, 
E muitas almas ganhar; 
Essas que Ele salvou, 
Quando na cruz expirou. S.N. 

88. REVELA A NÓS, SENHOR

1 Jesus, meu Rei, Mestre e Senhor,
O Teu amor revela a mim,
Enquanto eu aqui viver,
Até eu ver da vida o fim.

REVELA A NÓS, SENHOR JESUS, MEU SALVADOR,
AS MARAVILHAS MIL DO TEU DIVINO AMOR;
E COM VERAZ LOUVOR, FERVENTE GRATIDÃO;
ELEVA A TI, JESUS SENHOR, O NOSSO CORAÇÃO.

2 As bênçãos mil do Teu amor,
Qual esplendor me cercarão;
O Teu olhar será, Jesus,
A grata luz do coração.

3 Sorrisos Teus verei brilhar,
Se não andar no mundo vil;
Desfrutarei prazer veraz,
Tempo de paz primaveril.

4 E, quando for no céu morar,
E descansar dos dias meus,
Feliz viver receberei
De Ti. meu Rei, meu santo Deus! ***

89. SUBLIME E GRANDE AMOR

1 Conta-me, sim, de Jesus,
Para na mente, eu gravar
Como foi que padeceu
Na cruz, p'ra me libertar:
A Sua paixão e morte,
A começar no jardim,
Não houve mais quem tivesse
Um sofrimento assim!

SÓ AMOR! SÓ AMOR!
SÓ AMOR! SUBLIME E GRANDE AMOR!

2 Conta-me como sentiu
A rude morte na cruz,
Suportando a acusação
Dos inimigos da luz;
Conta-me como tem dado
Ao malfeitor Sua paz,
Dizendo: "Hoje, comigo,
No Paraíso estarás".

3 Conta-me como chorou,
Falando a Jerusalém;
Profetas fazes morrer,
Quando a ti eles vêm;
Conta-me como inda chora,
Por causa do pecador
Que não quer Seu Evangelho,
Proclamado com amor.

4 Conta-me como o Senhor
Um bom testemunho deu,
Satisfazendo a lei,
Quando o cálice bebeu;
Também disse estas palavras,
Com Seu tão profundo amor;
Pai, lhes, perdoa a cegueira,
Que é própria do pecador.

5 Conta-me como, também,
Veio ao povo judeu,
Povo que tanto amou,
Querendo dar-Ihe os céus;
Como inda hoje Ele ama
A todo o pecador,
Dando-Ihe paz e descanso,
Pelo Evangelho de amor.  M.S.B.

90. HÁ PAZ E ALEGRIA

1 Há paz e alegria no reino da luz;
À pátria dos remidos, Jesus nos conduz,
No reino dos céus há gozo e paz;
Os filhos de Deus têm poder veraz.

2 Há paz e alegria no reino dos céus;
Os salvos lá entoam louvores a Deus;
Dai glória a Jesus! Porque nos amou;
Por nós o Seu sangue Ele derramou!

3 Jesus tem prometido o Consolador!
O Espírito Santo, o Instruidor;
Também prometeu, no reino dos céus,
Um santo lugar, junto ao nosso Deus.

4 Firmado na promessa tão grande e eficaz,
Agora neste mundo desfruto a paz;
Espero Jesus, nas nuvens descer,
E na Sua glória me receber.  A.T.G.

91. NÍVEA LUZ

1 Jesus, eu almejo a pureza do céu,
Tua linda presença no coração meu.
Os ídolos quebro, me toma Jesus;
O dá-me a pureza da nívea Luz.

NÍVEA LUZ, A NÍVEA LUZ,
O DÁ-ME A PUREZA DA NÍVEA LUZ.

2 Jesus, me acode enquanto lidar,
A colocar tudo no santo altar;
A Ti me entrego; nas chamas me pus;
O dá-me a pureza da nívea luz!

3 Jesus, com instancia, humilde, roguei
Que o sangue perfeito pureza me dê;
Me lava na fonte aberta na cruz;
O dá-me a pureza da nívea luz!

4 Jesus, neste instante, espero a mão
Que há de criar-me o bom coração;
Aqueles que o Espírito pedem de Deus
Das sempre a pureza da nívea luz!  J.H.N.

92. O BONDOSO SALVADOR

1 Meu bondoso Salvador
Meus pecados carregou;
Foi Jesus, o Redentor,
Que da morte me livrou.

Oh! Que Salvador eu tenho!
O Seu sangue me remiu,
Quando, sobre o rude lenho,
Meu castigo Ele cumpriu.

2 Oh! Que amor do meu Jesus,
Que em homem se encarnou,
P'ra sofrer por mim, na cruz;
E meus crimes perdoou.

3 Não há outro nome igual
Ao bom nome de Jesus,
Porque livra-me do mal
E à glória me conduz.

4 Com Jesus, alegre, vou
Sua graça publicar,
Porque Ele me chamou
Na Sua vinha a trabalhar.  S.N.

93. HÁ TRABALHO PRONTO

1 Há trabalho pronto para ti, cristão;
Que demanda toda a tua devoção
Vem, alegremente, a Cristo obedecer,
Pois só tu, ó crente, o poderás fazer!

POR JESUS A TRABALHAR,
PRONTAMENTE, FIELMENTE, TRABALHAR!
EM SERVI-LO, QUE PRAZER!
E SÓ TU, Ó CRENTE, O PODERÁS FAZER.

2 Para cada crente, o Mestre preparou
Um trabalho certo, quando o resgatou,
O trabalho a que Jesus te chama aqui,
Como será feito, se não for por ti?

3 Pode ser humilde, mas se for p'ra Deus,
Ele é contemplado lá dos altos céus.
E o esforço feito não será em vão,
Se tiver de Cristo, plena aprovação!

4 Quantos há perdidos, sem a salvação!
Quantos que precisam de consolação!
Como Cristo os ama, fá-los entender,
Pois só tu, ó crente. o poderás fazer!  H.M.W.

94.  NA JERUSALÉM DE DEUS

1 Quando a luta desta vida
Trabalhosa se findar,
O adeus a este mundo vamos dar;
Para o céu então iremos,
Com Jesus nos encontrar
Na Jerusalém de Deus.

OH! QUE GOZO E ALEGRIA,
QUANDO O POVO ALI CHEGAR,
EM JERUSALÉM! EM JERUSALÉM!
SEMPRE ALI CANTANDO HOSANAS,
POIS O REI NO TRONO ESTÁ,
NA JERUSALÉM DE DEUS.

2 O Caminho é extenso,
Mas Jesus vai me guiar,
Quando pelas provações aqui passar;
Pois olhando nEle, eu sigo.
Para brevemente estar,
Na Jerusalém de Deus.

3 Ao sairmos deste mundo,
Para a divinal mansão,
Gozaremos a perfeita salvação;
E Jesus contemplaremos
A estender-nos sua mão,
Na Jerusalém de Deus.

4 Quando, unidos com os salvos,
Lá na Pátria do Senhor,
Contemplarmos a Jesus, o Salvador,
Sempre nos alegraremos
Onde há perfeito amor;
Na Jerusalém de Deus.  O.N.

95. OUVE, Ó PECADOR

1 Ouve, ouve, ó pecador!
Ouve bem, presta atenção
A Jesus, o Salvador,
Que do céu trouxe o perdão;
Ouve a Sua meiga voz;
Digna é de aceitação.

2 Ouve o que diz o Senhor,
Por Sua mensagem de amor;
"Será livre de temor
Todo que vier a mim;
Vem a Cristo, Salvador,
E aceita o Seu amor.

3 Ouve, ouve, ó pecador!
E medita com atenção;
Deixa o mundo enganador;
De Jesus, terás perdão;
Ele diz: "Quem crer em Mim,
Há de ter a Salvação.

4 Ouvi já, amigos meus,
Não tenhais hesitação
Vinde ao Filho, sim, de Deus;
Dai-Lhe o vosso coração
Ele diz: "Quem crer em Mim,
Não terá condenação.  J.F.

96. DEIXA PENETRAR A LUZ

1 Se ao inimigo temes combater,
Se estás em trevas e não tens poder,
Que a formosa luz de Deus fulgure em ti;
E serás feliz, assim.

DEIXA PENETRAR A LUZ!
DEIXA PENETRAR A LUZ!
QUE A FORMOSA LUZ DE DEUS FULGURE EM TI;
E SERÁS FELIZ ASSIM.

2 Se a tua fé é fraca no Senhor,
E não mostras fruto ou nenhum fervor,
Que a formosa luz de Deus fulgure em ti
E serás feliz assim.

3 Se na luz estamos, que divina luz!
Se nos limpa sempre o sangue de Jesus,
Temos claridade em nosso coração,
E vivemos nós na luz.

4 Se de Deus, o Espírito Consolador,
Traz a luz do céu, divino resplendor,
Penetrando Ele no teu coração,
Viverás então de amor.

5 Se alegre fores à mansão sem par,
O enfrenta as trevas, que vão se afastar,
Que a formosa luz de Deus fulgure em ti,
E serás feliz assim.  J.R.

97. HÁ UM CAMINHO SANTO

1 Há um caminho santo, ao céu de plena luz,
As vezes espinhoso, à glória nos conduz;
E o caminho certo p'ra todo pecador;
Jesus é o Salvador, Jesus é o Salvador.

2 Há paz inabalável p'ra quem está na luz;
Por preço incomparável comprou-me a mim Jesus.
O dom do Pai amado minh'alma satisfaz,
Jesus é minha paz, Jesus é minha paz.

3 Há um poder que sara o triste coração,
Que dá alívio a alma, paz e consolação,
E guarda minha veste, também, em nívea luz;
Poder de meu Jesus, poder de meu Jesus!

4 Há um fim glorioso, além do escuro véu;
No fim do espinhoso caminho está o Céu;
E quando for tirado o véu da escuridão,
Verei Jesus, então, verei Jesus, então.  F.V.

98. ESTARÁS VIGIANDO?

1 Estarás tu vigiando, quando Jesus vier?
Ansioso, esperando, quando Jesus vier?

OH! QUE NOITE! SOLENE NOITE!
BRILHARÁ A TUA LUZ, QUANDO JESUS VIER?
Ó. SÊ PRONTO, Ó, SÊ PRONTO!
Ó. SÊ PRONTO, QUANDO JESUS VIER.
Ó. SÊ PRONTO, Ó, SÊ PRONTO!
Ó. SÊ PRONTO, QUANDO JESUS VIER.

2 Ouvirás tu o bem-vindo, quando Jesus vier?
Darás o brado sorrindo, quando Jesus vier?

3 Só esperas preparar-te quando Jesus vier?
Qual será a tua parte quando Jesus vier?

4 Estarás tu jubiloso quando Jesus vier?
Triste, ou esperançoso quando Jesus vier?

5 Oh! Que culto glorioso, quando Jesus vier!
Cheio de sublime gozo, quando Jesus vier!  A.S.

99. EIS O DIA A DECLINAR

1 Eis o dia a declinar,
Nos convida a meditar
No Teu grande insigne amor,
Ó bendito Salvador,
E Te louvar!

SANTO! SANTO! SANTO SENHOR DOS CÉUS
TODA TERRA LOUVE A TI;
NO CÉU, TUDO ADORE A TI,
BONDOSO DEUS!

2 Glorioso no poder!
Infinito no saber!
A mais plena perfeição
Na justiça e no perdão
Nos fazes ver!

3 Na profunda escuridão,
Ouve a nossa petição,
Vem teus filhos proteger
E seguros sempre os ter
Na Tua mão.

4 Quando tudo, enfim, passar,
Céus, estrelas, terra e mar,
Pela cruz do Salvador,
Faz-nos no Teu grande amor,
Contigo estar            H.M.W.

100. O BOM CONSOLADOR

1 Quem quer ir, por Jesus, a nova proclamar
Nos antros de aflição, misérias, mal e dor?
Cristãos, anunciai que o Pai quer derramar
O bom Consolador.

O BOM CONSOLADOR, O BOM CONSOLADOR
QUE DEUS NOS PROMETEU AO MUNDO JÁ DESCEU;
O IDE PROCLAMAR, QUE DEUS QUER DERRAMAR
O BOM CONSOLADOR.

2 No mundo de horror, a luz, enfim, brilhou
Que veio dissipar as sombras de terror;
Também o nosso Pai, aos Seus fiéis mandou
0 bom Consolador.

3  É o Consolador que traz a salvação
Aos que aprisionou o grande Tentador:
Dizei que veio já, com todo o coração,
O bom Consolador.

4 0h! Grande eterno amor! Oh! Gozo divinal!
Que tenho em proclamar o dom de meu Senhor,
Pois mora já em mim, poder celestial,
O bom Consolador.                              P.L.M.
101. A UNÇÃO REAL

1 Qual órfãos não nos deixou o Senhor,
Mas como nos prometeu,
Mandou-nos o bom Consolador,
Que nos encheu do poder do céu,
Do Seu divinal amor!
RECEBESTES JÁ A UNÇÃO REAL
DO ESPÍRITO CONSOLADOR?
DEUS QUER TE USAR PARA OUTROS SALVAR,
SE RECEBES O CONSOLADOR.

2 0 crentes, Deus vos convida também
A vir buscar Seu poder;
É para todo, que humilde vem
O Santo Hóspede receber;0
Orando se obtém.

3 Um Pentecoste, Jesus prometeu,
A cada um coração;
Prostrados, roguemos, pois a Deus,
Com fé, em potente oração,
P'ra vir o poder do céu. P.L.M.

102. CRÉ NA PROMESSA

1 Hoje, Jesus pode te salvar;
Somente crê na promessa;
Dos teus pecados purificar;
Somente crê na promessa.

CRÉ NA PROMESSA DE JESUS,
SOMENTE CRÉ NA PROMESSA;
BÉNÇÃO DOS CÉUS, VIDA À FLUX!
SOMENTE CRÉ NA PROMESSA.

2 Do alto, Jesus dará poder;
Somente crê na,promessa;
Na Sua alegria irás vencer;
Somente crê na promessa.

3 A Sua graça vem receber;
Somente crê na promessa;
Tudo Jesus quer te conceder.
Somente crê na promessa.

4  Vem receber a paz do Senhor,
Somente crê na promessa;
Cheio serás do Consolador.
Somente crê na promessa.     A.S.

103. CAMINHEMOS NA LUZ

1 Há uma luz, bendita luz,
Que vem a nós dos céus;
A face do Senhor Jesus
Reflete o amor de Deus.

CAMINHEMOS NA LUZ
CAMINHEMOS NA LUZ DE DEUS.
CAMINHEMOS NA LUZ
CAMINHEMOS NA LUZ DE DEUS.

2 Há uma gloriosa luz
Guiando o nosso andar,
Nos santos passos de Jesus,
'Té chegarmos ao lar.

3 Há uma luz, a santa luz
Na qual podemos ver
No lindo céu, a glória à flux,
Que vamos receber,

4 Em santa e bendita luz,
Cercado de esplendor,
Virá O que morreu na cruz,
Nosso amado Senhor.    A.S.

104. JESUS PROCURA A OVELHA

1 Eis Jesus a procurar a ovelha, que a vagar
Desgarrou-se do aprisco do Senhor;
Pelos montes a sofrer, faça sol ou a chover,
Cristo busca Sua ovelha, com amor.

COM AMOR... O PASTOR...
EIS QUE CHAMA SUA OVELHA, SEM CESSAR;
POSSA HOJE, O PECADOR
ESCUTAR A VOZ DO AMOR,
DE JESUS, QUE PROCURA P'RA SALVAR.

2 Com Seus pés o bom Pastor, já feridos, que horror
De descer nos tenebrosos pedregais,
E cansado de andar, mais, ainda a clamar:
"O ovelhas minhas, onde vós estais?"

3 Se escuta o gemer da ovelha, que prazer
Enche logo o coraÇão do bom Pastor!
E correndo sem parar,'té a ovelha abraçar,
E traze-la ao Seu ombro com amor.

4 Já em casa, o Pastor, Oh! Jubila com dulçor,
Pela ovelha desgarrada que achou;
E assim, também Jesus, com os anjos lá na luz,
Se alegra peias almas que salvou!             P.L.M.

105. A GLORIOSA ESPERANÇA

1 Possamos em ti, ó pecador,
A gloriosa esperança?
E Cristo tua confiança,
Que te sustenta com vigor?
A minha é Jesus, é Jesus, é Jesus,
A minha é Jesus,
Que me concede segurança.

2 Se nada mais te satisfaz,
Aqui no mundo, ó perdido,
E se te sentes abatido,
Qual há de ser a tua paz?
A minha é Jesus, é Jesus,'é Jesus, A minha é Jesus,
Que não me deixa desvalido.

3 E quando o teu fim chegar,
E te cobrir o véu da morte,
Qual há de ser a tua sorte?
Irás sofrer? Irás gozar?
A minha é Jesus, e Jesus, é Jesus,
A minha é Jesus,
Que me tornou, de fraco forte.

4 Vem a Jesus, vem pecador,
Vem dar o teu primeiro passo;
Qual é a força do teu braço,
Que te fará um vencedor.
A minha é Jesus, é Jesus, é Jesus,
A minha é Jesus,
Por ela quebro todos os laços.       P.L.M.

106. VIVA CRISTO 

1 Viva Cristo, eternal riqueza,
Meu escudo, vida e firmeza.
Sua graça - Oh! me faça
Reluzir no Seu amor.

2 Viva Cristo, Rocha já eleita,
A verdade pura e perfeita;
Meu sustento - Gran contento,
Que me faz andar na luz.

3 Viva Cristo, minha eterna sorte;
Meu tesouro é depois da morte;
Me conforta, me exorta
A viver em perfeição.

4 Viva Cristo, o Senhor da glória,
Que aos crentes sempre dá vitória,
E a vida prometida,
Que, p'ra nós ganhou na cruz.

5 Viva Cristo, Condutor dos santos!
Viva Cristo, fortemente canto!
Pois me ama e derrama
No meu ser, celeste paz.         P.L.M.

107. FIRME NAS PROMESSAS

1 Firme nas promessas do meu Salvador,
Cantarei louvores ao meu Criador;
Fico na dispensação do Seu amor,
Firme nas promessas de Jesus.

FIRME, FIRME,
FIRME NAS PROMESSAS DE JESUS, O CRISTO;
FIRME, FIRME,
SIM, FIRME NAS PROMESSAS DE JESUS.

2 Firme nas promessas, hei de não falhar,
Quando as tempestades, vêm me assolar;
Pelo Verbo vivo, hei de batalhar.
Firme nas promessas de Jesus.

3 Firme nas promessas, sempre vêlo assim,
PurificaÇão no sangue, para mim;
Plena liberdade em Jesus sem fim.
Firme nas promessas de Jesus.

4 Firme nas promessas do Senhor Jesus,
Em amor ligado com a Sua cruz.
Cada dia mais alegro-me na luz.
Firme nas promessas de Jesus. C.

108. PELEJAR POR JESUS

1 Por Jesus vamos pelejar
Prosseguindo o nosso andar;
E com Ele, então, no céu,
Nós iremos a paz gozar.

Lutemos todos contra o mal,
E vamos a Jesus seguir;
Ele é o nosso General 
E a glória do porvir. 

2 Em Jesus temos nós poder; 
Avancemos, já sem temer; 
Confiando no Seu amor,
Vamos lutar, até vencer. 

3 Crentes, para Jesus olhai, 
Pela fé, sempre, sim, lutai; 
Ao inimigo, o combatei; 
O Evangelho anunciai. 

4 A Escritura nos diz assim: 
Que Jesus é p'ra ü e mim, 
O Caminho, a Luz veraz, 
Que nos leva ao céu, enfim. J.T.L. 

109. VENHA AJESUS

1 Se alguém deseja venha a Jesus,
Água e Pão da vida, Ele te conduz
A mão Lhe estende, pede-Lhe a luz,
Se alguém deseja, venha.

SE ALGUÉM DESEJA SE ALGUÉM DESEJA,
VENHA HOJE MESMO RECEBER PERDÃO,
POIS JESUS TE CHAMA, Ó, NÃO CHAMA EM VÃO,
SE ALGUÉM DESEJA, VENHA!

2 Se alguém deseja paz fruirá;
Cristo que te chama, te libertará;
Com Seus braços santos te abraÇará.
Se alguém deseja, venha!

3 Se alguém deseja, não morrerá,
Pois a vida eterna sempre gozará;
Esta é a promessa que Jesus te dá.
Se alguém deseja, venha!                      P.L.M.

110. CLAMA: JESUS,JESUS!

1 O clama na tribulaÇão: Jesus, Jesus,
De todo o teu coração: Jesus, Jesus,
Por certo, te socorrerá: Jesus, Jesus,
E gozo e paz te dará: Jesus, Jesus.

2 Tu queres um bom Salvador? Jesus, Jesus,
Que ama o vil pecador? Jesus, Jesus,
E que tem poder p'ra salvar? Jesus, Jesus,
E para o céu te levar? Jesus, Jesus.

3 Há um que te pode curar: Jesus, Jesus.
E da corrupção te guardar. Jesus, Jesus.
Só em nome da salvação: Jesus, Jesus.
O gozo, a paz, o perdão. Jesus, Jesus.

4 Aceita, no teu coração: Jesus, Jesus;
Assim, tu terás salvação, Jesus, Jesus;
Abraça, com terno amor: Jesus, Jesus;
Que chora por ti, pecador,Jesus,Jesus. P.L.M.

111. QUE MUDANÇA!

1 que mudança em mim fez o meu bom Jesus,
Vindo Ele ao meu coração.
Deu-me paz divinal, deu-me gozo e luz,
Entrando no meu coração!

ENTRANDO DO MEU CORAÇÃO!
ENTRANDO NO MEU CORAÇÃO!
OUE MUDANÇA EM MIM FEZ O MEU BOM JESUS
VINDO ELE AO MEU CORAÇÃO.

2 Eu andava perdido, Jesus me salvou,
Entrando no meu coração.
Meus pecados sem conta, Seu sangue lavou,
Vindo Ele ao meu coração!

3 E agora, do céu, a certeza me deu,
Entrando no meu coraÇão.
Seu Espírito, o selo e penhor concedeu,
Vindo Ele ao meu coração.
4 Pelo vale da morte não temo passar!
Com Ele no meu coração;
A cidade celeste me vai transportar,
0 guarda do meu coração.          P.L.M.

112. O NOME SOBERANO

1 Não há na terra e céu também,
Um nome com doçura,
Como esta a quem louvor convém,
De toda a criatura.

JESUS, A LUZ ÉS TU DO CÉU!
JESUS, O NOSSO AMADO!
JESUS, O VERDADEIRO DEUS, POR TODOS EXALTADO!

2 Descendo ao mundo, a luz do céu
Vestiu-se em corpo humano;
Ao santo Filho, então, se deu
O nome soberano.

3 Entregue à morte sobre a cruz,
Por cima foi escrito
O nome amável de Jesus,
Por nós, ali maldito.

4 Da morte o Grande vencedor
A mão do Pai sentado,
Por nós Ele é intercessor,
E único Advogado.

5 Jesus, meu terno Salvador,
Es Tu minha esperanÇa,
Confio só no Teu amor;
E pões-me em seguranÇa.       E.W.

113. O CELESTE DIRETOR 

1 Dia a dia vem guiar-me
Meu Jesus e meu Senhor!
Não sou meu, pois me compraste
Com Teu sangue redentor;
Quero a Ti viver unido,
Pela vida até ao fim;
Que se torne assim verdade,
"Não mais eu, mas Cristo em mim".
Que se torne assim verdade,
"Não mais eu, mas Cristo em mim".

2 Cada instante vem guiar-me,
O celeste Diretor!
Já fizeste em mim morada,
Tu és meu Dominador;
O transforma minha vida;
Seja meu o teu querer;
Quero andar, passo por passo,
Confiando em Teu poder.
Quero andar, passo por passo,
Confiando em Teu poder.

3 Se maior intimidade Para mim possível for;
Quero mais ser atraído
A Ti, meigo Salvador!
Ah! Que fique em Ti morando
Meu secreto pavilhão,
Escondido, inteiramente,
Em Ti minha salvaÇão.
Escondido, inteiramente,
Em Ti, minha salvação.          E.W.

114. ACEITA O PERDAO DE JESUS

1 Se tu cansado estás de pecar,
Aceita o perdão de Jesus.
Se vida nova quiseres achar,
Aceita o perdão de Jesus.

Vem a Jesus, pecador.
Por ti morreu lá na cruz.
E tempo, vem sem teimar;
Aceita o perdão de Jesus.

2 Se vida pura desejas obter,
Aceita o perdão de Jesus.
Ele é a fonte que limpa teu ser;
Aceita o perdão de Jesus.

3 Se tu não podes tuas lutas calmar,
Aceita o perdão de Jesus.
Se teus desejos não podes domar,
Aceita o perdão de Jesus.

4 Se com os santos te queres unir,
Aceita o perdão de Jesus.
Se para os céus tu desejas partir,
Aceita o perdão de Jesus. J.T.L.

115. TRABALHAI E ORAI

1 Eu quero trabalhar p'ra meu Senhor,
Levando a Palavra com amor; [
Quero eu cantar e orar,
E ocupado quero estar,
Sim, na vinha do Senhor.

TRABALHAI E ORAI,
NA SEARA E NA VINHA DO SENHOR;
MEU DESEJO É ORAR,
E OCUPADO QUERO ESTAR
SIM, NA VINHA DO SENHOR.

2 Eu quero, cada dia, trabalhar;
Escravos do pecado libertar;
Conduzi-los a Jesus,
Nosso Guia, nossa Luz,
Sim, na vinha do Senhor.

3 Eu quero ser obreiro de valor
Confiando no poder do Salvador;
Se quiseres trabalhar,
Acharás também lugar,
Sim, na vinha do Senhor. J.T.L.

116. LIVRE ESTOU

1 Eu vagava pela senda de horror,
Oprimido elo pecado e temor.
Quando o salvador eu vi,
Sua terna voz ouvi,
Meu Jesus me libertou por seu amor.

LIVRE ESTOU! LIVRE ESTOU !
PELA GRAÇA DE JESUS LIVRE ESTOU;
LIVRE ESTOU! LIVRE ESTOU!
ALELUIA! PELA FÉ, LIVRE ESTOU!

2 Eu vagava pela senda de horror
Não pensando no amor do Salvador;
Eu vagava sem ter luz,
Longe do Senhor Jesus,
Mas liberto, hoje canto a Deus louvor.

3 Eu vagava pela senda de horror,
Mas, agora, quero andar com meu Senhor,
Quero ouvir sua terna voz,
E segui-Lo sempre após
Glória seja dada ao nosso bom Pastor. J.T.L.

117 O SENHOR SALVA A TODO O PECADOR

1 Aleluia! O Senhor salva a todo pecador!
Salvação! Salvação!
Jesus Cristo tem poder para todo o mal vencer,
Salvação! Salvação!

SALVAÇÃO E REDENÇÃO! 
ALELUIA! CRISTO JÁ ME AMOU E ME SALVOU.
GLÓRIA DOU E ALELUIA, A JESUS QUE ME SALVOU.

2 Eu confio em Jeová, Ele santidade dá;
Salvação! Salvação!
Tenho paz e vivo já, sua graça em mim está.
Salvação! Salvação!

3 Falarei sempre o que sei, exaltando o meu Rei,
Salvação! Salvação!
Pois Seu sangue·já verteu, p'ra tornar-me filho Seu,
Salvação! Salvação!

4 Cantaremos, sempre ali, ao sairmos nós daqui;
Salvação! Salvação!
Exaltando o Salvador, louvaremos com fervor.
Salvação! Salvação!      J.T.L.

118. FACE A FACE

1 Na presença estar de Cristo,
Em Sua glória, que será;
Lá no céu, em pleno gozo,
Minha alma O verá.

FACE A FACE, ESPERO VÉ-LO;
NO ALÉM DO CÉU DE LUZ;
FACE A FACE EM PLENA GLÓRIA, HEI DE VER O MEU JESUS.

2 Oh! que glória será vê-lo;
Que O possa eu mirar!
Eis, em breve, vem o dia;
Que Sua glória há de mostrar.

3 Quanto gozo há em Cristo,
Quando não houver mais dor,
Quando cessar o perigo,
E gozarmos pleno amor.

4 Face a face, quão glorioso
Há de ser o existir,
Vendo o rosto de quem veio,
Nossas almas redimir. J.T.L.

119. INESGOTAVEL E SEU AMOR

1 Seta louvado o bom Salvador
Livre é seu amor, livre é seu amor.
Há preparado para o pecador,
Fonte preciosa de amor;
E, se em Cristo queres confiar,
Livre é· seu amor, livre é seu amor;
A vida eterna tu irás gozar,
Inesgotável é seu amor.

ETERNO, TE CHAMA JESUS: QUERES IR?
O PECADOR, Ó PECADOR!
ELE DEIXOU PARA NÓS, AO SUBIR,
FONTE PRECIOSA DE AMOR.

2 Por- que vivendo em pecado há de estar?
Livre  seu amor livre é seu amor.
Cristo te chama, ó vem sem tardar,
Inesgotável é seu amor;
O Fixa as trevas por luz divinal,
Livre é seu amor, livre é seu amor;
Hoje ,Jesus quer livrar-te do mal,
Inesgotável e seu amor.

3 0! se tu queres, perdão obterás,
Livre é seu amor, livre é seu amor;
Vem o momento que tu bendirás;
Inesgotável é seu amor;
Cristo te espera, ó ouve o chamar;
Livre· é seu amor, livre é seu amor;
Fé· em Seu nome te há de salvar,
Inesgotável  é seu amor. J.T.L.

120. NOITE DE PAZ  

1 Noite de paz, noite de amor;  
Tudo dorme, em derredor!  
Entre os astros que espargem a luz  
Bela, indicando o menino Jesus,  
Brilha a estrela da paz,  
Brilha a estrela da paz.  

2 Noite de paz, noite de amor;  
Ouve o fiel pastor  
Coros celestes que cantam a paz,  
Que nesta noite sublime nos traz,  
O nosso bom Redentor,  
O nosso bom Redentor.  

3 Noite de paz, noite de amor;  
Oh! Que belo resplenda,  
Paira no rosto do meigo Jesus  
E no presépio do mundo, a Luz'  
Astro de eterno fulgor,  
Astro de eterno fulgor. J.T.L.

121. MARAVILHOSO E JESUS

1 Maravilhoso é Jesus,
Da minha vida a luz,
Pois me salvando, me perdoando.
ara Sião me conduz.

MARAVILHOSO, SIM, MARAVILHOSO!
E CRISTO, POIS SALVOU-ME A MIM!
MARAVILHASO E MUI GLORIOSO,
E CRISTO, QUE VIVE EM MIM.

2 Nunca podia saber,
Qual é o grande prazer,
Dum que perdido, arrependido,
A graça vem receber.

3 Ele nas trevas me achou,
E ternamente me amou;
Vida abundante, gozo bastante,
Tenho por quem me salvou.

4 Cristo é tudo p'ra mim,
Também será para ti;
Vou caminhando, sempre 0 louvando,
Pois Ele salvou-me a mim!            F.V.

122. FOGO DIVINO

1 Fogo divino, clamamos por ti;
Vem lá do alto, vem, desce aqui;
O vem despertar-nos com Teu fulgor:
Vem inflamar-nos com Teu calor.

DESCE DO ALTO, BENDITO FOGO,
DESCE PODER CELESTIAL!
DESCE DO ALTO, BENDITO FOGO,
VEM, CHAMA PENTECOSTAL!

2 Desce, Espírito Consolador-,
Desce e enche-nos de santo amor,
Desce ao mundo, nos mostra Jesus;
Dá nos poder, vida, graça e luz.

3 Arde em minh'alma, ó chama de amor
Arde em meu peito e dá-me valor;
Consome todos os restos do mal;
Desce já, ó fogo pentecostal            J.T.L,

123. CRISTO VOLTARA

1 Um dia, Cristo voltará;
Ao ascender, o prometeu;
Do modo que subiu virá;
Há de ver o Rei Jesus, o povo Seu.

MUI BREVE SIM, JESUS VIRÁ,
ALEGRE O VERÁ SEU POVO;
VELANDO, TODOS DEVEM SEMPRE ESTAR,
A FIM DE VÉ-LO VOLTAR.

2 0s mensageiros do Senhor,
Afirmam que Jesus virá;
E o Poder Consolador
As fiéis promessas nos revelará.

3 0h! gozo sem comparação
No dia do meu Salvador,
Com a mui grande multidão,
Subiremos ao encontro do Senhor.

4 Bem-vindo sejas, meu Senhor,
Em Tua gloriosa luz;
E nossa fé terá valor;
Nós dizemos "Ora, vem Senhor Jesus". J.T.L.

124. ADORAÇÃO

1 Adorai o Rei do Universo!
Terra e céus, cantai o Seu louvor!
Todo o ser no grande mar submerso,
Louve ao Dominador!

TODOS JUNTOS O LOUVEMOS!
GRANDE SALVADOR E REDENTOR!
TODOS O LOUVEMOS!
RÉGIO DOMINADOR!

2 Adorai-0 anjos poderosos,
Vós que Sua glória contemplais!
Vós, remidos, já vitoriosos;
Graças, rendei-Lhe mais

3 Sol e lua, coros estelares,
Sua majestade anunciai,
Hostes grandes, centos de milhares,
0 Seu poder mostrai!

4 Ventos! Chuvas! Raios! Trovoadas
Revelai o forte Criador!
Vós dizeis, ó serras elevadas,
Quão grande é meu Senhor!

5 Altos cedros! Grama verdejante!
Esta sinfonia aumentai;
Aves, vermes, todo o ser gigante;
Gratos a Deus louvai!

6 Ó Homens! Jovens! Velhos e meninos!
Adorai ao vosso Redentor!
Reis e sábios, grandes, pequeninos
Dai-Lhe veraz louvor!                                     E.lN.

125. QUEM DERA HOJE VIR!

1 Vem, outra vez, nosso Salvador;
Quem dera hoje vir!
Para reinar com poder e amor!
Quem dera hoje vir!
Já por Sua Esposa, vem esta vez;
Que O espera em oração;
Fora do mundo de entrediz;
Quem dera hoje vir!

GLÓRIA, GLÓRIA, GOZO SEM FIM, TRARÁ;
GLÓRIA, GLÓRIA, AO COROAR O REI;
GLÓRIA, GLÓRIA NOS ARREBATARÁ;
GLÓRIA, GLÓRIA! CRISTO VEM OUTRA VEZ!

2 Terminará o poder do mal;
Quem dera hoje ser!
Começará o prazer sem igual;
Quem dera hoje ser!
Todos os mortos em Cristo serão
Arrebatados por seu Senhor;
Quando estas glórias aqui virão?
Quem dera hoje ser!

3 Em santidade nos deve achar,
Eis que Ele pode vir.
Todos, velando, com gozo e paz,
Eis que Ele pode vir.
Multiplicados os sinais estão;
No oriente se vê o alvor;
Breve, os crentes subirão;
Quem dera hoje vir!               J.T.L.

126. BEM-AVENTURANÇA DO CRENTE

1 Bem-aventurado o que confia
No Senhor, como fez Abraão;
Ele creu, ainda 9ue não via,
E, assim, a fé não foi em vão.
E feliz quem segue, fielmente,
Nos caminhos santos do Senhor,
Na tribulaÇão é paciente,
Esperando no seu Salvador.

2 0s heróis da Bíblia Sagrada,
Não fruíram logo seus troféus;
Mas levaram sempre a cruz pesada,
Para obter poder dos céus,
E depois, saíram pelo mundo,
Como mensageiros do Senhor,
Com coragem e amor profundo,
Proclamando Cristo, o Salvador.
3 0uem quiser de Deus ter a coroa,
Passará por mais tribulação;
As alturas santas ninguém voa,
Sem as asas da humilhação
0 Senhor tem dado aos Seus queridos,
Parte do Seu glorioso ser;
Quem no coração for mais ferido,
Mais daquela glória há de ter.

4 0uando aqui as flores já fenecem,
As do Céu começam a brilhar;
Quando as esperanças desvanecem,
O aflito crente vai orar;
Os mais belos hinos e poesias,
Foram escritos em tribulação,
E do Céu, as lindas melodias,
Se ouviram, na escuridão.

5 Sim, confia tu, inteiramente;
Na imensa graÇa do Senhor;
Seja de ti longe o desalento
E confia no Seu santo amor.
Aleluia seja a divisa,
Do herói e todo o vencedor;
E do céu mais forte vem a brisa,
Que te leva ao seio do Senhor.        F.V.

127. O SENHOR DA CEIFA CHAMA

1 0 Senhor da ceifa está chamando:
Quem quer ir por Mim a procurar
Almas que no mundo, vão chorando;
Sem da salvação participar?"

FALA, DEUS! FALA, DEUS!
TOCA-ME COM BRASA DO ALTAR;
FALA DEUS! FALA DEUS!
SIM, ALEGRE, ATENDO AO TEU MANDAR.

2 0 profeta a Deus se aproximando,
Considera-se um pecador,
Mas o fo9o santo o queimando,
Torna-o útil para seu Senhor.

3 Muitos são os que vão expirando
Sem ter esperanÇa de ver Deus:
Vai depressa Ihes anunciando,
Que Jesus os leva para os céus.

4 Breve, os trabalhos serão findos,
Bênçãos vão os servos desfrutar;
E Jesus os saudará: "Bem-vindos",
Esta glória espero alcanÇar. O.N.

128. ENTREGA TEU CORAÇÃO

1 0 alma triste, perdida,
Que vagas sem ter direção!
Aceita de Deus a vida,
Entrega teu coração!

DÁ, HOJE, A CRISTO,
TEU CORAÇÃO, TEU CORAÇÃO.
POIS NELE ACHARÁS A PAZ, O PERDÃO,
ENTREGA TEU CORAÇÃO.
DÁ, HOJE, A CRISTO,
TEU CORAÇÃO TEU CORAÇÃO.
POIS NELE ACHARÁS A PAZ, O PERDÃO,
ENTREGA TEU CORAÇÃO.

2 Jesus não quer teu dinheiro;
De graça te dá salvação!
E qozo mui verdadeiro:
Entrega teu coração!

3 De Cristo ressuscitado
Aceita o vero perdão,
Se queres ser libertado,
Entrega teu coração.

4 Agora é o tempo aceitável
0 dia em que há salvação
A Cristo, meigo, adorável
Entrega teu coração. J.T.L.

129. A FONTE SALVADORA

1 O pecador, vem à fonte,
Com o teu fardo de dor,
Vem sepultá-lo nas águas;
Paz acharás no Senhor.

DEPRESSA VEM, DEPRESSA VEM!
UM SÓ INSTANTE NÃO QUEIRAS PERDER;
JESUS ESPERA SALVAR-TE;
MERCÉ P'RA TI, ELE TEM.

2 Como estás, vem à fonte,
Jesus esperando está;
E tua alma manchada
Alva e pura será.

3 0 Salvador não despreza
Quem, arrependido, crer.
A vida eterna esperando
De Suas mãos receber.

4 Vem ser curado na fonte;
Jesus a paz te quer dar;
Vem, humilhado e contrito,
Tua alma purificar. A.S.

130. CRISTO É MEU!

1 Manso Pastor já no mundo viveu e Ele é meu,
Nos dando a vida,por nós padeceu e Ele é meu;
GraÇa tão vasta não posso sondar, mas Ele é meu.
Sou perdoado já posso canTar, que Ele é meu.

CRISTO É MEU! CRISTO É MEU!
MARAVILHOSO, MAS CERTO É DIZER:
JESUS É MEU!

2 Há um amigo de amor sem igual, e Ele é meu;
Sempre o mais forte, o mais firme e leal e Ele é meu.
Sou tão indigno de ser um dos seus, mas Ele é meu.
Vou Seu amor desfrutar, lá nos céus, pois Ele é meu.


3 Ele mandou-nos o Consolador, também é meu.
Cheio de graça, de paz e de amor, e tudo é meu.
Nada me negados Seus ricos dons,pois tudo é meu.
Grandes tesouros, tão puros e bons, são todos meus.             E.W.

131. DE VALOR EM VALOR

1 Só em Ti, meu Senhor eu desejo estar,
E também receber tua luz;
De valor em valor só por Ti avançar,
O me traz junto a Ti, meu Jesus.

EU DESEJO, Ó DEUS, EM JESUS HABITAR;
POIS  MINHA ALMA SUSPIRA POR TI;
DE VALOR EM VALOR, E NA FÉ AUMENTAR,
PARA QUE VEJAM CRISTO EM MIM.

2 0 Caminho, Senhor, faz-me mais conhecer,
Que me leva à santa Sião;
Por Teu grande favor, e com muito prazer
Entrarei na eternal mansão,

3 Tua mão, ó Senhor Queira me proteger,
E dos Males daqui me livrar;
Na manhã d'esplendor, eu também quero ser
Dos fiéis, que vão ressuscitar. P.L.M.

132. OBREIROS DO SENHOR

1 Somos obreiros do Senhor,
A messe vamos, com amor,
A proclamar a salvação
De Cristo e o Seu perdão;
Pois trabalho mus por amor
De Cristo, nosso Salvador,
Que por- nós o sangue derramou,
E no Calvário expIrou.

A COLHEITA VINDE JÁ, POIS JESUS VOS CHAMA
"TODOS DEVEM TRABALHAR", O SENHOR PROCLAMA,
BREVE, TUDO FINDARÁ NÃO SE PODERÁ SEGAR;
VINDE CRENTES, VINDE TRABALHAR.

2 0 Evangelho, ó pregai,
A todo mundo, sim chamai,
E, sem temor, as novas daí
E a bandeira levantai.
Em nossas mãos Deus confiou,
A graça que nos enviou.
As novas dai, não vacileis,
Que a vitória obtereis.

3 As horas, prestes, passarão,
E nunca mais a vós virão,
Se não falardes de Jesus,
Alguns jamais verão a Luz.
Ainda hoje há perdão,
O mundo jaz na perdão
Oh! não desprezeis o favor
Do amoroso Salvador.             P.L.M.

133.  NO ROL DO LIVRO

1 Teu nome, por inteiro, escrito está nos céus
No livro do cordeiro, no livro do bom deus,
Teremos a vitória, olhando no senhor;
Por isso, damos glórias e grande louvor.

TEU NOME ESCRITO. IRMÃO, ESTÁ POR DEUS,
NO LIVRO DA VIDA, NO ROL DOS FILHOS SEUS,
TEU NOME ESCRITO, IRMÃO, ESTÁ NOS CÉUS;
OH! GLÓRIA, ALELUIA! AMÉM.

2 Alegres nós andamos na graFa do Senhor;
E nela nõs achamos poder consolador!
De Cristo recebemos, ajuda e vigor;
Avante, pois marchemos, sem mais temor.

3 Nós criaturas, somos remidas por Jesus,
No qual eleitos fomos. p'ra desfrutar a luzj
Nós temos, por heranÇa, Jesus nos altos céus,
Também a esperança de ver a Deus.

4 Contentes, levantemos os olhos para os céus,
Escrito nos já temos, os nomes, lá por Deus;
Sentindo grande gozo, servindo ao Senhor,
Ao Todo-poderoso, ao Redentor. J.T.L.

134. JESUS À PORTA DO CORAÇÃO

1 Quem está batendo assim,
Que enche-me de comoÇão?
Quem procurará por mim?
Sinto bater no coraÇão.

OUEM BATE, DIZ COM MANSIDÃO:
EU SOU JESUS, TE VIM SALVAR;
ABRE, DURO CORAÇÃO,
DENTRO DE TI QUERO CEAR.

2 Quem será? Quem pode ser?
Sinto bater no coração!
Que farei? Que vou fazer?
No vale estou da decisão.

3 0uem escuto eu bater?
- Eu sou Jesus, o bom Jesus:
Abre logo, sem temer
Quero te dar a minha luz.

4 Entra, entra, Salvador
Meu coração te quero dar,
Só em Ti ache amor,
Mesmo em ruim queiras morar.

NO CORAÇÃO , Ó BOM JESUS,
ENTRA,TRAZENDO TEU PERDÃO!
CONCEDENDO TUA LUZ,
TENHO, ASSIM, A SALVAÇÃO. P.L.M.

135. O NOME PRECIOSO

1 Teu nome é precioso, Amado Salvador,
E grande glorioso, nos enche de amor,
Nós todos Te adoramos com verdadeira fé,
Também nos humilhamos, aos Teus santos pés

Quantas bênçãos  prometidas
No Teu nome, ó Salvador!
Hoje tenho vida. Graça é concedida,
No Teu nome, ó Salvador!

2 Teu nome é sagrado, nos dá consolação;
Por Ele foi-nos dado, do céu, real perdão;
Aviva a esperança, aumenta nosso amor,
Dá firme confiança e mais do Teu vigor.


3 Teu nome é nossa vida capaz,ó Salvador!
A arca oferecida ao pobre pecador;
Por Ele abençoada é toda a nação,
Que foi predestinada à grande vocação. P.L.M

136 JESUS, NOSSO SOCORRO

1 Em nosso socorro vem, ó vem, Jesus!
Pois grande tristeza nos ofusca a luz;
A Ti recorremos, vem nos dar vigor,
Reveste-nos todos do Teu grande amor!

2 Em nosso socorro vem, ó vem, Jesus!
Em Ti confiamos, és a nossa luz;
Protege-nos sempre do vil tentador,
Reveste-nos todos do Teu grande amor!

3 Em nosso socorro vem, ó vem, Jesus!
Combate o inimigo com a Tua luz;
A Ti nós clamamos, responde, Senhor,
Reveste-nos todos do Teu grande amor!

4 Em nosso socorro vem, ó vem, Jesus!
A plena vitória, hoje nos conduz;
Dá-nos Tua graça poder e valor.
Reveste-nos todos do Teu grande amor!       P L.M

137. LIBERTO DA ESCRAVIDÃO 

Em Babilônia, em prisão,
Estava Israel,
O povo santo de Sião,
Sofrendo dor cruel.

MAS, UM DIA, SE OUVIU,
OUE DO REI A VOZ SAIU
P'RA VOLTAREM DA ESCRAVIDÃO.
TODO POVO A JUBILAR,
COM AS HARPAS A CANTAR,
FOI EM BUSCA DE SIÁO.

2 "Cantai!" dIsseram os caldeus,
Os hinos de Sião,
Mas isto mais entristeceu,
Os filhos de Abraão.

3 Libertos foram lá por Deus
Da vil escravidão.
E toda alma se encheu,
De riso e gratidão.

4 Quão grandes coisas nos fez Deus!
Cantavam, já, então;
E qual um sonho pareceu
A volta p'ra Sião.

5 E neste mundo, qual Babel,
Há muitos em prisão,
Sofrendo uma dor cruel,
Sem ter consolação.

Mas, de Cristo se ouviu
Que de Deus, a voz saiu,
P'ra voltarem da escravidão.
Queiras isto aceitar,
Com a harpa vem cantar,
E, assim, volta p'ra Sião. P.L.M.

138. OUEM BATE É JESUS CRISTO

1 Se da morte tens horror
E salvação  desejas,
Volta aos braços do Senhor,
Para que salvo tu sejas;
Abre bem teu coração,
E recebe salvação,
Sem nenhuma turbação
Quem bate é Jesus Cristo.

DEVES-LHE DAR ABRIGO.
NÃO HÁ NENHUM PERIGO
CRISTO QUER SÓ TE SALVÁR;
NA MESA, CEAR CONTIGO.

2 Já sofreu por ti, na cruz,
Para te dar a vida;
0 divino e bom Jesus
As marcas tem das feridas;
Não 0 vós a soluçar,
E Seu sangue a gotejar?
Não O vais deixar entrar?
Quem bate é Jesus Cristo.

3 Se tu andas em temor;
Longe do Pai amado,
Quem será teu protetor,
Quando o mal for chegado?
Segue,a quem morreu na cruz,
Pois a vida te conduz;
Dar-te-á nas trevas luz,
Quem bate ï· Jesus Cristo. P L.M.

139. JESUS, MEU ETERNO REDENTOR

1Já o Filho de Deus é descido do céu;
A obra perfeita na cruz consumou;
E ali Sua carne, rasgada qual véu,
Vivo caminho para o céu nos consagrou.

JESUS É MEU ETERNO REDENTOR!
POR SEU SANGUE JÁ REMIDO ESTOU;
DEU-ME PAZ PODER CONSOLADOR
VIVO CONTENTE, POIS ELE ME AMOU.

2Por Adão, o pecado no mundo entrou;
Ninguém dessa lei se podia liberar;
Mas o Filho do homem por nós triunfou,
N' EIe podemos do mal ressuscitar.

3 Do inferno, que paga aos maus, há e dar,
Do medo da morte. esse dar do cruel,
Do abismo eterno te pode salvar,
Só Jesus Cristo, 0 ó em Emanuel.

4 Bem alegres buscamos a pátria de amor,
A qual Deus no céu para nos preparou,
Onde sempre veremos o nosso Senhor
Cristo Jesus, que do mal nos libertou. P.L.M.

140. A SEGURANÇA DO CRENTE

1 De mal nenhum eu temerei,
Em mim está Jesus.
Jamais perturbação terei,
Pois vivo já na luz.

SINTO PAZ MUI PROFUNDA ENFIM,
SINTO PAZ PROVENIENTE DA CRUZ,
PELA FÉ SINTO VIVER EM MIM,
MEU JESUS, MEU JESUS.

2 Jesus me trouxe salvação;
Também, me disse assim:
Me busca na tribulação,
P'ra teres paz em min.

3 Na grande testa do perdão,
No Seu real poder,
Me concedeu admissão,
Quem quis por mim morrer.

4 Já tenho uma viva fé,
Que não confundirão;
O amor de Deus, que puro é
De paz me enchera.      P.L.M.

141. GUIA-ME SEMPRE, MEU SENHOR

1 Aonde guiar-me meu Senhor,
Eu seguirei, por Seu amor;
E Sua mão que me conduz,
Por mim ferida sobre a cruz.

GUIA-ME SEMPRE, MEU SENHOR,
GUIA MEUS PASSOS, SALVADOR;
TU ME COMPRASTE SOBRE A CRUZ;
REGE-ME EM TUDO, MEU JESUS.

2 Acho prazer em Te seguir;
Descanso e paz me faz sentir;
Doce é a mim o Teu querer,
Gozo me traz Te obedecer.

3 Sigo sem medo o meu Senhor
Que me encheu do Seu amor;
Sentindo perto a Sua mão,
Posso cantar na escuridão.

4Para Seu reino me conduz,
Pelo jardim e pela cruz;
Lá ficou morto o velho "eu",
Lá meu espírito reviveu. E.W.

142. A CIDADE CELESTE

1 O Sião celeste repouso dos santos
O teu arquiteto se chama o SENHOR,
Em Ti entraremos, com gozo e canto,
Com os que adoram o bom Salvador,
Em bela planície estás situada,
E que majestosa rainha és tu!
De pedras preciosas estás adornada;
Demonstras a glória de Cristo Jesus.
De Cristo Jesus, de Cristo Jesus.
Demonstras a glória de Cristo Jesus.

2Teus belos caminhos tratados com zelo,
E as tuas torres que vistas farão!
De todos os palácios, grandioso é o modelo,
Em ti nós teremos a consolação,
As portas do muro são todas formosas;
A praga é calÇada de ouro que luz;
Em ti essas coisas são mm gloriosas,
E és toda cheia da paz de Jesus!
Da paz de Jesus da paz de Jesus.
E és toda cheia da paz de Jesus.

3 Jamais haverá em ti noite alguma,
Teu grande luzeiro perpétuo será;
Sem a luz do sol, nem d'estrelas ou lua,
A glória de Cristo te alumiará.
E neste esplendor, de um sol verdadeiro,
Os santos e anjos do céu entrarão
E virá na frente Jesus, o Cordeiro;
Com Ele p'ra sempre ali reinarão.
Ali reinarão, ali reinarão,
Com Ele p'ra sempre ali reinarão.

4 0h! que grande festa nos é concedida,
Com a mesa posta, espera o Senhor,
A todos inscritos no Livro da Vida,
E que já da morte não tem mais temor;
De todos os que foram por Cristo comprados
0 lindo cortejo composto será
E Deus, que há dado o Seu filho amado,
Com Cristo na glória, os consolará,
Os consolará os consolará
Com Cristo na glória, os consolará. P.L M.

143. O VERDADEIRO AMIGO

1 Tu és p'ra mim o verdadeiro Amigo,
Só em Ti, meu Redentor, vou confiar,
Defende-me do mundo, do perigo;
Ansioso, eu Te quero encontrar.

VEM LEVAR-ME PARA PERTO
DO TEU GRANDE E BONDOSO CORAÇÃO;
SEMPRE AVANTE E BEM CERTO,
COM JESUS, EU VOU ANDANDO P'RA SIÃO.

2 Vem já, Senhor, com Tua graça imensa
Ajudar-me a levar a minha cruz,
Fazendo-me sentir real presenÇa,
Do Consolador divino, ó Jesus!

3 Jesus Tu és a minha esperança,
E contente eu desejo Te seguir;
A Ti orando, com perseveram a,
Para quem e guardes sempre de cair. P.L.M.

144. VEM À ASSEMBLEIA DE DEUS

1 A Assembléia de Deus, vem comigo,
Ouvir a Palavra de Deus;
E terás a certeza, contigo,
Que Jesus é o caminho dos céus.

O VEM, VEM, VEM, VEM!
VEM À ASSEMBLÉIA E LOUVEMOS
AO NOSSO BOM DEUS REDENTOR,
POIS MAIOR ALEGRIA NÃO TEMOS,
QUE FRUIR SEU IMENSO AMOR.

2 Vem, irmão, à Assembléia dos Santos,
Sentir o poder do Senhor
E ali entoar lindos cantos
Exultando no Consolador.

3 Na Assembléia de Deus tu estejas
Humilde aos pés do Senhor;
Santidade convém à Igreja,
P'ra gozarmos celeste amor.

4 Nós sentimos a santa presenÇa
Do nosso querido Jesus;
Anulada foi tua sentença;
Deixa as trevas e vem'para a luz. P.L.M.

145. UNIÃO DO CRENTE COM SEU SENHOR

1 A minha alma Te ama, ó Senhor!
desfalece sedenta de amor;
Es meu consolo na aflição,
E luz perfeita na escuridão;
Meu verdadeiro pão.

A MINHA ALMA AMA-TE, SENHOR,
DE TI SÓ RECEBE VIDA E AMOR!

2A minha alma Te ama, ó Senhor!
Almeja sempre andar no Teu temor;
Tu vives já no meu coração
E guias-me pela Tua mão;
Es minha salvação.

3 A minha alma Te ama, ó Senhor!
A Tua face procura com fervor;
Desejo ter a celeste paz
0 gozo santo, que satisfaze,
E salvação veraz.

4 A minha alma Te ama, ó Senhor!
Por mim sofreste incomparável dor;
Teu Nome quero, aqui louvar;
Os Teus preceitos e leis honrar
E sempre em Ti pensar. P.L.M.

146. CAMINHO BRILHANTE

1 Por um caminho brilhante vou,
De majestosa luz;
Pelo caminho que já trilhou,
Nosso Senhor Jesus;
Sem me lembrar do que se passou,
Bem feliz canto, sim,
Pois filho do Rei dos reis eu sou;
Cristo é meu, por fim;

MEU, POR FIM; MEU, POR FIM!
CRISTO DA MORTE LIVROU-ME. SIM!
ME OUVIU, ME REMIU, CRISTO É MEU, POR FIM!

2 No mundo não tenho mais prazer,
Purificado estou,
Nunca jamais hei de perecer,
Pois Jesus me livrou;
Ele me ama e me quer bem,
Tudo é para mim;
N´EIe encontro louvor, também.
Cristo é meu, por fim.

3 Quem de Jesus me separará?
Tenho-O no coraÇão;
Ele nas trevas me guiará
Para a Feliz Sião.
Sempre contente, sem vacilar,
Venho o mal, assim;
Tenho prazer se na luz andar.
Cristo é meu, por fim. P.L.M.

147. SERVIR A JESUS

1 Quero eu servir-Te, ó meu Rei Jesus,
E contigo sempre caminhar na luz,
Tendo com o povo de Deus comunhão
E dos meus pecados purificação.
SIM Ó MEU SENHOR
OUERO SEGUIR-TE, O DEUS DE AMOR.
SEMPRE TE SERVINDO,
E TAMBÉM DANDO A TI LOUVOR.

2 No Teu bom serviÇo tenho eu prazer,
Nele muita graça eu vou receber;
Sempre falarei assim do Teu amor,
E Te glorificarei, meu Salvador.

3 DesÇa Tua graça sobre mim, Senhor,
Para trabalhar com mais e mais fervor,
Dá-me entendimento e veraz saber,
Para alegre, eu fazer o Teu querer.
4Só em Ti confio, meu Senhor e Rei;
Só em Ti vitória eu alcançarei.
E contigo,quero sempre aqui viver
'Té que p ra Sião, me venhas receber.            M.A.N.

148. BENDIREI A JESUS  

1 Louvarei meu Guia Sábio,  
Louvarei, louvarei;  
Bendirei, com alma e lábios,  
Bendirei Jesus.  

ALELUIA! LOUVO A JESUS!  
DEU-ME SALVAÇÃO NA CRUZ!  
ALELUIA A QUEM ME CONDUZ!  
GLÓRIA A MEU JESUS!  

2 Louvarei a quem me ampara,  
Louvarei, louvarei;  
Nada dEle me separa;  
Bendirei Jesus.  

3 A Quem leva os meus cuidados,  
Louvarei, louvarei;  
Me sustenta os pés cansados,  
Bendirei Jesus.  

4 A Quem dá-me aqui vitória,  
Louvarei, louvarei;  
Dar-me-á coroa e glória;  
Bendirei Jesus.  

5 Meu sublime Rei glorioso,  
Louvarei, louvarei;  
Em celeste coro e gozo,  
Bendirei Jesus.            E.W.

149. CANTO DO PESCADOR

1 No meu barco a remar,
Sobre as ondas, pelo mar,
Mesmo na bonança ou no furacão
Não desejo mais parar;
Com a rede vou pescar,
Muitos peixes para o reino de Sião.

VOU PESCAR OS PECADORES PARA CRISTO,
NESTE MUNDO CHEIA DE HORROR;
NÃO MAIS DESANIMAREI;
MINHA REDE LANÇAREI,
MUITOS PEIXES APANHANDO P'RA O SENHOR.

2 0 meu barco não é bom,
De pescar não tenho dom.
E me dizem que não devo continuar;
Mas Jesus me quis mandar,
E por isso vou pescar,
'Te que Ele se apraze em me chamar.

3 Tem um modo o Senhor,
Que é próprio do amor,
Ele usa dos remidos o menor,
Todo o mundo me deixou,
E de mim se envergonhou,
Mas alegre, vou pescar, pois é melhor.

4 Se há coisa de valor,
E a rede de amor,
Cujo fio é a obra de Jesus,
Que puxada sempre traz
Os perdidos e sem paz,
Para receberem do Senhor, a luz.

5 0uando há um temporal,
E a pesca corre mal,
Novamente no meu barco vou pescar!
Pode ser que desta vez
Eu não tenha mais revés,
Pois Jesus eu levo para m'ensinar.

6 Acabando de pescar,
E deitado a pensar,
Tenho gozo pelo tempo que gastei;
Pois terei um galardão
Pela pesca, em Siâo
Pelas almas que no mundo eu ganhei.    P.L.M.

150.  PARA CASAMENTOS

1 Cheios de contentamento
Estamos, Senhor amado,
Porque é o casamento
Um Teu bom mandado.

AOS NOIVOS DÁ PROTEÇÃO,
CONCEDENDO O TEU AMOR,
PARA ELES EM UNIÃO,
VIVEREM P'RA TEU LOUVOR.

2 Faze viverem guardados
Na Tua santa doutrina
E só andarem guiados
Por Tua mão divina.

3Confirma esta aliança,
Nós Te pedimos ainda,
Enchendo-os da esperança
Da Tua santa vinda.                   D.L.

151. FALA, JESUS QUERIDO

1 Fala, Jesus querido; fala-me, hoje sim!
Fala com Tua bondade; fica ao pe de mim;
Meu coraÇão aberto está p'ra Tua voz ouvir;
Enche-me de louvores e gozo p'na Te servir.

FALA-ME SUAVEMENTE! FALA, COM MUITO AMOR!
VENCEDOR PARA SEMPRE, LIVRE TE HEI DE POR,
FALA-ME CADA DIA, SEMPRE EM TERNO TOM;
OUVIR TUA VOZ EU QUERO E NESTE MESMO SOM.

2 Para teus filhos fala, e, no caminho bom,
Pela bondade os guia a pedir o santo dom
Quererão consagrar-se para suas vidas dar.
Obedecendo a Cristo e com fervor O amar.

3 Como no tempo antig o Tu revelaste a lei
Mostra-me Tua vontade, e à Tua santa grei;
Deixa-me gloriar-Te, quero a Ti louvar,
Cantar alegremente e sempre Te honrar. *+*

152. PELA CRUZ AO CÉU IREI

1 Ao Calvário, só Jesus se transportou
Levando pesada cruz,
E morrendo, lá, p'ra o mortal deixou,
Um fanal de gloriosa luz.

PELA CRUZ AO CÉU IREI;
PELA CRUZ EU SEGUIREI
PARA O LAR DE PAZ E ETERNO AMOR
PELA CRUZ AO CÉU IREI.

2 Só na cruz, a alma sedenta achará
A fonte de inspiraÇão;
E ali o fardo de dor cairá;
No Calvário, há salvação.

3 Pela cruz irei à mansão celestial.
O rumo marcado está,
Em minha vida obscura será o fanal;
Em sua luz minha alma irá. J.T.L.

153. SOLDADOS DE CRISTO

1 Soldados de Cristo que entrastes na lida.
Lutai sem desmaio, lutai com valor;
E o inimigo levai de vencida,
Dizendo que Cristo é nosso Senhor.

SOLDADOS DE CRISTO, MARCHAI SEMPRE AVANTE,
LEVANDO À DEXTRA AS ARMAS DA LUZ;
AS ALMAS PERDIDAS BUSCAI TRIUNFANTES
E PRESTES, LEVAI-AS A CRISTO JESUS.

2 Peleja. ó crente, a santa peleja,
Prossegue avante por Cristo Jesus;
E sê mui valente; na frente estejas,
Dizendo que Cristo morreu numa cruz.

3 A aurora se acerca do dia faustoso,
Em que prêmio terão a fé e o valor;
E nele, Jesus, galardão grandioso,
Dará a qualquer que sair vencedor. J.T.L.

154. DOCE NOME DE JESUS

1 Oh! doce Nome de Jesus!
Que belo é a Ti cantar,
Co'a alma cheia proclamar
O Nome bom de Jesus!

JESUS, Ó MEU DOCE REI!
JESUS, VERDADEIRO DEUS!
JESUS, SEMPRE LOUVAREI
DE CORAÇÃO, TEU NOME.

2 Adoro o Nome de Jesus;
Jamais me falta Seu amor,
E põe, à parte, minha dor,
O Nome bom de Jesus.


3 Tão puro o Nome de Jesus!
Que meu pesar poder tirar.
A grata paz também me dá
O Nome bom de Jesus.

4 No doce Nome de Jesus,
A minha alma salva está,
E nEle'tu te saldarás;
No Nome bom de Jesus. P.L.M.

155. IMPLORAMOS TEU PODER

1 Imploramos, nosso Salvador,
Teu poder, ieu poder, teu poder,
Divinal, poder renovador,
Teu poder, teu poder teu poder.
Bendita promessa paternal!
Vem encher-nos de real valor,
Do pleno poder celestial,
Teu poder, teu poder, teu poder.

2 Com o óleo, sim, vem nos ungir,
Teu poder, teu poder, teu poder,
Pai celeste, faze-nos fruir
Teu poder, teu poder, teu poder.
Tu ia prometes te derramar
Tuas bênçãos e nos revestir,
P'ra tua palavra proclamar,
Com poder, com poder, com poder.

3 Com o fogo vem nos inflamar,
Teu poder, teu poder, teu poder.
E de toda a mancha nos limpar,
Teu poder, teu poder, teu poder.
Aquece os frios, ó Senhor;
Faze os que dormem despertar.
Nós te suplicamos com fervor,
Teu poder, teu poder, teu poder.

4 Como a brisa, queiras assoprar
Teu poder, tcu poder, teu poder.
Deus bendito, vem nos outorgar
Teu poder, teu poder, teu poder.
Perene e doce comunhão,
Quero aqui contigo, ó Pai, gozar;
Depressa nos enche o coraÇão
Com poder, com poder, com poder. A.S.

156. A OVELHA PERDIDA

1 O bom Pastor buscou-me
Já longe do redil,
E com ternura achou-me,
Caído, triste, vil!
As chagas com amor pensou,
E ao lar nos braços me levou.

SIM, JESUS AMOU-ME,
COM AMOR BUSCOU-ME,
ELE MESMO RESTAUROU-ME A DEUS;
POR SEU SANGUE RESTAUROU-ME A DEUS.

2Seguiu-me, bem distante
Do Seu lugar, no céu,
E disse, em voz amante:
"Achai-te, tu és meu".
Jamais senti tão grande amor
Como este do meu bom Pastar


3 Por Ele sou,querido, Que graça singular!
Pois Ele foi ferido, A fim de me salvar;
Assim, ovelha dEle sou,
E com o Seu rebanho vou.

4 Prossigo alegre agora;
Deus da poder cabal
E graça salvadora;
Protege-me do mal,
0 bom Pastor comigo está,
Meus passos Ele guiará. '

157. CRISTO, EM BREVE, VEM!

1 O dia vem , a clarear,
Já fugiu a noite, brilha a luz dalém;
Um grito soa aprontar!
Cristo, em breve, vem!

QUAL FORTE VENDAVAL, RUGINDO SOBRE O MAR,
ESCUTA-SE A MENSAGEM, QUE DO CÉU PROVÉM;
OUVI A GRANDE NOVA, QUE ALEGRIA TRAZ;
"CRISTO, EM BREVE, VEM!"

2 0 povos, tribos e nações
Que escravizados no pecado estais,
O preparai os corações!
Oh! Por que demorais?

3 Da morte queiram acordar;
Trevas e pecados, à luz, hão de fugir;
Em breve iremos encontrar
Cristo, que há de vir.             E.J. e F.S.

158. QUE FARÁS DE JESUS CRISTO?  

1 Diante de Pilatos 'stá Jesus,  
Por todos deixado em afliÇão,  
0 Qual pergunta à multidão:   -

Que farei de Jesus Cristo?"   
Que farás de Jesus Cristo?   
Responde, hoje, sim;   
Dirás um dia ao vê-Lo:   
"Que fará Ele de mim?"  

2 Em julgamento ainda está 
O Nazareno em aflição,  
E se repete a pergunta então  
-"Que farei de Jesus Cristo?"  

3 Será julgado Jesus por ti,  
Ou recebido com gratidão?  
E, mui alegre, dirás, então:  
- "Aceito a Jesus Cristo!" F.V. 

159. CANTAI, O PEREGRINOS 

1 Cantai, ó peregrinos, na lida não canseis 
A vossa fé crescendo, as harpas já tocai
Eu sobre o monte santo e glorioso estou,
E para a minha pátria celestial já vou.

CANTAI, CONTINUAMENTE,
LOUVAI P'RA TODO O SEMPRE;
MEU CORAÇÃO TRANSBORDA COM DRVINAL LOUVOR.
CANTAI, CONTINUAMENTE,
LOUVAI P'RA TODO O SEMPRE;
MEU CORAÇÃO TRANSBORDA COM DIVINAL LOUVOR.

2 Cantai, ó peregrinos enquanto aqui estais;
Cantai, a Jesus Cristo, enquanto assim passais;
Cantai a velha história de Deus e Seu amor;
O coro sempiterno responde, com fervor.

3 Cantai, ó peregrinos, em breve estareis,
Cantando melhor hino,junto ao Rei dos reis,
Com os que foram antes, e nos esperam lá,
Encontraremos todos, e nada turbará.                                   J.F.J.

160. DEUS NOS OUIS SALVAR

1 Irmãos, unidos, vamos publicar
Que Deus nos quis salvar,
Que Deus nos quis salvar,
Com o precioso sangue de Jesus,
Vertido lá na cruz.

QUE DEUS NOS QUIS SALVAR,
QUE DEUS NOS QUIS SALVAR,
CO'O SANGUE DO SENHOR JESUS;
O IRMÃOS, DEVEMOS AVANÇAR,
OLHANDO PARA A CRUZ.

2 Irmãos, ao mundo vamos proclamar
Que Deus nos quis salvar,
Que Deus nos quis salvar.
E que, mui breve, há de vir Jesus,
Em gloriosa luz.

3 Na sã Palavra fomos encontrar
Que Deus nos quis salvar,
Que Deus nos quis salvar
E que no céu veremos o Senhor,
Repletos de amor!

4 Alegres, sempre temos que cantar:
Que Deus nos quis salvar,
Que Deus nos quis salvar.
Por sua graça pelo seu amor
Louvemos ao Senhor!                                                                     P.L.M.

161. NAVEGANDO P'RA TERRA CELESTE

1 P'ra terra celeste meu barco andará,
Ali, onde os santos já estão;
Findando a noite, manhã romperá;
Então, os remidos entrarão.

SIM, VOU PELAS TERRAS, PELOS MARES TAMBÉM,
ALERTA, JESUS ME GUIARA; ELE PROMETEU A MIM,
NUNCA DEIXAR-ME NO MUNDO PORÉM,
SIM, LEVAR-ME AO PORTO, CO ALEGRIA SEM FIM.

2 Será jubiloso esse dia p'ra mim,
Em que eu chegar ao céu de luz;
Que paz e descanso, com Deus, lá sem fim!
Saúdo-Te já, ó meu Jesus!

3 0 mundo que jazes no vil tentador
Não quero jamais em ti morar,
P'ra festa celeste eu vou com fervor,
Louvores a Cristo irei cantar!

4 Amigos, lembrai-vos que o naufragar
E fácil p'ra qualquer um de vós;
Convite, p'ras bodas, Jesus vos quer dar;
Lugar há bastante para nós.                                                         J.Car.


162. O ESTANDARTE DA VERDADE            

1 Da verdade levantemos o estandarte, 
Arvoremos o estandarte de Jesus, 
Proclamemos, com valor, por toda parte, 
A mensagem solidíssima cruz.  

O mundo está sem luz, sem paz;  
Levemos paz, consolação,  
A quem, na dor, no luto jaz,  
Sem luz, sem paz, sem salvaÇão. 

2 Da verdade, levantemos o estandarte; 
Proclamaremos o Senhor, que é Luz e Paz;
Pecador, ouve! Jesus tem para dar-te
Salvação que nEle só, encontrarás.

3 Do Evangelho, levantemos o estandarte,
Vem, desperta do teu sono, pecador;
Que o teu Deus, que o teu Senhor tem para dar-te
Copiosas bênçãos do Seu grande amor.                                                 S.S.

163. CRISTO MORREU POR MIM

1 Do Calvário, pela senda,
O Senhor Jesus subiu,
E na cruz, em dor horrenda,
Obra de amor cumpriu!

SOBRE A CRUZ, SOBRE A CRUZ,
CRISTO JESUS MORREU POR MIM;
SOBRE A CRUZ, SOBRE A CRUZ,
CRISTO JESUS MORREU POR TI.

2 Oh! Que obra gloriosa
Foi p'ra Deus a de Jesus!
Sua morte tão penosa
Fez raiar, do céu, a luz!

3 Nesta obra hoje crendo,
Tenho vida e prazer
Pela fé, estou revendo
O Senhor, por mim sofrer.

4 Pecador na cruz remira,
De Jesus a morte atroz,
Pois o teu pecado tira,
Se ouvires Sua voz                 P.L.M.

164. PAZ, LUZ E AMOR

1 Recebi de graça abundante paz
Por Deus concedida, que me satisfaz;
Queres recebê-la no teu coração?
Busca o Senhor e sua salvação,
Mais de sua paz, mais de sua paz,
Quero receber de Deus, que é veraz.
Mais de sua paz mais de sua paz,
Quero receber de Deus, que é veraz.

2 Recebi de graça, abundante luz,
Luz maravilhosa, que me deu Jesus; Queres
recebê-la, pobre pecador?
Deixa, hoje mesmo, o mundo de horror.
Mais de sua luz, mais de sua luz,
Quero receber do Salvador Jesus.
Mais de sua luz, mais de sua luz, 
Quero receber do Salvador Jesus.

3 Recebi de graça abundante amor,
O amor divino do Consolador;
Queres recebê-lo? Abre o coração,
E terás mais gozo e veraz perdão.
Mais de seu amor, mais de seu amor,
Quero receber do bom Consolador,
Mais de seu amor, mais de seu amor,
Quero receber do bom Consolador.            P.L.M

165. A ARMADURA CRISTÃ

1 Ao bom combate vamos, repletos de amor,
Vestidos de justiÇa, ferventes no Senhor;
Co'os lombos bem cingidos de verdadeira luz,
CaIçados do Evangelho do Salvador Jesus.

DE DEUS, A ARMADURA - DE CRISTO, O VALOR,
IRMÃO MEU, SEGURA - P'RA SERES VENCEDOR.

2 da fé, o escudo, que pode vos salvar
Dos dardos inflamados que vem vos atirar
0 grande inimigo, o astuto tentador
Que sempre vos procura tratar, com seu furor.

3 Entrai no bom combate, em nome do Senhor
Com zelo, com coragem, unidos em amor;
O inimigo, breve, assim, se vencerá,
E sob os pés nossos Jesus no-lo porá.                P.L.M.

166. DEIXA ENTRAR O REI DA GLORIA

1 Ouves tu? Jesus te chama,
Sim, te chama, ó pecador!
A Jesus, que salva e ama,
Vem agora. sem temor.

DEIXA ENTRAR O REI DA GLÓRIA
EM TI MESMO Ó PECADOR;
QUEM É ESTE REI DA GLÓRIA?
E JESUS, O TEU SENHOR.

2 Para o mundo e o pecado
Tens no coraÇão lugar
Mas Jesus ressuscitado,
Tu não podes abrigar?

3 Do prazer, a vista linda,
Deste mundo sedutor,
Sim, um dia aqui se finda,
Com a morte, ó pecador!

4 Hoje é dia aceitável
Para vires t'entregar
A Jesus, que mui amável,
Quer, e pode te salvar.                   P.L.M.

167. AS TESTEMUNHAS DE JESUS

1 O companheiros desta causa santa
Anunciai que Cristo é Salvador,
E boa nova que o perdido salva
E do escravo faz um vencedor;
Do Amazonas, até ao Rio Grande,
O Evangelho, ousados, proclamai,
E a mensagem, que da paz nos fala;
Eterna glória vos dará do Pai.

2 A salvação perfeita e gloriosa,
Que. em Jesus, o Pai quis revelar,
Nós publicamos, sim, por toda a parte,
Aos que Jesus á veio p'ra salvar.
E muitos já a Cristo se entregaram,
E a estes outros vão se reunir,
Sim, a Palavra, em vão, não se semeia,
Pois quem a deu, também a faz fruir.

3 Poder do alto p'ra ser testemunha,
Foi a promessa qu'Ele nos deixou,
Bem poucos crentes, 'stão à Sua espera,
Desconhecendo o que Deus nos legou,
Mas, glória a Deus! Há outros que
acordaram
E cheios de poder pentecostal,
Vão despertar os crentes ociosos,
P'ra acharem este dom celestial.

4 No Nome de Jesus nós proclamamos,
A salva não p'ra todo o pecador,
E este nome cura os enfermos,
Que buscam nEle aliviar a dor;
E os demônios serão expulsos,
Porque Jesus poder nos prometeu,
E,já um povo está se preparando
P' ra encontrar Jesus, o Rei do céu.                    S.N

168. MEUS IRMÃOS, NOS JUBILEMOS

1 Meus irmãos nos jubilemos
Em Jesus, o Rei da glória,
Nesta fé que recebemos,
Nesta paz, que da vitória,
No Consolador divino,
Que aviva a memória,
E em nós entoa hinos a Jesus.

MEUS IRMÃOS, NOS JUBILEMOS
EM JESUS, POR SUA BÊNÇÃO;
POIS, ASSIM, NÓS SEMPRE TEMOS
SALVAÇÃO.

2 Meus irmãos, nós congregados,
Entoemos nosso canto
Ao Senhor, o nosso amado,
Ao bom Deus perfeito e santo;
No seu gozo jubilemos,
E secar-se-a o pranto;
Em espírito adoremos a Jesus.

3 Meus irmãos, em Cristo somos
Pelo Espírito gerados,
E p'ra sermos santos, fomos
Por Jesus ta resgatados;
Pela fé, nós desfrutamos
Liberdade do pecado,
E também, nos alegramos em Jesus.                   P.L.M

169. JESUS ME AMA
 
1 Longe do Senhor, andava, 
No caminho de horror, 
Por Jesus não perguntava, 
Nem queria o Seu amor. 

OH! POR QUE JESUS ME AMA? 
EU NÃO POSSO T'EXPLICAR! 
MAS, A TI TAMBÉM TE CHAMA, 
POIS DESEJA TE SALVAR!

2 No juízo não pensava,
Nem na minha perdição, 
Nem minh'alma desejava 
A eterna salvação. 

3 Já cansado do pecado, 
Fui aos pés do Salvador, 
E ali, caiu o fardo 
De tristezas e de dor.

4 Como é maravilhoso, 
Pertencer ao meu Jesus! 
Ter a graça, o repouso, 
E ficar ao pé da cruz! P.L.M.

170. AO CALVÁRIO DE HORROR

1 Como hama trevas no meu coração,
Quando Jesus Cristo me salvou;
Pela luz divina, com a Sua mão,
Todas as minhas trevas dissipou!

AO CALVÁRIO DE HORROR, SUBIU JESUS,
LEVANDO A CRUZ, LEVANDO A CRUZ;
AO CALVÁRIO DE HORROR, SUBIU JESUS,
LEVANDO A MINHA CRUZ!

2 Vindo um perdido ao Senhor Jesus,
Achará o gozo divinal,
E na sua alma raiara a luz,
Luz que vem do céu, luz eternal!

3 E maravilhoso o amor de Deus,
Que mandou Seu Filho p'ra salvar
Todo o perdido pecador ou réu,
Que a Sua graça aceitar!                       P.L:M.

171. UM PECADOR REMIDO

1 Era um pecador, andava sem Jesus,
Não tinha esperança, nem divina luz;
Hoje sou remido, Cristo me salvou,
Co o Seu sangue me lavou!

QUE AMOR ME CONCEDEU JESUS,
GOZO SANTO E CELESTE LUZ;
CRISTO, BREVE, DO CÉU DESCERÁ,
E CONSIGO, ENTÃO, ME LEVARÁ.

2 O Consolador á veio em mim morar,
A Palavra santa veio iluminar;
Quero ser guiado por tão clara luz,
Que a Cristo me conduz.

3 Vem, Jesus amado, vem sem demorar,
Eu estou ansioso p'ra no céu entrar;
Vem sem mais tardança;, faz raiar a luz,
"Ora vem, Senhor Jesus

4 0ueres pecador, gozar a salvação?
Vem a Cristo, hoje, receber perdão,
Cristo te aceita, pobre pecador,
Nos Seus braços de amor!                          P.L.M.

172. Ó VEM TE ENTREGAR

1 O pecador, cansado e abatido,
Que neste mundo vagas. sem consolação!
Se queres ser, de graça, revestido,
Aceita Cristo, e Sua salvação.

O VEM TE ENTREGAR
AO GRANDE SALVADOR,
OUE VEIO TE SALVAR,
E TE ESPERA, CHEIO DE AMOR.

2 0 pecador, se estás desanimado,
Porque o mal domina todo o teu ser,
O crê em Cristo, o Crucificado,
E contra o vício tu terás poder.

3 0 pecador, por que não te entregas
A Jesus Cristo, o bondoso Salvador?
Que, vindo a morte, grato te c;arrega
Ao Paraíso, ao país de ai~or!

4 Se comoção tu sentes em tu'alma,
E queres hoje receber a salvação,
Aceita Cristo, com fé e com calma,
Vem 1e entregar, de todo o coração.                         P.L.M.

173. OS SANTOS LOUVAM AO SENHOR

1 Pronto 'stamos p'ra louvar Jesus, o Salvador,
Glória a Jesus e aleluia!
Havemos de cantar ao nosso Redentor
Glória a Jesus e aleluia!

TËM OS SANTOS DO SENHOR
O DIREITO DE CANTAR
OUE JESUS, COM GRANDE AMOR,
VEIO À TERRA P'RA SALVAR;
NOSSA ALMA RESGATOU,
COM SEU SANGUE NOS LAVOU;
GLÓRIA A JESUS E ALELUIA!

2 A certeza temos já da nossa redenção,
Gloria a Jesus e aleluia!
E cantando, vamos indo p'ra feliz Sião;
Glória a Jesus c aleluia!

3 Temos firmes as promessas que Deus nos quis dar,
Glória a Jesus e aleluia
Por Jesus, aqui, podemos sempre triunfar,
Glória a Jesus e aleluia'

TÉM OS SANTOS DO SENHOR
O PODER DE EXALTAR
CRISTO, NOSSO SALVADOR,
OUE NOS VEÌO RESGATAR;
JÁ VIVEMOS PELA FÉ,
NO PALÁCIO DO QUE "E";
GLÓRIA A JESUS E ALELUIA!                                     P.L.M.

174. GLÓRIA, ALELUIA


1 Tenho gozo em dar louvor
Glória, aleluia, glória!
A Jesus meu Salvador,
Glória, aleluia, qlória!

GLÓRIA A DEUS, JESUS ME SALVOU!
GLÓRIA A DEUS, JESUS ME LIVROU!
GLÓRIA A DEUS, QUE EU SALVO ESTOU!
GLÓRIA, ALELUÍA, GLÓRIA!

2 Só Jesus pode salvar,
Glória, aleluia glória!
E de todo o mal livrar,
Glória, aleluia, glória!

3 Enquanto no mundo andar,
Gloria, aleluia, glória!
A Jesus hei de louvar,
Gloria, aleluia, gloria!

4 0uando eu no céu chegar,
Gloria, aleluia, glória!
Para sempre irei cantar,
Glória, aleluia, glória!                                 A.S.

175. IRMÃOS AMADOS

1 Irmãos amados - E resgatados,
Segui avante - E triunfantes,
Combateremos - E venceremos,
No Nome santo de Jesus!

NO NOME SANTO - ALEGRE CANTO:
EU FUI LAVADO - SANTIFICADO;
VIVÍ PERDIDO - MAS SOU REMIDO,
NO NOME SANTO DE JESUS!

2 Irmãos amados - Santificados,
Vivem unidos - Pois sois remidos,
Não mais temendo - O bem fazendo,
No Nome santo de Jesus!

3 Irmãos amados - Purificados,
Sede valentes - E mm prudentes,
Estais lavados - E libertados,
No Nome santo de Jesus!                   P.L.M.

176. SACERDOTES DO SENHOR

1 Ao Senhor que nos tem feito
Sacerdotes verdadeiros,
Demos-Lhe louvor e glória, sem cessar;
Pois Seu sangue é perfeito,
Regenera por inteiro,
Toda a alma, que quer se salvar.

TODOS, TENDO A MESMA MENTE,
JUBILOSAS E CONTENTES,
DEMOS GLÓRIA, SUMA HONRA AO REDENTOR;
SOBRE A CRUZ FOI TRASPASSADO;
COM SEU SANGUE DERRAMADO,
RESGATOU-NOS O BOM SALVADOR.

2 Ele é o Alfa e o ~mega,
Q Primeiro e o Ultimo,
E o Rei dos reis, de iodos o Senhor;
Ele é quem nos achega
Sua graça, Seu arrimo,
Pelo divinal Consolador.

3 Com Jesus, o nosso Esposa,
Lá no céu, nós entraremos,
Todos juntos, sim, no Reino seu, de amor;
Vé-Lo-emos glorioso,
E com Ele cantaremos
Novos hinos, cheios de fervor.                             P.L.M.

177. SALVO ESTOU

1 Salvo estou, Jesus comprou-me
Do pecado e perdição;
Com Seu Espírito selou-me
Deu-me paz no coração.

GLÓRIA, GLÓRIA, ALELUIA,
JÁ ACHEI A SALVAÇÃO
GLÓRÌA, GLÓRIA, ALELUIA,
CRISTO DEU-ME REDENÇÃO.

2 Cantarei com alegria,
Jubiloso sem do céu,
Louvarei com harmonia,
A Jesus, o amado meu.

3 A mensagem gloriosa
Duma eterna salvação,
Forte, sim, e poderosa,
Digna é de aceitação.

4 Ao chegar o fim da lida,
Me recebes, Salvador;
Me concede eterna vida,
No teu remo de amor.                                             F.V.

178. GLORIOSA PAZ

1 Crendo em Cristo Jesus vim obter
Gloriosa paz, perfeita paz:
Inda que dores açoitem meu ser,
Tenho doce paz!

PAZ, PAZ, GLORIOSA PAZ;
PAZ, PAZ, PERFEITA PAZ;
DESDE QUE CRISTO MINH'ALMA SALVOU,
TENHO DOCE PAZ!

2 Paz insondável, qual um grande mar,
Gloriosa paz, perfeita paz;
Posso nos braços de Deus repousar,
Tenho doce paz!

3 Paz inefável de Deus, que faz bem,
Gloriosa paz, perfeita paz;
Que dá alento á alma também,
Tenho doce paz!

4 E, nos conflitos com c tentador,
Gloriosa paz, perfeita paz,
Cristo Jesus me fará vencedor,
Tenho doce paz!                                                P.L.M.

179. REDENTOR FORMOSO

1 Redentor formoso e belo,
Que habitas e·rn alvor;
Na minh'alma eu anelo
De ser como és Tu, Senhor.

TÉ QUE UM DIA VÁ REMIDO
NO CÉU EU VER O FTEDENIOR!
DEP OIS QUE EU TIVER CUMPRIDO
O SEU QUERER, POR SEU AMOR.

2 0s meus olhos, ó retira,
Deste mundo de horror,
Pois minh'alma em ti remira
Tua graÇa e teu favor.

3 Já a noite se avança;
Bela estrela vai nascer,
Temos nós a esperanÇa
Dum eterno e gran prazer.

4 Tua mão ó me sustente,
Humilhado aos Teus pés,
Com a alma e com a mente,
Pela verdadeira fé.                                            P.L.M.

180. EM CRISTO FRUIMOS A PAZ 

1 Aonde fruir-mos a paz, o amor?
Em Cristo, somente em Cristo;
Aonde nós temos poder e vigor?
Em Cristo, somente em Cristo,

EM CRISTO, EM CRISTO,
EU SINTO EM MIM UM GOZO, SEM FIM;
E INEXPLICÁVEL MAS É AG RADÁVEL
ESTAR NO AMOR DE CRISTO.

2 Aonde águas vivas nós vamos buscar?
Em Crista, somente em Cristo;
E pão divinal para nos saciar?
Em Cristo, somente em Cristo.

3 Aonde havemos nós de repousar?
Em Cristo, somente em Cristo;
As forças pudemos também renovar?
Em Cristo, somente em Cristo.

4 Aonde achamos imenso poder?
Em Cristo, somente em Cristo
E um povo cheio de santo prazer?
Em Cristo, somente· em Cristo                          P.L.M.

181. VEM, CELESTE REDENTOR 

1 Vem, Senhor, do bem a fonte
Vem, celeste Redentor,
Ajudar-me a entoar-te
Dignos hinos de louvor;
Tu, Jesus, Por mim morreste,
Quero só p ra Ti viver;
Quero em todos os momentos
Tua benção receber.

2 Era pobre desgarrado
Quando Cristo me buscou;
Para me salvar do inferno
0 Seu sangue derramou;
Em Sua morte tão penosa,
Paz, perdão e vida achei,
E com Ele eternamente
Sua glória fruirei.

3 De tua graça, ó meu Amado,
Sou contínuo devedor;
Mais e mais a Ti me atrai
Pelo Teu divino amor;
Sou ingrato e bem conheço,
Peço, meu Senhor, perdão;
Tira-me do vil pecado,
Rege Tu meu coração.                                J.T.H.

182. JESUS NO GETSÉMANE

1 Jesus no Getsémane foi ligado,
Pelos ímpios foi arrastado
A corte, onde foi muito insultado,
E atingido, por meu pecado
E a sentença da turba foi o brado:
"Que seja Cristo crucificado",
Vituperado e flagelado
Jesus sofreu o meu pecado.
Vituperado e flagelado
Jesus sofreu o meu pecado.

2 Então, na cruz, foi o Cristo pendurado
E duma lança foi traspassado
Ali estava Jesus ensangüentado
Por meus pecados atormentado!
"Deus meu, Deus meu por que tens m'abandonado?
Clamava Cristo crucificado;
Perdoa o povo tão enganado,
Que cometeu um tal pecado",
Perdoa o povo tão enganado,
Que cometeu um tal pecado",

3 Depois Jesus Cristo foi da cruz tirado,
E ao sepulcro foi carregado;
Por santos, Seu corpo foi embalsamado,
E entre rios foi sepultado;
Estando Cristo Jesus stá enterrado;
O Seu sepulcro foi bem guardado;
Após três dias, Jesus Amado,
Da morte foi ressuscitado.
Após três dias Jesus Amado,
Da morte foi ressuscitado.    P.L.M,

183.  RESSUSCITOU!

1 Na sepultura, para o céu, Jesus voltou,
Depois que o pecado aniquilou;
Com gran poder foi que ressuscitou,
E liberdade aos presos proclamou;
Tremendo, a terra o saudou,
Puis que da morte se levantou.

RESSUSCITOU! RESSUSCITOU!
E PARA O CÉU JESUS TORNOU
MAS VOLTARÁ, TAMBÉM DE LA,
E NESTE MUNDO, ENTÃO REINARÁ.

2 Em riso o pranto dos discípulos se tornou,
Pois vivo, Cristo se apresentou;
"Partir pra Galiléia , ordenou,
E a promessa santa revelou:
"Poder do alto, eu vos dou
Pois ao meu Pai, pedi-lo vou'·.

3 Jesus a Sua mão direita levantou,
Abençoando seres que salvou,
E, triunfante, para o céu tornou,
E uma nuvem logo O ocultou;
Mas a promessa Ihes deixou
"Eis que convosco p'ra sempre estou".

4 Sentado à destra de Deus Pai, Jesus está,
Por sua Esposa suplicando já;
0 mundo disto não compartilha,
Porque não vê a luz que brilha lá;
Mui breve, Cristo voltará
Mas. só os Seus. ao céu levará.                                P.L.M

184. MEU JESUS! MEU JESUS!

1 De meu terno Salvador,
Cantarei o imenso amor,
Dando glória e louvor a Jesus,
Pois das trevas me chamou,
De cadeias me livrou,
E da morte me salvou meu Jesus!

MEU JESUS! MEU JESUS!
OUE PRECIOSO É O NOME DE JESUS!
COM SEU SANGUE ME LIMPOU;
DE SEU GOZO ME FARTOU~
OH! QUE GRAÇA ME MANDOU, MEU JESUS.

2 0h! que triste condição
A do ímpio coração;
Me salvou da perdição, meu Jesus;
Do pecado, o perdão;
Da ruína salvação;
Por tristeza, galardão, meu Jesus!

3 Pelo mundo a vagar,
Solitário sem parar,
Sem a doce paz gozar de Jesus;
Todo pranto a sofrer,
Hão passados, e prazer
Já começo a receber de Jesus.

4 0h! que sangue remidor,
Encontrei no Salvador,
Sangue purificador, de Jesus!
Dai louvores em a~cão
Da bendita salvação!
Hinos dai por gratidão a Jesus!                      P.L.M.

185. INVOCAÇÃO E LOUVOR

1 Vem Tu, ó Rei dos reis,
Guiar os teus fiéis p'ra te louvar
Grande e glorioso Ser, Pai de todo o poder,
Vem sobre nós reger, oh! Deus sem par!

2 Vem Tu Verbo de Deus,
Fazer chegar aos céus nossa oração,
Vem, sim, abençoar teu povo e prosperar
Mensagem que falar da salvação.

3 Vem, Tu, Consolador,
Inspira e dá fervor às orações;
Espírito de paz, afasta Satanás,
E plena graça trás aos corações.

4 Ao grande trino Deus
Louvem os anjos Seus e nós também,
A Deus nosso Senhor: Pai, Filho e Condutor
Louvemos com fervor, p'ra sempre.
Amém.                                                                  A.H.S.

186. DE VALOR EM VALOR

1 Pela fé que uma vez me foi dada,
P'ra seguir o Cordeiro de Deus,
Pela graça de Deus enviada,
Andarei, com valor, para os céus.

OUERO ANDAR DE VALOR EM VALOR
E SEGUIR A JESUS, MEU SENHOR;
TÉ QUE UM DIA RECEBA NO CÉU
A COROA, QUE ME DARÁ DEUS.

2 De Deus, quero vestir a armadura,
P'ra lutar com coragem e valor,
Pois aqui a pele~a é dura,
Contra as hostes do vil tentador.

3 Em Jesus eu farei mil proezas
No combate da fé e do amor;
NEIe tenho vigor e destreza,
P'ra lutar e p ra ser vencedor!

4 Eu direi, ao findar esta Iiça:
Combati o combate de amor
E coroa terei de justiça,
Que no céu me dará o Senhor.                               P.L.M.

187. MAIS PERTO, MEU DEUS, DE TI!

1 Mais perto quero estar
Meu Deus. de Ti!
Inda que seja a dor
Que me una a Ti,
Sempre hei de suplicar
Mais perto quero estar
Mais perto quero estar
Meu Deus. de Ti!

2 Andando triste, aqui
Na solidão,
Paz e descanso a mim
Teus braços dão;
Nas trevas vou sonhar,
Mais perto quero estar,
Mais perto quero estar,
Meu Deus, de Ti!

3 Minh'alma cantará
A Ti, Senhor
E em Betel alçará
Padrão de amor,
Eu sempre hei de rogar
Mais perto quero estar,
Mais perto quero estar,
Meu Deus. de Ti!

4 E, quando Cristo, enfim,
Me vier chamar,
Nos céus com serafins,
Irei morar.
Então me alegrarei
Perto de Ti, meu Rei.
Perto de Ti, meu Rei,
Meu Deus, de Ti!                                                 J.G.R.

188. O GOZO DO CEU

1 Bem sei, muitos não podem compreender
Porque feliz é o meu viver;
Entrar na Canaã de santo prazer,
E gozo do céu para mim.
E gozo do céu para mim;
Sim, gozo do céu para mim;
Entrar na Canaã de santo prazer,
E gozo do céu para mim.

2 Os lindos acordes celestes ouvir
No evangelho que recebi; ,
Confiar em Jesus e segui-lo aqui,
E gozo do céu para mim.
E gozo do céu para mim;
Sim gozo do céu para mim;
Confiar em Jesus e segui-lo aqui,
E gozo do céu para mim.

3 Possuir o meu ser transformado em luz,
Ter o 'spírito de Jesus,
Negar a mim mesmo e tomar minha cruz,
E gozo do céu para mim.
E gozo do céu para mim;
Sim, gozo do réu para mim;
Negar a mim mesmo e tomar minha cruz,
E gozo do céu para mim.

4 A vida eterna, em Cristo, gozar,
O que é "lá de cima" buscar,
Deaxar meu Jesus em minh'alma reinar,
E gozo do céu para mim.
E gozn do céu para mim;
Sim, gozo do céu para mim;
Deixar meu Jesus em minh'alma reinar,
E gozo do céu para mim.                                       A.S.

189. GLORIA AO SALVADOR

1 Chegado à cruz do meu bom Senhor
Prostrado aos pés do Redentor,
Ele ouviu todo meu clamor
Glória ao Salvador.

GLÓRIA AO SALVADOR!
GLÓRIA AO SALVADOR!
AG ORA SEI QUE ELE ME SALVOU,
GLÓRIA AO SALVADOR!

2 0ue maravilha! Jesus me amou,
Tudo de graça me perdoou
Quebrou meus laços e me livrou;
Glória ao Salvador!

3 Junto à cruz, inda há lugar,
Vem, ó aflito, sem demorar,
Cristo está pronto p'ra te salvar,
Vinde ao Salvador!                                             H.M.W.

190.  CRISTO! MEU CRISTO!

1 Oh! quanto fez Jesus por mim!
Salvou-me do pecado.
Até à morte (triste fim),
Amou-me o bem Amado.
Com Deus, o Pai agora está
Jesus, meu Advogado;
Morada me concederá
Na glória, com o Amado.

CRISTO! MEU CRISTO!
TEU NOME É DOCE, AMADO!
DESEJO VER-TE, FACE A FACE
MEU CRISTO BEM AMADO.

2 Defende como protetor,
Segura o pé cansado;
E sobre mim, com terno amor,
Vigia o bem Amado.
A minha humilde petição
Escuta com adorado;
Tranqüilo e debil coração,
Repousa em Ti, Amado.                                   K.

191. O MEU JESUS

1 O meu Jesus, por mim, morreu
Na cruz, com dor horrenda;
Ali em meu lugar sofreu,
Angústia mui tremenda!
Quem poderei no mundo achar,
Que a meu Jesus vá comparar?
Jesus, Jesus, somente vou amar!

2 O meu Jesus está no céu,
Intercessor potente,
Por mim, pedindo sempre a Deus,
A graça, amor fervente.
Ninguém jamais ao Pai conduz
O pecador, senão Jesus;
Jesus, Jesus, a Deus, ó me introduz!

3 0 meu Jesus ressuscitou,
Em corpo glorioso,
Também, por mim a Deus pagou
Um preço fabuloso!
Qual dos mortais vou encontrar
Que a meu Jesus vou igualar?
Jesus, Jesus não posso comparar!

4 Jesus do Céu há de voltar,
Em majestade e glória,
Então seus anjos irão cantar
O hino da vitória,
Jesus, enfim, vai suplantar
O Anticristo, e reinar.
Jesus, Jesus, ó vem me arrebatar!                     P.L.M.

192. PELO SANGUE

1 Pelo mundo brilha a luz,
Desde que morreu Jesus,
Pendurado lá na cruz do Calvário!
Os pecados carregou
E de culpa nos livrou,
Com o Sangue que manou, no Calvário!

PELO SANGUE, PELO SANGUE,
SOMOS REDIMIDOS, SIM
PELO SANGUE CARMEZIM;
PELO SANGUE, PELO SANGUE,
PELO SANGUE DE JESUS, NO CALVÁRIO!

2 Antes, tinha mui temor,
Mas, agora, tenho amor,
Pois compreendo o valor do Calvário;
Eu vivi na perdição
Mas achei a salvação
Pela grande redenção: o Calvário

3 És um grande pecador?
Eis aqui teu Salvador!
Tema do bom pregador: o Calvário,
O Cordeiro divinal
Padeceu na cruz teu mal,
E oferece graça tal, no Calvário.                             P.L.M.

193. A ALMA ABATIDA

1 Se tu, minh'alma, a Deus suplicas,
E não recebes, confiando fica
Em Suas promessas, que são mui ricas,
E infalíveis p'ra te valer.

PAR QUE TE ABATES, Ó MINHA ALMA?
E TE COMOVES, PERDENDO A CALMA?
NÃO TENHAS MEDO, EM DEUS ESPERA,
PORQUE BEM CEDO, JESUS VIRÁ.

2 Ele intercede por ti, minh'alma;
Espera nEle, com fé e calma
Jesus de todos teus males salva,
E te abençoa, dos altos céus.

3 Terás em breve, as dores findas,
No dia alegre da Sua vinda;
Se Cristo tarda, espera ainda
Mais um pouquinho, e O verás.                                  P.L.M.

194. JESUS ME GUIARÁ

1 Há Quem vele as pisadas
Que eu dou na sombra ou luz,
Pelas sendas escarpadas,
Velará por mim Jesus;
Pelos vales, pelos montes,
Me conduz a Sua mão;
Vejo já os horizontes
Duma perene mansão.

HÁ QUEM VELE AS PISADAS,
MINHA SENDA TRAGARÁ;
PARA AS CÉLICAS MORADAS,
SIM, JESUS ME GUIARÁ.

2 Há contacto que m'explica
A presença do Senhor,
Que as manchas purifica
E me livra de temor;
Cristo com a mão ferida,
Proteção me pode dar,
Quando vejo desta vida
O inquieto e forte mar.

3 Há um coração amante,
De infinita compaixão,
Que concede paz constante
Ao contrito coração
Há favor e liberdade
Em Jesus, o Salvador,
Muita graça e verdade
E poder consolador.                                    J.T.L.

195.  BENIGNO SALVADOR

1 Benigno Salvador! Com Tua aprovação,
Consagra em doce amor esta feliz unção,
E sobre os noivos faz descer
A graça que Ihes é mister.

2 Fá-los em paz andar unidos no Senhor,
E a vida aqui passar em terno e santo amor
Ligados no amor de Deus;
Caminhem juntos para os céus.

3 Ó digna-Te reger sua casa como Rei;
Seus corações manter dóceis, à Tua lei;
Livra-os de toda a tentação,
Consola-os na tribulação.

4 Se o Salvador cumprir a nossa petiÇão
Podemos descobrir nesta bendita união
A sombra do celeste amor
Dos salvos e seu Salvador.                                      K.

196. UMA FLOR GLORIOSA

1Já achei uma Flor gloriosa,
E quem deseja a mesma terá;
A Rosa de Saron preciosa
Entre mil mais beleza terá;
No vale de sombra e morte,
Nas alturas de,glória e luz,
Esta Rosa será a minha sorte,
Precioso p'ra mim é Jesus!

PRECIOSO P;RA MIM É JESUS!
PRECIOSO P RA MIM É JESUS!
EU CONFESSO NA VIDA E NA MORTE
QUE TUDO P'RA MIM É JESUS!

2 Já de muitos foi achada a Rosa
E provado o excelente odor
E o poder desta Flor gloriosa
Que dá vida ao vil pecador
Mui zeloso pela lei foi Saulo,
Perseguia o povo de Deus,
Mas transformado foi em um Paulo,
Pois achou ele a Rosa dos céus.

3 Vai buscar a Jesus precioso,
Vai depressa, a noite já vem,
E, se perdes o amor glorioso,
Será triste p'ra ti o além;
Esta flor hoje é ofertada
A quem humildemente a buscar;
Será logo da terra tirada,
Para brilhar em outro lugar.                                      F.V.

197. O LAR DA GLÓRIA

1 No céu foi Jesus preparar-nos lugar,
Na glória.
E breve, mui breve Ele há de voltar.
Em glória.

EU SEI, EU SEI, EU TENHO UM LAR NA GLÓRIA!
OH! EU SEI, EU SEI, UM LAR NO CÉU!

2 Levanta os olhos e conta o que há,
Na glória.
De pedras preciosas o lar brilha lá,
Em glória.

3 Ainda não vi, mas os anjos estão,
Na glória.
E ruas cobertas de ouro serão,
Na glória.

4 Um dia, feliz para o céu seguirei,
P'ra glória,
Com Cristo a reinar, eu depois voltarei,
Em glória.

5 Amigos espero no céu encontrar,
Na glória.
E juntos havemos de sempre ficar,
Na glória.                                                                 T.H.

198. JESUS, O BOM AMIGO

1 Achei um bom Amigo,
Jesus, o Salvador,
O Escolhido dos milhares para mim;
Dos vales é o Lírio; é o forte Mediador,
Que me purifica e guarda para Si,
Consolador amado, meu Protetor do mal,
Solicitude minha toma a Si.

DOS VALES É O LÍRIO, A ESTRELA DA MANHÁ,
O ESCOLHIDO DOS MILHARES PARA MIM.
CONSOLADOR AMADO, MEU PROTETOR DO MAL,
SOLICITUDE MINHA TOMA A SI,
DOS VALES É O LÍRIO, A ESTRELA DA MANHÃ,
O ESCOLHIDO DOS MILHARES PARA MIM.

2 Levou-me as dores todas,
As mágoas lhe entreguei;
Minha fortaleza é, na tentação.
Deixei, por Ele tudo; os ídolos queimei;
Ele me conserva santo o coraÇão,
Que o mundo me abandone; persiga o tentador;
Jesus me guarda até da vida o fim.

3 Não desampara nunca,
Nem me abandonará,
Se fiel e obediente eu viver;
Um muro é de fogo, que me protegerá,
'Té que venha a mim o.tempo de morrer,
Ao Céu então voando, sua glória eu verei
Onde a dor e a morte nunca vem.                                        J.H.N.

199. A CEIA DO SENHOR

1 Senhor, reunidos aqui
A fim da Tua morte lembrar;
Partindo este pão nos lembramos de Ti,
Até que nos venhas buscar.

2 O cálice que vamos beber,
E símbolo do Sangue Teu,
Do qual nunca devemos nos esquecer;
Por Ele nós temos o Céu. '

3 Faz-nos sempre dignos, Senhor,
Da Tua divinal comunhão;
Do Teu corpo e sangue purificador
Que nos dá veraz salvação. E.C.

200. O BONDOSO AMIGO

1 Quão bondoso amigo é Cristo!
Carregou co'a nossa dor,
E nos manda que levemos
Os cuidados ao Senhor.
Falta ao coração ferido
Gozo, paz, consolação?
Isso é porque não levamos
Tudo a Deus em oração.

2 Tu estás fraco e carregado
De cuidados e temor?
A Jesus, refúgio eterno,
Vai com fé teu mal expor!
Teus amigos te desprezam?
Conta-Lhe isso em oração,
E com Seu amor tão terno,
Paz terás no coração,

3 Cristo é verdadeiro amigo,
Disto provas nos mostrou,
Quando p'ra levar consigo
O culpado encarnou.
Derramou Seu sangue puro
Nossa mancha p ra lavar;
Gozo em vida e no futuro
NEI' podemos alcançar.                                           R.H.M.

201. A DECISÃO

1 Oh! Dia alegre! Eu abracei
Jesus, e nEle salvação!
O gozo deste coração
Eu mais e mais publicarei.

DIA FELIZ! DIA FELIZ!
QUANDO EM JESUS ME SATISFIZ!
JESUS ME ENSINA A VIGIAR.
E CONFIANTE NELE, ORAR,
DIA FELI:! DIA FELIZ!
QUANDO EM JESUS ME SATISFIZ!

2 Completa a grande transação,
Jesus é meu, eu do Senhor!
Chamou-me a voz do Seu amor;
Cedi à imensa atração.

3 Qescansa, ó alma! O Salvador
E teu sustento, o pão dos céus;
E quem possui o eterno Deus,
Resiste a todo o tentador.

4 Meu sacro voto, excelso Deus,
De dia em dia afirmarei!
E além da morte exultarei,
Teu filho e súdito dos céus.                                                        K.

200. O BONDOSO AMIGO

1. Quão bondoso amigo é Cristo!
Carregou co'a nossa dor,
E nos manda que levemos
Os cuidados ao Senhor.
Falta ao coração dorido
Gozo; paz, consolação?
Isso e porque não levamos
Tudo a Deus em oração.

2. Tu estás fraco e carregado
De cuidados e temor?
A Jesus, refúgio eterno,
Vai com fé teu mal expor!
Teus amigos te desprezam?
Conta-Lhe isso em oração,
E com Seu amor tão terno,
Paz terás no coração.

3. Cristo é verdadeiro amigo,
Disto provas nos mostrou,
Quando p'ra levar consigo
O culpado encarnou.
Derramou Seu sangue puro
Nossa mancha p'ra lavar;
Gozo em vida e no futuro
NEI' podemos alcançar.                                       R.H.M.

201. A DECISÃO

1. Oh! Dia alegre!Eu abracei
Jesus, e nEle salvação!
O gozo deste cora ao
Eu mais e mais publicarei.

DIA FELIZ! DIA FELIZ!
QUANDO EM JESUS ME SATISFIZ!
JESUS ME ENSINA A VIGIAR.
E CONFIANTE NELE, ORAR,
DIA FELIZ! DIA FELIZ!
QUANDO EM JESUS ME SATISFIZ!

2. Completa a grande transação,
Jesus é meu, eu do Senhor!
Chamou-me a voz do Seu amor;
Cedi à imensa atração.

3. Descansa, ó alma! O Salvador
É teu sustento, o pão dos céus;
E quem possui o eterno Deus,
Resiste a todo o tentador.

4. Meu sacro voto, excelso Deus,
De dia em dia afirmarei!
E além da morte exultarei,
Teu filho e súdito dos céus.                                  K.

202. LUGAR DE DELÍCIAS

1. Junto ao trono de Deus preparado
Há, cristão, um lugar para ti;
Há perfumes, há gozo exaltado,
Há delícias profusas ali;
Sim ali; sim ali,
De Seus anjos fiéis rodeado,
Numa esfera de glória e de luz,
Junto a Deus nos espera Jesus.

2.Os encantos da terra não podem
Dar idéia do gozo dali;
Se na terra os prazeres acodem,
São prazeres que acabam-se aqui;
Mas ali, mas ali
As venturas eternas concorrem
Co'a existência perpétua da luz
A tornar-nos fel zes com Jesus.

3. Conservemos em nossa lembrança,
As riquezas do lindo país
E guardemos conosco a esperança,
De uma vida melhor, mais feliz;
Pois dali, pois dali
Uma voz verdadeira não cansa
De oferecer-nos do reino da luz,
O amor protetor de Jesus.

4. Se quisermos gozar da ventura
Que no belo país haverá
É somente pedir de alma pura,
Que de graça Jesus nos dará.
Pois dali, pois dali
Todo cheio de amor, de ternura,
Desse amor que mostrou - nos na cruz,  
Nos escuta, nos ouve Jesus.                                        L.V.F.

203. DEIXAI AS ILUSÕES

1. O mundo de ilusão deixei,
A senda de pecado e dor,
P'ra ir ao meu glorioso lar;
Ali há gozo, paz e amor.

NO MUNDO NÃO ESTÁ MEU LAR,
AQUI NÃO POSSO DESCANSAR;
MAS QUERO SEMPRE AVANÇAR:
NO CÉU EM BREVE HEI DE ENTRAR.

2. Alguns procuram m'impedir,
Na senda gloriosa andar,
Mas quero sempre avançar,
Até no lar poder entrar.

3. Amigo que no mundo estás,
Não queres me acompanhar,
A terra de eterno amor?
Jesus deseja te livrar.                                       H.E.N.

204. O PEREGRINO NA TERRA

1 Sou peregrino na terra
E longe estou do meu lar,
Minh'alma anelante espera
Que Cristo a venha buscar;
Aqui só há descrença,
As lutas não têm fim,
Mas de Jesus a presença,
Glória será pára mim!

NO CÉU DE LUZ VOU DESCANSAR,
COM MEU JESUS HEI DE MORAR.

2 Em Cristo tendo já crido,
Só pela fé viverei,
Pois Deus me tem prometido,
Que no céu descansarei!
Eu tenho permanente
O bom Consolador
Guiando-me brandamente
A fonte viva de amor.

3. Embora às vezes o crente
As dores sofra da cruz,
Gozo terá permanente,
Quando no céu vir Jesus
De glória coroado
No tronco divinal,
Por anjos sempre louvado,
Num coro celestial.

205. GRAÇA, GRAÇA

1. A graça de Deus revelada
Em Cristo Jesus, meu Senhor,
Ao mundo perdido é dada
Por Deus d'infinito favor.

GRAÇA, GRAÇA,
A MIM BASTA, A GRAÇA DE DEUS: JESUS;
GRAÇA, GRAÇA,
A GRAÇA EU ACHEI EM JESUS.

2. A graça de Deus é mais doce,
Do que bens terrestres daqui;
Em go:o meu choro tornou-se
Correndo Sua graça p'ra mim.

3. Mais alta que nuvens celestes,
Mais funda que profundo mar,
A fonte da vida fizeste,
Na qual nos podemos fartar.

4. A graça de Deus hoje, prova
Tu que vives na perdição,
Pois Ele te salva, renova,
Também limpa teu coração.                                P.L.M.

206. O CLARIM NOS ALERTA

1 O clarim já nos alerta
Nosso coração desperta,
Pois a vinda é bem certa de Jesus;
De mil anjos rodeado,
Para o crente preparado,
Cristo volta coroado, Aleluia!

O IRMÃO POR DEUS LIBERTO,
PELO SANGUE ESTÁS COBERTO;
TENS O TEU PERDÃO BEM CERTO, SALVO ESTÁS;
VOZ DE JÚBILO OUVIREMOS
E NO CÉU NÓS CANTAREMOS,
CRISTO BREVE NÓS VEREMOS. ALELUIA!

2. Lá nas bodas do Cordeiro,
Sentaremos prazenteiros;
Oh! Que gozo verdadeiro com Jesus!
Pois no céu não há mais pranto,
Eis que tudo será canto;
Cristo vem buscar os santos. Aleluia!

3. Sim à mesa sentaremos,
E com Cristo cearemos;
Quão felizes nós seremos com Jesus!
Para sempre gozaremos,
E com Cristo reinaremos,
Sua glória fruiremos. Aleluia!                                 P.L.M.

207. JERUSALEM DIVINA 

1. Jerusalém divina
Visão de paz ditosa,
De Cristo santa Esposa,
Radiante de esplendor;
Tens fontes cristalinas,
São vivos Teus altares
E os anjos, aos milhares,
Te cingem ao redor.

2. Mansão do Rei bendito,
São doze Tuas portas
Que sempre são transpostas
Por seres imortais;
Teus livros têm escritos
Os nomes dos remidos;
Em ti, serão ouvidos
Os hinos celestiais.

3. Teus santos moradores,
Um glorioso canto
Proferem ao Deus santo
Que já lhes perdoou;
Entoam mil louvores
A Cristo, qual cordeiro,
Que manso, num madeiro
Por eles se imolou!

4. Ao mesmo Cristo amemos,
Ao mesmo Deus temamos,
Nós que por fé andamos,
Levando a sua cruz;
E prontos fruiremos,
Os teus umbrais passados,
Mil gozos preparados,
Na glória, com Jesus!                                  P.L.M.

208. VEM A CRISTO

1. Hoje queres te entregar p'ra Jesus Cristo,
O cansado e triste pecador?
Para aquele, que, no Gólgota, foi visto
Padecendo nossa culpa, nossa dor?

VEM A CRISTO, VEM A CRISTO,
QUE TE CHAMA COM AMOR CELESTIAL;
VEM A CRISTO, VEM A CRISTO,
POIS JESUS É O ROCHEDO DIVINAL.

2. Hoje queres obter a  liberdade,
Que se encontra no Senhor Jesus
Receber no coração a santidade,
Pelo sangue derramado lá na cruz?

3. Hoje queres desfrutar a paz divina,
Que no mundo não se pode achar?
Vem a Cristo, que te salva, que te ensina,
Onde podes esta paz do céu gozar!

4. Hoje queres renunciar o bem terreno
Crendo em Cristo, O grande Salvador?
Queres vir após o meigo Nazareno,
Vê-lo um dia lá no céu de resplendor?                                        P.L.M.

209. A VOZ DO BOM PASTOR

1. Escuta a voz do bom Pastor
Em esplendorosa solidão,
Chama ao cordeiro que em temor
Vaga na densa escuridão.

HOJE VEM A JESUS,
AO BONDOSO SALVADOR,
RECEBER SUA LUZ.
VEM A CRISTO, O BOM PASTOR.

2. Quem ajudar quer a Jesus,
Os pecadores procurar,
Vá espalhar a Sua luz,
O Evangelho proclamar.

3. Triste deserto o mundo é,
Cercado de perigos mil;
Vem, chama Cristo, vem com fé,
Vem para dentro do redil.

4. Escuta hoje, o bom Pastor,
Vem no aprisco te abrigar,
Foge do lobo enganador,
Pois ele quer te devorar.                                    P.L.M. .

210. FALA, FALA, SENHOR

1. Fala, fala, Senhor, nesta hora,
Que ansioso te quero ouvir;
Teu falar dá valor e restaura,
E mais sábio me faz no porvir.

OH! BENDITO O TEU NOME EM ETERNO,
QUE TU FALAS A QUEM ESCUTAR,
DE SAÚDE E REPOUSO SUPERNO,
DE ALEGRIA E PAZ ETERNAL.

2. Fala, fala, Senhor, que conservo
Tuas palavras de vida e vigor;
Estou pronto a seguir-Te com zelo,
Pelas Tuas veredas de amor.

3. Fala, fala, Senhor que eu ouço
Tuas palavras com todo fervor,
Pois conduzem ao eterno repouso,
São conselhos mui ricos de amor.                                               E.C.

211. VEM A DEUS 

1. Vem, enquanto Deus te chama
E tu sentes Seu amor,
Pois do céu poder derrama
P'ra salvar o pecador!

VEM A DEUS, A JESUS ENTREGAR TEU CORAÇÃO;
E TERÁS SUA LUZ... A PERFEITA SALVAÇÃO!

2. Se da vida tens o fardo
E tu'alma triste está,
Crê em Deus, não sejas tardo,
Que Jesus te salvará.

3. Neste mundo vais andando,
Sem tranqüilidade e paz;
- Volta a Deus, mas confiando,
E feliz então serás.

4. Vem a Cristo, que te espera,
Não demores, pecador!
Nos Seus braços Deus quisera
Receber-te com amor!                                                                            P.L.M.

212 OS GUERREIROS SE PREPARAM

1. Os guerreiros se preparam para a grande luta
E Jesus, o Capitão, que avante os levará.
A milícia dos remidos marcha impoluta;
Certa que vitória alcançará!

EU QUERO ESTAR COM CRISTO,
ONDE A LUTA SE TRAVAR,
NO LANCE IMPREVISTO
NA FRENTE M ENCONTRAR.
ATÉ QUE O POSSA VER NA GLÓRIA,
SE ALEGRANDO DA VITÓRIA
ONDE DEUS VAI ME COROÁR!

2. Eis os batalhões de Cristo prosseguindo avante,
Não os vês com que valor combatem contra o mal
Podes tu ficar dormindo, mesmo vacilante,
Quando atacam outros a Belial?

3. Dá-te pressa, não vaciles, hoje Deus te chama
Para vires pelejar ao lado do Senhor
Entra na batalha onde mais o fogo inflama,
E peleja contra o vil tentador!

4. A peleja é tremenda, torna-se renhida,
Mas são poucos os soldados para batalhar;
Ó vem libertar as pobres almas oprimidas
De quem furioso, as quer tragar                                                    P.L.M

213. SOBRE A TERRA VOU ANDANDO

1. Sobre a terra vou andando,
Bem alegre para o Céu,
Satisfeito e salmodiando
Ao bondoso Deus;
Com ferozes inimigos
Pelejando sempre estou,
Mas conservo paz comigo,
Pois amado sou.

2. Meu Pastor é Pai celeste,
Que me guia p'ra Sião
Pelos vales e mui prestes,
Com segura mão;
Nos perigos da viagem,
Nas angústias e na dor,
Sua voz me diz: "Coragem,
Sou teu Salvador "

3. Com Jesus eu trabalhando,
Persevero em oração;
Seu saber com fé buscando
P'ra tornar-me são.
Que prazer incomparável
Ser guiado por Jesus.
Sim, por Cristo tão amável,
Na perene luz.

4. Ao chegar-se nessa pátria
Todos prantos cessarão.
Já o Sol divino raia,
Na feliz mansão.
Males, lutas e agonias,
Acabaram-se aqui;
Cristo vem, oh! Que alegria
Vamos ter ali!                                            P.L.M.

214. DESEJAMOS IR LÁ

1. Nosso Redentor foi preparar
Um lugar de repouso e esplendor;
Brevemente chamará para a casa a descansar,
Nós, os salvos, do mundo enganador.

DESEJAMOS IR LÁ,
DESEJAMOS IR LÁ;
QUE ALEGRIA SERÁ,
QUANDO NÓS NOS ENCONTRARMOS LÁ.

2. Nesta terra tesouros não há,
Que nos possam aqui segurar;
Desejamos ir ao céu onde Cristo já está,
Ao lugar onde iremos descansar.

3. Neste lar com Jesus, o Senhor,
Nós havemos de sempre reinar.
Vamos nós ali cantar, novos hinos de louvor
Ao Cordeiro que veio nos salvar.                                          E.C.

215. VER-NOS-EMOS  

1. Neste mudo a vera Igreja,
Peregrina vai andar,
Anelando que esteja
No seu verdadeiro lar.

VER-NOS-EMOS, VER-NOS-EMOS,
VER-NOS-EMOS NA TERRA DIVINAL;
VER-NOS-EMOS, VER-NOS-EMOS,
VER-NOS-EMOS JUNTO AO RIO SEM IGUAL.

2. Nada aqui é permanente,
Tudo tem que terminar,
Mas olhamos para a frente,
Para o nosso eterno lar.

3. Os remidos cá enterram
Seus amados ao morrer,
Mas um dia, sim, esperam
Que no céu os hão de ver.

4. Com Jesus o Rei, nos ares
Breve havemos nos de es ar,
E com anjos, aos milhares,
Sua glória contemplar.                                                                  P.L.M.

216. LOUVAI A DEUS

1. Louvai a Deus, com júbilo, cantando,
E Seu amor ao mundo anunciai!
De Cristo, as glórias, juntos celebrando;
Do Salvador, a fama publicai.

OS PRODÍGIOS CANTAREMOS
DE JESUS, O REDENTOR;
FORÇA VIDA BENS DAREMOS
P'RA FALAR DO SEU AMOR!

2. Louvai a Deus, Senhor onipotente,
A quem devemos nossa salvação,
Que habita os céus, porém aqui presente.
Seguros, guia os Seus por Sua mão!

3. Louvai a Deus e alegres, adorai-O;
Mil graças demos por Seu grande amor;
Com a celeste multidão louvai-0,
Deus, sempiterno e nosso Redentor                               H.M.W.

217. OUVE SUA VOZ

1 Cristo com voz amorosa
Chama-te p'ra Sua luz,
Torna tua alma ditosa
Se carregares a cruz.

OUVE SUA VOZ A CHAMAR!
CRISTO TE QUER LIBERTAR;
FALA COM VOZ AMOROSA:
"PAZ HOJE QUERO TE DAR".

2. Por que voltar não procuras,
Do mau caminho em que estás?
No fim do qual amarguras,
E eterna dor sofrerás.

3. Mui breve irás encontrar-te
Perante a morte que atroz
Vai, sem piedade, levar-te
Onde não ouças Sua voz!

4. Ouve Sua voz amorosa
Como persiste a chamar;
Com Sua mão poderosa
Cristo te quer libertar.                                                                 P.L.M.

218. DÁ TEU FARDO A JESUS  

1. Só em Jesus, queres tu descansar?  
Dá teu fardo a Jesus.  
Paz e socorro não podes achar?  
Dá teu fardo a Jesus.   

DÁ TEU FARDO A JESUS,  
AS TREVAS FARÁ EM LUZ.   
EM CRISTO UM ABRIGO, TERÁS NO PERIGO,   
Ó DÁ TEU FARDO A JESUS.  

2. Paz redentora tu'alma terá,  
Dá teu fardo a Jesus.  
E de inquietudes te libertará.  
Dá teu fardo a Jesus.  

3. Das grandes lutas não queiras fugir,  
Dá teu fardo a Jesus.  
Se santo gozo não podes fruir,  
Dá teu fardo a Jesus.  

4. Males te assaltam aos mil, pecador?  
Dá teu fardo a Jesus.  
Vais já cansado de penas e de dor?  
Dá teu fardo a Jesus.  

5. Cristo virá dissipar teu temor,  
Dá teu fardo a Jesus.  
Pois, aos Seus santos, dá sempre vigor,  
Dá teu fardo a Jesus.                                                                   P.L.M. 

219. O AMOR DO CRIADOR

1. Os raios do amor de Deus,
Brilharam na minh'alma,
E o fim eu vi dos dias meus,
Também Um que,me salva;
Eu tenho já do céu a luz.
Das trevas fui liberto,
Agora Cristo me conduz
Nas plagas do deserto!

O TEU AMOR, Ó CRIADOR,
SE REVELOU ALI NA CRUZ.
QUANDO EXPIROU EM MEU LUGAR
QUEM ME SALVOU: - O MEU JESUS.

2. Ao meu Jesus darei louvor,
Pois hoje compreendo,
Que o amor do grande Redentor,
Vai tudo me provendo;
Já dantes desta criação
Jesus me preparava
A mais perfeita salvação;
Oh! Quanto a mim amava!

3. O dom precioso de Jesus,
Oh! Deus, me revelaste!
E Teu amor, celeste luz,
Em mim Tu derramaste!
Quem medirá o Amor de Deus,
Tão santo, insondável,
O qual enche os mais altos céus;
Amor inesgotável!                                                               P.L.M.

220. IDE SEGAR

1. Para os campos a segar,
Eis o trigo a lourejar,
Ide ceifar ide segar;
Todo dia trabalhai
E só de Jesus falai;
Ide ceifar, ide pregar!

IDE SEGAR, IDE CEIFAR!
SIM, TRABALHAI, E PROCLAMAI!
EIS QUE O AMOR DO SALVADOR
VOS IMPELE AO SEU LABOR
SEM DEMORAR, IDE SEGAR.

4. Para o vale, monte ou mar,
O Senhor vos quer mandar
A proclamar, anunciar;
Os perdidos procurar,
Pois Jesus os quer salvar;
Ide falar, e, proclamar!

5. Falaremos com fervor,
Do poder do Salvador,
Ao pecador, ao sofredor;
Pronto chegará o fim,
Soará do céu o clarim,
Tereis, então, o galardão.                                                    P.L.M.

221. OPERA EM MIM!

1. Eis-me a Teus pés, Senhor, opera em mim!
Espero mais vigor, opera em mim!
Eu gozo vou fruir se Tua lei cumprir;
O dá-me Teu amor: opera em mim!

2. Sedento, com ardor, opera em mim!
Te peço mais amor, opera em mim!
Tu só me podes dar a perfeição sem par,
Ó bom Consolador: opera em mim!

3. Ó meu Senhor Jesus, opera em mim!
Por Tua santa luz, opera em mim!
Revela-me o valor da morte do Senhor,
Por mim, na dura cruz; opera em mim!

4. Não tardes mais, Senhor, opera em mim!
Escuta o meu clamor, opera em mim!
No sangue de Jesus, vertido lá na cruz,
Me guarda por favor, opera em mim!                                      P.L.M.

 


222. VEM A JESUS, Ó PERDIDO!

1. Vem a Jesus; ó perdido,
Vem a Jesus como estás; 
O sangue na cruz vertido,
Dar-te-á graça e paz.

VEM A JESUS SEM DEMORA;
Ó CRÊ NO FILHO DE DEUS!
ELE TE SALVA AGORA,
QUER TE GUIAR PARA O CÉU.

2. Por que demoras ainda,
Dar tua vida a Jesus?
Eis quando tudo aqui finda,
Qual há de ser tua luz?

3. O mundo quer enganar-te,
Para a tua alma perder,
Triste será a tua parte;
Além t'espera o sofrer.

4. As horas passam depressa,
Nunca jamais as terás
Quando a tua vida aqui cessa,
Onde tua alma estará?

5. Portas abertas aos libertos
No céu de luz sempre estão;
Eis que os anjos alertos
A ver tua entrada estarão!                                         S.N

223. NA MINH'ALMA REINA PAZ

1. Em escuridão, sem Jesus, me vi,
Com mil penas e grande dor;
Mas Jesus chamou: "Vem, sim, vem a Mim,
Quero ser teu Salvador".

NA MINH'ALMA REINA PAZ;
DESDE QUE VIM A JESUS;
TENHO SEMPRE PAZ
POIS AVISTEI DE DEUS, A LUZ!
E GOZO MUI VERAZ.

2. Pelas grandes ondas da perdição,
Fui cercado no alto mar,
Sem ter um piloto no furacão,
Que pudesse me guiar.

3. E se te encontrares a pelejar,
Sem auxílio ter eficaz,
Clama ao Salvador, clama sem tardar,
Sua graça é mui veraz.                                            P.L.M.

224. É O TEMPO DE SEGAR

1 É o tempo de se ar e tu sem vacilar,
Declaraste sem temor: "Não posso trabalhar?"
Vem, enquanto Cristo, o Mestre, está a te chamar:
"Jovem, jovem, ó vem trabalhar!"

VEM E VÊ OS CAMPOS BRANCOS JÁ ESTÃO
AGUARDANDO BRAÇOS QUE OS SEGARÃO;
JOVEM DESPERTA FAZ-TE PRONTO E ALERTA.
QUEIRAS LOGO RESPONDER: "EIS-ME AQUI, SENHOR".
OLHA QUE A SEARA BEM MADURA ESTÁ;
QUE COLHEITA GLORIOSA NÃO SERÁ!
JOVEM DESPERTA. FAZ-TE PRONTO E ALERTA!
POUCOS DIAS SÃO QUE RESTAM PARA O SEGADOR!

2. As gavelas que recolhes: jóias de esplendor
Brilharão na tua coroa, e darão fulgor;
Busca logo essas jóias Deus é premiado;
Jovem, jovem, entra nó labor!

3. A manhã á vai passando, não mais voltará;
Da colheita o tempo brevemente findará;
E perante o teu Senhor vazio findarás;
Jovem, jovem, obedece já.                                                                                     P.L.M.

225. SÊ VALENTE

1. Na batalha contra o mal, sê valente!
Segue em marcha triunfal, sé valente!
Olha o alvo que é Jesus,
Que à vitória te conduz;
Ó não deixes tua cruz,
Sé valente!

SÉ VALENTE! PELEJANDO POR JESUS,
SÉ VALENTE! NUNCA REJEITANDO A CRUZ!
FIRME SEMPRE NO AMOR,
COM INDÔMITO VALOR,
CHEIO DO CONSOLADOR,
SÊ VALENTE!

2. Se o maligno t'enfrentar, sé valente!
Lutarás sem recuar, sé valente!
Seja aqui, ou onde for,
Escudado no Senhor,
Mostrarás o teu valor;
Sê valente!

3. Co'altruísmo, com poder, sé valente!
Franco sem ó mal temer, sé valente!
Aos caídos em redor,
Manifesta-lhes o amor;
E serás um vencedor;
Sê valente!

4. O Evangelho a proclamar, sé valente!
No Brasil, em terra ou mar, sê valente!
Tua vida enobrecer!
Sempre com Jesus viver,
E a ti também vencer;
Sé valente!                                                                      A.S.

226. CRISTO, TEU SANTO AMOR 

1. Cristo, Teu santo amor deste para mim
Nada p'ra Ti, Senhor, negarei aqui;
Me prostro em gratidão,
Cumpro com prontidão,
Me guia Tua mão oh! me rendo a Ti.

2. Perante o trono estou, pede Tu, por mim,
Ao nosso Pai eu vou, só Jesus, por Ti;
A cruz hei de levar,
Teu nome proclamar,
Um hino a Deus cantar, sim, Jesus, por Ti.

3. Um coração de amor, quero ó meu Jesus,
Ao Teu igual, Senhor, espalhando a luz;
A Ti eu vou servir,
O tempo redimir,
As almas conduzir, quero eu a Ti.

4. Tudo que tenho ou sou, é por teu favor;
Alegre sempre vou, junto a Ti, Senhor;
Teu rosto, sim, verei,
Contigo eu estarei,
E sempre viverei, lá no céu por Ti!                                     P.L.M.

227. DEUS AMOU ESTE MUNDO

1. Deus amou de tal maneira
Este mundo sofredor,
Que à humanidade inteira,
Deus Seu Filho para Salvador.

E AGORA NUNCA MAIS PERECE
O QUE CRÊ, MAS VIDA ETERNA TEM;
QUEM EM CRISTO PERMANECE,
VAI SER COROADO ALÉM.
O PECADO NA CRUZ FOI VENCIDO,
PODES PELA FÉ, VENCER TAMBÉM;
DE JUSTA, Ó SÉ VESTIDO,
E RECEBERÁS COROA ALÉM.

2. Prisioneiro do pecado,
Vagas sem esperança ter;
Mas Jesus foi enviado,
Para liberdade te trazer.

3. Tu que vives desviado
Sem a paz de Deus gozar,
Ouve a voz do Pai amado,
Que te espera para te abraçar.                                                  E.C.

228. ESTE MUNDO NÃO COMPREENDE

1. Este mundo não compreende,
Quão alegre é o meu viver,
Mas a Cristo quem atende,
Do céu pode o gozo ter.

MESMO QUANDO EM AFLIÇÃO,
GOZO A PAZ DE DEUS
CRISTO AO MEU CORAÇÃO,
GOZO TRAZ DOS CÉUS,
SE COM CRISTO AQUI VIVER,
TÃO GLORIOSO É,
MAIOR GLÓRIA HEI DE TER,
SE EU GUARDAR SEMPRE A FÉ.

2. O que me faz mui ditoso,
Oh, provém do amor de Deus!
Mas será maior meu gozo,
Quando for morar nos Céus.

3. Sinto meu ser transformado,
Pela graça do Senhor;
Cada dia mais chegado,
Eu à Pátria, estou, de amor.                                                     E.C

229. JESUS, O MEIGO SALVADOR

1. Jesus, ó meigo Salvador,
Do céu, à terra és vindo,
E nos Teus braços com dulçor,
Oh! vai-me conduzindo;
Assim eu vou seguindo
Na Tua luz perfeita,
Que sempre me deleite;
Tua Palavra, oh, Senhor!

2. Que grande gozo foi p'ra mim,
Oh, quando me encontraste!
Do coração, abriu enfim
A porta e logo entraste;
Então Tu me levaste,
Por Tua luz perfeita,
Que sempre me deleita:
Tua Palavra, que amor, sim!

3. Tu me livraste, Salvador,
De miserável sorte,
Me guardarás por Teu amor,
Fiel até à morte;
Desejo que me exortes
Por Tua luz perfeita,
Que sempre me deleita;
Tua Palavra, meu Senhor!

4. Ó Salvador, e bom Jesus,
Meus pés na rocha fundas
Pois Tua mão, a mim conduz,
Às águas mui profundas,
Do trono oriundas,
A Tua luz perfeita,
Que sempre me deleita;
Tua Palavra, ó Jesus!                                            P.L.M.

230. NÓS VOGAMOS NESTA NAU

1. Nós vogamos, o mar vencemos,
Nesta nau que nos conduz,
Um naufrágio não tememos,
Pois ao leme vai Jesus.

VEM AMIGO, POIS TE AMAMOS,
SEM TARDAR, QUE NÓS JÁ VAMOS;
A TORMENTA NÃO OLHAMOS
E RUMAMOS PARA O CÉU
A TORMENTA NÃO OLHAMOS
E RUMAMOS PARA O CÉU.

2. Para nossa feliz morada,
Eis a hora de partir
Hoje mesmo se faz chamada;
"Quem com Cristo quer seguir?"

3. Ao findar da travessia,
No céu vamos ancorar;
Com presteza com alegria,
Nós havemos de saltar.

4. Ante nós vemos a cidade,
Cujo o porto se abrirá,
E Jesus cheio de bondade
Aos chegados sorrirá.                                                      P.L.M.


231. NÃO FOI COM OURO

1. Nós, os salvos do Senhor,
Caminhemos com valor;
Ele guarda o coração,
Cristo é a nossa salvação.

Não foi com ouro que nos comprou Jesus,
Mas com Seu sangue vertido lá na cruz;
Nós, que somos salvos, vamos sem temer
Sempre por Seu sangue o mal vencer.

2. Pela morte de Jesus,
Recebemos vida e luz;
Do abismo de horror
Não temos mais nenhum temor.

3. Seguiremos o Senhor 
Pois nos guia ao Criador; 
Nos concede paz real, 
Nos dá repouso eternal! 

4. Tu que não tens salvação, 
Abre já teu coração. 
Deixa Cristo te salvar, 
E para o céu te preparar.                                     P.L.M.

232. OS BEM-AVENTURADOS

1. Bem-aventurados são
Os de limpo coração,,
Que não buscam as riquezas para si;
A tranqüilidade e paz,
Que desfrutam, oh, jamais,
Poderão discriminadas ser por mim!

OH, CANTEMOS ALELUIA!
JUBILOSOS, COM PODER!
BEM ALEGRES, COM FERVOR,
DEMOS A JESUS LOUVOR,
E MAIS GOZO VAMOS DELE RECEBER!

2. Grande dita e mui favor
Me concede meu Senhor,
Pelo Sangue que por mim verteu na cruz;
Tornará também meu ser,
Cheio de veraz prazer,
Se viver e caminhar na Sua luz!

3. Ao Senhor obedecer,
DEle mesmo me encher,
Para mim isto é o verdadeiro Céu;
E por Seu imenso amor,
Para o pobre pecador,
Quero aqui, louvá-Lo, e além do véu! .

4. Quão perfeita, é minha paz!
Não anelo nada mais,
Quero sempre aqui fazer o Seu querer;
Tenho o amado Salvador,
E possuo Seu amor;
Gozarei eternamente mui prazer!                                          A.S.

233. A CEIA DO SENHOR

1.  Ó Jesus Cristo, aqui estamos
Unidos todos em um lugar
P'ra Tua morte nós relembrarmos,
Que Tu quiseste por nós provar.

2. Alegra-nos, ó Jesus amado,
Enchendo-nos do Consolador;
Ó grande graça Tu nos tens dado,
Pois somos salvos p'lo Teu amor.

3. Que nós sejamos abençoados;
Também o pão e o vinho aqui,
P'lo Teu poder sejam consagrados
P'ra nos alimentarmos de Ti.

4. E quando todos nos reunirmos,
Um dia, lá no Teu lar, nos Céus,
Nós aleluias, sim, cantaremos,
Eterno hino ao nosso Deus.                                              J.Car

234. O GOZO DOS SANTOS

1. O gozo dos santos é o amor de Jesus
Grande é este amor que a paz nos produz!
A fonte da Vida que nos dá vigor
É o Sangue de Cristo vertido em dor!

OH! VÃ ALI NA CRUZ A GRAÇA DE JESUS,
AMOR POTENTE, QUE GOZO PRODUZ!

2. Ó vê, "eis o Homem" que padece ali,
Coberto de sangue ferido por ti.
Estampa na face tão enorme dor;
De 'spinhos coroa possui meu Senhor!

3. Com cravos furados tem os pés e as mãos;
Pregado no lenho, em grande aflição;
Aberto Seu lado co'a lança cruel
Sai água e sangue do Emanuel!

4. Por Cristo cumprida foi a obra de amor,
Morreu qual Cordeiro, por ti pecador;
Confiando agora na obra da cruz,
A vida nós temos por Cristo Jesus.                                                    P.L.M

235. JÁ SEI, JA SEI

1. Comprado com sangue de Cristo,
Alegre ao céu, sim eu vou; ,
Liberto do vício maldito,
Já sei que de Deus, filho sou.

JÁ SEI, JÁ SEI,
COMPRADO COM SANGUE EU SOU;
JÁ SEI LÁ SEI,
COM CRISTO AO CÉU, SIM EU VOU.

2. Estou livre da lei severa,
Pois Cristo me quis redimir
Enchendo minh'alma, deveras,
Do gozo, que vem do porvir.

3.Em Cristo Jesus sempre espero,
E nunca O posso deixar;
Calar Seus favores não quero,
Vou sempre de Cristo falar!

4. Eu sei que, um dia, a beleza
Do grande Rei vou contemplar;
Agora me dá fortaleza
E sempre me quer consolar

5. Eu sei que me espera a coroa,
A qual, a Seus servos dará,
Jesus a divina pessoa,
No Céu onde Ele está!                                               P.L.M.

236. JA NOS LAVOU 

1. Sobre a cruz o bom Cordeiro,
Dura morte já provou,
Por nós todos no madeiro,
Para Deus Pai nos comprou;

Com Seu sangue tem lavado
Nossa alma imortal,
E também nos resgatado
Do poder do mal.

JÁ NOS LAVOU JÁ NOS LAVOU,
COM SEU PRECIOSO SANGUE,DO VIL TENTADOR.
NOS LIBERTOU NOS LIBERTOU,
COM SEU PRECIOSO SANGUE JESUS, SALVADOR.

2.  Pelo Sangue derramado
Livre entrada se nos dá
No lugar santificado
Onde o Pai celeste está;
Este Sangue nos indica
O infinito, imenso amor
De Jesus, pois purifica
Todo pecador!

3. Fomos nós predestinados
Para crermos em Jesus,
Com Espírito selados,
Para desfrutar na luz;
Se vós hoje mesmo crerdes,
Por Deus, feitos vós sereis,
Para dons Lhe oferecerdes,
Sacerdotes, reis. ·                                                                               P.L. M.

237. O GOZO DE ESTAR PREPARADO 

1. O noivo estamos prontos p'ra encontrar
Eis que do céu virá.
Com nossas luzes vamos esperar,
Jesus não tardará!

OH! QUE GOZO PREPARADO ESTÁ
PARA OS SERVOS DO SENHOR JÉSUS;
BREVE CRISTO DO CÉU VOLTARÁ
EM GLORIOSA LUZ!

2. Coroa nós teremos lá no céu,
Se Cristo em nós viver;

Em breve Ele vem rompendo o véu,
O mal vem desfazer!

3. Lá em Sião nós vamos encontrar
Com nosso Redentor;
Na glória eterna vamos desfrutar
Do divinal amor!                                                                              P.L.M.

238. O PECADOR DESALENTADO

1. Ó pecador desalentado
Vem a Jesus, teu Salvador;
Por que viver atribulado?
Vem'a Jesus teu Salvador;
Eis o Cristo,te chamando,
Pois quer te dar Seu grande amor,
Vem nos Seus braços te lançando
Vem a Jesus, o teu Salvador.

2. Ó não rejeites a liberdade,
Vem a Jesus, teu Salvador;
Recebe hoje a santidade;
Vem a Jesus, teu Salvador;
Tudo aqui no mundo passa;
Tu morrerás, ó pecador,
Vem aceitar a vera graça
Vem a Jesus, o teu Salvador,

3. Se queres paz, também o gozo,
Vem a Jesus, teu Salvador.
Pois nEle tu terás repouso
Vem a Jesus, teu Salvador;
Não terás senão tristeza,
Cá neste mundo de horror,
Mas em Jesus há fortaleza,
Vem a Jesus, o teu Salvador.

4. Hoje é o dia aprazível,
Vem a Jesus, teu Salvador.
Ó Seu amor e irresistível,
Vem a Jesus, teu Salvador.

Tuas horas vão passando,
Ó não desprezes, pecador
A voz de Deus te convidando,
Vem a Jesus, o teu Salvador.

239. IMPLORAMOS 0 CONSOLADOR

1 Vem, ó Senhor, e completa
A obra Tua em mim;
Torna a minha alma dileta,
Enchendo-me de Ti.

Ó MANDA AGORA,
O BOM CONSOLADOR;
MINH'ALMA TE IMPLORA,
O MEU AMADO SENHOR!

2. Há tanto tempo Te espero,
Ó caro Salvador,
Mas hoje e mesmo eu quero
O bom, Consolador.

3. Tens me tirado p'ra fora
Do mundo sedutor;
Ó vem selar-me agora
Glorioso Redentor.

4. A Ti pertence a glória,
Benigno Salvador;
Sempre me dás a vitória,
Por Teu imenso amor.                                                  P.L.M.

240. OH DIA ALEGRE!

1.  Cristo pode hoje vir,
Oh dia alegre! Irei amigos ver;
O mal terá o seu fim,
Se Cristo do Céu descer!

OH DIA ALEGRE, DA VINDA DE JESUS!
JESUS VEM BUSCAR-ME PARA OS CÉUS;
ELE VEM BREVE PARA OS SEUS
OH DIA ALEGRE! DA VINDA DE JESUS!

2. Se hoje for p'ra meu lar,
Oh dia alegre! Parece-me ouvir
Os salvos cantando: "Vem!"
Quem dera p'ra o céu partir!

3. Por que ansioso estar?
Oh dia alegre! Há luz na margem além;
Temporal nunca haverá;
Do céu breve Cristo vem!

4. Fiel a Jesus estou,
Oh dia alegre! Livre estou p'ra dizer:
"Cristo é tudo p'ra mim";
Do Céu virá com poder!                                                                A.S.

241. MARCHEMOS SEM TEMOR

1 P'ra Sião marchamos sem algum temor
Por fé nos chamamos Filhos do Senhor;
Presto caminhamos, sem p'ra trás olhar,
Com Jesus nós vamos, não podemos errar

MARCHEMOS SEM TEMOR, REPLETOS DE VALOR,
MARCHEMOS NAS PISADAS DO BOM REDENTOR;
DEPRESSA, SEM TARDAR, ATÉ NO CÉU ENTRAR;
POR JESUS PODEMOS SEMPRE TRIUNFAR.

2. P'ra Sião marchamos sem desanimar,
A verdade, vamos todos proclamar;
Presto caminhamos, carregando a cruz,
Pois nós desejamos ver no céu a Jesus.

3. P'ra Sião marchamos em Celeste luz,
Dirigidos vamos p'lo Senhor Jesus;
Presto caminhamos rasga-se o véu;
Já daqui estamos, pela fé, vendo o céu.                                                  P.L.M.

242. EU CONFIO FIRMEMENTE
1. Eu confio firmemente,
Que no Céu vou descansar
Com Jesus alegremente, aleluia!
Que prazer celeste sente

A mnh'alma em pensar,
Na glória que no céu eu vou gozar!

QUE ETERNA GLÓRIA VOU NO CÉU GOZAR!
COM JESUS QUE DO PECADO ME SALVOU
SANTA PAZ É ALEGRIA LÁ NO CÉU VOU DESFRUTAR;
ETERNA GLÓRIA CRISTO ME COMPROU!

2. No céu vou ver o Cordeiro, 
Que por mim quis expirar,
Pendurado no madeiro, aleluia!
Que me fez também herdeiro
Do que nunca vai murchar,
Da glória que no Céu eu vou gozar!

3. De Jesus, o rosto santo,
No céu hei de contemplar,
Onde não há dor ou pranto, aleluia!
Mas sim um sublime canto
Que p'ra sempre vai soar
Na glória, que no céu eu vou gozar!

4. Quando for ao Céu chegado
E a glória alcançar
Por ter Cristo ao meu lado, aleluia!
No Seu trono assentado,  
A Jesus vou adorar;  
Eterna glória vou no céu gozar! 

243. AO ABRIR O CULTO

1. Nós abrimos este culto
Em Teu nome, ó Jesus Cristo!
Ao pequeno e ao adulto,
Luz divina vem dar por isto;
Gozaremos em Tua face,
Ó Cordeiro ressuscitado!
Com doçura, sim, nos enlaces,
P'ra ouvir o que nos for dado.

2. Ó nos manda Tua Palavra
Pelo Teu Espírito Santo,

Que no peito um fogo lavra
Que enxuga também o pranto;
Nosso Pai, nós Te suplicamos
Nova vida p'ra Tua Igreja;
Ó não tardes, pois desejamos
Que pureza em nós Tu vejas.

3. Abençoa, ó Deus santo
Os teus servos em todo  mundo;
Abençoa o nosso canto
E dá vida aos moribundos;
Abençoa aos cordeirinhos,
A família dos Teus amados,
Como ave, que no seu ninho,
Tem seus filhos bem abrigados.                                            P.L.M.

244. LOUVAI A JESUS  

1. Louvai a Jesus, amoroso;  
Na cruz os pecados levou,  
Que nos enche de santo gozo;  
Com sangue o Céu nos ganhou.  

AO MEU SENHOR, 
QUE TENHO NO MEU CORAÇÃO,  
EU DOU LOUVOR,  
POIS ELE ME DEU SALVAÇÃO.    

2. Louvai a Jesus poderoso,
Que veio livrar da prisão
Um povo cativo medroso,
Que não tinha consolação.

3. Louvai a Jesus, vosso guia
No mundo de tribulação;
E não tem temor, quem confia
Em Deus, mas real proteção.

4. Louvai a Jesus, dai-Lhe glória,
Pois Rei e Senhor Ele é;
Na cruz nos ganhou a vitória;
Vencei com Jesus pela fé.                                                          P.L.M.

245. PAZ DE DEUS EM JESUS ENCONTREI 

1. A paz, e gozo Jesus já me deu,
Ele p' ra isso ao mundo baixou;
Para salvar-me, Seu sangue verteu,
Quando por mim na cruz expirou.

PAZ DE DEUS EM JESUS ENCONTREI,
POIS TENHO GOZO NO CORAÇÃO;
HONRA E GLÓRIA TRIBUTAREI
AO QUE ME TROUXE A SALVAÇÃO.

2. A paz e gozo desfruto enfim
Por Jesus Cr isto, o meu Redentor;
Um amor santo, oh, tenho em mim,
Que alcancei do Consolador!

3.A paz e gozo tem meu coração,
Vida celeste, repleta de amor;
Cristo me deu a real salvação
Também o dom do Consolador.                P.L.M.

246. O DESCANSO EM JESUS

1. Tens descanso encontrado em Jesus Cristo?
Permaneces pela graça que Ele deu?
Tens tu paz com teu Salvador bendito?
Plenitude do Espírito de Deus?

TENS DESCANSO ENCONTRADO EM JESUS CRISTO?
PERMANECE PELA GRAÇA QUE ELE DEU?
PLENA PAZ CONSOLAÇÃO, ACHARÁS NA ORAÇÃO:
DEUS AÍ VITÓRIA AOS SANTOS CONCEDEU.

2. Estarás bem seguro e corajoso,
Quando a tenta~ao chegar-se para ti?
Tens a graça p ra ser vitorioso
Nas terríveis provações da vida aqui.

3. Só em Cristo encontrarás descanso,
Que ninguém aqui, jamais irá tirar
Com Jesus tu hás de aprender ser manso,
E Sua glória em ti o mundo há de mirar.                                              F.Y.

247. DEUS NOS GUARDE NO SEU AMOR

1. Deus nos guarde bem no Seu amor;
Onde quer que nos achemos,
O Seu nome louvaremos;
Deus nos guarde bem no Seu amor!

AO VOLTAR JESUS VAMOS NÓS ESTAR
LIVRES DE QUALQUER SEPARAÇÃO
U'A COROA, ENTÃO VAMOS, SIM,,FORMAR,
LÁ NO CÉU, NA ETERNAL MANSÃO.

2. Deus nos guarde em santificação
Nas agruras da jornada,
Que é mui breve terminada!
Deus nos guarde em santificação!

3. Deus nos guarde e nos conceda paz,  
De que tanto carecemos;
Ó, enquanto aqui vivemos,
Deus nos guarde e nos conceda paz.                                                      E.C.

248. HOSANA E GLÓRIA

1. Já perto de Betfagé, o Mestre ordenou:
"O ide à aldeia, que avistando estou,
Trazei-Me um jumentinho no qual ninguém montou 
Dizei aos que perguntem: 'Jesus requisitou"

HOSANA E GLÕRIA DAVAM AO SENHOR JESUS,
O REI QUE VEM TRAZENDO AMOR PODER E LUZ;
TAMBÉM VEM CONCEDENDO EFICAZ PERDÃO;
POR ISSO O LOUVAM DE TODO O CORAÇÃO.

2. Trouxeram o jumentinho, no qual Jesus montou,
Com ramos o caminho o povo enfeitou;
A que de Sião é filha ó logo lhe dizei:
Não temas mas exulta, aí vem o Rei".

3. No monte das Oliveiras, ouviu-se um clamor:
"Bendito o Rei que é vindo em Nome do Senhor";
Jesus diz aos que O mandam calar a multidão:
"Se estes se calarem, as pedras clamarão".                                               P.L.M.

249. Ó VEM, SENHOR, E HABITA 

1. Ó vem, Senhor, e habita no meu coração;
Dá-me a graça bendita por Tua compaixão.

Ó MEU DEUS VEM DAR-ME
O DOM DO CONSOLADOR;
VEM HOJE E SELAR-ME
ENCHENDO-ME DO TEU AMOR!

2. Dia de paz e de gozo eu vou desfrutar,
Quando Jesus glorioso minh'alma batizar.

3. Do Teu amor puro e santo sempre falarei;
Mesmo com dor e com pranto a Cristo louvarei. ·

4. Ó Deus, Te pe o agora, ouve-me Senhor:
Batiza-me nesta a hora, no Teu Consolador                                              P.L.M.
                                                                           
250. NOIVA DE JESUS, APRONTA-TE

1. A Cristo unida está a minh'alma,
Pois nEle eu tenho meu vero sustento;
Me enche de gozo do céu, e de calma;
Também me ensina os seus mandamentos.

Ó NOIVA DE JESUS APRONTA-TE PARA IR
PARA O ETERNO E SANTO REINADO;
QUE DIVINAL AMOR IRÁS LÁ, ENTÃO, FRUIR
COM JESUS CRISTO, O TEU AMADO!

2. Na santa Igreja, com sangue remida,
Já é manifesta em mim Sua glória,
Que por Sua graça me foi concedida,
Na qual abrigado. terei a vitória.

3. Assim eu d~selo a Cristo unido,
Seguir o Caminho p'ra bela cidade,
Pois nEle, dos males, sou bem protegido,
Também rodeado de vera bondade.                                        P.L.M

251. AO CULTO NÃO FALTAR

1. Ao outro culto; não faltar,
O vinde todos p'ra louvar
O Nome santo do Senhor,
Que nos dá vida e fervor.

2. Nos separamos em amor,
Levando a paz do Salvador,
Mas breve vinde, não falteis,
Os pecadores sim, trazei.

3. Se não pudermos reunir
Veremos santos no porvir,
No culto do Senhor Jesus,
Que vai haver no céu de luz.                                                 P.L.M.

252. SANTO, SANTO ÉS TU, SENHOR

1. Santo, santo és Tu, Senhor,
Em Teu louvor eu vou cantar
Com esperança, ó Deus de amor;
Tu me queres consolar;
Eu Te peço, ó meu Jesus,
Sá Tu es meu Salvador,
Que me faÇas andar na luz;
Santo és, meu Redentor!

AO MEU JESUS EU CANTAREI
ENTRANDO NA FELIZ SIÃO;
OH! SANTO, SANTO, PROCLAMAREI
NA MINHA ETERNAL MANSÃO,
COM OS ANJOS E SERAFINS,
SANTO! SEMPRE VOU CANTAR
COM ARCANJOS E QUERUBINS;
A JESUS EU VOU ADORAR.

2. Santo, santo, eu cantarei,
Ao meu Jesus, que me salvou,
E só nEle confiarei,
Pois minh'alma resgatou;

Dá-me o pão do céu p'ra comer.
O maná celestial,
P'ra Teu povo fortalecer,
Com o Teu poder vital.

3. Em Jesus, só, hei de buscar,
A Sua força divinal
Que avante me vai levar,
Para o reino eternal;
Oh! quão doce é o Teu pão,
Que nos dá real vigor
No deserto; consolação,
Que nos enche de fervor.                                    P.L.M.

253. AVANTE, Ó CRENTES 

1. Avante, ó crestes, o mal desfazendo,
O inimigo com a luz combateremos;
A peleja pois, todos, não temendo,
A vitória por Jesus receberemos.

COM A GRAÇA DE JESUS NOS FIRMAREMOS,
COM A GRAÇA DE JESUS, COMBATEREMOS,
COM A GRAÇA DE JESUS NÓS VENCEREMOS,
COM A GRAÇA DE JESUS VITÓRIA TEMOS.

2. Avante, ó crentes, marchai sem tardança,
Jamais do bom Jesus nós nos afastaremos,
Porque nEle nós temos esperança
E vitória nós assim alcançaremos.

3. Avante, ó crentes, fiéis corajosos,
Vitória por Jesus, a nós é concedida;
No combate, ó sede valorosos,
Para alcançar o galardão da vida.

4. Avante, ó crentes, dum só pensamento;
"O vil pecado sempre nós combateremos".
Pois Jesus vem, não tarda um momento, 
Crendo em Jesus. vitória nós já temos.                                                          P.L 

254. MAIS PERTO DE JESUS 

1. Mais profundo no amor de Cristo 
Eu desejo estar! 
Mais humilde no meu ser. eu quero 
Sempre aqui andar. 

MAIS PERTO DE JESUS, 
EU QUERO AQUI VIVER; 
MAIS SANTO, MEU JESUS, 
EU DESEJO SEMPRE SER. 

2. Mais profunda a Tua vontade, 
Quero conhecer; 
Té que minha vida, por inteiro, 
Mostre o Teu ser.                                           J.AS

3. Mais profundo, com dor, não importa, 
Pois eu quero estar, 
No Teu divinal amor firmado, 
Para fruto dar. 

4. Mais profundo, dia após dia, 
Quero eu estar, 
Té que o alvo, o Mestre aqui me faça, 
Breve alcançar.                                                    J.A.S.

255. MEU REDENTOR 

1. Na cruz morrendo meu Redentor;  
Minhas maldades todas levou; 
Se O recebes, tens Seu amor, 
Pois teus pecados, Jesus perdoou.  

QUANDO DEUS, O SANGUE VIR,  
QUE JESUS JÁ VERTEU,  
PASSARÁ SEM TE FERIR  
NO EGITO ASSIM SUCEDEU. 

2. Deus quer salvar ao vil malfeitor, 
Como promete, sempre fará; 
NEle confia, ó pecador, 
E pela fé vida nova terás.

3. Breve se finda a tua luz,
E no juízo tu vais entrar;
Não te detenhas, vem a Jesus,
Que teus pecados deseja apagar.

4. Que maravilha, que grande amor!
Se hoje creres, salvo serás!
Cristo te chama, vem pecador,
E gozo eterno no céu fruirás.                                               F.V.

256. ABANDONA ESTE MUNDO DE HORROR

1. Abandona este mar,
Onde podes naufragar;
Abandona este mundo de horror,
A maré te levará,
O teu barco quebrará,
O aceita a Jesus, o Salvador!

ABANDONA JÁ DUMA VEZ,
ESTE PROCELOSO MAR.
HOJE SEM TARDAR;
DO CASTIGO ETERNAL,
E DE MORTE TÃO FATAL,
FOGE LOGO PECADOR COM RAPIDEZ.

2. Eis faróis a clarear
E perigos a marcar;
Abandona este mundo de horror,
Já na barra mais além,
O teu barco se sustém,
Ó aceita a Jesus, o Salvador!

3. Eis que vozes sem cessar,
Não se cansam de clamar:
Abandona este mundo de horror,
Ó amigo, ouve á,
Essa voz te salvará.
O aceita a Jesus, o Salvador!

4. Não escutas a Jesus,
Que te chama para luz?
Abandona este mundo de horror,
Se persistes em vagar,
Não te poderás salvar.
O aceita a Jesus, o Salvador!

257. O PERDÃO SEM IGUAL

1. Amoroso Salvador,
Sem igual é Teu perdão;
Só Tu és meu Redentor
E perfeita salvação.

2. Meu contrito coração
Te confessa seu pecar,
Pede ao Pai real perdão,
Pelo Teu amor sem par.

3. Te contemplo, sem cessar,
No Teu trono desde a aqui
Oh! quão grato é meditar,
Que intercedes Tu por mim.

4. A fonte és da compaixão,
Sempre a Ti darei louvor!
Faz-me bem ao coração
Exaltar-Te. meu Senhor!                                                 P.L

258. NA ROCHA ETERNA FIRMADO

1. Um Salvador meigo é Cristo Jesus,
Pois Ele minh'alma salvou;
Também meus pecados tomou sobre si,
Na cruz quando me resgatou.

NA ROCHA ETERNA FIRMADO ESTOU EU,
E TENHO A SALVAÇÃO
ME ESCONDE JESUS CRISTO NO MANTO SEU,
VELANDO-ME COM SUA MÃO.
VELANDO-ME COM SUA MÃO.

2. As bênçãos do céu desfrutando eu estou,
Em Cristo, o Filho de Deus;
Alegre eu vivo e ando na luz,
Prossigo na senda do Céu.

3. As cargas que eu tive Jesus as tomou,
Agora liberto estou;
A graça me basta que Cristo me deu,
Assim para o Céu presto eu vou.


4 Findando a lida então O verei,
Com anjos e santos no Céu;
E hinos de glória eu entoarei,
Aquele que por mim morreu.                                            J.A.S.

259. CRElO EU NA BÍBLIA

l.Creio eu na Bíblia, o livro do Senhor,
Pois de Jesus Cristo mostra o doce amor;
Todos meus pecados apagados estão,
Paz e gozo tenho em meu coração.

CREIO EU NA BÍBLIA, LIVRO DE MEU DEUS;
PARA MIM A BÍBLIA É O MANÁ DOS CÉUS!
MOSTRA-ME O CAMINHO PARA O LAR CELESTIAL;
ACHO EU NA BÍBLIA, GRAÇA DIVINAL!

2. Creio eu na Bíblia, ensina-me a cantar
Cantos de vitória, e de amor sem par;
Lindas melodias, eu cantando vou,
Porque redimido pelo Sangue estou!

3. Só a santa Bíblia a santidade dá,
Este dom de Cristo. prometido já;
Todos os que buscam plena salvação,
Estas bênçãos, só em Cristo, acharão.

4. Lemos hoje a Bíblia p'ra todo o pecador,
Para que encontre Cristo, o Salvador;
Sendo sua vida, livre de pecar
O divino Livro, ele vai honrar!                                                        P.L.M.

260. AVANTE COM O NOSSO CAPITÃO

1. Irmãos avante com nosso Capitão
Seremos triunfantes, não lutareis em vão!
Vitória esperamos, vitória Deus dará
Se firmes pelejarmos sim, contra Goliá.

AVANTE, AVANTE AS TREVAS DISSIPAÍ
COM O SUPREMÓ CAPITÁO, AVANTE! VITÓRIA ALCANÇAI!

2. Lugares deleitosos, a sorte nos tocou;
De jugos tão penosos Jesus nos libertou;
Herança foi-nos dada herança de valor;
No céu é conservada por Deus, meu Salvador.

3. Com nosso Comandante avante, pelejai;
Alegres, exultantes, por Cristo avançai;
Já temos a Espada não temos que temer,
A Bíblia Sagrada p ra todo mal vencer                                                                            P.L.M.

261. ALMA TRISTE, ABATIDA

1. Alma triste, abatida,
Que tens medo de morrer;
Por um triz, a tua vida,
Pode hoje perecer;
Vê nos mares e nas dores,
Um farol jorrando luz,
Que te enche de louvores:
E Jesus, sim, é Jesus!

2. Tu que andas vacilante
E que o mundo seduziu,
Vem e segue, confiante,
Quem na cruz já te remiu,
Pois a graça, não é finda
De quem expirou na cruz;
Olha, com amor, ainda,
P'ra Jesus, sim, p'ra Jesus!

3. Lá na cruz Jesus morrendo,
Teus pecados expiou
Santo Espírito concedendo,

A Sua Igreja a adornou,
Todo o mal e sofrimento,
Já pregados estão na cruz,
Oh, sublime livramento,
De Jesus, sim, de Jesus!

4. A Teus pés. Jesus bondoso,
Acho paz consolação!
Enches-me de santo gozo
E de imensa gratidão;
Quero eu constantemente
Receber a pura luz,
Que dimana fortemente
De Jesus, sim, de Jesus!

262. SENHOR, ESTÁS COMIGO

1. Senhor estás comigo em todo tempo,
Fazendo-me feliz no sofrimento,
Ó dá-me cada dia o Teu sustento
E graça p'ra cumprir Teu mandamento.

SIM ESTÁS COMIGO EM IODO TEMPO,
TU ÉS O MEU MANÁ, MEU ALIMENTO;
JESUS, ESTÁS COMIGO EM TODO TEMPO,
O DÁ-ME TUA VIDA; TEU SUSTENTO.

2. Contigo, ó Senhor, vou caminhando,
O Evangelho santo proclamando
A face do Senhor Jesus buscando,
E sempre do pecado me guardando.

3. Por Deus estamos nós santificados
Em Ti Jesus que nos tens resgatado
Do mundo e de todo o vil pecado,
Também o nosso ser vivificado.                                                              P.L.M.

263. AO FIM DO CULTO

1. O culto tendo já terminado,
Te suplicamos, ó Salvador,
Se em qualquer coisa foi perturbado,
Que nos perdoes, por Teu amor.

2. Gravar Tu queiras a sã doutrina,
Por Teu Espírito Consolador,
Que nos sustenta que nos ensina,
E que nos enche do Teu amor.

3. Se nós aqui não mais regressarmos,
Certeza temos de ver na luz
Os santos juntos e contemplarmos
No Céu, um dia, o bom Jesus!                                                                  P.L.M.

264. O PAICELESTE 

1. O Pai celeste no Nome santo
Do Teu amado Filho Jesus, Grato
Te seja o nosso canto,
Que reverente Tua grei produz;
Ó Deus, preside Teu povo unido,
Com Tua graça e com Teu poder,
No Santo Espírito já recebido,
Nós desejamos aqui viver.

2. Rocha divina, nossa firmeza,
Dá-nos a graça. dá-nos poder;
És dos Teus servos a fortaleza,
Onde, abrigados, não têm pavor;
Chuvas de bênçãos sempre derrama
Em abundância dos altos céus;
A nossa alma, qual cervo brama
Em grande seca por Ti, bom Deus!

3. Rebanho santo, por Deus selado,
Duma só mente, dum coração,
E que assim seja realizado
Ver, esperamos com prontidão;
O nos defende com o Teu braço,
Do inimigo, do tentador;
Sempre dirige os nossos passos,
Ás vivas fontes que dão vigor

4. Manda, Senhor, a Tua mensagem
Pela divina e sacra unção,
Qual o maná, que trouxe, em viagem,

Para Teu povo, a consolação;
Tua Palavra, água da vida
Do nosso cálice, faz transbordar,
Cheia de graça bem dirigida,
Para os sedentos poder saciar.                                                              P.L

265. DOCE É CRER EM CRISTO 

1. Oh! quão doce é crer em Cristo,
E entregar-se a Jesus 
Esperar em Suas promessas 
E andar na Sua luz!  

JESUS CRISTO, JESUS CRISTO,  
TEU AMOR ME DESTE A MIM!  
JESUS CRISTO, JESUS CRISTO,  
SEMPRE QUERO CRER EM TI. 

2. É mui doce crer em Cristo,
E cumprir o Seu querer,
Não descrendo em Sua Palavra,
Que é luz p ra nosso ser.

3. E mui grato crer em Cristo;
Quando busca o coração
Os tesouros infinitos
De amor, paz e perdão.

4. Sempre em Ti confiar eu quero,
Meu precioso Salvador;
Na bonança e na luta,
Me proteja o Teu amor.                                                                J.T.L.

266. RESGATADOSFOMOS

1. Nós resgatados fomos,
Por quem nos quis salvar;
Em Cristo livres somos,
P'ra nunca mais pecar~
Em Cristo livres somos,
P'ra nunca mais pecar!

RESGATADOS FOMOS,
RESGATADOS FOMOS,
RESGATADOS FOMOS,
P'RA NUNCA MAIS PECAR!

2. Nós fomos lá eleitos,
O céu, p'ra desfrutar;
Também por Deus aceitos
P'ra nunca mais pecar!
Também por Deus aceitos
P'ra nunca mais pecar!

3. A imortalidade Havemos de gozar,
Pois temos liberdade
P'ra nunca mais pecar!
Pois temos liberdade
P'ra nunca mais pecar!

4. No meio dos remidos
A Cristo vou louvar,
Por tê-Lo recebido
P'ra nunca mais pecar!
Por tê-Lo recebendo
P'ra nunca mais pecar!

267. JESUS, MINHA FORÇA

1. Vai chegando mais perto e causando terror,
A predita enchente de pecados e dor;
Mas eu sei que potente é a mão do Senhor,
Por isso, tranqüilo, não tenho temor.

E JESUS MINHA FORÇA, MEU AMADO SENHOR,
SE ELE É O GUARDA. NÃO TENHO TEMOR;
EU DESEJO ENCHER-ME DO SEU GRANDE AMOR,
VIVENDO NA GRAÇA DO MEU SALVADOR.

2. Mais chegado a Cristo eu desejo ficar;
Mais alegre e contente quero sempre andar,
Nos Seus passos seguindo para nunca errar
Até que um dia eu vá descansar.                                                                       P.L.M.

268. CONFIANTE EM DEUS

1.Sê tu, em Deus confiante;
Ora muito a Jesus,
E alegre, triunfante,
Leva sempre tua cruz.
No Senhor tem esperança;
Pois te guia Sua mão;
Vem a Ele, sem tardança,
E terás consolação.

GLÓRIA, GLÓRIA. ALELUIA, ALELUIA A JESUS!
ALELUIA! GLÓRIA A JESUS!
GLÓRIA, GLÓRIA ALELUIA, ALELUIA A JESUS!
ALELUIA AO REDENTOR! AMÉM.

2. Se aqui és perseguido,
Tens a glória do porvir;
Se estás enfraquecido,
Novas forças hão de vir;
Mesmo que o sol se turve,
Haja forte furacão
Sé fiel, não te perturbes,
Crê em Deus, de coração.                                                                            P.L.M

269. LOUVAREI AO MEU AMADO

1. Louvarei ao meu amado;
Sobre todos exaltado;
Por Seu sangue fui comprado;
Todo dEle sou.

2. No Seu Nome há melodia;
Quão suave em harmonia!
Enche as almas de alegria
Esse som - JESUS!

3. Digno é de confiança
Mui fiel e sem mudança;
NEle está minha esperança;
Bem seguro estou!

4. Seu caminho vou seguindo,
Sua força me cingindo,
Na carreira prosseguindo,
Té no Céu entrar.

5. Lá verei meu Rei glorioso,
Coroado, majestoso,
Mais que todos amoroso,
Meu SENHOR JESUS.                                                 P.L.M,

270. LOUVANDO AO NOSSO CRIADOR

l. Sinto prazer louvando
Ao nosso Criador,
E gozo celebrando
Os feitos do Senhor;
Saber que sou lavado
No sangue de Jesus.
Também que sou guiado,
Pela divina luz!

ALEGRE IREI AVANTE,
UNIDO AO SALVADOR;
CANTANDO TRIUNFANTE,
AO NOSSO CRIADOR!

2. Em Cristo, tenho gozo,
E paz, celeste luz;
Na obra, eu repouso,
Cumprida !á na cruz;
De graça revestido,
Nada me fallará;
Cristo tem prometido,
Que tudo suprirá!

3. Alegre sigo avante,
Na senda que conduz
A porta fulgurante
Da mansão de Jesus;
Com Deus aqui eu ando,

Ele me guiará,
E por fim me tomando,
Ao céu me levará!                                                 P.L.M.

271. NA MANSÃO DO SALVADOR

1. Lá na mansão do Salvador,
Não há, jamais, tribulação;
Nenhum pesar, nenhuma dor,
Que me quebrante o coração.

ALI NÃO HÁ TRISTEZA E DOR,
NENHUM PESAR, NEM AFLIÇÃO;
QUANDO EU ESTIVER MORANDO LÁ
DIREI: NÃO HÁ TRIBULAÇÃO.

2. P'ra mim é triste estar aqui,
Mui longe, sim, do Salvador,
Pois moram á com Ele ali,
Os salvos pelo Seu amor.

3. Perfeito amor encontrarei,
Lá na mansão do meu Senhor,
Completa paz, aí terei,
Pois me dará o Salvador.

4. Estando lá eu gozarei
De toda a benção divinal;
Também com Cristo reinarei
Na Sua glória eternal.                                                                       J.T.L

272. QUANDO JESUS APARECER

l. Quando Jesus aparecer,
Que fasta para nós há de ser,
Ao céu de luz iremos ter,
P'ra desfrutar eterno prazer,
Quando ao Seu Pai nos apresentar,
Que alegria no céu haverá;
No trono Seu teremos lugar,
Em nossa fronte coroa porá.

2. Marchai com Deus, sem vos deter,
Em santidade e sem temer;
Se nada mais podeis fazer
Por crer em Cristo - tendes poder,
Se hoje crerdes... Deus vos dará;
Se fé tiverdes, vós recebereis,
Vida de paz no Céu gozará
Todo que crer em Jesus, nosso Rei.

3. Iremos nós, no céu cear
E Jesus Cristo nos servirá;
A Sua grei que quis salvar,
No céu, então, se reunirá.
Qual forte sol dará resplendor,
Ante Jesus, o Senhor eternal!
Oh, que prazer, que sublime amor,
Existirá no lar celestial!                                                   P.L.M.

273. SÓ A TI  RECORREREI

1. Quer nas trevas quer na luz,
Só a Ti recorrerei,
Só a Ti meu bom Jesus,
E socorro acharei.

SÓ A TI, MEU SENHOR,
SÓ A TI RECORREREI;
SÓ EM TI, SALVADOR,
UM REFÚGIO ENCONTRAREI!

2. Quando lutas, penas, dor,
Neste mundo encontrar,
Eu Te buscarei, Senhor,
E virás me consolar!

3. Quando,o grande tentador
A minh alma combater,
Pela graça do Senhor,  ,
Todo o mal hei de vencer.  

4. Fortes lutas eu terei,  
Neste mundo enganador,  
Mas socorro eu acharei  
Em Ti, sempre, oh, Senhor!                                            P.L.M.

274. JESUS É A LUZ DO MUNDO

1. O mundo perdido em pecado se achou,
Jesus é a luz do mundo;
Mas nas densas trevas a glória brilhou,
Jesus é a luz do mundo!

VEM PARA E LUZ, NÃO QUEIRAS PERDER
PERFEITA PAZ DUM NOVO VIVER;
EU CEGO FUI,,MAS JÁ POSSO VER,
JESUS E A LUZ DO MUNDO!

2. Nas trevas do mundo já temos Betel,
Jesus é a luz do mundo,
Irás pela luz se tu fores fiel,
Jesus é a Luz do mundo!

3. Ó cegos e presos no vale de horror,
Jesus é a luz do mundo,
E manda chamar-vos á ver Seu fulgor,
Jesus é a luz do mundo!

4. Nem sol, nem luzeiros no mundo haverá
Jesus é a Luz do mundo,
A luz do Seu rosto ali brilhará,
Jesus é a Luz do mundo!                                                       P.L.M.

275. O ACORDA, DESPERTA!

1. Ó acorda, desperta dormente
Tu que jazes no sono da morte,
E que tens uma tão triste sorte,
Ó desperta por Cristo, o Senhor!
Pois te chama o fiel Salvador,
O Seu sangue na cruz já derramou,
Teus pecados ali aniquilou
E respondes: "Não quero, Senhor"?

2.Ó não sabes que teu próprio alento
Vem de Deus, vem a cada momento?
Queres tu despertar num tormento
Que amais poderá se findar?
Cristo hoje te quer libertar
O desperta-te à voz do Salvador,
Foge logo do abismo de horror,
Que tu'alma procura tragar.

3. Não te importas por teres agora
A tua alma em negra masmorra
Em Jesus hoje crê, busca-O e adora,
Pois assim tu terás salvação;
Crendo em Cristo no teu coração,
Paz e gozo por Ele obterás;
E também no Céu tu habitarás,
Se recebes agora o perdão.                                            P.L.M.

276. EM CANAÃ EU ENTRAREI 

1. Em Canaã eu entrarei, no meu país ditoso,
E em Sião habitarei; que paz ali terei
Com meu Jesus! Que gozo! Pois me dará repouso,
Irei cantar, então, nos céus, um hino ao meu Deus!

OH! GLÓRIA A JESUS, A JÉSUS, A JESUS!

OH! GLÕRIA A JESUS, Ó MEU PODER E LUZ!
OS SANTOS REUNIDOS, NO REMO DOS REMIDOS,
ENTOARÃO, ENFIM, NOS CÉUS,
UM HINO AO BOM DEUS!

2. Já muitas provas eu passei e lutas bem notórias;
Mas, de andar não cansarei, até eu ver o Rei.
Jesus, que dá vitória me levará em glória
E entrarei no esplendor do reino do Senhor.

3. Mui breve Cristo voltará;
nas nuvens,vé-Lo-emos;
E o Seu povo levará, e festa haverá;
Ao Céu nós subiremos, e lá encontraremos
O nosso caro e bom Jesus, verdade, vida e Luz.                                                              P.L.M.

277. SALVO ESTAS? LIMPO ESTÁS?

1. Tens achado em Cristo plena salvação,
Pelo sangue vertido na cruz?
Toda mancha lava de teu coração,
Este sangue eficaz de Jesus.

SALVO ESTÁS, LIMPO ESTÁS,
PELO SANGUE DE CRISTO JEJUS?
TENS TEU CORAÇÃO MAIS ALVO QUE A LUZ,
FOSTE LIMPO NO SANGUE EFICAZ?

2. Vives sempre ao lado do teu Salvador,
Pelo sangue que mana da cruz?
Do pecado foste sempre vencedor,
Como foi teu bendito Jesus?

3. Terás roupa branca quando vier Jesus,
Foste limpo na fonte de amor?
Estás pronto p'ra seguir ao céu de luz,
Pelo sangue purificador?

4. Cristo hoje dá pureza e mui poder;
Fita os olhos na cruz do Senhor,
Dela fonte sai que te enche de prazer,
Que te farta de vida e vigor.                                                                  P.L.M.

278. LEVAR A CRUZ

1. Vais levando só, e mui cansado,
Tua cruz, tua cruz?
Não sabendo que tens ao teu lado
O auxílio do Senhor Jesus?

SE TENHO CARGAS, QUE SÓ NÃO POSSO LEVAR
EU PEÇO AUXÍLIO AO MEU BOM SALVADOR'
SE DE CANSADO NÃO POSSO MAIS CAMINHAR,
EU CLAMO A MEU JESUS, QUE VEM ME DAR
O SEU VIGOR

2. Não te esqueças, que só, ao Calvário,
Foi Jesus, foi Jesus,
Onde derrotou o adversário,
Quando por ti sucumbiu na cruz.

3. Só em Cristo, o fiel amigo,
Acharás, acharás,
Escondido neste bom abri9o,
A paz de Deus, então fruirás.                                                                        P.L.M

279. ALI OUERO IR, E TU?

1. Jesus me falou dum formoso lugar;
Ali quero ir, e tu?
Aonde os salvos irão desfrutar;
Ali quero ir; e tu?
Pois Jesus as mansões nos foi preparar-;
Ali quero ir; e tu?
Aonde a morte não pode chegar;
Ali quero ir; e tu?

AO CÉU QUERO IR
AO CÉU QUERO IR,
AO CÉU QUERO IR; E TU?
AO CÉU QUERO IR;
NÃO QUERES TU IR?
NO CÉU QUERO VER JESUS!

2. As portas são jóias, o mar de cristal;
Ali quero ir; e tu?
E Cristo a luz do país celestial;
Ali quero ir; e tu?
Os que lá vão entrar, jamais morrerão;
Ali quero ir; e tu?
Aonde termina a tribulação.
Ali quero ir; e tu?

3. E quando navegue a nau de Sião,
Ali quero ir; e tu?
Ao dar se a vela, p'ra essa mansão,
Ali quero ir; e tu?
Quando vão coroar a Cristo, também,
Ali quero ir; e tu?
E quando os coros disserem: "Amém".
Ali quero ir; e tu?                                                                P.L.M.

280. O JESUS, TE SUPLICO

1. O Jesus, no Teu caminho,
Te suplico com fervor
Tem-me mais a Ti vizinho
P'ra gozar do Teu amor.

2. Ó Senhor, ó vem guardar-me
Sob Tua proteção;
Para o céu, á vem guiar-me  
Pela Tua forte mão.  

3. Dá-me Teu celeste gozo,  
E vitória sobre o mal;  
Dá-me a graça, Teu repouso,  
Tua paz celestial!  

4. Ó Senhor, vem consolar-me,  
No Teu divinal amor!  
Tua vida queiras dar-me,  
Meu amado Redentor!                                                             P.L.M.  

281. VEM SEM TARDAR

1. Vem a Cristo, sem tardar,  
Não te queiras recusar,  
O amigo, vem depressa a Jesus!  
Vem das trevas para a luz,  
Cristo quer te consolar  
Vem a Ele. ó perdido. sem tardar!  

SEM TARDAR, VEM SEM TARDAR;  
SEM TARDAR, VEM SEM TARDAR.  
Ó ACEITA A SALVAÇÃO,  
NO TEU POBRE CORAÇÃO  
JESUS CRISTO TE CONVIDA: "SEM TARDAR"  I  

2. Vem a Cristo sem tardar,  
Um tesouro te quer dar;  
Ele quer conceder real perdão;  
Cristo vê teu coração,  I
Tua alma a soluçar  
Vem a Ele, ó perdido, sem tardar!  

3. Vem a Cristo. sem tardar,  
Com Seus dons te quer fartar,  
Com riquezas que jamais se perderão.  
Vem estende a tua mão,     
Cristo quer te perdoar!  
Vem a Ele. ó perdido, sem tardar!  

4. Vem a Cristo sem tardar,  
Tua tenda vem firmar  
Sobre a rocha que do mal te guardará;  
O receio larga já,
Vem p'ra Cristo te salvar;
Ele mesmo te avisa: "Sem tardar"!                                                 P.L.M.

282. QUE SANGUE PRECIOSO 

1. Que sangue precioso
Saiu do Salvador!
Oh sangue glorioso,
Que lava o pecador!

SIM, O SANGUE QUE JESUS
NA CRUZ DERRAMOU;
SIM, O SANGUE DE JESUS,
MEU CORAÇÃO LAVOU!

2. Irmãos, nos recordemos
Que o Sangue nos lavou
Alegres, jubilemos
Seu Sangue nos comprou!

3. Na glória está sentado,
Jesus, meu Redentor!
No trono coroado,
O meu Intercessor!

4. Por que assim resistes
Ao meigo Salvador?
Aceita o Seu convite
P'ras bodas de amor.                                            P.L.M.

283. O PASTOR E AS OVELHAS 

1. Ama o pastor as ovelhas,
Com um amor paternal,
Ama o pastor seu rebanho,
Com um amor sem igual;
Ama o pastor inda outras,
Que desgarradas estão,
E comovido as procura,
Por onde quer qu'elas vão.

PELOS DESERTOS ERRANTES,
VÊEM-SE A SOFRER PENAS MIL,
ELE AO ACHÁ-LAS, NOS OMBROS
LEVA-AS DITOSO, AO REDIL.

2. Ama o pastor seus cordeiros,
Com inefável amor,
Aos que, às vezes, perdidos,
Gemendo se ouvem de dor.
Vede o pastor comovido
Pelas colimas vagar,
E os cordeiros nos ombros,
Vede-O, levando ao lugar.

3. Ama as noventa e nove,
Que no redil abrigou;
Ama a que, desgarrada,
No campo se desviou
"Ó minha ovelha perdida!"
Clama o dolente pastor;
Quem irá em Tua ajuda,
Para salvá-la, Senhor?

4. São delicados teus pastos,
Mui quietas tuas águas são;
Eis-nos aqui. ó bom Mestre,
Dá-nos veraz direção,
Faz- nos obreiros zelosos,
Enche-nos de santo amor,
Pelas ovelhas perdidas
Do Teu redil, bom Senhor.                                         J.T.L.

284. BENDITO CRISTO, EIS-ME AQUI 

1.Tal como sou, vou decidir,
Que a outro.eu não posso ir;
Pois me convidas, para vir,
Bendito Cristo, eis-me aqui.

2. Tel como sou, sem demorar,
Da mal, querendo me livrar;
Só podes u me perdoar:
Bendito Cristo, eis-me aqui.

3. Tal como sou, em aflição,
Exposto à morte, e perdição,
Buscando vida e perdão,
Bendito Cristo, eis-me aqui.

4. Tal como sou Teu grande amor
Me vence, e busco Teu favor,
Servir-te quero com valor,
Bendito Cr~sto, eis-me aqui.                                          P.L.M.

285. TU ÉS O MEU GOZO

1. Senhor, pela fé me sustento
Na graça, nos Teus mandamentos,
Que operam a cada momento,
No meu coração, Salvação!

TU ÉS O MEU GOZO,
SENHOR O MEU MANANCIAL DE AMOR;
IREI TI LOUVAR PARA SEMPRE NO: CÉUS,
BEM PERTO DO TRONO DA DEUS!

2. A graça de Deus recebida,
Encheu-me de gozo. de vida,
E sempre a mim é concedida
Por nosso Senhor, Redentor!

3.De bênçãos oh! vem me inundando,
O meu coração inflamando,
Também meus pecados queimando
De todo meu ser, com poder.                                          P.L.M.

286. NÃO TARDA VIR JESUS!

1. Ó Jesus, nesta terra,
Há só tristeza e dor;
Os ímpios fazem guerra
Aos santos do Senhor.

CRISTO VOLTA
EM FULGURANTE LUZ,
O MAR JÁ SA REVOLTA
NÃO TARDA VIR JESUS!

2. Do mundo nós não somos,
Mas do Senhor Jesus;
Remidos todos fomos
Com sangue, lá na cruz!

3. No mundo tenebroso,
Não vamos descansar,
Mas para o céu, de gozo,
Queremos já voar!

4. Olhamos para cima
Donde virá Jesus;
Pois isto nos anima
Para viver na luz.                                                              P.L.M.

287. OH. FOI O SANGUE

1. Oh, foi o sangue do Senhor
Que me salvou, sim, me salvou;
Sim este Sangue tem poder,
De toda a mancha me lavou.

JESUS P RA TODOS TEM PODER E SALVAÇÃO,
MEU AMIGO, A ELE VEM, ACEITANDO A REMISSÃO;
GLÓRIA AO SALVADOR! GLÓRIA AO MEU JESUS!
O SEU SANGUE ME SALVOU!

2. Oh! maravilha de amor
A mim mostrou, sim, me mostrou;
Jesus sofreu tão grande dor,
E tua vida resgatou.

3. Em mim não há poder algum
Mui débil 'stou, mereÇo dó,
Mas por Jesus eu vencerei,
Ainda que eu seja pó.

4. Meu Pai me deu o Consolador,
P'ra me guiar, me iluminar,
Jamais temerei o tentador,
Jesus sempre há de me guardar.                                               I.A.F.

288. A PALAVRA DA CRUZ

1. Da cruz, a palavra é fiel,
Aleluia! Aleluia!
Chamando aquele que é infiel,
Aleluia! Aleluia!
Qualquer temporal pode vir,
A mensagem mui firme 'stá:
Que Jesus veio nos remir,
Pela morte sobre a cruz.

ALELUIA! ALELUIA! A PALAVRA DA CRUZ É PODER.
ALELUIA! ALELUIA! PARA QUEM EM CRISTO CRER.
ALELUIA! ALELUIA! A PALAVRA DA CRUZ É PODER.
ALELUIA! ALELUIA! PARA QUEM EM CRISTO CRER.

2. Morrendo por nós lá na cruz,
Aleluia! Aleluia!
Vitória nos ganhou Jesus,
Aleluia! Aleluia!
Ali o Cordeiro de Deus
Veio a graça do Céu raiar!
Nos salvou quem veio dos céus,
Pela morte, sobre a cruz.

3. Não me envergonho da cruz,
Aleluia! Alelma!
Pois deu-me vida, deu-me luz,
Aleluia! Aleluia!
O caminho p'ra o Céu se abriu,

Para todo o vil pecador,
Quando Cristo nos redimiu,
Pela morte sobre a cruz.                                                                     S.N.

289. SOB O SANGUE TEU

1. Asperge hoje meu coração
Com sangue Teu, ó Redentor!
Liberta-me da vil tentação,
Com sangue Teu, Senhor!

Sob o sangue Teu, Senhor,
Guarda-me da corrupção!
Sob o sangue expiador,
Eu tenho proteção!

2. De todas dúvidas, do temor,
No sangue Teu, vem me lavar,
Dos males do grande tentador,
Ó queiras me livrar!

3. Refúgio acha o pecador,
No sangue Teu, ó meu Jesus;
Asperge-me sempre, ó Senhor,
No sangue, lá da cruz!

4. O vem me enchendo do Teu vigor,
Pelo manar do sangue Teu:
Fazendo-me mais que vencedor,
Pelo poder de Deus.

5. Concede-me a perfeita paz
Por Tua cruz e sangue Teu;
Com ricos dons, ó me satisfaz,
E faz-me ver o Céu.                                                   P.L.M.

290. TEU ESPÍRITO VEM DERRAMAR

1. O Senhor. nós esperamos
Que escutes a oração;
Nós, Teus servos, a clamamos,
Com humilde coração.

TEU ESPÍRITO, VEM, DERRAMA,
SOBRE CADA CORAÇÃO!
E NO CRENTE, QUE A TI CLAMA,
VEM, CONFIRMA A PETIÇÃO.

2. Deixa o fogo do Espírito,
Sim, nos corações arder,
P'ra que tudo que é finito,
Jamais possa se reter.

3.O Senhor, me purifica,
Tira o mal que está em mim,
A minh'alma santifica,
E me guarda a1é o fim.

4. Dá-nos mais da Tua graça,
E enche-nos do Teu poder,
Do teu templo, ó Deus, se faça
A Tua voz se perceber.

5. Dá-nos dons do Teu Espírito;
Faz milagres, ó Senhor
P'ra que tudo, que tens,dito,
Cumpra-se, meu Redentor.

DOU-TE GRAÇAS, REI DA GLÓRIA,
POIS OUVISTE A PETIÇÃO;
BELOS HINOS DE VITÓRIA,
MAIS TU DESTE AO CORAÇÃO.                                  S.N.

291. A MENSAGEM DA CRUZ

1. Rude cruz se erigiu, Dela o dia fugiu,
Como emblema de vergonha e dor;
Mas contemplo esta cruz,
Porque nela Jesus
Deu a vida por mim, pecador.

SIM, EU AMO A MENSAGEM DA CRUZ
TÉ MORRER EU A VOU PROCLAMAR;
LEVAREI EU TAMBÉM MINHA CRUZ
TÉ POR UMA COROA TROCAR.

2. Desde a Glória dos céus,
O Cordeiro de Deus,
Ao Calvário humilhante baixou;
Essa cruz tem p'ra mim
Atrativos sem fim,
Porque nela Jesus me salvou.

3. Nesta cruz padeceu
E por mim fá morreu,
Meu Jesus, para dar-me o perdão;
E eu me alegro na cruz,
Dela vem graça e luz,
Para minha santificação.

4. Eu aqui com Jesus,
A vergonha da cruz
Quero sempre levar e sofrer;
Cristo vem me buscar,
E com Ele, no lar,
Uma parte da glória hei de ter.                                              A.A

292. QUAL O PREÇO DO PERDÃO

1. Qual o preço do perdão?
Só o sangue de Jesus Cristo.
O que limpa o coração?
Só o sangue de Jesus Cristo.

QUAL O PODER REAL
QUE LIMPA TODO O MAL,
E DÁ PAZ DIVINAL?
SÓ O SANGUE DE JESUS CRISTO.

2. Fez resgate eficaz
Só o sangue de Jesus Cristo.
Deu-nos santidade e paz.
Só o sangue de Jesus Cristo.

3. Sempre pode me curar,
Só o sangue de Jesus Cristo.
E do mal me libertar.
Só o sangue de Jesus Cristo.

4. Lá no céu, eu vou cantar:
Só o sangue de Jesus Cristo.
Deu-me graça para entrar
Só o sangue de Jesus Cristo.                                   P.L.M.

293. JESUS NO CALVÁRIO

1. Jesus no Calvário,por mim sofreu
A morte da maldição;
Minh'alma ganhou com o sangue Seu
O prego da redenção
Do alto da cruz, Jesus exclamou:
"Consumado está", e o espírito rendeu;
O sangue verteu, e me expiou,
Unindo-me ao povo Seu.

2. Na cruz do Calvário, a cédula foi
Cravada que Ele riscou.
O véu se ras ou a porta se abriu,
Aberta p'ra Deus ficou.
Sobre a cruz eu morri, com Cristo Jesus;
O meu "ego" falaz sobre o lenho levou.
A noite fugiu, e raiou a luz!
Por Cristo eu salvo estou.

3. Na cruz do Calvário, ao mundo morri;
Aqui um estranho fiquei
Não vivo mais eu, com Cristo me uni;
Que vida excelsa achei!
O Cordeiro de Deus minh'alma nevou;
O sangue pascoal a culpa tirou,
O destruidor minh'alma passou,
Em Cristo liberto estou.                                                        S.N.

294. EU VOU COM JESUS 

1. Mui triste em pecado, vagava sem luz,
Mas já vivo alegre, pois a Cristo achei,
Em todos os dias eu canto a Jesus,
Eu sigo com Cristo, meu Mestre, meu Rei.

EU VOU COM JESUS; ALELUIA!
EU SIGO COM CRISTO, O REI;
NÃO VAGO JAMAIS, EU QUERO SEGUIR
A CRISTO JESUS, Ó MEU REI.

2. Por anos e anos, sem Cristo, a sós,
Eu nunca, no mundo feliz me achei;
Mas já com as aves elevo a voz,
E canto feliz, pois eu vou com o Rei.

3. Ó alma que vives no vale sem luz,
Se olhas p'ra cima, verás um farol;
Ó sobe depressa vem já p'ra Jesus;
De Cristo, a luz,brilha mais que o sol.                                        J.T.L.

295. NOVO CANTO DE LOUVOR 

1. Novo canto de louvor,
Canta já meu coração;
Hino de paz e de amor
Que me traz consolação.

QUVE QUÃO DOCE É O LOUVOR,
AO CORDEIRO DIVINAL!
JESUS CANTO INSPIRADOR,
HARMONIA ANGELICAL.

2. Canto hinos de louvor,
Porque Cristo me salvou
Deste mundo enganador;
Sobre a Rocha me firmou.

3. Este canto novo é
Cada noite que passar;
Sombras dão lugar à fé,
Se a Deus louvor cantar.

4. Quando o coração vibrar,
Os acordes lá do céu,
E da rola a voz soar,
No jardim do nosso Deus.

5. Quando meu Jesus voltar,
E levar-me com os Seus, Inda eu irei cantar,
Este hino lá nos céus.

No Céu, hino de louvor,
Canta a grande multidão.
Vinde às bodas de amor
Ao banquete do perdão.                                           E.K.e E.C.

296. NO JARDIM

1. No Jardim, Jesus Cristo clamava,
Quando os ímpios O foram prender;
E falando co'o Pai suplicava,
Pelo cálice que ia beber.

COM JESUS A MINH'ALMA DESEJA ESTAR
NO JARDIM EM CONSTANTE ORAÇÃO
QUANDO A NOITE CHEGAR, E O MAL ME CERCAR,
QUERO ESTAR EM CONSTANTE ORAÇÃO.

2. Qua1 orvalho que dá vida às flores,
Assim é para o crente a oração
Meus cuidados, tristezas e dores,
Cristo as sabe por minha oração.

3. Jesus teve completa vitória,
Porque sempre viveu em oração,
Muitos santos chegaram à gloria,
Sob o manto da doce oração.

4. Renovados em forças seremos,
Nós teremos u'a nova unção;
E com Deus, no jardim falaremos,
Se vivermos sempre em oração.                                   E.C.

297. ABUNDÂNCIA DE CRISTO

1. Desde que Jesus deu-me Sua luz,
Posso jubilar, cantar;
Ao meu coração trouxe salvação
Que eu não posso te explicar.

Abundantemente Cristo dá,
Graça, que não há igual, não há
Aleluia, glória ao nome Seu! 
Que alegria sinto eu!

2. Desde que na cruz contemplei Jesus,
Meus pecados dissipou;
Tenho grande paz e perdão veraz,
Quando a Seus pés estou.

3. Lá da cruz provém, um caudal também,
Que ao cansado forças dá;
E das chagas vem o perdão, p'ra quem
Mui sedendo e fraco está!

4. Grato, então, darei glória a Cristo, o Rei
Pelo gozo que é sem par;
Em continuação, o meu coração,
Inda mais vai se alegrar.                                                      E.K. e E.C.

298. AVANTE, SERVOS DE JESUS 

1. Avante, servos de Jesus, por nosso Deus;
Nas trevas brilhe vossa luz, a luz lá dos céus.

GLÓRIA A DEUS. POIS VENCEREI,
GLÓRIA A DEUS, POIS VENCEREI
TRIUNFANTE SIGO, LEVANDO A CRUZ!
GLÓRIA A DEUS, POIS VENCEREI,
GLÓRIA A DEUS POIS VENCEREI,
EM NOME DE JESUS!

2. Levanta Josué pendão, com mui valor;
E o inimigo foge, então, com grande pavor.

3. Sai com trezentos Gideão, a combater;
Os midianitas logo vão a guerra perder.

4. Golias mui soberbo esta, zomba de Deus.
Mas vem Davi, e nele dá, com ajuda do Céu.

5. Cerrai fileiras, ó fiéis, sempre avançai
No Céu coroas e lauréis, Jesus vai nos dar.                                       P.L.M.

299. HÁ UM CANTO NOVO

1. Há um canto novo no meu ser,
É a voz de meu Jesus,
Que me chama. "Vem em mim obter
A paz, que eu ganhei na cruz".

CRISTO, CRISTO, CRISTO, NOME SEM IGUAL;
ENCHES O CONTRITO, DE PRAZER CELESTIAL.

2. Preso no pecado eu me achei,
Sem paz no meu coração;
Mas em Cristo eu já encontrei
Doce paz e proteção.

3. Tenho Sua graça divinal,
Sob as asas de amor,
E riquezas que fluem em caudal,
Lá do trono do Senhor.

4. Pelas águas fundas me levou,
Provas muitas encontrei,
Mas Jesus bendito me guiou
Por Seu sangue vencerei.

5. Cristo, numa nuvem voltará,
Baixará do Céu em luz;
Pelo Seu poder me levará,
P'ra Seu lar, o bom Jesus.                                                                    P.L.M.

300. NOSSA ESPERANÇA

1. Jesus, sim, vem do céu, em glória Ele vem!
Ecoa a nova pelo mundo além;
Oh esperança que a Sua Igreja tem!
Dai glória a Deus, Jesus em breve vem!

NOSSA ESPERANÇA É SUA VINDA
O REI DOS REIS VEM NOS BUSCAR;
NÓS AGUARDAMOS JESUS, AINDA,
TÉ A LUZ DA MANHÃ RAIAR.
NOSSA ESPERANÇA É SUA VINDA
O REI DOS REIS VEM NOS BUSCAR;
NÓS AGUARDAMOS JESUS, AINDA,
TÉ A LUZ DA MANHÃ RAIAR.

2. Jesus, sim, vem, os mortos es esperando estão
O gran momento da ressurreição 
E do sepulcro em breve se levantarão!
Dai glória a Deus, Jesus em breve vem!

3. Jesus, sim, vem do céu cercado de esplendor
Aniquilando a corrupção e a dor, 
Quebrando os laços do astuto usurpador
Dai glõria a Deus, Jesus em breve vem!

4. Jesus, sim, vem, completamente restaurar
O mundo que se arruína sem parar
Sim, todas as coisas vem depressa transformar
Dai glória a Deus, Jesus em breve vem!

5. Jesus, sim, vem, e sempiterna adoração
Daremos nós ao Rei de coração;
Ao Grande Autor da nossa eterna salvação,
Dai glória a Deus, Jesus em breve vem!                                             A.S.

301. "VEM CEAR" 

1. Cristo já nos preparou
Um manjar que nos comprou,
E, agora, nos convida a cear;
Com celestial maná
Que de graça Deus te dá,
Vem, faminto, tua alma saciar.

"VEM CEAR", O MESTRE CHAMA - "VEM CEAR".
MESMO HOJE TU TE PODES SACIAR~
POUCOS PÃES MULTIPLICOU,
ÁGUA EM VINHO TRANSFORMOU,
VEM, FAMINTO, A JESUS, "VEM CEAR".

2. Eis discípulos a voltar,
Sem os peixes apanhar
Mas Jesus os manda outra vez partir
Ao tornar à praia, então ,

Vêem no fogo peixe e pão,
E Jesus, que os convida à ceia vir.

3. Quem sedento se achar,
Venha a Cristo sem tardar,
Pois o vinho sem mistura Ele dá;
E também da vida. o pão,
Que nos traz consolação
Eis que tudo preparado já está.

4.Breve Cristo vai descer,
E a Noiva receber
Seu lugar ao lado do Senhor Jesus;
Quem a fome suportou
E a sede já passou,
Lá no Céu irá cear em santa luz.                                            P.L M.

302. NÃO MURMURES:,CANTA  

1. No mundo murmura-se tanto,  
Entre os que cristãos dizem ser;  
E m vez de louvores há pranto,  
Fraqueza em lugar de poder.  
Murmuram - assim no deserto,  
Em Mara, Israel murmurou;  
Oh! Não vêem que Deus está perto;  
Jamais seu auxilio negou.  

EM VEZ DE MURMURARES, CANTA  
UM HINO DE LOUVOR A DEUS;  
JESUS QUER TE DAR VIDA SANTA,  
QUAL NOIVA LEVAR-TE P'RA OS CÉUS.  

2. Tu vives, irmão, murmurando,  
Tal como um escravo do mal;  
Se Deus a tua fé 'stá provando,  
Tu não tens razão para tal 
Deus castiga aquele a quem ama,  
De ti, também não se esqueceu;  
Qual pai amoroso te chama,  
E cuida, sim, do que é Seu.  

3. E mesmo se as ondas rugirem
No revolto e bravio mar,  
Os Céus poderás ver se abrirem,  
Se um hino tua alma cantar,  
Não temas ciladas, nem morte 
P'ra cima tu deves olhar;
O leme segura bem forte,
Até do céu a luz raiar.

4. Se um hino cantar tu puderes,
Nas horas de grande aflição,
Então voarás, se quiseres,
Até a celeste mansão;
Nas asas da águia levado,
Bem perto do mar de cristal
E por fim então libertado,
A terra, chegar, celestial.                                                 E.K. e E,C.

303.   PRECISAMOS DE JESUS

1. Quando o sol brilhar em qualquer lugar,
Tu precisas de Jesus;
Quando escurecer, tudo fenecer,
Tu precisas de Jesus!

EU PRECISO DE JESUS,
TU PRECISAS DE JESUS;
PECADOR, VEM PARA A LUZ
QUE RESPLANDECEU NA CRUZ;
TU PRECISAS DE JESUS!

2. P'ra obter perdão, plena salvação,
Tu precisas de Jesus;
Para caminhar firme, sem errar;
Tu precisas de Jesus!

3. Mesmo havendo paz, calma mui veraz,
Tu precisas de Jesus;
Na perseguição na tribulação,
Tu precisas de Jesus!

4. Quando a morte entrar em teu próprio lar,
Tu precisas de Jesus;
Ante o Tribunal, decisão final,
Tu precisas de Jesus!                                                                          E.C.

304. A FACE ADORADA DE JESUS

1. Desprezando toda a dor eu vou a cantar,
E o Calvário, ao pecador, sempre,apontar;
Flechas traspassaram-me, padeci gran dor;
Mas Jesus, minha luz, fez-me vencedor.

A FACE ADORADA DE JESUS VEREI,
COM A GREI AMADA, NO CÉU ESTAREI
NA MANSÃO DOURADA, HINOS VOU CANTAR
A JESUS, MINHA LUZ, QUE ME QUIS SALVAR!

2. Pode a noite escura ser no servir Jesus,
Mas clamando, com poder, brilhará a luz;
Podem os laços de Satã, todos, me cercar,
Mas Jesus, pela cruz. faz-me triunfar!

3. Quando estou a contemplar a montanha além,
Onde a luta a governar, 'stá Jesus também,
Que estende a Sua mão sobre nós dali;
Sei assim, que por mim, Cristo vela aqui.

4. Se entre as ondas estou sem luz, quase a perecer
Meu Piloto é Jesus, pode me valer;
O meu barco guia bem pelo bravo mar,
Sim, Jesus me conduz, posso sossegar!                                             P.L.M.

305. CAMPEÕES DA LUZ

1. Soldados somos de Jesus
E campeões do bem, da luz;
Nos exércitos de Deus,
Batalhamos pelos céus,
Cantando, vamos combater,
O vil pecado e seu poder;
A batalha ganha está;
A vitória Deus nos dá.

BREVE VAMOS TERMINAR A BATALHA AQUI,
E P'RA SEMPRE DESCANSAR COM JESUS ALI;
TODOS OS QUE SÃO FIÉIS AO BOM CAPITÃO,
HÃO DE RECEBER LAURÉIS COMO GALARDÃO.

2. Levai o escudo, sim, da fé,
Pois a peleja dura é,
Mas promessa temos nós
De jamais lutarmos sós.
-As flechas do mal não temer,
Mas combater até vencer,
Olham os campeões p'ros céus,
A vitória vem de Deus.

3. Se alguém cansado se encontrar,
Sem forças para pele ar
O Senhor quer te ajudar,
A vitória alcançar;
O mal vencendo avançai,
E hinos a Jesus cantai,
E da salvação falai;
Almas ao Senhor levai,                                                                    E.K. e E.C.

306. A PALAVRA DE DEUS É UM TESOURO 

1. A Palavra de Deus é para mim
Um tesouro sem igual em valor!
Fala do amor de Deus, do amor que não tem fim;
Mais precioso do que ouro é este amor!

A PALAVRA DE DEUS É DOCE, MAIS QUE O MEL,
O QUE A TOMA PELA FÉ HÁ DE SER FIEL,
PORQUE DEUS NOS CONCEDEU O EMANUEL,
ROCHA VIVA DONDE MANA LEITE E MEL.

2. Luz que guia pela senda da paz,
E alumia os que em trevas estão;
Lâmpada que nos faz ver os ardis de Satanás,
E que brilha mesmo na escuridão.

3. É um farol que sempre resplandeceu,
E que mostra o porto da salvação;
Quem na arca ~a entrou
e do mundo se esqueceu,
Chegará por certo à eternal mansão.                                                           E.C.

307. LOUVOR AO DEUS TRINO 
Ao Pai. ao Filho, o Redentor
Ao divinal Consolador; ,
Ao trino Deus, sim, adorai,
Louvor eterno tributai, Amém.                                     P.L.M.

308. SÓ O SANGUE DE JESUS 

1. Só o Sangue de Jesus tem poder p'ra nos lavar
E de toda mancha nos limpar,
Todo o que lavado for nesse sangue expiador,
Não mais teme a morte nem a dor!

SÓ O SANGUE PODE LIBERTAR,
E TAMBÉM NOS LAVAR;
PELO SANGUE VAMOS NÓS ALCANÇAR,
A MORADA DE JESUS.

2. Só o Sangue de Jesus, guarda-nos da corrupção,
E nos livra da vil tentação;
Esse Sangue tem valor, pois é prego do amor
Com que resgatou-nos o Senhor.

3. Só o Sangue de Jesus tem poder de preservar
O fiel que a Deus quer agradar
Todo O ouro é sem valor p ra pagar o gran favor.
Do eterno e divino amor:

309. AO FINDAR DO DIA

1. Finda a lida deste dia, ó bendito Salvador;
Eis-nos todos reunidos a cantar o Teu louvor;
Vem encher-nos do Teu santo e doce amor!

2. A leitura da Palavra vem, Senhor abençoar,
E no coração dos crentes Teus ensinos vem gravar.
Tuas bênçãos continua a derramar.

3. Congregados nos achamos constrangidos pelo amor
Que emana do Teu nome, ó amado Salvador;
Aprendendo no Teu livro, ó Senhor! Amém                                  A.T.G.

310. AVANTE EU VOU

l. Jesus é o Redentor, que veio nos salvar,
Do mundo de horror, das ondas deste mar;
A todo o que crer vitória lhe dará,
Também real poder, que gozo Ihe trará.

AVANTE EU VOU, AVANTE EU VOU,
PARA ENTRAR NO CÉU NA DIVINAL MANSÃO
TENHO GOZO MUI PROFUNDO; JESUS NO CORAÇÃO,
NÃO OLHANDO PARA O MUNDO, AVANTE EU VOU.

2. Jesus meu Salvador, ao céu me levará,
E do destruidor, o corpo esmagará,
Ao caro Redentor, fiel aqui serei,
A Ele, com fervor, somente seguirei.

3. Trombeta soará do nosso Criador;
A grei se elevará dos santos do Senhor;
Em glória e poder Jesus regressará,
Seus servos hão de O ver, pois breve voltará.

4. Eis que virá Jesus, a fim de me levar,
A desfrutar em luz, o Seu amor sem par;
Abraão, Isaque e Jó ali no céu verei,
Ao lado de Jacá, com eles cearei.                                                  P.L.M.

311. JESUS, MEU SALVADOR

l. Jesus salvou-me do mundo,
Ele é tão doce p'ra mim;
Amor, Lhe tenho, profundo,
Por Sua,graça sem fim;
Quando ia eu no deserto,

Sem gozo, paz e sem luz,
Ele buscou-me, Por certo
Té que achou-me - Jesus!

JESUS, JESUS, TU ÉS MEU SALVADOR,
JESUS, JESUS, SÓ TEU SEREI, SENHOR.
NA SENDA MM VERDADEIRA,
GUIA-ME TUA MÃO,
E AO FINDAR MINHA CARREIRA,
RECEBEREI GALARDÃO.

2. Jesus de Saron é a Rosa,
Lírio suave é p'ra mim;
Ele é a Rocha preciosa,
Onde há gozo sem fim;
É da manhã a Estrela,
Na noite escura e sem luz,
Tenho doçura em vê-la,
Pois ela e meu Jesus!

3. Na manjedoura nascendo,
No mundo, só batalhou;
Em meu lugar padecendo,
Sangue por mim derramou,
Ressurgiu da sepultura,
Subindo à dextra de Deus;
Breve virá das alturas,
Descendo em nuvens dos céus.                                                  N.J.N.

312. A VINDA DE CRISTO

1. Subiu triunfante p'ra o Céu, o Senhor;
Assim mesmo ha de voltar;
"Eis que venho breve", diz o Salvador,
Quando o alarido ecoar.

COM MUITA PRUDÊNCIA EU QUERO ESTAR
ESPERANDO POR MEU SENHOR
E SEMPRE ALERTA AQUI VIGIAR
TÉ QUE VENHA O MEU SALVADOR.

2. Com Cristo encontrar-me, gozoso irei.
Quando Ele nas nuvens descer
Corpo igual ao Seu, nesse dia terei;
Que dia de glória há de ser.

3. Bendizendo a Cristo, no Céu entrarei;
Irei no milênio ingressar
Só com meu Jesus, eu aqui voltarei,
Pois todas nações vem julgar.

4. Vem sobre o Teu povo reinar, ó Senhor!
Teu reinado aqui gozo traz
Ó vem, proteção nos trazer, Salvador!
Vem, Jesus, com justiça e paz!

5. Vem, Cristo, meu Rei, Tua Esposa buscar
Eu quero contigo subir;
Um canto perene Te quero entoar,
E a glória eternal fruir.                                                      D.L.

313. LOUVOR À TRINDADE

Ao Pai Eterno dai louvor,
Ao Filho Seu também,
E ao celestial Consolador,
Louvai p'ra sempre, amém!

314. O PAI BONDOSO

1. Um Pai bondoso tenho lá no céu,
Um Pai bondoso tenho lá no Céu,
A Ele breve eu irei,
E a meu Pai, no Céu verei;
Eu irei, eu irei, eu irei ao Céu;
Eu irei, eu irei, eu irei ao Céu;
Meu Pai me chama, vou andar
P'ra Sua face contemplar.

2. Um Salvador eu tenho lá no céu;
Um Salvador eu tenho lá no Céu;
A Ele presto eu irei,

Seu esplendor no Céu verei,
Eu verei, eu verei, eu verei no céu,
Eu verei, eu verei, eu verei no céu.
Jesus ao Céu me levará
E grande gozo me dará.

3. Uma coroa tenho lã no céu;
Uma coroa tenho lá no céu;
De espinhos a teve o Salvador,
Mas eu terei de esplendor,
Eu terei, eu terei, eu terei no céu;
Eu terei, eu terei, eu terei no céu;
Jesus coroa me dará,
Que minha fronte cingirá.

4. Nós nos encontraremos lá no céu;
Nós nos encontraremos lá no céu;
Unidos todos ao Senhor
E cheios sempre de amor;
Andarei, andarei, andarei p'ro céu,
Andarei, andarei, andarei p'ro céu,
A paz eterna lá terei.
A face de Jesus verei.                                             P.L.M.

315. OH! AMOR BENDITO

1. Oh! Amor bendito, Tu possues a mim!
Enches o infinito, oh! amor sem fim!
Vivo hoje em Cristo, vivo no Fiel;
Por Deus sou benquisto no Emanuel.

OH! AMOR BENDITO: TU POSSUES A MIM!
ENCHES O INTINITO, OH! AMOR SEM FIM!

2. Paz e glória eterna há p'ra mim no céu,
Vida sempiterna com o nosso Deus.
Em verdade sinto vida no Senhor,
E do Céu pressinto gozo e esplendor!

3. Coração, desfruta deste grande amor;
Na paz ou na luta faz-te vencedor;
Que este amor é forte, viu-se ali na cruz;
Forte mais que a morte:
O amor de Jesus!                                                    P.L.M.

316. EM BUSCA DE SIÃO

l. Saindo do Egito em busca de Sião
Meu Salvador guiou-me com Sua forte mão;
Levou-me em vitórias pelo fogo e o mar;
Agora, canto a Deus, pela salvação sem par.

NÃO BUSQUEM MAIS A MIM NA ESCRAVIDÃO,
ERGUI A TENDA, ENFIM, NA TERRA DE SIÃO.
NÃO BUSQUEM MAIS A MIM NA ESCRAVIDÃO,
ERGUI A TENDA, ENFIM, NA TERRA DE SIÃO.

2. Mui perto de Jesus e vendo o galardão,
P'ra Canaã eu sigo lá está meu coração
Jesus p'ra grande herança, há de me levar,
A quem deu-me esperança, eu hei de aqui louvar.

3. Andei eu pelos campos, onde fruto achei;
Em Hebron, uvas vivas também eu apanhei,
Aqui melhor mel vinho e leite eu encontrei,
P ra escravidão do Egito jamais eu voltarei.

4. As lutas desta vida eu não sinto mais,
Pois sempre vou cantando Sua graça, amor e paz;
Eu vou marchando para o eterno lar,
E breve, lá no céu - minha pátria- hei de estar.                                          F.V

317. JESUS VEM TRIUNFANTE

l. Como brilha do oriente
O relâmpago ao ocidente
Deste mundo voltará do céu,
Jesus Levara Sua Noiva em gozo
Ao Seu lado mui ditoso,
Para o lar eterno de celeste luz.

EM BREVE, DO CÉU, JESUS VIRÁ NOS BUSCAR;
COM GRAN PODER, VIRÁ JESUS.
E NÓS DEVEMOS TODOS PREPARADOS ESTAR,
COM VESTES BRANCAS, E BRILHANDO COMO A LUZ.

2. Eis que a porta está aberta
Para a alma que desperta,

Aceitando a Jesus, o Salvador,
Pois Seu Sangue derramado
Tem vencido o vil pecado,
Carregando, no madeiro, nossa dor!

3. Jesus vem, vem triunfante,
Com Seus olhos chamejantes,
Pois Sua face brilhará qual luz do sol!
Mui felizes os que clamam,
Sua vinda, pois O amam,
E no céu, os nomes escritos têm no rol.

4. Jesus vem. qual sol raiando,
Este mundo iluminando,
A Igreja subirá ao encontro Seu;
Na Sua mão traz luz brilhante,
Qual estrela cintilante,
E os louvores se ouvirão nos altos Céus!                                                P.L.M.

318. AO LAR PATERNAL 

1. Quero vos contar a história dum varão,
Que Jesus outrora relatou,
O qual tinha dois filhos em feliz mansão,
Té que o mais jovem o deixou.

FILHO DESLEAL AO LAR PATERNAL,
QUEIRAS HOJE REGRESSAR!
POIS O PAI ESTÁ POR TI ESPERANDO LÁ;
PECADOR, Ó VOLTA P'RA TEU LAR!

2. O mais moço disse ao seu bondoso pai:
"A heranÇa minha queiras dar";
E a sua fazenda alegremente vai
Num país distante desfrutar.

3. O incauto jovem os seus bens esbanjou
Com seus camaradas, no prazer;
Eis que vindo a fome, do seu pai se lembrou
Que pudera sempre o suster.

4. O perdido filho, ao lar por fim, voltou,
Mui arrependido do que fez;
E o pai contente, amoroso o beijou,
Pois seu filho via outra vez!                                                    P.L.M.

319. AINDA HÁ LUGAR

1. Inda há lugar, p'ra ti ó pecador!
Ouve o convite do teu Salvador.
Entra, entra, 'inda há p'ra ti lugar.

2. A tua vida breve vai findar,
As sombras crescem, onde vais morar?
Entra, entra, 'inda há p'ra ti lugar.

3 Eis, lá no Céu, Jesus nos preparou
Bodas festivas, e nos convidou,
Entra, entra, 'inda há p'ra ti lugar.

4. A multidão que salva lá já está,
Vem, pois t espera a ela te ajuntar.
Entra, entra, 'inda há p'ra ti lugar.

5. Vês tu a porta aberta por Jesus?
Ele te chama, vem p'ra Sua luz
Entra, entra, 'inda há p'ra ti lugar.

6. Enche-se a sala, vem sem demorar;
Quem se descuida, perde o seu lugar;
Entra, entra, 'inda Pá p'ra ti lugar.

7. Ali se encontra gozo, paz sem fim,
Glória te espera a lufa terá fim.
Entra, entra, 'inda há p'ra ti lugar.                         Ja.S.

320. GUIR A CRISTO

1. Queres tu seguir a Cristo,
E andar na Sua luz?
Pelo mundo sempre visto,
Por levar a sua cruz?

2. Queres hoje dar o passo,
Para seres um cristão?

Vem, quebranta triste laço
Do pecado e sedução.

3. A cidade na montanha,
Não se pode esconder,
E também, a fé tamanha
Que à vida deu poder.

4. Amas tu a Jesus Cristo
Que por ti Sua vida deu?
Vem, então, declara isto
Júbilo terás no céu.

5. Ó vê bem o teu intento,
Custa tua vida, sim!
Não resistas! Com alento,
Vem a Cristo, a luz sem fim.

6. Vem confessa teus pecados
Junto à cruz do Salvador;
Pede graça de segui-Lo,
Com coragem e amor.

7. Considera o grande gozo
Que no céu esperam, sim;
Aqui lutas, lá repouso,
Galardão terás enfim.                                         F.V

321. SÓ EM JESUS

1. Só em Jesus fruirás paz e gozo,
Tu pecador, que tens sede de amor;
Só em Jesus poderás ser ditoso;
NEle a graça obténs do Senhor.

2. Só em Jesus acharás forte escudo
Para abrigar-te dos dardos do mal;
NEle oculto das dores, de tudo
Receberás uma paz divinal.

3. Só em Jesus, sobre a divina Rocha,
Salvar-te-ás deste mundo qual mar;

Só em Jesus sim na luz desta Tocha,
Podes o santo caminho trilhar,

4. Só em Jesus neste porto seguro,
Podes tua alma qual nau ancorar,
Só em Jesus, um brilhante futuro,
Ó pecador, poderás encontrar.

5. Só em Jesus, deixa tudo portanto,
Quer seja o mundo, o mal ou pecar;
Vem p'ra Jesus, que por Deus te garanto
Que paz e gozo iras desfrutar.                                                      P.L.N.

322. AS SANTAS ESCRITURAS  

1. São as santas Escrituras  
Que nos contam de Jesus,  
O qual vindo das alturas  
Fez brilhar nas trevas luz!  
P'ra nos dar eterna vida,  
'Té a morte se humilhou;  
Tendo já vencido a lida,  
Deus, o Pai, O exaltou.  

NUNCA MAIS VAI SER OUVIDO  
OUTRO CONTO DE AMOR,  
QUE CONVERTA UM PERDIDO,  
E REBELDE PECADOR,  
COMO O SANTO EVANGELHO,  
QUE NOS FALA DE PERDÃO,  
E TRANSFORMA O HOMEM VELHO  
NUMA NOVA CRIAÇÃO.  

2. Sobre a cruz foi derramado  
O Seu sangue remidor  
Duma lança traspassado  
Foi o lado do Senhor;  
Suas mãos e pés pregaram  
Com uns cravos, sobre a cruz;  
Tudo isto me contaram  
Da bondade de Jesus.  

3. Quero continuar ouvindo  
A história do Senhor;  
Salvação estou fruindo  
Deste conto de amor!  
Do juízo fui liberto  
Da condenação, da dor,  
Pela Bíblia estou bem certo,  
Que Jesus é o Salvador.                             P.L.M.

323. LEVANTAI VOSSOS OLHOS

1. Levantai os vossos olhos para cima,
Ó remidos da Senhor Jesus!
A figueira mostra.que se aproxima
O verão: Brotos ja produz!

LEVANTAI, LEVANTAI!
VOSSOS OLHOS PARA O CÉU DONDE JESUS VIRÁ;
LEVANTAI, LEVANTAI!
A REDENÇÃO BREVE SE FARÁ.

2. Muitos dizem que Jesus está tardando,
Para vir buscar o povo Seu;
Dual nos dias de Noé, estão pecando,
Sem temer o bondoso Deus.

3. Muitos, como Faraó, estão dizendo:
"Quem õ o Senhor P'ra lhe ouvir?"
E também o coração endurecendo:
Mas as pragas estão p'ra vir.

4. Ser arrebatado, eu p'ro céu, quem dera!
Pois a Igreja Cristo levará.
A figueira está em flor, é primavera
Levantai os vossos olhos ja.                                                                    P.L.M.

324. JESUS, O MELHOR AMIGO

1. Meu Jesus é o melhor amigo,
NEle ponho toda a minha fé;
Minhas chagas quer sarar,
E minh'alma consolar,
Oh, Jesus é o melhor amigo!

JESUS É O MELHOR AMIGO,
JESUS É O MELHOR AMIGO
SEMPRE PRESTES A AJUDAR,
ELE A TODOS QUER SALVAR,
SIM, JESUS E O MELHOR AMIGO!

2. Meu Jesus é o fiel amigo,
E me dá Sua torça e poder;
Torna em gozo minha dor,
Me inspira, dá valor;
Oh! Jesus e o melhor amigo!

3. Quando as ondas se embravecem,
E meu barco querem afundar,
Ele dá-me calma e paz, .
E bonança sempre traz,
Sim Jesus é o melhor amigo!

4. Ele deu a Sua própria vida
P'ra salvar o ímpio pecador;
Oh! Jamais me quer deixar,
Nunca me desamparar!
Sim, Jesus é o melhor amigo!                                 ***

325.  A LUZ DO CEU RAIOU  

1. Noutro tempo, sei como eu andei,
Do pecado sob o véu,  
Mas do céu raiou e em mim entrou  
A luz do glorioso céu.   

EM MEU CORAÇÃO A LUZ RAIOU   
DESDE A GLÓRIA, POIS JESUS ME AMOU;   
E AGORA VIVO SEMPRE ALEGRE,   
DEPOIS QUE A LUZ DO CÉU RAIOU!  

2. E poder me dá, que só vem de lá,  
De Jesus, que me salvou;  
E eu vivo,aqui, a louvar a Deus,  
Que minh alma libertou.  

2. O descanso entrou e o lutar findou,  
Com Jesus, meu Salvador;

Seu amor sem fim revelado a mim,
Enche-me de paz e amor.

4. Vou morar, então, na feliz Sião,
Com meu Salvador Jesus,
Para sempre ali, gozarei prazer
Lá na gloriosa luz.                                                        H.E.N.

326. OH! MEU JESUS

1 Oh meu Jesus, quando lutas no caminho encontra,
A Tua mão divina vem me ajudar;
Não temerei amparado por Ti mesmo, meu Jesus
O Salvador, a vitória me vem por Tua luz,
Por Ti espero somente meu Senhor,
Para andar de valor em valor;
Ó meu Jesus, minhas forças hei de ver mais
aumentar;
Tendo a té; Tua graça me há de bastar.

2. Ó meu Jesus, encostado em Teu braço
vou andar,
E com amor na sã Palavra meditar;
Sempre assim na peleja
por Jesus eu vencerei,
E pela fé, abrigado do mal estarei;
Já bem armado as trevas desfarei,
Pelo poder de Jesus o meu Rei!
Ó meu Jesus, que me dás,
no coração, do Teu amor,
Hei de Te ver glorioso, no céu d'esplendor!

3. O meu Jesus, o Teu nome invocarei com mui amor,
Todo o poder Te foi entregue Salvador;
De todo o ser o joelho ante Ti se dobrará;
Que és o Senhor toda língua testificará,
Os nossos pés, Salvador queiras firmar
Na Rocha que não se pode abalar;
Ó meu Jésus. Tua graça quero sempre procurar,
Té que eu vã nos Teus braços enfim repousar.                    P.L.M.

327. TEU NOME PRECIOSO 

l. Jesus Cristo, o Teu nome 
E tão doce para mim - 
Tua doçura incomparável 
Enche-me de amor sem fim. 
Tua doçura incomparável 
Enche-me de amor sem fim. 

2. És a estrela resplendente, 
Que rebrilha com fulgor, 
E dirige os meus passos, 
Neste mundo de horror. 
E dirige os meus passos, 
Neste mundo de horror. 

3. Teus são os eternos braços, 
Protegendo o seguidor, 
Que não fique enlaçado
P'lo maligno tentador.
Que não fique enlaçado
P'lo maligno tentador.

4. Com meu Salvador amado
Posso alegre prosseguir,
E com Ele eterno gozo
Eu terei lá no porvir.
E com Ele eterno gozo
Eu terei lá no porvir.

5. 0h! Teu nome precioso
Continua a soar
Pelo mundo de pecado
Para as almas despertar!
Pelo mundo de pecado
Para as almas despertar!                                     J.S.

328. O PÃO DA VIDA 

1. O Pão da Vida, descido dos céus, 
Dá paz, saúde e vigor- 
O Pão celeste, mandado por Deus,  

É Cristo, o Salvador; 
Ó Redentor. vem sem tardar, 
Do pecador o mal sanar! 
Se algum perdido buscar Tua luz, 
Depressa vem a paz lhe dar 
Não tardes mais, amoroso Jesus, 
O vem me confortar! 

2. Há gozo santo p'ra quem tem a luz, 
Em se lembrar do seu Senhor, 
É só falar do amor de Jesus, 
O grande Redentor! 
Teu jugo é doce, meu Senhor, 
Teu fardo é leve, que amor! 
Se eu não posso levar minha cruz, 
Depressa vem me ajudar; 
Não tardes mais, amoroso Jesus, 
Ó vem me confortar! 

3. Por duras provas e perseguições, 
Tu fazes o fiel passar 
E quem vencer há de ter galardão,
Também no Céu lugar,
Eu lá verei Teu esplendor
A Tua glória, Salvador; ,
Se não puder carregar minha cruz,
Depressa vem me auxiliar;
Não tardes mais, amoroso Jesus,
O vem me confortar!

4. Jesus, o Teu insondável amor,
Me faz sentir no coração;      
O amor de Deus, este santo amor,       
E viverei, então;      
A Ti Jesus, eu dou louvor;
Tu me dás graça e vigor;
Tu és o pão que a vida produz;
Minh'alma vem alimentar;
Não tardes mais, amoroso Jesus
Ó vem me confortar!                                  P.L.M.

329.  JESUS E MINHA PAZ  

1. Jesus nos braços me tomou, 
Jesus me deu a paz; 
Agora canto a quem me amou, 
Jesus e minha paz!

2. Faminto e sedento andei
Sem ter descanso, aqui; ,
Mas água viva eu aceitei;
Achei descanso aqui!

3. Onipotente p'ra me amar,
E Cristo, o Rei dos céus;
Alegremente vou cantar;
Achei descanso em Deus!                                P.L.M.

330. A FÉ DOS SANTOS

1. Pela fé que uma vez foi entregue aos santos,
Que nos vem por Jesus, e nos seca o pranto,
Podem os crentes, sem ter nenhum espanto,
Prosseguir nas pisadas do Senhor.

NAS TRISTEZAS, NAS LUTAS, NA DOR,
RECORRIAM AO CARO JESUS;
A VITÓRIA LHES DAVA O SENHOR,
PELO SANGUE VERTIDO NA CRUZ.

2. Os cristãos foram por tribunais vis julgados,
Nas prisões inocentes, à força lançados,
E de seus bens terrestres despojados,
Mas alegres seguiram o Senhor.

3. Peregrinos os santos no mundo andavam,
Nas cavernas da terra se refugiavam,
E ali reunidos, celebravam
A Jesus. Seu amado Salvador.

4. Pela fé é que nós, crentes, sempre devemos
Nos firmar em Jesus e assim venceremos,
E um dia, no Céu encontraremos
Os fiéis, que amaram o Senhor.

LÁ NO CÉU NÃO TEREMOS MAIS DOR,
E O PRANTO ALI HÁ DE FINDAR
QUANDO PERTO DO NOSSO SENHOR,
NOSSA ALMA, ENFIM, REPOUSAR.                                              ***

331. Ó CARO SALVADOR

1. Ó caro Salvador, manancial de amor,
Te sinto em mim!
Teu gozo a mim virá jamais me faltará,
O qual me levará ao céu enfim.

2. O caro Salvador, riqueza de amor,
Vela por mim;
Tem-me na Tua mão, ó grande Capitão,
E lutarei, então, contigo assim.

3. Ó caro Salvador, meu vero intercessor,
Ora por mim;
Eu posso então falar oh! deste amor sem par
Que veio me salvar do mundo, sim!

4. Ó caro Salvador, com Teu poder, Senhor,
Opera em mim
Na senda de valor, repleto de vigor,
Sem ter nenhum temor, irei assim!                                                P.L.M.

332. PARA O CEU EU VOU

1. Para o céu eu vou, embora for nublado;
O caminho, às vezes espinhoso está,
Por Jesus, meu Mestre sempre bem guiado,
Em Seus passos sigo, até que chegue lá.

ALELUIA! P'RO CÉU VOU CAMINHANDO,
NADA ME DESANIMARÁ!
PARA O CÉU EU ME VOU APROXIMANDO,
SEMPRE MEU JESUS ME GUIARÁ!

2. Para o Céu eu vou, ainda que lutando
Contra tentações que surgem ante mim;
Sob o Sangue de Jesus me abrigando,
Escondido e bem seguro, estou assim.

3. Para o céu eu vou, embora, mui cansado,
E amigos velhos voltem-se p'ra trás.
Forte sigo, co'o, Senhor Jesus ao lado
Convidando a outros aceitar a paz. ,

4. Para o céu eu vou, alegre caminhando;
Breve findará a peregrinação,
Se cansado, neste mundo vou andando
Eu repousarei na divinal mansão.                                      S.N.

333. O CÉU, MEU LAR

1. É o meu lar, o céu, o céu de luz;
Livre da carne, o véu, verei Jesus
Oh! Que feliz serei ao lado do Senhor,
Louvando ao meu Rei, o Salvador!

2. É o meu lar o céu, o céu de luz;
Por; mim sofreu, qual réu, o meu Jesus;
Oh!Que feliz serei no reino de amor, ,
Pois sempre gozarei, com meu Senhor!

3. E o meu lar, o céu o céu de luz;
E com os meus troféus vou a Jesus;
Oh! Que feliz serei quando com mui fervor
Aos pés estar do Rei, dando louvor!                                P.L. M.

334. O FIM VEM, CUIDADO!

1. O fim de todas coisas vem, não tarda cuidado!
Não queiras hoje recusar a graça do Salvador;
Procura bem depressa, ficar abrigado,
No sangue do Cordeiro, no sangue remidor.
Que Sangue precioso, saiu de meu Jesus!
Que Sangue glorioso, vertido foi, na cruz!

2. O fundamento do cristão é a Rocha eleita,
Por isso pode resistir os ventos da tentação.
A todo o que sincero, a Cristo aceita,
O sangue do Cordeiro garante salvação.

3. Quem pois ouvir, há de viver com Cristo na glória,
Quem não ouvir há de morrer, tormentos padecerá,
Pois quem deseja sobre o mal a vitória,
No sangue do Cordeiro poder encontrará.                       P.L.M

335. MUI PERTO ESTÁ O DIA  

1. Perto, sim, mui perto está,  
O dia não tardara;  
Iremos nós residir  
Com Jesus, que há de vir,  

2. Oh! Quanta glória há de ser,  
Se Cristo hoje descer,  
Pois os fiéis em Jesus,  
Gozarão eterna luz!  

3. Que glória imensa, sem par,  
Havemos nós de gozar  
Ao lado, sim, do Senhor,  
Nosso amado Salvador!  

4. Devemos, pois, esperar,  
E ao mundo olhos fechar;  
Andemos sempre na luz,  
A buscar o Rei Jesus.                                                   L.F 

336. ORAÇÃO DE ELIAS  

1. Elias no Carmelo orou  
Com insistência a Deus;
Curvado ao pó, com fé clamou
Por chuva lá dos céus.

CHUVA, MANDA SENHOR,
A CHUVA DO SANTO CONSOLADOR;
MANDA CHUVA FORTE, SALVADOR:
NA TUA 1GREJA FAZ DESCER
A CHUVA DE PODER.

2. Vai, servo meu, do monte olhar
Se nuvens negras vêm;

Pois pode agora Deus mandar
A chuva a nos também.

3. Uma nuvem surge qual u'a mão,
No horizonte alem,
Ao longe ouve-se um trovão:
Sim, muita chuva vem.
4. O crente frio, vai buscar
A Deus em oração,
E tua vida consagrar,
P'ra receber a unção.                                        P.L.M.

337. Ó BOM JESUS

1. O Bom Jesus, tesouro de poder,
Quero sentir-Te, sempre no meu ser!
Faz-me andar, oh! Sempre nesta luz,
Pois dentro de mim vives, ó meu bom Jesus!

OH! EM MIM, JÁ ENFIM, RESSUSCITOU JESUS;
DAS TREVAS LIVRE ESTOU ASSIM, POR SUA LUZ!

2. Ó Bom Jesus, ó fonte de amor,
Faz-me ouvir a Tua voz, Senhor;
Sempre viver de Ti eu quero sim,
O manifesta mais o Teu poder em mim!

3. Oh! Bom Jesus real Consolador,
Longe de Ti está o pecador!
Vives em mim, és minha salvação;
Só é feliz. o que Te tem no coração!                                        P.L.M.

338. QUERO JESUS, A TUA LUZ

1. Quero sempre, Jesus, receber Tua luz,
Revestir-me do Consolador;
E um dia nos céus, junto ao trono de Deus,
Fruirei abundante amor!

Ó JESUS, QUARDA O MEU CORAÇÃO,
NELE FAZ TUA ETERNA HABITAÇÃO,
QUERO SEMPRE TEU NOME LOUVAR!
POIS QUISESTE MIN'ALMA RESGATAR!

4. Sob o sangue estarei abrigado da lei,
Do pecado e da vil tentação;
Neste sangue há paz, gozo que satisfaz
E certeza de vero perdão!

3. Oh! Que consolação eu terei em Sião,
Vendo a face do meigo Jesus;
Um eterno louvor eu darei ao Senhor,
Ao entrar na cidade da luz!

339. JESUS RESSUSCITADO   

1. Oh! Jesus ressuscitado,   
Grande é o Teu poder!   
Sé comigo, ó meu amado,   
Dá-me a graça e o saber.   

P'RA FAZER A TUA VONTADE,   
QUERO DE TI MAIS PODER;   
DÁ-ME A TUA SANTIDADE,   
QUERO SÓ P'RA TI VIVER.   

2. Meu Senhor, Tu és meu guia,   
Dá-me força, vida e luz;   
Plena paz e alegria   
Me concede, ó meu,Jesus!   

3. És a luz tão radiosa,   
Que me traz consolação;   
Com Tua morte dolorosa,   
Tu me deste a salvação.   

4. Quero, ó Deus, agradecer-Te   
O Teu grande, imenso amor,   
Porque já me concedeste   
O real Consolador.                                                                     F.N.Q.

340. UM POVO FORTE

1. Eis que surge um povo forte,
Revestido de poder;
E não teme nem a morte,
Quem a ele pertencer;
E terá sublime sorte

Pois com Cristo ao céu vai,
Podes tu dizer também.
"Sou um dos tais"?

UM DOS TAIS. UM DOS TAIS.
PODES TU TAMBÉM DIZER: "SOU UM DOS TAIS"?
UM DOS TAIS UM,DOS TAIS
PODES TU TAMBÉM DIZER: SOU UM DOS TAIS"?

2. No Cenáculo reunidos,
O poder buscavam então,
Pelo amor de Deus unidos
A clamar em oração;
Eis que um vento é descido
E o fogo do céu cai;
Podes tu dizer também:
"Sou um dos tais"?

3. Este povo destemido,
(São os discípulos de Jesus)
Pelo mundo perseguido,
Por levar a Sua cruz,
E agora revestido
Com poder ao mundo sai;
Podes tu dizer também:
"Sou um dos tais"?

4. O não sejas descuidoso
P'ra buscar o dom de Deus,
Dom que te fará ditoso,
Dar-te-á visões do Céu.
E Jesus maravilhoso
Proclamando aos outros vais,
Poderás então dizer:
"Sou um dos tais".                                                          P.L.M.

341. A ASPIRAÇÃO DA ALMA 

1. Minh'alma aspira habitar 
Nos átrios do Senhor, 
E para sempre ouvir soar 
A voz do meu Redentor. 

2. Descanso não se encontrará 
No lar do pecador; 
Só em Jesus se achará 
Justiça, paz e amor. 

3. O vinde, crentes, vamos já 
A casa do Senhor, 
Pois Ele nos ensinará 
Servi-Lo com mui fervor!                         P.L.M.

342. AS CORDAS DO CORAÇÃO

1. Do meu coração vibram as cordas,
Afinadas p'ra o Mestre louvar;
O pecado este som não outorga;
Só o Gólgota as pode afinar.

ALELUIA! GLÓRIA A DEUS
QUE NO GÓLGOTA A MINH'ALMA AFINOU!
ALELUIA! GLORIA A DEUS
QUE NO CALVÁRIO A MINH'ALMA AFINOU!

2. Também fomos no mundo afinados,
Mas não era agradável o som;
Mas no Gólgota já transformados,
Temos nova harmonia e tom.

3. É Jesus quem as almas afina,
O instrumento Ele cuida mui bem,
Cada dia o som mais refina.
Té tocar os acordes de além.

4. Se provar esta afinação queres,
Hoje chega-te à cruz com amor;
Harmonia terás se estiveres
Em'Jesus, o teu afinador!                                                               N.K. e E.C.

343. ABRE O CORAÇÃO

1. Ó pecador que não tens luz.
Abre o coração;
Aceita hoje o bom Jesus;
Abre o coração!

QUEM SINTO BATER NO MEU CORAÇÃO
JESUS DIZ: "ABRE SEM TARDAR O TEU CORAÇÃO".

2. Tu que almejas salvo ser,
Abre o coraÇão;
A paz de Deus vem obter,
Abre o coração!

3. Que meiga voz escutas já!
Abre o coração;
Jesus tua alma salvará,
Abre o coração!

4. Sim, hoje vem em Cristo crer
Abre o coração;
No amanha que vai haver?
Abre o coraÇão!

5. Ouvindo a voz do bom Jesus,
Abre o coração;
O vem depressa, vem p'ra luz,
Abre o coração!                                                        P.L.N.

344. UM AMIGO ENTRE OS LÍRIOS

1. Entre os lírios, no meio dos vales
'Stá um amigo, que é caro p'ra mim;
Quero segui-Lo, isento dos males,
Vê-Lo no Céu, com os anjos enfim.

MEU SALVADOR JESUS, Ó FILHO DO BOM DEUS;
GRAÇAS POR TUA LUZ, QUE VEIO DOS CÉUS!
POR MIM PROVASTE A CRUZ,
POR MIM MORRESTE, JESUS!

2. Hoje Te busco, ó vem revelar-me
A luz divina onde estás, meu Jesus,
Com Teu rebanho vem já a levar-me
Para o rio que vida produz.

3. Ouve-me agora, Jesus mui amado,
Deixa-me Teu grande amor desfrutar;
Não mais me 'scondas Teu rosto adorado,
Pois me chamaste p'ra me libertar.

4. A voz de Cristo é p'ra mim mais preciosa
Que a voz dos anjos; e do sol a luz,
Não tem o brilho da face radiosa
Quando sorri meu amado Jesus.                                                         O.N.

345. OH! TENHO GOZO

1. Oh! Tenho gozo no meu coração,
Também a vida, e santo fervor;
Pois Cristo me deu real salvação
E a certeza dum reino de amor!

2. No mundo nunca irás conhecer
O gozo santo do meu Salvador,
Que,já desfruta, sim todo o que crer,
E vive sempre repleto de amor.

3. Louvemos juntos o Rei de Israel,
Por Sua graça, que nos dá vigor,
Pois Ele esconde o crente fiel,
Em Suas asas de paz e amor.

4.O Pai Eterno Seu povo selou,
Com a promessa do Consolador;
Oh! Foi de graça, que Deus me salvou
Por Seu imenso e santo amor!                                            P.L.M.

346. É MEU O CÉU

1. Que alegria agora, é meu o céu,
Pois Jesus rasgou o sagrado véu;
A condenação não mais temerei
E meu Redentor sempre louvarei.

LÁ NO CÉU EU DESCANSAREI
COM JESUS, O NOSSO REI;
VEM A DEUS, Ó PECADOR,
POIS NO CÉU TE ESPERA COM AMOR.

2. Pelo mundo eu solitário andei,
Fora de Sodoma o céu avistei,
Pois olhei p'ra cima, p'ra meu Jesus,
Que por mim morreu na sangrenta cruz,

3. Eu sou um soldado p'ra combater,
E com Deus irei todo o mal vencer;
A bandeira é o Sangue de Jesus,
Que por mim vertido foi lá na cruz.

4. Quando um dia eu venha a perecer,
Sim, meu coração cesse de bater,
Subirei ao céu, sem nenhum temor,
Descansado nos braços do Senhor.

5. Ante o trono alegre eu estarei,
E com Deus irei todo o mal vencer;
Hei de ver as palmas da multidão
Que aleluias a Deus, sempre cantarão.                                  P.L.M.

347. VEM A CRISTO

1. Vem a Cristo, vem agora,
Vem assim como estas;
De Deus, sem demora,
O perdão obterás.

2. Crê e firma tua confiança
Na Sua morte por ti;
Pois gozo alcança,
Todo que faz assim.

3. Vem a Cristo, não temendo,
Pensa no Seu amor;
Vem logo mas crendo
Pois te chama o Senhor.

4. Ele anela redimir-te,
Quer livrar-te do mal;
As portas abrir-te,
Do prazer divinal.                                                   P.L.M.

348. LONGE DE JESUS

1. Vagava longe de Jesus, em plena solidão,
Até que a preciosa luz encheu meu coração,
Assim, os meus pecados vi, qual negra escuridão,
Ao pé da cruz, então, caí, e recebi perdão.

CRISTO POR MIM SOFRENDO, LÁ NA CRUZ MORRENDO,
MINH'ALMA SALVOU E MEUS GRILHÕES JÁ QUEBROU
ALELUIA!
CRISTO POR MIM SOFRENDO, LÁ NA CRUZ MORRENDO,
DEU-ME PAZ, PERDÃO, NO MEU CORAÇÃO. 

2. Jesus morreu em grande dor, a fim de me salvar,
Verteu Seu sangue expiador, que pôde me lavar;
Sem murmurar,sofreu Jesus por mim. vil pecador,
Por isso mm ao pé da cruz, vencido pelo amor.

3. Escuta a voz do Salvador que chama-te p'ra luz;
Confessa-te um pecador, e vem ao bom Jesus, 
Que te dará real poder, o gozo e paz de Deus
E quando tudo fenecer, tu viverás no céu.                                                   P.L.M

349. OS DONS DO CÉU

1. Os dons do céu prometidos,
Pai esperamos aqui;
Em santo amor reunidos,
Nós suplicamos a Ti.

MANDA, Ó SENHOR, CHUVAS DOS CÉUS;
CHUVAS DO CONSOLADOR,
MANDA DOS CÉUS, Ó BOM DEUS!
MANDA, Ó SENHOR, CHUVAS DOS CÉUS,
QUE NOS DÃO SEMPRE VIGOR;
MANDA-NOS JÁ, Ó BOM DEUS!

2. Manda-nos chuvas constantes,
Chuvas do Consolador;
Chuvas, sim, mas abundantes,
Chuvas de vida e de amor!

3. O Teu poder esperamos,
Ó glorioso Senhor!
Dos altos céus aguardamos
Chuvas do Consolador!

4. Pai abençoa os crentes
Que sempre estão a buscar
A Tua face, tementes;
Chuvas,lhes queiras mandar.                                               P.L.M

350. A HISTORIA DA CRUZ

1. Tens tu lido a história da dura cruz,
Na qual Jesus morreu
Desfazendo as trevas raiou a luz,
Manando o sangue Seu?

JESUS PADECEU NA CRUZ POR TI;
JESUS PADECEU NA CRUZ!
OH! GRANDE AMOR DO SALVADOR
MORRENDO NA CRUZ POR MIM!

2. Tens tu lido que Cristo não se queixou,
No lenho em grande dor,
Mas ao Pai o perdão'inda suplicou
P'ra o povo pecador?

3. Tens tu lido que Cristo salvou. por fim,
Na cruz um malfeitor?
Que sofrendo na cruz Lhe rogou:
"De mim, ó lembra-Te, Senhor"?

4. Tens tu lido que Cristo exclamou na cruz
"Eis consumado está".
Foi por mim, foi por ti, que morreu Jesus,
Aceita Cristo já.                                                                    P.L.M.

351. A FELICIDADE DA SALVAÇÃO

1. São felizes os que têm o alegre som
Da salvação real do nosso Deus,
Pois eles tem ouvido num suave tom,
A multidão que canta lá no céu.

JÁ OS FILHOS DE DEUS BEM ALEGRES ESTÃO,
PORÉM NO CÉU PRAZER MELHOR TERÃO,
OS GOZOS DO CRISTÃO, APENAS GOTAS SÃO
DO MAR DE BÊNÇÃOS, EM SIÃO!

2. Secam-se do mundo os mananciais por fim,
Deixando aqui somente sequidão,
Porém, as fontes divinais não são assim,
Pois sempre águas vivas manarão.

3. Paulo e Silas, eis que na cadeia estão,
No tronco têm seguros mãos e pés,
Mas sem se importarem, mesmo na prisão,
Entoam hinos ao Senhor. com fé!

4. Eis Estevão numa grande exultação,
Embora às pedradas sucumbiu
Porque do Espírito cheio teve á visão:
O Salvador à dextra de Deus, viu!

5. Muitos séculos têm-se passado já,
Depois que Estêvão, pela fé morreu,
Mas salvação igual Jesus ainda dá,
A todos crentes e fiéis em Deus.

6. Qual pombinho já em canto divinal,
Que louva: "Aleluia", em nosso ser;
Se perguntares: "Onde apanharei igual?"
"No Gólgota" nós vamos responder.                                            E.K.

352. JESUS, NOSSA ESPERANÇA   

1.  O Jesus, nossa esperança,   
Vide santa - nós os ramos;   
Com fervor e confiança,   
Vera graça Te rogamos,   
Ó Salvador.   

2. Nossos corações contritos  
A Ti nós apresentamos.   
Vem lavá-los, Jesus Cristo,   
Com Teu Sangue, suplicamos,   
Ó Salvador.   

3. Aos que Tu tens resgatado,  
Mais e mais os Purifica.   
Já que os tens p ra luz chamado   
Suas almas santifica   
Ó Salvador.                                                                          P.L.M.

353. VEM, Ó PRÓDIGO

1. Ó tu qu'inda vagas no mundo d'horror,
Nas trevas e na escuridão,
Por que não descansas em Cristo, o Senhor
Que trouxe do céu Salvação.

Ó VEM, Ó PRÓDIGO, Ó VEM A JESUS;
POR TI FOI ERGUIDO NO ALTO DA CRUZ;
ACEITA AGORA DE DEUS O FAVOR;
O VEM, SEM DEMORA A CRISTO, O SENHOR.

2. O mundo azia na dura prisão,
Mas Cristo, a porta abriu
Ó crê na mensagem que dá salvação,
Pois Cristo na cruz te remiu!

3. Que gozo completo terás em Jesus,
Se aceitares o Seu perdão
O deixa o pecado e vem pára a luz;
Entrega o teu coração.                                                                   P.L.M.

354. O CUIDADO DA ALMA

1. Eu tenho que guardar
Minh'alma imortal,
E prepará-la para entrar,
No remo celestial.

2. P'ra isto eu fazer,
Meu Deus, vem me ajudar;
A Teu serviço, sim, meu ser,
Te quero consagrar,

3. Teu filho quero ser,
De todo coração
E para sempre obter
Tua eterna proteção.

4. Ajuda-me a velar,
Na fé me firmar bem,
Pois em Ti posso confiar,
E descansar também!                                    P.L.M.

355. FALA DO AMOR DE CRISTO

1. Fala do amor de Cristo
Ao triste pecador,
Amor por todas visto
Na cruz do Redentor;
Com alegria canta
A paz que vem do Céu;
A tua voz levanta
Em glória a Deus.

CRISTO NA CRUZ GANHOU-NOS
ETERNA SALVAÇÃO
COM SANGUE SEU LAVOU-NOS
O REI DA REDENÇÃO!
NO TEMPLO O VÉU RASGADO;
CAMINHO ABRIU JESUS
NA CRUZ, INAUGURADO
P'RO CÉU DE LUZ!

2. Para os aflitos, canta,
As bênçãos que em Deus há;
Da cruz,pendão levanta
Pois ânimo nos dá.
Canta para os perdidos
A graça de Jesus;
Seu Sangue já vertido,
Que flui da cruz!

3. Canta com esperança,
Na escuridão também,
Canta com confiança,
Há vida no além;
Canta no alvor do dia,
E quando a noite vem;
Em Cristo, harmonia
Com Deus se obtém!                                                 J.Car

356. ORAÇÃO DOMINICAL

1.Ó nosso Pai que estás no céu,
Do universo o Benfeitor;

Santificado seja o nome Teu,
O glorioso Deus de amor!

2. O reino Teu, venha com poder,
Conforme o anúncio Teu;
E seja feito sempre Teu querer,
Na terra, como lá no Céu.

3. E cada dia o nosso pão,
Dá-nos Senhor, e sem faltar;
E nossas almas que sedentas estão,
Vem para sempre saciar.

4. Vem perdoar nossas faltas, vem,
Pai glorioso eternal;
Pois perdoado temos nós também,
Os que a nós fizeram mal.

5. Da tentação queiras nos livrar,
E do mal nos afastar bem,
Pois Te pertence o céu, a terra e o mar.
O reino para sempre, amém!                                           D.L.

357. O FIM DAS LUTAS 

l. Quando esta vida de lutas cessar,
Vou para o céu meu descanso gozar
Com meu Jesus, lá na glória sem fim;
Oh! Que ventura será para mim!

OH! QUE PRAZER! GLÓRIA A JESUS!
EU HEI DE VER NO CÉU DE LUZ;
NUNCA MORRER, A JESUS SEMPRE VER,
OH! SERÁ GOZO ETERNO, P'RA MIM!

2. Penso na paz e no grande amor,
Do lar celeste do meu Salvador;
Em ver Seu rosto em sorrir também,
Na grande glória do dia que vem.

3. Pais e amigos irmãos, hão de estar
No santo rio, de gozo a cantar
Sempre alegres, louvando ao Senhor,
Gozando bênçãos do seu Criador.                                              ***

358. SENHOR, MANDA TEU PODER

1. Os fiéis oravam unidos
Num cenáculo ao Senhor
Quando foi do céu descido
O real Consolador!

Senhor, manda já o Teu poder.
Senhor, manda já o Teu poder.
Senhor, manda lá o Teu poder,
E batiza cada um!

2. Qua1 um vento veemente,
O poder a casa encheu;
Línguas vieram sobre os crentes,
Mas de fogo, lá do Céu!

3. Noutras línguas, sim, falaram,
Como Cristo concedeu;
Do Espírito transbordaram,
Exaltando o Rei do céu!

4. O poder foi prometido
Para os servos do Senhor;
É p'ra todos concedido,
Se o pedirem com fervor!                                       A.S.

359. VEM A MIM, PECADOR
1. Eis que clamo, Eu Jesus, o poderoso,
Vem a Mim, pecador;
Quero dar-te minha paz, perdão e gozo,
Vem a Mim, sofredor.

Eu te amo, ó pecador perdido,
Morri p'ra ser teu Salvador
Por teus crimes e pecados fui ferido;
Vem a Mim, sofredor.

2. Dos pecados hoje posso libertar-te,
Vem a Mim, pecador;
Pois na cruz, Eu padecendo, quis livrar-te,
Vem a Mim, sofredor.

3. Hoje quero te fazer feliz, ditoso.
Vem a Mim,pecador;
Com meu sangue abri um trilho glorioso,
Vem a Mim, sofredor.

4. Não desprezes com orgulho o Meu convite
Vem a Mim pecador;
Pois leu coração é fraco, não resiste
Vem a Mim, sofredor. P.L.M.

360. A PRECIOSA FONTE

1. Vem à fonte sanadora,
Que abriu o Salvador,
Cujas águas sedutoras
Têm um divinal sabor.

OH! PRECIOSA FONTE SANADORA
PARA TODOS CORRE, SIM!
OH! PRECIOSA FONTE SANADORA!
GLÓRIA A DEUS, ME SARA A MIM!

2. Nesta fonte, que nos sara,
Encontrei real perdão;
Minha veste fez-se clara,
Tenho purificação.

3. Nesta fonte, que nos cura,
Deu-me Cristo, salvação;
Sã tornou minh'alma e pura,
E lhe deu consolação.

4. Vem à fonte que te cura;
Hoje vem purificar
A tu'alma, que impura
Lá no céu não pode entrar.                                           P.L.M.

361. O PEREGRINO E A GLORIA 

1. Peregrino segue para a glória,
Pois no Céu em breve entrarás!
Ouves já os cantos de vitória?
Tua voz também lá unirás.

SIM, QUERES ENTOAR
O CÂNTICO DOS SALVOS LÁ NA GLÓRIA,
QUE NOS CÉUS HÁ DE SEMPRE SOAR?
SIM, QUERES TU CANTAR,
OS GLORIOSOS HINOS DE VITÓRIA?
A JESUS MIL LOUVORES ENTOAR?

2. Vem do Céu um som de alegria,
Na escura noite te chamar,
Mui suave e cheio de harmonia.
- O minh'alma, volta p'ra teu lar!

3. Raios últimos do sol se escondem,
Na dourada porta de Sião;
Terminada a luta estarei onde
As saudades não mais chegarão.

4. De Jesus o sangue, dá entrada;
Glória a Deus, a porta aberta está!
Queres tu no céu feliz morada?
Pois será mui triste não ir lá.                                                F.V.

362. O ESPÍRITO DIZ: VEM!

1.O Espírito e a Noiva dizem:
"Vem beber da água da vida";
Que voz de amor do Salvador,
A uma alma perdida!

O ESPÍRITO DIZ: VEM! A NOIVA DIZ: VEM!
E TOMA DE GRAÇA DA ÁGUA DA VIDA.
O ESPÍRITO DIZ: VEM! A NOIVA DIZ: VEM!
E TOMA DE GRAÇA DA ÁGUA DA VIDA.

2. E o que escuta diga: Vem!
E fale da paz obtida
Pois recebeu e já bebeu .
Da água que lhe deu vida.

3. O pecador sedento, vem!
A fonte das águas puras!
vem te saciar, vem sem tardar, 
Ó infeliz criatura!

4. Se tu quiseres, hoje: Vem!
A Cristo, alma sequiosa;
Tu beberás,te fartarás
Da água maravilhosa!                                                                      P.L.M.

363. CONSAGRAÇÃO

1. Amor e vida dou a Ti,
Jesus pois lá na cruz, por mim,
Verteste sangue carmezim;
Meu Deus e Salvador!

AMOR E VIDA DOU A TI,
QUE FOSTE À CRUZ SOFRER POR MIM,
AMOR E VIDA DOU A TI,
JESUS, MEU SALVADOR!

2. Tu me salvaste, isto sei;
A minha fé em Ti porei;
Feliz, agora viverei!
Contigo, meu Jesus!

3. Tu que morreste sobre a cruz,
Concede-me, Senhor Jesus, ,
Que sempre ande na Tua luz,
Em santificação.                                                                        P.L.M.

364. OH, OUE PAZ!

1. Oh! Que paz eu sinto no Senhor Jesus
Paz eterna, que me faz andar na luz,
E está em mim na prova e na dor;
Minha paz é o Senhor!

OH! QUE PAZ RECEBO PELA CRUZ,
PAZ ETERNA NO SENHOR,
SE VIVER SEMPRE EM JESUS
E VENCER POR SEU AMOR!
OH! QUE PAZ, QUE LUZ TEM O PECADOR
QUANDO VEM A TI, JESUS!

2. Oh! Que paz eu tenho no meu coração,
Paz eterna, que me dá consolação.
É a paz que goza todo o fiel;
De Jesus: o Emanuel!

3. Oh! Que paz celeste me dá o Senhor!
Paz eterna, que me enche de amor;
Essa é Cristo, a vitória d'Israel,
Que possui quem for fiel!

4. Oh! Amados, caminhemos com Jesus!
Só pensando nEle e na Sua cruz;
Ele é a paz que alegra o coração
Pois nos dá o Seu perdão!                                             P.L.M.

365. CONFIANÇA EM JESUS

l.Débil, pobre, cego sou,
Nada pode me valer
Aos Teus pés ansioso vou,
Para graça obter.

SÓ EM TI VOU CONFIAR
OH! JESUS MEU SALVADOR,
NOS TEUS BRAÇOS DESCANSAR
E FRUIR O TEU AMOR!

2. Muito tempo o mal em mim,
Há reinado, sem cessar;
Eu, Senhor, acudo a Ti,
Desejando descansar.

3. Toma meu fraquinho ser,
Nele faz habitação:
Nunca deixes me reter,
Os ardis da tentação.

4. Cr'isto vem ao coração
Para os males dissipar;
Dá-me hoje Teu perdão,
Vem minh'alma consolar.                                          P.L.M.

366. O NASCIMENTO DE JESUS

1. Em Belém nasceu Jesus,
Nosso grande Redentor,
Sendo a bendita luz
Para um mundo pecador.

OH! ALELUIA A CRISTO JESUS,
O ENVIADO, FILHO DE DEUS!
GAZO E LUZ QUE VIDA PRODUZ,
CRISTO TROUXE LÁ DOS CÉUS!

2. Com pastores, a Belém
Vamos a Jesus louvar,
Nossa gratidão, também
Dar a Quem nos quis salvar.

3. Em humilde adoração
A Jesus, sim, ofertar
Nosso grato coração,
Que sentiu o amor sem par.

4. Lá do céu Jesus desceu,
Fez-se homem, sendo Deus;
Nossas dores padeceu,
P'ra levar-nos para os céus.

5. Demos glória glária a Deus,
Pelo dom do Seu amor!
Louvaremos, sim, nos céus,
A Jesus, com mais fervor,

6. Cantam anjos, glória a Deus!
Para os homens santa paz!
Cantam glória os filhos Seus
Salve o Rei, que gozo traz.                                                     S.J.N.

367. ESPÍRITO CONSDLADOR 

1. Espírito Consolador, divino e eternal,
Preciosa fonte de amor e vida imortal.

2. Com símbolos que o Salvador morrendo nos deixou,
Celebraremos Seu amor, que na cruz demonstrou.

3. Tu, pão da vida, Redentor! Em nosso coração
Infunde graça, com fervor, e celestial unção.

4. Acende em nós fogo eficaz de fé e de valor;
Concede-nos perdão e paz, humilhação e amor.
Amém.                                                                                     P.L.M.

368. JESUS, TUDO P'RA MIM

1. Eu estava no pecado, perdido, triste e só;
Que diferença agora, Jesus de mim tem dó;
Eu hoje só confio na graça que me deu;
O Seu amor conheço e anda para o céu.

JESUS, TUDO É P'RA MIM, DE CULPA ME LIVROU
AMOR E PAZ ETERNA NA CRUZ P'RA MIM GANHOU;
SIM, TUDO É P'RA MIM,
MOSTROU SEU IMENSO AMOR,
GLÓRIA AO SANTO NOME DO AMADO SALVADOR!

2. Estou p'ra o mundo morto, mas vivo p'ra Jesus;
Só Ele é o Pilota que certo, me conduz;
A Bíblia é que me ensina que na cruz padeceu;
Comprou-me com Seu sangue e Sua paz me deu.

3. Mui perto vou chegando do glorioso lar;
Me preparou morada, onde irei habitar,
Jesus me santifica, ajuda-me a lutar
Contra a vil injustiça e, mesmo me negar.                                            I.A.F.

369. SOB AS ASAS DE DEUS 

1. Sob as asas de Deus, descansado;
Inda que é noite confiando estou;
Sob Suas asas me acho abrigado,
Fui redimido, de Cristo eu sou.

DESCANSAREI, DESCANSAREI,
SOB SUAS ASAS PRECIOSAS!
DESCANSAREI, E NÃO TEMEREI,
SOB ASAS TÃO PODEROSAS!

2. Sob Suas asas refúgio eu tenho,
Meu coração pode então, descansar;
E se aflito, a Cristo eu venho,
Perfeito gozo vou nEle encontrar.

3. Sob Suas asas, promessa preciosa!
Cristo me livra, me pode guardar;
Bem protegido, nas asas gloriosas.
Paz e alegria eu posso achar.                                A.C.

370. GRATO A TI

1. Ó meu Senhor, dá-me mais gratidão,
Por tudo que Tu fizeste por mim
Por Tua graça no meu coração,
Que me encheu de ventura sem fim!

MAIS GRATO A TI, MAIS GRATO A TI.
MAIS CONSAGRADO Ó FAZ-ME SENHOR!
MAIS HUMILHADO É CHEIO DE AMOR,
FAZ-ME MAIS GRATO A TI, MAIS GRATO A TI!

2. De graça deste ao meu coração
A santidade, a paz e a fé;
Gozo celeste e consolação
E liberdade de estar aos Teus pés.

3. Ó meu Senhor, Tu fizeste por mim,
O que ninguém poderia fazer;
Na cruz pregado verteste, assim,
Sangue, no qual sempre posso vencer!                                             P.L.M.

371. BREVE VEM O DIA

1. Breve vem o grande dia
Em que lutas findarão;
Todos males, agonias,
Deste mundo cessarão.

CESSARÁ NO CÉU O PRANTO,
POIS NÃO HAVERÁ MAIS DOR,
E OUVIR-SE-Á O CANTO,
DOS REMIDOS DO SENHOR!

2. Oh! Que gozo estar com Cristo,
Escutando a Sua voz!
Eu almejo hoje isto,
E segui-Lo sempre após!

3. Se Jesus Cristo é meu guia,
O Caminho hei de trilhar;
Quem assim em Deus confia,
Lá no Céu há de chegar.                                   P.L.M.

372. VENCERÁ 

1. Quem possui a Cristo, nEle firme está,
Achara poder para o mal combater;
Porque Suas promessas Ele cumprirá.
Quem está em Cristo, sempre há de vencer.

VENCERÁ, VENCERÁ, POR SEU SANGUE VENCERÁ;
VENCERÁ, VENCERÁ, SEMPRE VENCERÁ;
POIS JESUS QUE IMPERA, NOVAS FORÇAS DÁ;
E QUEM NELE ESPERA SEMPRE VENCERÁ.

2. Em qualquer batalha não desmaiará;
Do poder das trevas,há de triunfar;
Deus lhe dará for as. nunca falhará;
Porque Jeová com~ ate em seu lugar.

3. Entre os inimigos, mui audaz será,
Quem unido a Cristo nunca vacilar.
Em Jesus firmado, luz espargirá
A luz do Evangelho para os libertar.                                                 A.S.

373. VEM A TEU SALVADOR

1. Pecador, que segues no mundo errante
Sem achar consolação;
Hoje, vem a Cristo, vem confiante,
E terás a salvação!

Ó VEM AO TEU SALVADOR,
QUE FOI MORTO SOBRE A CRUZ,
POIS ALI, SALVOU O VIL PECADOR;
Ó VEM AO SENHOR JESUS!

2. Pecador se tu sentes em tu'alma,
Do pecado a escravidão;
A Jesus, se vieres, com fé e calma,
Fruirás de Deus, o perdão.

3. Pecador aflito e tão doente,
Vem p'ra Cristo te curar.
Vem a Ele hoje humildemente,
Pois tu'alma quer salvar!                                                                     P.L.M.

374. VIDA ABUNDANTE

1. Nós queremos ter vida abundante,
De pureza e de santidade,
Para amarmos a Deus em verdade,
Pela graça que Ele nos deu.

VEM NOS DAR TUA VIDA ABUNDANTE,
NOSSO AMADO E DIVINO SENHOR;
TUA VIDA DE GOZO EXULTANTE,
ABUNDANTE NO CONSOLADOR.

2. Nós queremos ter vida abundante
De amor, que o Pai nos tem dado
Em Jesus, o Seu Filho amado,
Cuja vida por nós derramou.

3. Nós queremos ter vida abundante
De Jesus, a veraz fortaleza,
Que nos dá do perdão a certeza,
E nos enche de consolação.                                     P.L.M.

375. A IGREJA UNIVERSAL

1. Na rocha firme, triunfal,
Está a Igreja Universal;
Fundada foi por Ti, Jesus,
Ao expirares lá na cruz.

COM TEU PODER, ENCHE MEU SER;
Ó DEUS DE AMOR, DÁ-ME FERVOR;
REMIDO ESTOU, TEU FILHO SOU,
COM TEU PODER, Ó VEM ME ENCHER.

2. A graça imensa do bom Deus,
Lugar me deu, de filho Seu,
Com plena paz no coração,
Amor veraz, e salvação.

3. Eis pedra viva agora sou;
No templo Seu me colocou;
Do corpo Seu, um membro sou,
O sangue Seu me consagrou.

4. Na rocha, não vai se abalar,
A Tua Igreja e vencerá;
Quando este mundo se acabar,
Contigo, Ela reinará.                                                                   Ja.S.

376. VAMOS TODOS TRABALHAR

1. Vamos todos trabalhar para o Senhor Jesus,
Nosso guia Ele é, para o campo nos conduz,
Prontos nós devemos 'star, pois Jesus não vai tardar.
Subiremos para o céu, onde vamos habitar.

2. Reunidos em amor, com Jesus, o Salvador,
Vamos sempre nos lembrar das palavras do Senhor:
"Órfãos não vos deixarei, mas ao Pai, Eu rogarei,
Dar-vos o Consolador, que do céu enviarei"

3. Aos discípulos ordenou, logo após ressuscitar:
"O Evangelho de amor, ide a todos, sim, pregar,
O que crê se salvará, e sinais receberá,
Pelo Espírito de Deus, novas línguas falará".

4. Este selo de amor foi mandado por Jesus,
O cenáculo todo encheu de poder do céu, de luz,
Compungidos os judeus creram no Rei divinal
Aceitaram a Jesus pelo poder do sinal.                                           F.P.N.

377. AS PROMESSAS QUE NÃO FALHAM

1. De Deus as santas promessas,
Hoje se cumprirão.
Desde que a Deus sempre peças,
Crendo de coração.

TERRA E CÉUS ARDENDO,
OS MONTES 'STÃO TREMENDO,
MAS, NAS PROMESSAS CRENDO,
DEUS SEMPRE AS VAI CUMPRIR!

2. Contando Abraão as estrelas
Na vastidão dos céus,
Vendo-as brilhantes tão belas!
Creu inda mais em Deus!

3. Se tens em ti amargura
Firma-te, sim, em Deus,
Breve, a noite escura
Há de findar p'ros Seus.

4. Se fores tu perseguido,
Só Deus te  livrará;
O Filho de Deus, o Ungido,
Por ti combaterá.

5. Se os teus se tornam inimigos,
Querem te abandonar,
Cristo, o melhor dos amigos
Quer ao teu lado estar.

6. Crê, pois a fé alivia
Teu sofrimento e dor
Quem nas promessas confia,
No céu dará louvor!                                              P.L.M.

378. AS PISADAS DO MESTRE

l. Quero seguir as pisadas do Mestre,
Quero ir após o meu Rei e Senhor,
Para que no Seu poder me adestre,
Eu vou orando ao meu Redentor.

QUÃO DOCE É SEGUIR AS PISADAS DO MESTRE
NA BENDITA LUZ, PERTO DE JESUS!
QUÃO DOCE É SEGUIR AS PISADAS DO MESTRE,
E LEVAR A CRUZ!

2. Ando mais perto de Um que me guia,
Quando o maligno me vem enganar;
Que me sustenta na grande porfia,
Devo por isso, o Seu nome exaltar!

3. Sigo Seus passos de terno carinho,
Misericórdia, amor e mansidão;
Qual ave, que vai em busca do ninho,
Eu me dirijo à santa Sião.

4. Quero seguir as pisadas de Cristo;
Sempre acima desejo galgar.
Para Sião. que por fé eu avisto,
Onde p'ra sempre eu vou descansar.                                   P.L.M.

379. SALVO DE GRAÇA

1. Que alegria. Jesus me salvou,
Por Sua graça pois Ele levou
Os meus pecados, cravando-os na cruz,
Fazendo brilhar sobre mim a luz.

Salvo de graça por meu Jesus!
Salvo de graça, já tenho a luz!
Demos-Lhe gloria por grande vitória,
Que por mim ganhou o Senhor Jesus.

2. Sempre errante no mundo andei,
Longe de Deus, dos preceitos da lei,
Que me promete o gozo sem par,
Também liberdade aqui me,dar.

3. Choro e prantos não podem valer,
Nem seus esforços, nem grande saber,
Para um perdido sedento de luz,
Se Ele não crer no Senhor Jesus.

4. Tenho descanso do céu, gozo enfim
Pois Jesus Cristo salvou-me a mim;
Quando eu entrar no Seu reino de luz
Melhor vou louvar o Senhor Jesus.                                    F.V.

380. HO ABRAÃO E SEU SACRIFÍCIO

l. De baixo dumas mui formosas tamareiras,
Estando já Berseba na escuridão,
As aves escutando, entre as roseiras,
Se vê andar o patriarca Abraão.

Seu coração perante Deus está aflito,
Pois quer que O sirvamos sem murmuração,
E por amor pergunta ao Senhor bendito:
"O meu amado filho queres Tu, então?"

2. A voz de Jeová potente é ouvida:
"O teu Isaque oferece para Mim,
Embora fiques com tu alma dolorida,
Pois te abençoo se fizeres tu assim".
De abatido Abraão se torna forte
E canta hinos, pois com fé medita já:
"Deus pode o meu filho libertar da morte!"
E não temendo, segue para Moriá.

3. Ao pé do monte do supremo sacrifício,
Profunda dúvida entrou em Abraão:
"Irei perder da minha vida o benefício?"
E triste começou subir com lentidão,
Pois ia dar, do coração a esperança
- No seu outono, sacrifício duma flor
Assim levou o seu cordeiro à matança,
Em obediência ao mandato do Senhor.

4. Isaque com a lenha presto vai na frente,
Oh! Quando é formoso para Abraão!
Mas eis que volta p'ra seu pai suavemente
E lhe dirige esta interrogação:
"O fogo e a lenha estou vendo que trouxemos,
Mas o cordeiro d'holocausto onde está?"
E a resposta de Abraão na Bíblia temos:
"Meu filho, Deus p'ra Si, cordeiro proverá".

5. Chegando Abraão aonde Deus mandara,
Fez um altar e nele a lenha arrumou:
E a seu filho, que já dantes amarrara,
Tomando nos seus braços sobre o altar deito,
Mas quando Abraão foi para imolá-lo,
O Anjo do Senhor bradou-lhe desde os Céus:
"A tua mão ó não estendas p'ra matá-lo;
Porquanto eu agora sei que temes Deus".

6. Erguendo Abraão seus olhos de repente,
Vê um cordeiro, que no mato preso está,
E o tomando, oferece-o alegremente:
Assim "No Monte do Senhor se proverá".
A voz do Anjo é ouvida novamente;
"Diz o Senhor: Porque fizeste esta a não
Deveras Eu abençoarei a tua semente, 
E nela, as nações benditas se farão".

7. O nosso Isaque oferecemos com firmeza,
No Moriá onde finda o ideal,
Pois foi ali que alcançaram fortaleza,
Os vencedores, sob canto angelical;
Ali o nosso Deus jurou fidelidade
Também os santos se encheram de valor,
E só teremos a perfeita santidade
Depois que formos para o Monte do Senhor.                                 P.L.M.

381. O CORDEIRO DE DEUS

1. Vejo um homem na cruz pendurado
A derramar sangue, por meu pecado,
É o Cordeiro de Deus imolado,
Que por mim sofre grandíssima dor;
Quanto padece na cruz, no altar
Cristo Jesus. o meu bom Salvador,
Para fazer-me um tesouro herdar,
No santo reino do Senhor!

2. Em oração, quando rompe a alva,
Sinto remorsos no fundo da alma,
Porque na cruz sofreu Cristo com calma,
Todo castigo, por mim pecador;
Quis o supremo Pai determinar
Tão cruel morte ao meu Salvador;
Para no céu conceder-me lugar
Junto de Cristo Redentor.

3. Oh! Quanta dor não sentiu o Eterno,
Quando nos deu Cristo meigo e terno!

Para minh'alma salvar do inferno,
Por mim morreu o meu bom Salvador
Os meus pecados na cruz expiou ,
E morte horrenda sofreu com amor,
Mas sobre Si minha culpa tomou,
O meu amado Redentor.

4. Faz Jesus Cristo, que eu mais Te ame
E mais e mais Tua graça proclame;
Livra-me de todos fortes liames,
Que sempre tece o vil tentador;
Sobre o altar, por mim Cristo subiu,
Oferecendo holocausto de amor;
Qual um cordeiro, na cruz sucumbiu
Cristo Jesus, meu Salvador.                                           P.L.M.

382. OLHANDO PARA O CALVÁRIO  

1. Na Cruz do Calvário olhando,  
Avistei o Salvador;  
Meu pecado expiando  
Revelou-se o Seu amor. 

LÁ NA FONTE DESTA LUZ,
QUE ME TROUXE UM CLARÃO, 
FOI ONDE EU ACHEI ABRIGO,
VIDA, PAZ E SALVAÇÃO.  

2. Vi Jesus crucificado  
A sofrer tão grande dor,  
Foi Seu Sangue derramado  
Pelo pobre pecador.  

3. Ó Cordeiro imaculado,  
Que morreste sobre a cruz!  
Livra-me do vil pecado,  
O meu Salvador Jesus!                                                      J.P.Q.

383. O SUSTENTO DA ALMA

1. Dá sustento à minha vida,
A Palavra do Senhor;
A minh'alma abatida,

Vem poder Consolador;
Livramento glorioso
Nós achamos em Jesus,
NEle o coração ditoso
Já desfruta Sua luz.

JESUS CRISTO DEU-ME SALVAÇÃO,
TAMBÉM VIDA ETERNAL;
DEU-ME GOZO NO MEU CORAÇÃO,
E PODER CELESTIAL;
SUA GRAÇA É BASTANTE,
DIVINAL E SEU AMOR;
TENHO VIDA EXULTANTE,
PELO BOM CONSOLADOR!

2. Santos, todos proclamemos
Que Jesus há de voltar,
E que Lhe servir devemos
E sinceros O amar.
Ressurgiu da sepultura,
E com vida se mostrou
As felizes criaturas,
Que no mundo tanto amou.

3. Que não ha a ociosos
Na Igreja to Senhor,
Mas, sim, crentes fervorosos
Trabalhando com vigor;
Quem aqui tiver vencido
Por Jesus e Seu amor,
Há de ter real vestido,
Para as bodas d'esplendor!

4. Entraremos na formosa
Sala, cheia de fulgor,
Preparada para a Esposa
De Jesus, o Salvador;
Quando formos lá chegados
Grande festa haverá;
E Jesus, que nos tem dado
Salvação, nos servirá.                                              P.L.M.

384. SINTO VIDA DO SENHOR 

1. Sinto que vivo no Senhor,
Que veio me salvar;
E Sua lei, por Seu amor,
Desejo sempre guardar.

HABITAREI SEMPRE EM JESUS,
FIRMÁ-LO-EI NO CORAÇÃO;
DEUS, PELA FÉ, EM MIM PRODUZ
PERFEIÇÃO!

2. Sinto que vivo no Senhor,
Em liberdade já,
Jesus me cobre de favor,
Repouso sempre me dá.

3. Sinto que vivo no Senhor,
Na rocha eternal,
Que me sustenta com vigor,
Nas tempestades do mal.

4. Sinto que vivo no Senhor,
E sempre viverei;
Por Seu poder Consolador,
Em Deus permanecerei.                               P.L.M.

385. AMEMOS 0 SENHOR  

1. Irmãos, amemos o Senhor,  
Por Seu divinal amor;  
Pois a nossa culpa expiou,  
Com Sangue que derramou.  

IRMÃOS, AMEMOS O SENHOR,  
POIS ELE JÁ NOS AMOU;  
E DO PECADO ENGANADOR,  
COM SEU SANGUE NOS LAVOU.  

2. Irmãos, amemos o Senhor,  
O nosso ensinador;  
Ele é a Fonte do Saber  
P'ra todo que nEle crer.  

3. Irmãos, amemos o Senhor,  
O nosso bom Salvador;  
E o consumador daquela fé,  
Que desce do Deus, que "E"  

4. Irmãos, amemos o Senhor,  
Também o Consolador,  
E a nosso Pai Celestial,  
Que paz nos dá eternal.  P.L.M

386. VENCIDOS OS COMBATES

1 Ó, não temas tu, Esposa de Jesus;
Em justiça Deus te edificará!
Tua tenda que dimana viva luz,
Ele mais aumentará.

TODA ARMA DE RANCOR,
CONTRA TI SE DESFARÁ,
QUANDO O INIMIGO
SE ERGUER COM SEU FUROR
ELE NÃO TE VENCERÁ!

2. Toda arma fabricada com rancor,
Te combate, mas jamais te vencerá,
O inimigo que ataca com furor,
O Senhor abaterá.

3. Lá no céu não hás de ter recordação
Dos combates que sofreste por amor;
Mas ali terás sublime posição
Com Jesus, teu Salvador.

4. Patriarcas e profetas já estão
Lá no céu te esperando com amor;
Sê fiel e guarda a divinal unção
Para as bodas d'esplendor.                                              P.L.M.

387. DERRAMA TEU ESPÍRITO 

1. Derrama sobre nós o Teu Espírito,
Gomo fizeste em Jerusalém;
Á Tua grei, ó manda o mesmo fogo,
Indispensável para nós também!

À Tua grei, ó manda o mesmo fogo,
Indispensável para nós também!

2. Derrama sobre nós o Teu Espírito
Como em casa do centurião,
E dá-nos o poder da Tua Palavra
Fazendo a luz brilhar na escuridão.
E dá-nos o poder da Tua Palavra
Fazendo a luz brilhar na escuridão.

3. Derrama sobre nós o Teu Espírito,
E dá-nos hoje, muitas conversões;
Ó deixa-nos sentir poder celeste,
E vivifica os nossos corações;
Ó deixa-nos sentir poder celeste,
E vivifica os nossos corações.

4. Derrama sobre nós o Teu Espírito,
E aos que sofrem dá Tua proteção;
A orar ficamos em amor unidos,
Para obter a prometida unção,
A orar ficamos em amor unidos,
Para obter a prometida unção.

5. Desperta, Jesus Cristo. os que dormem
O mui profundo sono do "Jardim";
Como operaste nos antigos tempos,
Com Teu poder nos guia até o fim.
Como operaste nos antigos tempos,
Com Teu poder nos guia até o fim.                                        E.J. e F.S.

388. CANTA, Ó CRENTE

1. Canta com vida, ó crente!
Doce será cantar!
Anda só para a frente,
Deixa o teu pesar;
Canta nas noites tristes,
Canta no sol, na luz;
O mal assim resistes:
Canta p'ra Jesus!

2. Canta com vida, ó crente,
Alegra o coração!
Louva ao Deus clemente,
Com feliz canção!
Cheio está o mundo
De turbação e dor;
Canta o amor profundo
Do teu Salvador.

3. Canta com vida, ó crente!
Deus teu socorro é;
Guarda-te a Mão potente,
Se tiveres fé.
Cristo, sim, te levanta,
Quando medroso estás,
Se confiando cantas
Seu amor veraz.                                                                P.L.M.

389. LAVA-ME, Ó DEUS

1. Tua justiça eu quero cumprir,
Alegremente me vou batizar
Por imersão para Cristo seguir
E meus pecados, assim sepultar.

LAVA-ME, LAVA-ME Ó DEUS DE AMOR,
NO SANGUE PURO DE, CRISTO JESUS;
TORNA MINH' ALMA MAIS ALVA QUE A LUZ,
NO SANGUE PURO DE CRISTO JESUS.

2. Quando das águas eu ressuscitar,
Já criação nova sou em Jesus;
Posso e Ele servir e honrar,
Por crer na obra sublime da cruz.

3. Com toda força, meu bom Salvador,
Teu santo nome eu invocarei,
Para que eu vá de valor em valor,
Ao céu de luz, onde descansarei.                                                       P.L.M.

390. UM CORAÇÃO BONDOSO

1. Um coração, bondoso sim. custa dor, obter;
Ser manso, amoroso e santo em todo o ser;
Manando nova vida ao coração - dá luz.
E toda a minha lida será só em Jesus.

2. Quem quer seguir os passos
de nosso pai Abraão,
No coração, os laços então, se quebrarão;
Isaque é oferecido em cima do altar;
Jacó, com gran gemido, Raquel vai enterrar.

3. Se grande é o sacrifício - Isaque no altar,
Se torna em benefício p'ra quem o ofertar,
Pois tem profunda calma e paz celestial,
Também de Deus alcança, aprovação real.

4. Na cova, Jeremias, lamenta grande dor,
Na escuridão não via o bom Consolador;
Sim, grandes amarguras se tornam em prazer,
Vêm anjos das alturas "O sonhador" a ver.

5. Arão foi castigado por sua rebelião,
E, triste, humilhado, aceita exortação;
Consagra tua vida p'ra Deus melhor honrar;
Assim em dor e lida, precisas te guardar.

6. Acima nuvens densas o sol sempre a brilhar;
Promessas mais imensas não podem a ti falhar.
Põe plena confiança em quem não pode errar,
Jesus, já sem tardança vem tua dor sarar.                              F.V.

391. JESUS NO MONTE DA ASCENSÃO

l. Jesus disse aos discípulos, no monte, ao subir:
"Detei-vos em Jerusalém pois há de se cumpri
A vinda gloriosa de o Consolador,
P'ra revestir as testemunhas do Senhor".

DESCENDO O FOGO DO ALTAR, O VENTO DE AMOR,
DEPRESSA FORAM PROCLAMAR O SALVADOR.

2. Encheu-se o cenác'lo de gloriosa luz;
Descendo o fogo divinal, a nós voltou Jesus.
E todos, revestidas com o poder do céu,
Falaram noutras línguas em louvor a Deus.

3. O povo, assustado com o poder do céu,
Não compreendeu que isto foi o que Deus prometeu
Mas Pedro lhes proclama: "Assim diz o Senhor:
No fim dos dias, vos darei Consolador".

4. Assim Jesus te manda orar e esperar
O Santo Espírito de Deus que vem p'ra t'ensinar
Jesus, a gloriosa unção te mandara,
E Seu amor sublime, proclamar irás.                                                    F.V

392. PEREGRINOS SOMOS

1. Peregrinos somos aqui
Té o labor findar;
Deste mundo queremos ir
Ao celeste lar.

OH! PÁTRIA MUI FELIZ
EM TI IREI MORAR;
EU IREI MORAR
EU IREI MORAR JERUSALÉM, OH MEU PAÍS
E MEU QUERIDO LAR! JERUSALÉM, OH MEU PAÍS
E MEU QUERIDO LAR!

2. Minha grande consolação
E sempre sm ti morar,
Oh, querida, bela Sião,
Meu eterno lar!

3. Como o povo de Abraão,
Sempre a viajar,
Para a terra da promissão,
Santo e doce lar.

4. O Senhor, queremos vencer,
E de Ti alcançar

Gozo, paz, eterno prazer,
No bendito lar!

5. É o meu desejo, Jesus,
Sempre peregrinar;
Dirigido por Tua luz
Té que chegue ao lar.                                           M.A.N.

393. HÁ UM AMIGO MUI CHEGADO 

1. Há um amigo mui chegado - Cristo Senhor,
Pois salvou-nos do pecado e do temor;
Este amigo agonizava,
Quando o mundo resgatava,
E de Deus o amor mostrava; dai-Lhe louvor!

2. Conhecê-Lo é ter vida, Cristo Senhor.
NEle nos é permitida paz no labor;
Ele sobre nós derrama
Sua, graça pois nos ama,
E p' ra Si á todos chama; dai-Lhe louvor!

3. Sempre é o mesmo nunca muda, Cristo Senhor
É a pedra de Ajuda; vem. pecador!
Bom maná é no deserto,
Nosso guia amigo certo
Seu amor é céu aberto; dai-Lhe louvor!                                          P.L.M.

394. A MÃO DO ARADO!

1. Quem sua mão ao arado já põe,
Constante precisa ser;
O sol declina e, logo após,
Vai escurecer.
Avante, em Cristo pensando,
Em oração vigiando,
Com gozo e amor trabalhando,
P'ra teu Senhor.

2. Não desanimes, por, ser tua cruz
Maior que a de teu irmão
A mais pesada levou teu Jesus,

Te consola, então;
A tua cruz vai levando,
Como Jesus perdoando,
Alegremente andando
P'ra o lindo céu.

3. Sé bom soldado de Cristo Jesus,
Sofrendo as aflições,
Não sufocando a mensagem da cruz,
Nas perseguições;
Vai Seu amor proclamando,
Novas de paz, sim, levando,
Aos que estão aguardando
A salvação.

4. Quando, enfim, tu largares a cruz,
Jesus te coroará;
Com santo gozo em glória e luz
Te consolará.
Esquecerás teus lidares,
Tribulações e pesares,
Quando no céu desfrutares,
Perfeita paz.                                                        F.V.

395. IDE POR TODO O MUNDO 

1. Ide por todo o mundo e dizei:
"É-Me dado todo o poder";
Ide, anunciai que já ressuscitei,
P'ra dar vida a todo o que crer.

CONFIANDO, IREI ONDE ME MANDAR;
PELA TERRA PELO MAR TAMBÉM.
EIS QUE ESTOU CONVOSCO PARA VOS GUARDAR,
POR TODOS OS SÉCULOS. AMÉM.

2. Ide e ensinai todas as nações;
Publicai a salvação e a paz;
Cristo já venceu a morte e,seus grilhões,
Liberdade agora, a todos traz.

3. Da salvação a porta aberta está;
Quem por ela hoje quer entrar?
E Jesus quem oferece e quem dá
Livre entrada no celeste lar.                                                      E.C.

396. ALÉM DO NOSSO ENTENDIMENTO  

1. Muito além do nosso entendimento, 
Alto mais que todo o pensamento, 
Glorioso em seu sublime intento, 
E o amor de Deus, sem par. 

GRANDE AMOR! AMOR DE DEUS! 
ENCHE A TERRA E ENCHE OS CÉUS! 
GRANDE AMOR! AMOR QUE ABRANGE 
A TODO O MUNDO E ATINGE A MIM. 

2. Fez um sacrifício infinito 
Dum valor imenso, inaudito; 
Dando-nos o Filho Seu bendito; 
Calculai o amor de Deus! 

3. Grande, foi mui grande o meu pecado; 
Triste perigoso o meu estado 
Mas o amor que nunca foi sondado 
Me salvou - o amor de Deus! 

4. Foi Quem perdoou os pecadores, 
Rogos atendeu de malfeitores, 
Quem sarou os pobres sofredores, 
Esse imenso amor de Deus!              E.W.

397. O SALVADOR ME ACHOU
 
1. Em pecados e temor o Salvador me achou,
Tão indigno pecador, sem ter do céu a luz,
No Calvário ao morrer minh'alma resgatou;
Meu perdão foi consumado lá na cruz.

VEM AO SENHOR VEM PECADOR:
ELE É TERNO E MM FIEL VEM PECADOR!
VEM AO SENHOR, DEUS É AMOR;
OUVE SUA TERNA VOZ: ''VEM, PECADOR''!

2. Do sepulcro ressurgiu meu Redentor Jesus;
Ele a morte já venceu- também o nosso algoz;
Vida eterna o pecador gozar por Sua cruz
Pois os mortos hão de ouvir Sua eterna voz.

3. Para o céu subiu Jesus, ganha a vitória cá.
E na dextra do bom Deus,
tem- No por Mediador,
Intercede ao teu favor, não te detenhas lá.
Não despreze está voz do teu Senhor.                                                 F.V.

398. PERTO DO MEU REDENTOR

l. Desejo estar em um lugar
Mui perto do meu Redentor;
Ali eu posso descansar,
Por Seu amparo e Seu amor.

MUI PERTO DO MEU REDENTOR,
SEGURO ABRIGO ENCONTRAREI;
ME GUARDARÁ DO TENTADOR,
ASSIM EU NADA TEMEREI.

2. Ninguém me poderá tirar
A paz que frui o coração;
Jesus bondoso vai me dar
A mais segura proteção.

3. Tristezas, nem temor terei,
Estando perto de Jesus;
Envolto sempre me verei,
Com Seu fulgor, com Sua luz.                                       P.L.M.

399. TERRA DE JESUS  

l. Oeste mundo, sim, além, há um país de luz; 
Oh! Não queres ir lá? Oh! Não queres ir lá? 
Onde as trevas não se vêem,
pois brilha ali Jesus; 
Oh! Não queres ir lá? Oh! Não queres ir lá? 

TERRA DE JESUS, TERRA DE AMOR! 
OH! NÃO QUERES IR LÁ? OH! NÃO QUERES IR LÁ? 

ONDE BRILHA HA A LUZ DO MEU SALVADOR; 
OH! NÃO QUERES IR !Á? OH! NÃO QUERES IR LÁ?

2. Pelas portas do fulgor, não pode o mal entrar;
Oh! Não quereis ir lá? Oh! Não quereis ir lá?
Nem a morte, luto ou dor, no céu terão lugar,
Oh! Não quereis ir lá? Oh! Não quereis ir lá?

3. Oh! Que divinal mansão Jesus nos preparou!
Oh! Não quereis ir lá? Oh! Não quereis ir lá? 
Onde todos os irmãos
Vão ver quem os salvou,
Oh! Não quereis ir lá? Oh! Não quereis ir lá?                            P.L.M.

400. EM JESUS

1. Em Jesus, vivendo cada dia,
Em Jesus eu tenho alegria!
Em Jesus, oh, doce harmonia!
Em Jesus, desfruto a paz de Deus!

2. Em Jesus, na rocha inabalável,
Em Jesus, no homem incomparável!
Em Jesus, no Deus tão adorável!
Em Jesus, o mal não temerei!

3. Em Jesus a graça é infinita,
Em Jesus, oh! bênção inaudita;
Em Jesus, minh'alma é bendita;
Em Jesus eu tenho salvação!

4. Em Jesus não temo o mal e a morte,
Em Jesus estou firmado e forte!
Em Jesus meu barco ruma ao norte;
Em Jesus eu sempre hei de vencer!                                               P.L.M.

401. JESUS VOLTARÁ

1. Tudo nos mostra que Cristo já volta;
Breve Jesus voltará!
Já deste mundo o mar se revolta;
Breve Jesus voltará.

BREVE VIRÁ, BREVE VIRÁ,
BREVE JESUS VOLTARÁ.

2. Cristão, acorda, Sua dinda é certa:
Breve Jesus voltará!
P'ra recebê-Lo estás bem alerta?
Breve Jesus voltará.

3. Crente proclama para os pecadores:
Breve Jesus voltará!
Não haverá mais tristezas nem dores:
Breve Jesus voltará.

4. Consola o coração que lhe clama,
Breve Jesus voltara!
P'ra Suas bodas o bom Rei nos chama:
Breve Jesus voltará.                                                                         H.N.

402. AO GÓLGOTA

1. Ao Gólgota ascende alma minha,
Contempla ali teu Senhor,
Também a agonia que tinha,
Sofrendo por ti com amor;
Não vês uma rubra torrente
Cobrindo a terra de horror?
E o sangue de Cristo inocente
Vertido por mim, pecador.

2. Minh'alma, te lava contente
No sangue do teu Redentor!
E Cristo a senda somente,
Que leva ao repouso de amor;
Jubila no onipotente
Por toda a Sua mercê,
Também pelo dom excelente
De Cristo em todo o que crê!

3. Minh'alma, ó sobe p'ra o alto!
Ali ouvirás o falar
D'Aquele a quem eu exalto;
Não sabes que vê teu penar?

Na graça divina medita,
Que tens em Jesus, teu Senhor;
Recebe a glória bendita
Orando a Deus, com fervor!

4. Hosanas ao onisciente!
Jesus veio aqui p'ra salvar
Minh'alma da "velha serpente"
Que anda no mundo a tentar;
Hosanas a Deus entoemos
Por Sua Palavra de amor;
Hosanas e glória rendemos,
A Cristo Jesus. o Senhor.                                        P.L.M.

403. GOZO REAL

1. Oh! Que gozo real sinto no meu ser,
Já tenho de Deus perdão!
Pois Jesus nos diz: Que qualquer que crer
Recebe salvação.

SE TU CRÊS, Ó VEM O PASSO DAR,
VEM O PASSO DAR, SIM, VEM O PASSO DAR!
SE TU CRÊS, Ó VEM O PASSO DAR,
POIS JESUS TE QUER SALVAR.

2. Por amor foi Cristo, meu Redentor,
Da glória, aqui desceu;
E transforma a vida dum pecador,
Na graça que nos deu.

3. Que mercê, que amor o Senhor mostrou
Morrendo na dura cruz;
Sangue divinal por nós derramou,
O Salvador Jesus!                                                                     P.L.M.

404. EM GLORIA VIRA 

1. Espera do céu, seu Senhor, o fiel
Aguarda orando, pois há de voltar
Na nuvem, em glória o Emanuel,
Com grande poder, a fim de o buscar.

EM GLÓRIA VIRÁ O FILHA DE DEUS,
SEMPRE ORANDO JESUS ESPERAI;
SE VIRDES A "ESTRELA DA ALVA" NO CÉU,
ALERTA ESTAI!

2. Ó Pai amoroso, envia Jesus,
O crente fiel O espera do céu; ,
Ó manda-lhe logo a celeste luz,
Em que há de mar o Filho de Deus.

3. O Santo Evangelho se há de cumprir
E breve nas nuvens veremos Jesus;
"Assim descerá como O vistes subir"
O que S'imolou por nós sobre a cruz!                                                 P.L.M.

405. QUERES PERDÃO?

1. Queres ser salvo, queres perdão,
Paz e repouso no coração.
O que farás para teres a luz?
Com toda a força - Crê em Jesus;
Se hoje queres em Cristo crer,
Inda que morto hás de viver;
Deixa este mundo enganador,
Crê só em Cristo, teu Salvador.

2. Ó crê em Cristo - ei- Lo aqui
Em nosso meio, chora por ti;
Ele te ama; queres a luz?
Queres vitória? - Crê em Jesus,
Sim! Hoje creio no Salvador,
É minha vida, meu Redentor;
Nas minhas lutas, o Capitão;
Creio em Cristo de coração.

3. Quando o inimigo com seu terror
Ruge em torna com mui furor,
Não desanimes por tua cruz,
Olha p'ra cima - Crê em Jesus;
E nas terríveis provas d'horror,

Segue avante com teu Senhor
Ele te guarda da corrupção
E te liberta da tentação.                                                    P.L.M.

406. À SOMBRA DO MEU REDENTOR

1. Preciso sempre encostar-me
Aos pés do meu bom Redentor;
Presto virá p'ra levar-me
Aos céus, minha pátria de amor.

EU PRECISO SEMPRE LANÇAR-ME
NOS BRAÇOS DO MEU REDENTOR;
SÓ EM JESUS VOU TAMBÉM ABRIGAR-ME
NO SEU SUBLIME AMOR.

2. Preciso sempre deter-me
À sombra do meu Redentor;
Não posso só defender-me
E alçar a bandeira de amor.

3. Preciso sempre chegar-me
Contrito aos pés do Salvador,
Para poder consolar-me
No Seu abundante amor.                                                                P.L.M.

407. Ó CRIADOR BENDITO

1. Ó Criador bendito, ó fonte de esperança
A Ti, ó Pai contritos, buscamos com confiança;
Nos deste em herança a glória sempiterna;
O pão da vida eterna, ó manda-nos dos céus!

EXCELSO CRIADOR, SUPREMO BENFEITOR,
O TEU AMOR DERRAMA EM NÓS, QUAL VIVA CHAMA
EXCELSO CRIADOR, SUPREMO BENFEITOR,
O TEU AMOR DERRAMA, POR TEU CONSOLADOR.

2.  Unidos esperamos o Teu celeste ensino;
Ó manda, suplicamos por Teu poder divino;
Aceita este hino, que nós a Ti cantamos,
Pois gratos Te louvamos, por Tua salvação.

3. O coração se alegra e a alma está contente
No dia em que se entrega
ao Deus onipotente;
Que paz profunda sente a alma do perdido
Que hoje é um remido por Cristo, o Salvador!                                                P.L.M.

408. ABRE OS MEUS OLHOS

1. Abre os meus olhos em Tua luz,
Teu rosto quero ver, Jesus,
Põe em meu coração Teu amor,
E dá-me a paz e Teu fervor;
Humildemente acudo a Ti,
Porque Tua terna voz ouvi
Meu guia sê, Espírito Consolador.

2. Abro os ouvidos para ouvir
Tua Palavra a me ungir,
Belas palavras de doce amor,
Ó! Meu bendito Salvador,
Consagro a Ti meu frágil ser!
Para cumprir o Teu querer,
Enche meu ser, Espírito Consolador.

3. Abre-me a mente para ver
O Teu amor em gran poder;
Dá-me Tua graça, dá-me vigor;
Faz-me na luta, vencedor;
Sê Tu o meu refúgio aqui
Aumenta minha fé em Ti,,
Sustenta-me, Espírito Consolador.

4. Abre-me a porta divinal
Do Teu palácio de cristal
Pois o Teu lindo rosto, Senhor,
Quero no Céu ver, d'esplendor;
E quando lá enfim entrar,
Teu santo nome vou louvar
Pelo teu bom Espírito Consolador.                                            P.L.M.

409. TRABALHADORESDO EVANGELHO

1. Trabalhadores do Evangelho,
Em breve ceifareis;
Quer fracos vós sejais, ou velhos,
Do céu vigor tereis.

OS QUE ESPERAM NO SENHOR
NOVAS FORÇAS OBTERÃO;
COMO ÁGUIAS VOARÃO,
SUBIRÃO PARA AS ALTURAS;
CORRERÃO SEM SE CANSAR,
SEM FATIGAR HÃO DE ANDAR;
CORRERÃO SEM SE CANSAR,
SEM FATIGAR HÃO DE ANDAR;
CORRERÃO SEM SE CANSAR,
ATÉ NO CÉU CHEGAR!

2. No bom trabalho, quantas vezes,
Estamos a talhar,
Sempre devemos nos revezes
Em Cristo confiar.

3. Jesus está ao nosso lado,
Sua força nos dará;
O nosso Salvador amado,
Sim, tudo suprirá.

4. Em Cristo sempre confiando
Socorro vamos ter;
O Salvador do céu baixando
Virá nos socorrer!                                                             P.L.M.

410. JESUS, MEU REI GLORIOSO

1. Jesus é meu Rei glorioso,
É grato cantar-Lhe louvor;
É Rei, mas me torna ditoso,
Enchendo-me do Seu amor;
Deixando Seu trono de glória
Me veio livrar desta escória.
Já sou mui feliz, já sou mui feliz com Deus!

2. Jesus é meu Rei mui amado,
Nas lutas, na dor, sempre está
Paciente e humilde ao meu lado,
Ajuda e consolo me dá;
Por isso constante O sigo,
Pois é meu Pastor e amigo.
Já sou mui feliz, já sou mui feliz com Deus!

3. Jesus, que pudera eu dar-Te
Por tanto amor para mim?
Bastante é servir-Te e amar-Te?
E tudo entregar-me eu a Ti?
Aceita, então, minha vida,
Que a Ti só se prostra rendida.
Já sou mui feliz, já sou mui feliz com Deus!                                         P.L.M.

411. NÓS SOMOS TEUS

1. Filho do Eterno Deus, nós somos Teus!
Compraste-nos Jesus, por Tua cruz,   
Rendemo-nos, Senhor, cheios de fé e amor;  
Nós somos Teus, Filho de Deus!   

2. 0 Teu Caminho, ó Deus, que leva ao Céu,  
Faze-nos percorrer até morrer.  
Não tem que recear todo o que nele andar;  
Tu és, Senhor, o bom Pastor.

3. A quem nos quis salvar vamos louvar  
Com voz e coração, em santa união,
Aceita, pois, Senhor, nosso veraz louvor!
Graças, oh! Deus, que somos Teus!                                               G.W.O.

412. JESUS CRISTO, BEM AMADO

1. Glória ao Salvador divino,
Nosso guia  e Redentor,
Glória seja ao Deus de amor!

JESUS CRISTO, BEM AMADO,
PODEROSO SALVADOR,

ELE ERA ONTEM, É HOJE,
SERÁ SEMPRE O DEUS DE AMOR!

2. Alegrar-se todos devem
Pela grande salvação;
Honra e glória a Deus elevem,
Pois não dá Seu galardão.

3. Adorai a Deus, com canto,
Ele é compassivo e bom,
Ó divino Espírito Santo,
Desça sobre nós Teu dom.

4. Ao Teu nome seja glória,
Ó bendito e bom Senhor!
Tu nos guias p'ra vitória,
Aleluia ao Redentor!

413. MEU PASTOR

1. Meu Pastor é Jesus Cristo
NEle quero confiar;
Com Jesus, não tenho falta,
Junto a Ele eu quero andar;
Me conduz ao bom descanso;
Para o campo verde em flor,
Refrigeras, sim, minh'alma,
Saciando-me de amor.

2. Ele é meu companheiro;
Com Jesus desejo andar;
Pois me da vigor e força,
P'ra que eu possa caminhar;
Ele é quem dá coragem,
Para nada eu temer;
Mesmo próprio à morte
Certo estou que vou vencer.

3. Caminhando ao Seu lado
Não mais temerei o mal;
Seu bordão e Seu cajado
Dão- me proteção real;

Contra o meu inimigo
O Senhor sempre virá;
Me prepara uma mesa
E comigo nela está.

4. Unge a cabeça minha,
Com óleo do Seu amor;
O meu gozo é transbordante,
Pois meu cálice tem dulçor;
Por Sua misericórdia
E por Seu sublime bem
Habitarei em Sua casa
Eternamente, amém!                                                   A.N.
 
414. TEM COMPAIXÃO DO PECADOR

1. ó Salvador, ó Pai de amor!
Tem compaixão do pecador;
Sem ser em Ti não achará
A salvação, que Tu nos dás.

TEM COMPAIXÃO, Ó SALVADOR,
TEM COMPAIXÃO DO PECADOR!
Ó VEM LAVAR SEU CORAÇÃO,
Ó VEM LHE DAR A SALVAÇÃO!

2. Sem ser em Ti não há perdão
P'ra o pecador, nem salvação;
Só mesmo em Ti o pecador
Encontrará um Salvador.

3. O Rei dos reis, tem compaixão
Do pecador na perdição
Seu coração, ó vem lavar
No sangue Teu purificar.                                                              P.L.M.

415. JESUS TE QUER CURAR

1. A terna voz do Salvador
Te fala comovida;
"Ó vem ao médico de amor,
Que dá aos mortos vida"!

CRISTO JESUS TE QUER CURAR,
E TEM PODER P'RA TE CURAR,
DOS MALES TODOS TE LIVRAR,
SE NELE CONFIARES!

2. Crê tu, a quem já Satanás
Há anos tem ligado;
A fé te salva, vai-te em paz,
De todo o mal curado!

3. Os surdos ouvem, cegos vêem,
Pois Cristo é poderoso!
os coxos saram e andam bem,
Por Seu poder glorioso! ,

4. Sinais p'ra sempre seguirão
Aos verdadeiros crentes!
Demônios, sim, expulsarão
E curarão as gentes.                                                       F.L.M.

416. QUANDO O POVO SALVO ENTRAR 

1. Anjos aos milhares, no céu, verão
Quando o povo salvo entrar;
Crentes coroados também serão,
Quando o povo salvo entrar.

QUANDO O POVO SALVO ENTRAR,
QUANDO O POVO SALVO ENTRAR;
MUITO GRANDE ALEGRIA NO CÉU HAVERÁ,
QUANDO O POVO SALVO ENTRAR.

2. Os remidos lá hão de se encontrar,
Quando o povo salvo entrar,
Vestes brancas todos hão de tratar,
Quando o povo salvo entrar.

3. Todos vencedores, lá hão de estar,
Quando o povo salvo entrar;
A tribulação não terá lugar,
Quando o povo salvo entrar.

4. O "Cordeiro morto", (que vivo está)
Quando o povo salvo entrar;
Para sempre em glória dominará,
Quando o povo salvo entrar.                                                   S.N.

417. BASTANTE PARA MIM  

1. No meio duma grande dor, 
A cruz de Cristo eu vi, 
Qual viva fonte de amor, 
Bastante para mim! 

LÁ DA CRUZ CORRE SEM CESSAR, 
INSONDÁVEL COMO É O MAR, 
ESTA GRAÇA, QUE BROTA ASSIM, 
BASTA PARA MIM! 

2. Meu coração a vacilar 
E apenas, pude assim 
Na graça crer; mas fui achar 
Bastante para mim! 

3. Cravados já, então, na cruz, 
Os meus pecados vi; 
E a graça achei de meu Jesus; 
Bastante para mim!

4. Com meu Jesus eu cantarei
No céu, alegre, enfim;
Que Sua graça foi. direi;
Bastante para mim!                                                                         J.T.L.

418. SOU UM SOLDADO

1. Sou um soldado de Jesus
E servo do Senhor;
Não temerei levar a cruz,
Sofrendo grande dor.

DEPOIS DA BATALHA ME COROARÁ,
DEUS ME COROARÁ;
DEUS ME COROARÁ;
DEPOIS DA BATALHA ME COROARÁ,

NA CELESTIAL MANSÃO;
LÁ VEREI O MEU REI,
E TEREI MEU GALARDÃO,
DEPOIS DA BATALHA ME COROARÁ,
NA CIDADE DE SIÃO!

2. Lutaram outros sem temor,
Mui forte hei de ser;
Pelejarei por meu Senhor,
Confiando em Seu poder,

3. Se eu for fiel ao meu Jesus
E não voltar p'ra trás
Alcançarei no céu de luz,
Lugar de santa paz.                                                                        J.T.L.

419. VINDE, PECADORES

1. Vinde todos pecadores
A Jesus, o Salvador;
Vinde logo, sem temores,
Encontrar o Redentor.

SIM EU SEI; OH! EU SEI,
CRISTO SALVA O PERDIDO PECADOR!
SIM, EU SEI; OH, EU SEI,
CRISTO SALVA  PERDIDA PECADOR!

2. Dá aos fracos, fortaleza;
Das montanhas planos faz,
Ao deserto dá beleza,
E aos crentes, luz e paz.

3. Nas fraquezas, ei-Lo perto,
Dominando a força má;
No caminho, guia certo,
E Sua graça sempre dá.

4. Tenho gozo mui superno
Pelo Sangue que verteu,
Nem o mundo, nem o inferno,
Tira a vida que me deu.

5. Quando Cristo vier na glória
A buscar o povo Seu,
Cantaremos a história
Do amor de Deus, no céu.                                                  O.N.

420. O QUE BUSCAS ANSIOSO? 

1. O que buscas ansioso
Ó perdido pecador?
Tudo que tens por precioso,
Murchará qual linda flor!
Quando teu fim chegar,
Quando teu fim chegar,
Há de cessar o teu gozo,
Mas vai o crente entrar,
Mas vai o crente entrar,
Num lar eterno de repouso!

2. Neste mundo há belas flores,
Que nos querem seduzir
Mas espinhos tÊm, que dores,
Hão de sempre produzir;
Mas Cristo, o Salvador,
Mas Cristo, o Salvador,
De Saron é linda rosa,
Tem excelente odor,
Tem excelente odor,
E alegra a alma desditosa!

3. Larga o mundo e o pecado
Que te trazem perdição;
E aceita de bom agrado 
A Jesus no coração.
Vida eternal terás;
Vida eternal terás;
Sim,fruirás santo gozo;
Cristo será tua paz,
Cristo será tua paz,
E os alhos céus o teu repouso.

421. CAREÇO DE JESUS

Quando de Ti careço
Jesus, meu Salvador!
O Teu amor, Ó vem m'alegrar,
Quando de Ti careço.

422. NO CÉU NÃO ENTRA PECADO

1. No céu não entra pecado
Fadiga, tristeza, nem dor
Não há coração quebrantado,
Pois todos são cheios de amor,
As nuvens da vida terrestre
Não podem a glória ofuscar
Do reino de gozo celeste,
Que Deus quis p'ra mim preparar!

IREI EU P'RA LINDA CIDADE,
JESUS ME DARÁ UM LUGAR,
CO'OS CRENTES DE TODAS IDADES,
A DEUS HEI DE SEMPRE LOUVAR.
DO CÉU TENHO MUITAS SAUDADES,
DAS GLÓRIAS QUE LÁ HEI DE VER;
OH! QUE GOZO VOU TER,
QUANDO EU VIR MEU SENHOR,
RODEADO DE GRANDE ESPLENDOR!

2. Pagar não é necessário
A casa, que lá hei de ter;
E meu eternal vestuário,
No céu, nunca vai se romper,                              
Jamais viverei em pobreza,
Aflito, no meu santo lar,
Ali há bastante riqueza,
Da qual poderei desfrutar.

3. No céu o luto é banido,
Enterros não hão de passar;
Sepulcros jamais são erguidos,
Lá mortos não vou encontrar.

Os velhos serão transformados;
Mudados nós vamos ficar,
Quais astros por Deus espalhados
No céu, para sempre brilhar.                                                          l.A.F.

423. DE TI PRECISO MAIS
1. Jesus, preciso mais de amor
Reino de Deus, em meu coração;
Da compaixão Tu és o Senhor;
De Ti preciso mais.
De Ti preciso mais,
Do Teu amor veraz;
Sei que estás pronto p'ra me valer,
De Ti preciso mais!

2. Jesus, preciso mais de poder,
Dom do eterno Consolador;
És o dador que enche me ser;
De Ti preciso mais!
De Ti preciso mais,
Do Teu poder veraz,
Da Tua graça, ó vem me encher,
De Ti preciso mais!

3. Jesus, preciso mais Te imitar,
Com humildade e submissão;
Tua instrução eu quero guardar,
De Ti preciso mais,
De Ti preciso mais,
Da graça eficaz,
Sei que Tu queres m'a conceder,
De Ti preciso mais!

4. Jesus, preciso mais de ouvir
No meu silêncio a voz de amor,     
Que dá vigor para eu Te servir,     
De Ti preciso mais.   
De Ti preciso mais.   
A Tua voz veraz   ·

No meu silêncio sempre atender,       
De Ti preciso mais!   

5. Jesus, preciso mais comunhão,   
Contigo estar em santo Tabor;   
E esplendor transfiguração;   
De Ti preciso mais,  
De Ti preciso mais   
Transformação veraz;   
A Tua face eu quero ter,   
De Ti preciso mais!                                                                           A.S.

424. SEU PRECIOSO SANGUE

1. Jesus me salvou com Seu precioso sangue;
Jesus me comprou com Seu precioso sangue,
Com Seu poder já me curou;
O meu pecado já cravou na cruz!
Jesus p'ra sempre me salvou!                                                            O.N.

425. PERDIDO ANDEI
1. Perdido neste mundo andei,
Imerso em sua escuridão;
Em vãs promessas confiei;
Não tinha Deus, nem salvação.

PERDIDO ANDEI, MAS ME SALVEI
SENDO GUIADO PELA LUZ
QUE NO CALVÁRIO AVISTEI
E ME LEVOU AO REI JESUS! 

2. Sem forças 'stava p'ra viver,
Sem nada mais eu esperar;
Quando uma luz eu pude ver,
Que veio me iluminar.

3. Fitei a luz e logo cri,
E muito alegre eu fiquei;
Prazer do céu também senti;
Quando essa luz eu abracei.

4. Confesso com satisfação
Que nessa luz me sinto bem;
A paz entrou no coração,
Porque vi um abrigo além.

5.  Nos braços do Senhor Jesus,
Prazer eu tenho em viver,
Unido à salvadora luz,
Que Cristo veio me trazer.                                                             D.L.

426. UNIÃO DOS IRMÃOS

1. Quando aqui nos reunimos,
Ó irmãos, em santo amor,
Certamente nós fruímos,
Bênçãos do Consolador!
Sempre pode Sua presença,
De Jesus testificar;
Com palavras e sentenças
A quem quer o escutar.

2. Quando nós nos humilhamos
Ante o bom Consolador,
O Poder que nós buscamos,
Nos concede com amor;
E se vedes. glorioso.
Em visão, Jesus passar,
Eis que busca ansioso,
Uma alma batizar.

3. Quando todos nos achamos
Prontos para escutar,
Pela unção, ouvir nós vamos
O bom Deus, a nós falar;
E no céu, sim, ao chegarmos,
Oh! Que festa haverá,
Quando já nos encontrarmos
No lugar que Deus dará!

4. O remidos, sempre firmes,
Esperando com ardor,

Que em nós Deus mais confirme
Seu poder Consolador;
Eia! Avante, a caminho,
Pela gloriosa luz,
Pois de nós vai mui vizinho,
O amado e bom Jesus!                                                        P.L.M.

427.  VAI ORANDO

1. De pesar estás cercado,
És provado pela dor?
De sofrer estás cansado,
E também do teu labor?

VAI ORANDO, VAI ORANDO,
AO SOPRAR DO FURACÃO.
O SENHOR ESTÁ VELANDO,
DAR-TE-Á CONSOLAÇÃO.

2. Nas doenças, incertezas,
Que tu'alma passará,
Só Jesus dará firmeza,
E também te curará.

3. Ao Senhor a voz eleva,
Ora a Deus com mui fervor,
Pois as faltas te releva
E mitiga a tua dor.

4. Tarda Deus em consolar-te?
Vai orando com poder;
Presto ajuda pode dar-te,
Teu pedido responder.                                              P.L.M.

428. A ESTRELA DA ALVA  

1. Mostra-Te, Estrela da manhã,  
Ó Bondoso Salvador!  
Sem Tua luz, a vida é vã,  
Sem Tua luz não temos vigor!  
Sem Tua luz não temos vigor! 

Ó ESTRELA DA ALVA, ESTRELA QUE SALVA 
A PERDIDA ALMA QUE VAGA SEM TER DIREÇÃO!  

2. Cristo Jesus é, do fiel,
A Estrela de fulgor
Também o bom Emanuel,
Que de manhã nos enche de amor,
Que de manhã nos enche de amor.

3. Bendita estrela dos hebreus,
Que o mundo iluminou,
E nos mandou os raios Seus,
Raios d'amor, que já nos salvou,
Raios d'amor, que já nos salvou.

429. ESCUTA O EVANGELHO 

1. O pecador desejoso
De verdadeiro perdão,
A voz de Cristo, ditoso,
Escuta com atenção!

ESCUTA O EVANGELHO
DO FILHO DE DEUS,
O DIVINAL CONSELHO,
QUE VEM DOS MAIS ALTOS CÉUS!

2. Hoje, com fé e de graça
Vem aceitar o perdão,
De Cristo, pois te abraça,
Dando-te a salvação!

3. Cristo Jesus tem,vertido
Seu sangue com grande dor,
Para salvar-te, perdido
E te encher de amor! 

4. Se tu contrito aceitas
De Cristo, o Seu perdão,
Terás então paz perfeita
E gozo da salvação.                                                                    P.L.M.

430. O EVANGELHO DA SALVAÇÃO 

1. Ouves, como o Evangelho
Nos dá vera salvação,
E transforma o homem velho
Numa nova criação?
Bem algum em mim não via,
Mas somente corrupção,
E cansado da porfia
Em Jesus achei perdão.


2. Como a pomba que cansada
Foi na arca repousar,
A minh'alma fatigada
Em Jesus vai descansar;
Mas o corvo foi s'embora,
Sobre os mortos foi pousar,
Isto fazes tu agora?
Quererás ao mal voltar?

3. É Jesus a minha arca
Onde posso repousar,
E dali, do mal as marcas,
Nem eu posso avistar!
Oh! Quão doce a chamada
Que a mim me fez Jesus!
"Vem ó alma tão cansada,
Vem das trevas para luz".

4. Pecador que estás ouvindo
A mensagem do Senhor,
Tu na arca és bem-vindo,
No refúgio de amor,
Pois as águas do pecado
Breve te alcançarão,
Pela morte despertado,
Baterás na porta em vão!                                                    P.L.M.

431. CRISTO CHAMA O PECADOR

1. Cristo chama, chama, chama com muito amor,
"Hoje vem a Mim, pecador!" 

A Cristo dá teu coração,
Manchado já por mal atroz;
Vem, hoje, vem! Bela ocasião!
Não queres vir a esta voz?

ACEITARÁS AO SALVADOR?
É TEU SENHOR, E BENFEITOR;
TE CHAMA JÁ, VEM SEM TARDAR,
ACEITARÁS O SALVADOR?
ACEITARÁS O SALVADOR?

2. Cristo chama, chama, chama com muito amor;
"Hoje vem a Mim, pecador!"
A t'esperar está Jesus,
Pois quer te dar amor sem par
Não tardes mais, vem para luz,
Não ouves tu Jesus chamar?

3. Cristo chama, chama, chama com muito amor;
"Hoje vem a Mim, pecador!"
Oh! Amanhã? Não viverás...
E por lavar...teu coração?
Tempo feliz tu perderás
E não terás mais salvação.                                                                        P.L.M.

432. CONSAGRADO AO SENHOR
1. Minha vida seja sim,
Consagrada a Ti, Senhor;
Possas sempre Tu por mim,
Operar o Teu amor.

A MINH'ALMA LAVA SALVADOR
NO TEU SANGUE PURO, CARMEZIM;
MINHA VIDA TOMA PARA SER, SENHOR,
TUA PARA SEMPRE, SIM.

2. Que meus pés somente vão
Onde os santos possam ir;
Numa eternal canção,
Minha voz se faça ouvir.

3. Seja o meu tempo já,
Consagrado em Teu labor;
Que meus lábios, Jeová,
Falem só do Teu amor.

4. Toma, ó Deus, o meu querer,
Faze-o Teu, ó Salvador,
Hoje habita no meu ser;
Enche-me do Teu fervor.

5. Ó recebe-me, Senhor,
Quando venho me prostrar
A Teus pés, ó Salvador,
Hoje vem me consagrar.                                               P.L.M.

433. SOIS BEM-VINDOS

1. Nossas vozes jubilosas
Elevamos com fervor,
Pela vinda amistosa
Dos obreiros do Senhor

SOIS BEM-VINDOS,
SOIS BEM-VINDOS,
COMPEÕES DE JEOVÁ!
PARABÉNS, MAS NÃO FINGIDOS,
A CONGREGAÇÃO VOS DÁ.

2. Recebei os lutadores
Da verdade, do amor
Demos a Jesus louvores,
Que os trouxe com vigor.

3. Abra ai os bons soldados
Das feiras de Jesus,
Aos que lutam denodados
Para difundir a luz.

4. Dos fiéis é bem superno
Trabalhar sem dilação
P'ra fazer que o Rei eterno
Reine em cada coração!                                                 P.L.M.

434. A TEUS PÉS

1. A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Tua face buscarei,
Escutando qual Maria,
As palavras de amor
A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Meu passado esquecerei,
Pois Tua mão fiel e terna,
Tem me salvo do temor.

2. A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Acho terna compaixão,
Para todos meus pesares
Meus conflitos, minha dor;
Livra-me, ó Jesus Cristo,
De cuidados, da aflição,
E concede-me constante
Teu poder consolador!

3. A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Eu desfruto Teu amor,
Em Teus olhos há doçura
Em Teu seio proteção;
Dá-me, ó Cristo, a Tua mente.
Dá-me graça e fervor,
E que o mundo possa sempre
Ver em mim a salvação.

4. A Teus pés, ó Jesus Cristo,
Tenho um gozo divinal!
A Teus pés encontro abrigo,
Oh! Bondoso Salvador!
Só em Ti, ó Jesus Cristo,
Há consolo sem igual,
Para minh'alma abatida,
Neste mundo de horror.                                          P.L.M.

435. JESUS ME LEVANTOU

1. O Salvador. por Seu amor
Ao mundo vil por nós baixou,

E dum abismo de horror,
Minh'alma levantou!

QUE SALVAÇÃO ME DEU JESUS,
A QUAL NA CRUZ P'RA MIM GANHOU,
ESTANDO EM SOMBRA, À PLENA LUZ,
COM SEU PODER ME LEVANTOU!
2. A Sua voz eu resisti!
Enquanto amante me chamou,
Mas Sua graça recebi,
A qual me levantou!

3. Oh! Quanta dor sofreu por mim,
Na cruz pregado, expirou.
Mas me salvou Jesus assim,
Ali me levantou!

4. Que dom feliz em mim se vê,
Pois Sua graça me salvou,
Mas não compreendo eu, por quê
Jesus me levantou!                                                      P.L.M.

436. CRENTES, CANTAI!

1. Crentes, cantai e entoai louvores
Ao Senhor, ao nosso Deus,
Deus de bondade infinita, imensa,
Criador da terra e céus;
Que, com poder tão vasto e eficaz,
Deu-nos salvação e plena paz.
Glória e louvor ao Deus de amor;
Com fervor, sinceramente,
Glória ao Pai onipotente!

AO NOSSO CRIADOR,
HONRA E GLÓRIA TRIBUTEMOS,
AO NOSSO SALVADOR,
MIL LOUVORES ENTOEMOS;
E AO BOM CONSOLADOR,
HONRA E LOUVOR DEMOS TAMBÉM;
HONRA A TRINDADE PARA SEMPRE, AMÉM.

2. Crentes, cantai e entoai louvores
A Jesus, o Salvador,
Que nos amou e nos salvou p'ra sempre,
Do poder do tentador,
Glória a Jesus, autor da salvação,
Toda honra, glória e adoração,
Glória e louvor ao Salvador,
Com vigor ardentemente,
Glória ao Filho onisciente!

3. Crentes, cantai e entoai louvores 
Ao divino Preceptor, 
Que nos mandou Cristo,já exaltado, 
Pela dextra do Senhor; 
Hoje louvai ao bom Consolador 
Que nos enche de fervente amor! 
Glória e louvor ao instruidor, 
Com ardor, e um lindo canto 
Dai ao Espírito Santo!   
                                              J.C.
437. O DOM CELESTE

1. Assim que Deus me batizou,
A minha alma viu mais luz,
Pois dom celeste o Pai mandou,
P'ra dar louvor ao meu Rei Jesus,
Sou testemunha do meu Senhor,
E sempre dEle vou falar;
Também do selo de amor,
Que o meu cálice faz transbordar.

LOUVADO SEJA JESUS, O CRISTO,
QUE CONTINUA A BATIZAR,
COM LÍNGUA ESTRANHA, NÓS TEMOS VISTO,
O DOM CELESTE. O PAI MANDAR!

2. O bom caminho vou trilhar,
Se eu quiser obedecer
Ao Evangelho, à luz sem par,
Aonde vida vou receber,
De Jesus Cristo eu falarei,

Que é dos homens Salvador;
O vinde hoje e recebei,
Divina graça do meu Senhor.                                                    P.L.M.

438. "VOLTAI-VOS PARA MIM" 

1. Assim a nós falou Jesus:
"Voltai-vos para Mim,
A salvação, a paz, a luz,
Encontrareis enfim".
Ó esperai o bom Jesus,
A estrela da manhã,
Pois Ele ao céu a vós conduz;
Deixai a vida vã!

2. Também Jesus vos disse assim:
"De vida, água sou,
E quem tem sede venha a Mim,
De graça o dom lhe dou".
E do seu ventre sairão
Em glória ao Salvador,
Torrentes vivas, que serão:
A paz, a fé, o amor!

3. Ainda assim falou Jesus
A todo o pecador
"O vinde a Mim, Eu Sou a luz,
Que brilha com,fulgor"
E tu, que jazes, ó mortal,
Nas trevas de horror
Ó vem p'ra luz celestial,
A Cristo, o Salvador!
4.Os que remidos dEle são,
Seus passos vão seguir;
A Sua justiça, e Seu perdão,
De graça vão fruir,
Jesus é tudo para mim;
O Rei, e meu Senhor;
Olhando, eu tenho sim,
Do céu real vigor!                                        P.L.M.

439. AOS PES DE CRISTO PROSTRADOS

1. De Cristo ressurgido,
Aos seus pés nos prostramos;
Com fé O adoramos,
Do mundo é o Salvador
Nós, crentes redimidos,
Por sangue já lavados,
Na graça bem guardados,
Temos de Deus favor!

2. Tudo que nós sofremos,
Cristo já tem provado,
Ao pecador cansado,
Pode quer ajudar;
Oh! Quanta dor nós vemos,
Cristo na cruz sofrendo,
Com sede ali morrendo,
Para o mortal salvar!

3. "Eu tenho sede", exclama
O divinal Cordeiro,
Pregado no madeiro
Na cruz da maldição;
Oh! Quanto Cristo ama
O pecador perdido,
Pois sangue tem vertido,
Para lhe dar perdão!

4. A nós, que santos somos,
Dá-nos a vera graça,
Para que assim se faça,
Em nos o Teu querer,
Na cruz achar nós fomos
Consolo abundante,
Graça de Deus bastante
E divinal poder!                                        F.L.M.

440. FAZE JÁ O SEU QUERER

1. Em viver p'ra Cristo firme permanecerás
E a paz apos, tu sempre seguirás?

E ao pé da cruz os teus cuidados deixarás?
Faze já o Seu querer!

O SEU PODER E SEUS DONS TE DARÁ;
DE GOZO, CRISTO, SIM, TE INUNDARÁ;
DO CORAÇÃO AS MANCHAS LIMPARÁ
FAZENDO TU, P'RA SEMPRE, SEU QUERER!

2. Queres ir após de Cristo e carregar a cruz?
Queres conhecer,a paz que dá Jesus?
Queres que te guie com a verdadeira luz?
Faze já o Seu querer!

3. Queres lá no céu os teus amigos encontrar?
Deves preparar tua vida sem tardar,
Queres p'ra Jesus a tua vida consagrar?
Faze já o Seu querer!                                                                         P.L.M.

441. A CHUVA DO CONSOLADOR

1. Unânimes ao pé da cruz,
Pedimos com fervor,
Nos manda hoje, ó Jesus,
O bom Consolador!

SIM MANDA OUTRA CHUVA,
Ó BOM SALVADOR!
E COM TUA CHAMA
DESTRÓI DE NÓS O MAL;
O DÁ-NOS A CHUVA,
DO CONSOLADOR;
AO POVO TEU INFLAMA
COM PODER CELESTIAL!

2. Qual vivo fogo ou furacão,
Ó fá-Lo a nos descer;
E possa cada coração
Um templo dEle ser.

3. Mediante a fé e a oração,
O céu Tu abrirás,
O óleo santo da unção,
Em nós derramaras!

4. Pedimos nós, agora a Ti,
Ó queima todo mal
E vivifica-nos aqui,
Com fogo celestial!                                             P.L.M

442. BREVE VEREI O BOM JESUS

1. Breve no céu, Jesus há de aparecer
Em gloriosa luz; todos O hão de ver
Naquele dia, então, eu hei de receber
De Cristo galardão; oh! que prazer!

BREVE VEREI O BOM JESUS,
E VIVEREI EM PLENA LUZ;
NO LINDO CÉU EU GOZAREI...
DE TODA A DOR, POR DEUS, LIVRE SEREI.

2. Na vinda do Senhor irei eu receber,
Do Seu eterno amor, repouso e prazer,
-Disso meu bom Jesus, tem-me falado já
E da celeste luz de Jeová!

3. Na vinda do Senhor desfrutarei prazer,
Quando meu Salvador em glõria aparecer;
Eis que Ele breve vem, os santos levará
Para a mansão de além, donde virá!                                                 P.L.M.

443. LARGA O MUNDO!

1. Pecador, um convite te queremos dar,
Um convite divino e consolador;
Hoje queres à casa paternal voltar
Onde Cristo te espera cheio de amor.

LARGA O MUNDO JÁ, VEM APÓS JESUS;
O QUAL PODE AGORA MESMO TE SALVAR!
TUDO PRONTO ESTÁ, QUE DIVINA LUZ!
CRISTO HOJE TE CONVIDA PARA VIR CEAR!

2. Quando Cristo sofreu pregado lá na cruz;
Preparou p'ra teu ser um divinal manjar;
E agora te chama para Sua luz;
Pois tua alma faminta Ele quer fartar!

3. Ó aceita o convite que Jesus te faz,
Que franqueia a entrada na mansão de luz;
E o gozo divino,que te satisfaz,
O aceita o convite do Senhor Jesus!

4. Ai do que o convite santo recusar,
E tiver por profano o Sangue de Jesus;
O banquete celeste não vai desfrutar,
Quem despreza o convite feito lá na cruz!                                          P.L.M.

444. ESCUTA, POBRE PECADOR

1. Escuta, pobre pecador,
Em Cristo há perdão;
Aceita agora o Salvador,
Pois nEle há salvação!

VEM A CRISTO SEM TARDANÇA,
RECEBER PERDÃO,
E A VIDA D'ESPERANÇA
FRUIRÁS, ENTÃO!

2. P'ra redimir-te, o Redentor
Seu Sangue derramou!
Na cruz; sofrendo grande dor,
Jesus te resgatou!

3. Caminho certo é Jesus;
Achamos nEle paz!
Caminho santo e de luz,
Que sempre satisfaz!

4. Vem hoje, vem te entregar
Deixando,todo mal,
Deus quer agora te salvar,
Ó vem p'ra luz real!                                                                   P.L.M

445. RESGATADO COM O SANGUE DE CRISTO

1. Com ouro e prata não fm resgatado,
Tesouro terrestre, jamais me livrou;
O preço foi o sangue de Cristo, manado
Na cruz do Calvário onde a vida raiou!

POR PRATA E OURO NÃO FUI REMIDO,
NEM POR TESOURO DE MUI VALOR,
MAS PELO SANGUE QUE FOI VERTIDO
POR JESUS, MEU SALVADOR!

2. O ouro e a prata valor, oh! não tinham
P'ra satisfazer a justiça de Deus,
Mas Cristo pagou toda a dívida minha;
Encheu-me de amor e de paz lá do céu.

3. Por ouro e por prata não pude chegar-me
Diante de Deus e o perdão obter;
P'lo sangue de Cristo, eu pude lançar-me
Na graça divina e o favor receber.

4. Por ouro e por prata não fui redimido;
A entrada do céu não se pode comprar;
Mas, só pelo sangue de Cristo vertido
Na cruz, poderemos a glória alcançar.                                                     F.V.

446. Ó VEM JÁ!

1. Vem, ó alma cansada, que sentes dor,
A teu bom Salvador, a Jesus,
E confia no Sangue do Redentor,
Derramado, que foi lá na cruz.

Ó VEM JÁ! Ó VEM JÁ! A JESUS VEM COMO ESTÁS;
NÃO DEMORES PECADOR ACEITAR O LEU SALVADOR.
Ó VEM JÁ! O VEM JÁ! A JESUS VEM COMO ESTÁS,
NÃO DEMORES PECADOR ACEITAR O TEU SALVADOR.

2. Tu que vagas mui longe do Salvador,
No pecado, no mal preso estás;
Só Jesus é que vai te livrar da dor,
Salvação hoje mesmo te dar.

3. Cristo chama ainda "Ó vinde a Mim,
Oprimidos, cansados, sem paz; 
Vida eterna darei para vós, enfim,
No meu reino de gozo veraz".                                   J.H.M.

447. NASCER DE NOVO

1. Nascestes de novo? Andas já com Deus?
Pertences ao povo, que vai para os céus?
Tens a lei escrita no teu coração?
Em ti já habita plena salvação.

SE O CAMINHO É ESTREITO, A PORTA É TAMBÉM,
TUDO ESTÁ FEITO, NÃO DEMORES, VEM!
NO PORTAL DA VIDA CRISTO ACHARÁS,
AO FINDAR A LIDA LÁ NO CÉU TU ESTARÁS.

2. Já desceste às águas, passaste o Jordão?
Tens ainda mágoas no teu coração?
Foste batizado como foi Jesus?
Segues a Seu lado para o céu de luz?

3. O poder vindouro recebeste já?
Tens o teu tesouro escondido lá?
Vida de vitória vives já com Deus?
Marchas para glória? Andas para os céus?

4. Ao ouvir o brado. "Eis que Cristo vem",
Tens te preparado p'ra dizer amém?
Alvo é teu vestido, clara é tua luz?
Canta co'os remidos - Vem, Senhor Jesus.                                                       E.K e E.C.

448. CRENTES, AVANÇAI 

1. Crentes, avançai,
Firmes pelejai
Contra o vício, contra o mal!
Quem quer triunfar,
Cristo agradar,
Vem à luta divinal,
Nosso guia é Jesus,
Ele sempre nos conduz;
A vitória nos dará,
Cristo sempre vencerá.

2. O celeste lar
Vamos alcançar,
Se lutarmos com valor;
Para o céu marchai,
Sempre avante andai
Dando glória ao Redentor.
O Seu sangue que verteu,
Salvação a todos deu;
Quem crê nEle gozará,
Vida eterna fruirá!                                                                    J.H.M.

449. À BEIRA DA ESTRADA

1. À beira da estrada estão
Muitos que esperam a salvação;
Podem tais almas sem Deus perecer,
Ou estás pronto para as socorrer?

QUEM HOJE DIRÁ; "EIS-ME AQUI, SENHOR
EU QUERO AOS PERDIDOS FALAR DO AMOR,
A QUANTOS NA SENDA DA VIDA ACHAR,
DE CRISTO EU IREI FALAR

2. A beira da estrada estão
Muitos que buscam do céu o pão;
Para os famintos, oh! quem falará
Do Evangelho que lhes saciará?

3. Pelo caminho em que vais,
Existem enfermos espirituais;
Qual o bom samaritano, farás,
Ou qual escriba. além passarás?

4. Quando a jornada terminar
E o fim da estrada se aproximar,
Conhecerás muitos na multidão,
Que receberam, de Deus, salvação.                                                     E.C.

450. O SOL DA JUSTIÇA 

1. O Sol da justiça vamos proclamar
Sua luz resplandece em qualquer lugar,
Seu fulgor dourado de amor e paz,
Salvação completa aos caídos traz.

RESPLANDECE, Ó SOL VERDADEIRO!
TEUS CELESTES RAIOS VAMOS ESPALHAR;
RESPLANDECE, Ó SOL VERDADEIRO!
TÃO FORMOSOS RAIOS VAMOS PROCLAMAR!

2. Resplendor celeste brilhar desde os céus.
Fala-nos de Cristo, do amor de Deus;
Com Jesus nós vamos, todos. trabalhar,
Do céu aos perdidos o esplendor levar.

3. Só uns raios fortes deste resplendor,
Toda a terra podem inundar de amor;
Podem dum deserto fazer um jardim;
Resplendor do sol, ó brilha para mim.                                              E.C.

451. MEU JESUS VEM

1. Os testemunhos indicam
Que breve Cristo virá;
Já os sinais testificam
Que Ele vem, não tardará
Oh! Dia de grande glória,
Para os remidos será!
Dia será de vitória;
Jesus em breve virá

MEU JESUS VEM, MEU JESUS VEM;
VOU ENCONTRÁ-LO NO CÉU!
OS ANJOS NAS HARPAS TANGEM,
DANDO LOUVORES A DEUS!

2. Tudo é trevas no mundo,
A noite chegada está,
Mas voz de amor mm profundo
Diz que Jesus voltará.
Meu corpo já transformado,
Um céu aberto achará!
Com anjos mil a Seu lado,
Jesus em breve virá!

3. Tristezas desaparecem
E dores não haverá;

Estrelas já resplandecem;
A festa começará!
Descanso ali prometido,
Minh' alma então gozará;
Ouve a mensagem. perdido;
Jesus em breve virá!                                           E.C.

452. SEGUIREI A CRISTO

Sempre! Sempre! Seguirei a Cristo!
Onde quer que Ele for, eu O seguirei,
Sempre! Sempre! Seguirei a Cristo!
Onde quer que Ele for, O seguirei!                              H.M.W.

453. DEUS É O MESMO

1. Oh! Como é bom dos tempos primitivos lembrar
E dos avivamentos de que ouvimos falar;
Deus quer nos dar mais fervor espiritual,
Ao Seu povo mandar o poder pentecostal.

NOSSO DEUS É O MESMO HOJE COMO ENTÃO,
ELE CURA BATIZA, E NOS DÁ SALVAÇÃO.
ABUNDANTE É AQUI A VIDA ESPIRITUAL
PARA OS QUE RECEBEM PODER PENTECOSTAL!

2. Oh! Como é bom dos crentes primitivos lembrar
As ferventes orações, o seu alegre cantar,
Deus os ouviu e sempre os livrou do mal,
E também os encheu de poder pentecostal!

3. Alguns dizem: "Mudado tudo hoje está".
Mas eu sei que meu Deus nunca jamais mudará;
Deus permanecerá qual farol eternal,
Enviando ao Seu povo poder pentecostal!                                               E.C.

454. ALEGRAI-VOS, Ó REMIDOS

1.Glorioso é o Cordeiro,
Ele é digno de louvor;
E o resgate verdadeiro
Do pecado e do horror, 

Alegrai-vos, ó remidos; 
Cantai glória ao Redentor!

ALELUIA! ALELUIA! CANTAI GLÓRIA E DAI LOUVOR!
ALELUIA! ALELUIA! CANTAI GLÓRIA AO REDENTOR! 

2. Honra, glória e domínio 
A Jesus, o Rei dos reis! 
Que no santo vaticínio 
E a luz dos Seus fiéis. 
Alegrai-vos, ó remidos: 
Cantai glória, e vencereis!                                        S.N.

455. O POVO DE DEUS NA TERRA

1. O povo de Deus, aqui na terra tem um sinal:
Povo que vive em santa guerra contra o mal;
Povo que espera a Jesus Cristo, que presto vem
É pois Ele mesmo, quem nos diz isto: "Vigiai mui
        bem".

2. A minha paz, sim, não a do mundo, Eu vos darei
O coração de gozo profundo, Eu encherei;
Com o Seu braço Ele nos guia, oh! grande amor
Para os que Lhe pedem, logo envia o Consolador!

3. Ó vinde a Mim, Jesus convida, quem sede tem!
Beber, ó vinde, da água da vida, celeste bem!
Cristo sacia a alma sedenta do pecador!
Salva, purifica e alimenta, enche de amor!

4.Em Cristo crendo sempre O seguindo quão doce é
A paz profunda e o amor sentindo: Tudo por fé
Feliz o homem que guarda isto, pois vida tem
Há de reinar sempre com Jesus Cristo na mansão
         de além.                                                                                     B.S.

456. A FONTE TRANSBORDANTE

1. Oh! Que fonte transbordante!
Mais profunda que o mar.
É de Deus, o amor imenso,
Que Jesus me veio dar.

Ele me abriu a porta, e me reconciliou,
Por Seu sangue derramado; para Deus
       me consagrou.

2. Como a pomba perseguida
E cansada estava eu,
Mas Jesus jamais rejeita,
Quem buscar abrigo Seu.
3. Graça abundantemente
Sobre mim já derramou;
Onde abundou pecado,
Graça superabundou.

4. Quando alvorecer meu dia,
Com Jesus, irei p'ro céu;
Eu O exaltarei p ra sempre,
Pois salvou um perdido réu.                                       S.N.

457. O FESTIM DE GLÓRIA

1. Oh! Que festim de glória para nós há de ser!
Quando tiver nas nuvens, Cristo de aparecer.

OH! NESSE EVENTO MUI FELIZ
E DE PRAZER TAMBÉM
EU HEI DE VER MEU BOM JESUS,
FONTE DE TODO BEM.

2. Nesse glorioso dia, o corpo meu mortal,
Será como o de anjos, no lar celestial.

3. Oh! Que ditosa vinda, a do meu Salvador!
Eu O estou esperando, mui firme em Seu amor!

4. Ó Cristo, apressa o dia em que hás de voltar!
Para ver Tua face eu 'stou a esperar.                                        A.E.

458. GUIA MEUS PASSOS  

1. Guia meus passos, Senhor Jesus,  
Senhor de Consolação,  
Leva-me à estrada da Tua luz,  
À fonte do Teu perdão. 

LÁ FORA, EIS A CHORAR, SEM DEUS,
SEM LUZ. SEM LAR. 
O PECADOR... OUVE, SENHOR,
A QUEIXA DO PECADOR.  

2. Tuas ovelhas fiéis conduz  
Por vales, vergéis em flor,
Ao Teu aprisco, Senhor Jesus...
Jesus, nosso Bom Pastor.
3. Na larga estrada vai triste e só
O filho de Belial...
Triste, faminto, envolto em pó,
Escravo infeliz do mal.

4. Senhor dos simples, Senhor Jesus,
Oh! Glorioso Deus de amor!
A ovelha errante atrai, conduz
Ao Teu redil, bom Pastor.                                       S.S.

459. AS FIRMES PROMESSAS

1. De Deus mui firmes são as promessas
Mais firmes que as montanhas são,
Quando o socorro terrestre cessa,
Os de Deus não falharão!

DE DEUS MUI FIRMES SÃO AS PROMESSAS,
FALHANDO TUDO, NÃO FALHARÃO;
SE DAS ESTRELAS O BRILHO CESSA,
MAS AS PROMESSAS BRILHARÃO!

2. Se a fé te falta, nos teus apertos,
Nas Suas promessas descansa em paz.
Quando és tentado, estou bem certo
Que Cristo auxílio te traz.

3. Se a febre arde, se extingue a vida
E quer a marte te arrebatar,
Nas Suas promessas terás guarida
Bastante p'ra te abrigar.

4. Promessa temos que ao céu de gozo
Virá levar-nos o Rei Jesus;
Então ao crente fel, corajoso,
Dará coroa de luz.                                                                      S.N.

460. DIZE-O A CRISTO

1. Se estás cansado e abatido,
Dize-o a Cristo; Dize-o a Cristo;
Se ta sentes débil, confundido,
Dize-o ao teu Salvador.

DIZE-O A CRISTO; DIZE-O A CRISTO;
QUE É O AMIGO MAIS FIEL;
NÃO HÁ OUTRO AMIGO COMO CRISTO,
DIZE-O AO EMANUEL.

2. Quando estás de tentação cercado,
Olha p'ra Cristo; olha p'ra Cristo;
Quando rugem hostes do pecado,
Olha p'ra teu Salvador.

3. Se saíram outros já da senda,
Segue a Cristo; segue a Cristo;
Se aumenta em torno a contenda,
Segue a teu Salvador.

4. Ao chegares ao fim da jornada,
Confia em Cristo confia em Cristo;
Dar-te-á no céu feliz entrada,
Confia em teu Salvador.                                                                           J.Car.

461. JESUS CHOROU SOBRE JERUSALÉM

1. Jerusalém por Cristo é contemplada,
Com os seus altos que rebrilham lá,
Mas entre as belas torres levantadas;
Vê as do templo onde esteve já;
Jesus com Seu olhar mui penetrante,
Não vê somente o lindo exterior,
Mas sim as almas tristes, vacilantes,
Que rejeitaram Seu divino amor.

2. Jesus chorou: Seu coração rasgado
Lamenta e sente uma dor sem par,
Por ver Seu povo indo descuidado,
P'ra perdição eterna caminhar!
Um som alegre sobe da cidade,

O povo está em festa a jubilar,
Mas quando o sol, se escondeu à tarde,
Jesus ao Cedrom foi p'ra lamentar.

3. Jerusalém, que segues o mau trilho,
E apedrejas os fiéis de Deus; ,
Ó quantas vezes quis juntar teus filhos,
Como a galinha ajunta os pintos seus;
Mas para Mim, as portas tu fechaste.
No dia que eu vim te dar a paz;
Por teu pecado cega te tornaste,
Não aceitando o meu amor veraz!

4. Ainda se repete a mesma história,
Jesus do céu está a contemplar
Cidades que têm aparente glória,
E continua sempre a chorar;
Pois Ele é quem pode dar a vida
Ás multidões que na condenação
Rejeitam, sim, a graça oferecida,
A eternal e grande salvação!                                                 P.L.M.

462. GLÓRIA AO SALVADOR

Glória! Glória! Aleluia!
Glória! Glória ao nosso Salvador!
Glória a Jesus! Glória a Jesus!
Nosso grande Redentor.                                                      H.M.W.

463. O POVO DE ABRAÃO

1. Como o povo de Abraão
Para a terra de Sião
Entre os povos inimigos viajou;
Hoje eu cheio de amor,
E de fé no Salvador,
Caminhando para o céu, contente vou.

LÁ NO CÉU LÁ NO CÉU
AS TRISTEZAS EU AMAIS CONHECEREI;
RUAS ÁUREAS BRILHAM LÁ,

NA CIDADE DE JEOVÁ;
SEMPRE ALEGRE, VOU MARCHANDO PARA O CÉU!

2. Sustentado pelo amor
Do bendito Salvador,
Vigiando, sempre orando, certo vou;
Dirigido pela luz
Da presença de Jesus,
Caminhando para o céu, eu sempre estou.

3. Lá no céu eu chegarei,
Sua glória gozarei
Com aqueles que servirem ao Senhor;
Quero sempre trabalhar
Para O glorificar,
P'ra que todos vejam em mim o Seu amor.                                 A.S.

464. PLENA GRAÇA 

Plena graça para me salvar, 
Sangue puro para me lavar, 
E poder p'ra sempre me guardar, 
Tem meu Senhor.                                                                 H.M.W.

465. ELE SOFREU POR MIM

1. Eu li que Jesus fora preso;
De dor a minh'alma vibrou;
Eu antes assim não sentia,
Agora isto a mim empolgou,
Eu li que Ele foi conduzido
A corte de Jerusalém;
Ali padeceu grande afronta,
Foi c'roado de espinhos também,

EU SEI QUE EU ERA CULPADO,
MAS ELE SOFREU JÁ POR MIM;
EU SEI QUE ELE ERA INOCENTE,
PADECENDO TUDO ASSIM.

2. Eu li que Jesus foi julgado;
U'a cruz mui pesada levou,

E nela, por mim expirando,
Os meus vis pecados tomou;
Enquanto na cruz, pendurado,
U'a lança Seu lado furou;
Na esponja Lhe deram vinagre,
E Ele, por mim, o tragou.

3. Depois José de Arimatéia
E outros discípulos também
Puseram-No, em um sepulcro,
E os guardas vigiavam bem;
Enquanto no mundo, Ele disse,
Que havia de ressuscitar,
E Deus fez então um milagre,
Fazendo-O dos mortos tornar!

4. Os guardas ainda vigiavam,
Quando um anjo veio do céu
E a pedra que estava na porta,
Com grande poder removeu;
Depressa os laços caíram;
O plano de Deus era assim;
E a luz e a vida resplendem,
E isto foi tudo por mim!

466. QUE MARAVILHA!

1. Amigo, conheces, também enalteces
Jesus, o Filho de Deus?
Tens nEle já crido e assim recebido
Jesus, o Filho de deus?

QUE MARAVILHA! QUE MARAVILHA!
JESUS, O FILHO DE DEUS!
OH! EU TE ADORO! SIM, EU TE AMO!
JESUS, O FILHO DE DEUS!

2. Seguir, quem almeja, e n'alma deseja
Jesus, o Filho de teus?
Quem foi rejeitado por esse adorado
Jesus,o Filho de Deus?

3. Se hoje confiares, também aceitares
Jesus, o Filho de Deus.
Irás jubilando, e sempre louvando
Jesus, o Filho de Deus.

4. Dos céus muito breve! descer p'ra nós deve,
Jesus, o Filho de Deus
Ó vem, eu te clamo, ó vem, pois te amo,
Jesus, o Filho de Deus.                                                                 O.S.B.

467. SOBRE AS ONDAS DO MAR 

1. Oh! Por que duvidar,
Sobre as ondas do mar,
Quando Cristo caminho abriu?
-Quando forçado és, contra as ondas lutar
Seu amor a ti quer revelar.

SOLTA O CABO DA NAU
TOMA OS REMOS NA MÃO,
E NAVEGA COM FÉ EM JESUS;
E ENTÃO TU VERÁS QUE BONANÇA SE FAZ
POIS COM ELE, SEGURO SERÁS.

2. Trevas vêm te assustar,
Tempestades no mar?
-Da montanha o Mestre te vê;
E na tribulação
Ele vem socorrer,
Sua mão bem te pode suster.

3. Podes tu recordar,
Maravilhas sem par?
- No deserto ao povo fartou;
E o mesmo poder
Ele sempre terá,
Pois não muda e não falhará.

4. Quando pedes mais fé,
Ele ouve, ó crê!
Mesmo sendo em tribulação;
Quando a mão de poder o teu "ego" tirar,
Sobre as ondas poderás andar.                                                    E.J. e F.S.

468. CRISTO ESTÁ CHAMANPO 

1. Queres tu seguir a Cristo, 
E andar na Sua luz? 
Queres ser por todos visto 
Carregando a tua cruz? 

JESUS CRISTO ESTÁ CHAMANDO, 
QUER DA MORTE TE LIVRAR; 
COM PACIÊNCIA TE ESPERANDO, 
VEM, P'RA ELE TE SALVAR, 

2. Queres hoje dar o passo 
E tornares-te cristão? 
Do pecado, rompe o laço 
E terás a salvação.

3. Por que tens tu resistido,
Esta voz de compaixão?
Sé do amor de Deus vencido,
Vem, recebe a salvação.

4. O que pede, aqui recebe,
O perdão no Sangue Seu;
Quem da água viva bebe,
Júbilo terá no céu!                                                 Ja.S.

469. AO ESTRUGIR A TROMBETE 

1. Quando a angelical trombeta neste mundo estrugir,
O meu nome ouvirei Jesus chamar;
Pois eu creio na promessa, e que Deus a vai cumprir
Quando amor Jesus meu nome proclamar!

GLÓRIA! GLÓRIA! ALELUIA!
O MEU NOME OUVIREI JESUS CHAMAR;
GLÓRIA! GLÓRIA! ALELUIA!
EU ESPERO OUVIR JESUS A ME CHAMAR.

2. Quando o céu for enrolado e o sol não der mais luz,
O meu nome ouvirei Jesus chamar;
Passarão a terra, o mar, mas permanecerá Jesus,
Que meu nome vai na glória pronunciar.

3. Oh! Que música suave há de ser p'ra mim ouvir
O meu nome Jesus Cristo anunciar,
Oh! Que gozo vai minha alma lá no saltos céus fruir
Quando o Cristo o meu nome proclamar!                                      P.L.M.

470. BATISMO 

1. Tua graça, ó Deus amado,
Vem agora conceder,
Aos que vão ser batizados,
Dá-lhes o Espírito e poder.

COM O TEU ESPÍRITO SANTO,
ESTAS ALMAS VEM SELAR;
DÁ-LHES VIDA E NOVO CANTO,
P'RA TUA GLÓRIA CONQUISTAR.

2. A fim de p'ra Ti viverem,
Mortos para o mundo estão;
Para o Espírito receberem,
Dá-lhes puro coração.

3. Com Espírito por Deus dado,
Vem, ó vem já batizar,
Os que hoje seus pecados,
Vêm nas águas, sepultar.

4. Já contigo ressurgidos,
O Teu nome louvarão
Em Jerusalém, vestidos;
Sim, de branco, reinarão!                                          A.T.G.

471. AVANÇAI, FIÉIS

1. Avançai, fiéis soldados,
Contra as hostes infernais;
Ouve-se de guerra, brados,
Homens de Gideão sejais;
Deste mundo, a ilusão,
O terror da própria morte
Não nos turba o coração;
Torna Deus, o fraco - forte.

PELO SANGUE DO CORDEIRO
NÓS VAMOS SIM TRIUNFAR
O SENHOR NÃO VENCEDOR VAI COROAR;
HEI DE VENCER
COM JESUS, O VERDADEIRO, HEI DE VENCER,
PELO SEU PODER.

2. Avançai, fiéis soldados,
A seguir o pavilhão;
Ei-lo na frente arvorado
Por Jesus, nosso Capitão;
Escutemos o clamor
Dos que foram abatidos;
Vamos, logo sem temor,
Em socorro dos feridos.

3. Avançai fiéis soldados,
Sempre fortes, a lutar,
E os povos escravizados,
Ide avante, a libertar,
Manda Cristo avançar
A vanguarda dos remidos;
Galardão hão de alcançar
Os que forem destemidos!                                       P.L.M.

472. EM MEU LUGAR

1. Cristo Jesus lá na cruz já sofreu
Em meu lugar, em meu lugar;
Tudo por mim Ele ali padeceu,
Para a minh'alma salvar.

2. Glória a Jesus, meu pecado cravou
Sobre a cruz, sobre a cruz;
Sangue precioso minh'alma lavou;
Glória ao bondoso Jesus.                                            F.V.

473. OUTRO BEM NÃO ACHAREI 

1. Que outro bem ansioso buscarei?
Bem melhor, que Jesus não acharei;
NEle só para sempre, hei de estar,
E de coração O amar.

OUTRO BEM NÃO PROCURAREI, ,
OUTRO BEM EU NÃO ACHAREI;
JÁ EM MIM, 'STÁ JESUS,
NEIE SÓ VOU CONFIAR.
QUEM AQUI PODE ME SACIAR,
NESTE MUNDO ENGANADOR?
SÓ JESUS, JESUS, SÓ JESUS, JESUS,
REI MEU E FIEL SENHOR!

2. A vaidade do mundo acabará,
Tudo aqui a seu tempo findará
Para sempre somente há de durar
Quem na luz de Cristo andar.

3. Entre os homens não buscarei a luz;
Não mais vivo, mas vive em mim Jesus;
Sua graça é bastante para mim,
Não terá no céu, mais fim!                                             P.L.M.

474. PAZ DOCE PAZ

1. Paz, doce paz! Que brota, lá da cruz;
Nos trouxe paz o Sangue de Jesus.

2. Paz doce paz! Andar no teu querer
De Cristo. a nós a paz vai nos trazer.

3. Paz, doce paz! P'ra todo o pecador!
Descanso e paz tereis no Salvador.

4. Paz, doce paz! Paz na separação,
A paz de Cristo dá consolação

5. Paz, doce paz! Enquanto ao meu porvir,
Jesus, paz, sempre me fará fruir.

6. Paz, doce paz! Não temo a morte, a dor,
Jesus venceu a morte e seu terror.

7. Paz, doce paz! Não tardará Jesus,
E nos dará celeste paz e luz. Amém.                                  P.L.M.

475. EM BELÉM

1. Lá em Belém nasceu Jesus,
Príncipe excelso da Paz;
Amor divino e santa luz
Para o mundo perdido, Ele traz.

LOUVAMOS AO REI BENDITA;
LOUVEMOS AO REI BENDITO;
LOUVEMOS AO REL BENDITO;
O SEU PODER É INFINITO.

2. Honra e louvor em alta voz,
Demos ao Filho de Deus,
Pois a certeza temos nós,
De herdar os refulgentes céus.

3. A jubilar os anjos estão,
Por ter nascido o Senhor;
Os magos vêm p'ra adoração
De Jesus, o veraz Redentor.

4. Só mesmo o tão profundo amor
Do nosso bendito Deus,
Mandava ao mundo de horror,
O Seu Filho, p'ra salvar os Seus.                                             D.L

476. O CEGO DE JERICÓ 

1. Enquanto para Jericó
O bom Jesus passava,
Um cego. filho de Jacó.
Sem se cansar clamava:

"JESUS, Ó FILHO DE DAVI,
TEM COMPAIXÃO DE MIM, SENHOR!"
"JESUS, Ó FILHO DE DAVI,
ATENDE AO MEU CLAMOR!"

2. A multidão vendo-o clamar,
- "Sê quieto", lhe dizia:
Mas ele sem a escutar,
Mais forte repetia.

3. Jesus então mandou chamar
O cego que gritava,
Que veio logo, sem tardar,
Mas "inda assim clamava".

4. Jesus pergunta com prazer.
"Que queres que te faça?"
"Jesus, eu quero hoje ver,
Por teu poder e graça'.

ENTÃO JESUS LHE RESPONDEU:
"VAI, A TUA FÉ TE SALVOU".
E LOGO VIU O BARTIMEU
E AO BOM JESUS LOUVOU!                                                P.L.M.

477. SEDE FORTES 

1.Sede fortes, irmãos na lida,
É Cristo quem vos conduz;
Garantindo eterna vida,
Aos que trilharem na luz.

SIM, ANDAI NA LUZ DE CRISTO,
LIBERTOS DA ETERNA DOR;
BUSCAI, VÓS QUE A TENDES VISTO,
A GLÓRIA DO REDENTOR!

2. Sede santos, velai orando,
Amai com santo fervor;
Muitos ficarão chorando,
Na vinda do Salvador.

3. Os fiéis adormecidos,
A voz do anjo ouvirão;
Transformados os remidos,
A Cristo encontrarão.

4. E vereis naquele dia
Sua glória em esplendor,
Fruireis paz e alegria,
Nos braços do Salvador.                                                                B.S.

478. EIS-ME, JESUS

1. Eis-me, Jesus, Te louvando,
Pois Tu padeceste assim;
O sangue Teu derramando,
Na dura cruz por mim.

GLÓRIA ALELUIA! Ó CORDEIRO,
TUA VIDA DEU-ME PAZ!
DOU-TE LOUVOR VERDADEIRO,
POR GRAÇA TÃO VERAZ!

2. Do Teu amor me encheste,
Oh! Maravilhoso Jesus;
Quando o Espírito me deste,
Trazendo gozo à flux!

3. Os Teus discípulos, fizeste
Em línguas estranhas falar;
O mesmo a mim concedeste,
E dás a quem buscar.

4. Que Teu Espírito desça
A fim de Teu povo selar,
Realizando a promessa
Naquele que confiar.

5. Os dons do Santo Espírito
São nove, que Cristo nos dá;
E ao que pede contrito,
Jesus não os negará.

6. É Teu amor, céu e gozo,
No qual sempre me alegrarei;
Ao meu Senhor tão bondoso,
Mil glórias Lhe darei!                                                         G.V.

479. AO RAIAR DO ANO NOVO

1. É meia noite, o ano já fenece,
Nós elevamos os olhos aos céus,
Todos orando para que comece
O ano novo na graça de Deus.

AS NOSSAS VOZES JUNTAS LEVANTEMOS,
COM ALEGRIA E SUAVE SOM;
EM GRATIDÃO A CRISTO, JUBILEMOS,
PELO RAIAR DE MAIS UM ANO BOM.

2. Senhor, pedimos nós ardentemente,
Ouve, por Teu infinito amor;
Salva da nossa pátria toda gente,
P'ra Tua honra, e p'ra Teu louvor.

3. As nossas almas torna impolutas,
Não nos deixando em fraqueza cair,
Nossa oração, Senhor hoje escuta,
Para podermos aqui Te servir.

4. Graças a Ti, por esse ano findo
Pois nos supriste com muito poder;
Graças a Ti, por esse ano vindo,
Pois bênçãos mil vamos nas receber.                                                       D.L.

480. FIM DO ANO

1. Deus Eterno em Tua presença,
Nossos séculos horas são
E um segundo a existência
Da humana geração;
Mas o homem que ao Teu lado,
Pela fé quer já voar,
Neste mundo de pecado,
Lento o tempo vê passar.

2. Outro ano há fenecido,
Que o viver mais encurtou,
E o descanso apetecido,
Algo mais se aproximou.
Graças mil por Teus favores,

Tua Igreja, ó Deus, Te dá!
Aleluias e louvores,
Teu poder nos susterá!

3. Tu Proteges as famílias,
Visitando cada lar;
Se o Senhor nos auxilia,
Que nos pode aqui faltar?
Onde quer que Te ame o homem,
E Te sirva, andando bem,
Faze que seja o Teu nome
Exaltado sempre! Amém! Amém!                                                     P.L.M.

481. CRISTO E SUA HUMILHAÇÃO

1. Tu deixaste, Senhor,
Tua glória, esplendor,
Quando ao mundo quiseste descer,
Não puderam achar
Em Belém um lugar,
Num presépio Tu foste nascer.

VEM AO MEU CORAÇÃO, Ó CRISTO,
NELE TENHO P'RA TI UM LUGAR!
VEM AO MEU CORAÇÃO, Ó CRISTO VEM!
NELE PODES P'RA SEMPRE MORAR!

2. Hinos de adoração
Anjos no céu Te dão,
Te rendendo excelso louvor.
Mas humilde o Senhor
Veio ao mundo de horror,
P'ra dar vida ao mais vil pecador!

3. As raposas aqui
Covas têm para si,
E seus ninhos as aves dos céus,
Só não teve um lugar
P'ra cabeça pousar
Jesus Cristo, o Filho de Deus.

4. Do céu vieste Jesus,
Nos trazendo Tua luz,
Que nos dá eternal salvação;
E com ódio e furor
Te cravaram, Senhor,
Sobre a cruz, donde deste o perdão!

5. Aleluias nos céus,
Ao Cordeiro de Deus!
Quando vier o Seu povo buscar;
Sua voz se ouvirá
E p'ra mim oh! Dirá
"Vem, Eu tenho p'ra ti um lugar".                                                P.L.M.

482. COMUNHÃO

1. Bendito Jesus, nós chamamos por Ti,
Cercamos Tua mesa, Senhor;
Por Teu Paracleto nos preside aqui;
Vem encher-nos de santo fervor.

2. A grande ternura do Teu coração
Chamou-nos aqui, oh! Senhor!
P'ra nós celebrarmos em santa união,
Tua morte, oh! bom Redentor!

3. Os, pés dos Teus servos lavando, Senhor,
Quiseste o exemplo nos dar
Da Tua humildade, do Teu grande amor,
Que entre nós deve sempre reinar.

4. Abençoaste o pão e o partiste a dizer:
"Tomai o meu corpo e comei,
E todas as vezes pois é o dever,
Em memória de Mim o fazei".

5. O cálice da Nova Aliança de amor,
No Teu Sangue, ó meigo Jesus
Nos encha de graça, de novo vigor,
Nos anime na senda da luz!

6. Queremos, Jesus, neste ato de amor,
O Teu memorial celebrar;
P'ra nós ele tem um infinito valor,
Um valor que jamais vai cessar.                                                      ***

483. ORA VEM, JESUS

1. Disse Jesus, eis que, presta Eu venho,
Trago comigo, também galardão;
Venho do céu com a glória que tenho,
Ó vigiai firmes na oração!

ORA VEM JESUS, GLORIOSA LUZ,
AINDA NÓS TE ESPERAMOS; ORA VEM JESUS!
DE VER-TE, SEDENTOS BRADAMOS: OH! SENHOR JESUS
POR TI VELANDO ESTAMOS; ORA VEM, JESUS!

2. Disse Jesus, eis que presto Eu venho,
E os remidos p'ro céu levarei,
E em lugar do opróbrio do lenho,
Uma coroa p'ra eles darei!

3. Disse Jesus, eis que presto Eu venho,
A minha Igreja vou arrebatar;
Hoje buscai-Me com todo o empenho,
Para que Eu possa vos preparar!                                                                    P.L.M.

484. MEUSPECADOS LEVOU

1. Houve Um que morreu por meus crimes na cruz:,
'Inda indigno e vil como sou;
Sou feliz, pois Seu sangue verteu meu Jesus
E com este, meus crimes lavou.

MEUS PECADOS LEVOU NA CRUZ ONDE MORREU
O SUBLIME E MEIGO JESUS: OS DESPREZOS SOFREU,
A MINH'ALMA SALVOU
E MUDOU MINHAS TREVAS EM LUZ.

2. Ele é terno e amável não há outro igual!
Pois converte o infiel coração;
E por essa paciência e amor divinal 
Estou livre da condenação.

3. Meu anelo constante é em Cristo viver,
Meu caminho, Seu exemplo marcou;
E p'ra dar-me a vida Jesus quis morrer;
Sobre a cruz meus pecados levou.                                               J.T.L.

485. ANDANDO PARA O CÉU

1. 'Stou andando para o céu
Onde os santos já estão;
Stou alegre e satisfeito!
Minha pátria é Sião
Morte lá não entrará;
Que alegria ali será!

OH! GLÓRIA! ALELUIA!
MEU DESEJO É ESTAR NO CÉU;
'STOU ALEGRE E SATISFEITO;
OH! GLÓRIA! ALELUIA!
MEU DESEJO É ESTAR NO CÉU;
QUE ALEGRIA ALI SERÁ!

2. 'Stou andando para o céu,
Onde as ruas de ouro são;
'Stou alegre e satisfeito!
Tenho ali feliz mansão,
Meu Jesus lá estará!
Que alegria ali será!

3. 'Stou andando para o céu,
Onde reina gozo e paz,
'Stou alegre e satisfeito!
Gozo santo e veraz
Todo o crente ali terá,
Que alegria ali será!

4. 'Stou andando para o céu,
Para ver meu Salvador;
'Stou alegre e satisfeito!
Cantarei o Seu louvor,
Pois minh'alma alegre está;
Que alegria ali será!                                                                        J.Car.

486. VASOS TRANSBORDANTES

1. Qual vazio vaso 'stá teu coração,
Para receber de Deus, a salvação?
Só Jesus teu vaso poderá encher,
De bênçãos que dão poder.

DEIXE ENCHER TEU VASO ATÉ TRANSBORDAR;
QUE JESUS TUA VIDA POSSA GOVERNAR
PÕE TEU SACRIFÍCIO HOJE SOBRE O ALTAR
E VERÁS AS BÊNÇÃOS DESCER SEM CASAR.

2. A vida abundante tu receberás,
E constantemente em Deus te alegrarás,
Qual ribeiro d'água, o Senhor quer ver
O deserto florescer

3. O Senhor precisa vasos para encher,
Mas vamos vasos que não conter 
Toda a Sua graça, brasas do altar,
Para o fogo espalhar.                                                                        N.K e E.C.

487. DOXOLOGIA

1. Glória! Glória! Glória seja ao grande Deus onipotente
Ao Teu nome damos glória porque és onisciente;
Aleluia! Alelma a Deus Pai onipresente.

2. Glória! Glória! Glória a Jesus,
o Salvador amado
Ao Teu nome damos glória,
porque tens nos libertado
Aleluia! Aleluia a Jesus ressuscitado.

3. Glória! Glória! Glória sela dada ao Espírito Santo,
Ao Teu nome damos glória, entoamos este canto;
Aleluia! Alelma ao Deus trino, ao Deus Santo.                                     A.G.F.

488. O ÁUREO DIA

1. Ao raiar do áureo dia, o bom Jesus vem nos buscar
P'ra com Ele, sempre estarmos lá no céu
Os milhões purificados pelo sangue de Jesus
Subirão p'ra contemplar o amado Seu.

QUANDO OS SALVOS CONGREGADOS,
DENTRE OS POVOS E NAÇÕES,
VIREM CRISTO MUI AMADO,
OH! QUE GOZO ENCHERÁ SEUS CORAÇÕES.

2. Lá da Índia vem um povo que Jesus purificou
E da África, as tribos chegarão,
Quem de Cristo, a mensagem lhes levou, os
conquistou
Juntos todos, lá no céu se alegrarão.

3. Quando os milhões da China,
todos que Jesus ganhou
Juntos dos que foram salvos no Brasil,
Lá no céu unidos, glória derem todos a Jesus,
Triunfantes estarão no Seu redil.

4. Espalhemos a mensagem, que Jesus nos entregou
Da gloriosa nova que vem lá da cruz;
Que Seu sangue precioso purifica o pecador,
Derramando nele gloriosa luz.                                                               H.E.N.

489. CHEGAIPARA ADORAR

1. Chegai pastorzinhos, chegai p'ra adorar
O Rei do universo, que nasce em Belém,
Sim, ricos presentes podemos Lhe dar,
A fé o amor, nossa vida também.

2. Um rústico teto abrigo Lhe dá;
Por casa um presépio por templo um portal;
Num leito de palhas deitado esta,
Quem deu às estrelas a luz celestial.

3. Seguindo uma estrela que veio O anunciar, 
Os magos do Oriente atrás dEle vão:
E diante se prostram do Rei de Judá,
De incenso, ouro e mirra, tributo Lhe dão.

4. Oh! Glória, Aleluia, os salvos Te dão,
Hosanas aos anjos, entoam também
Louvai ao Messias que trouxe perdão;
A Cristo Jesus, que nasceu em Belém.                                      P.L.M.

490. PASSANDO ESTÁ 

l. Vem fatigado coração
Cristo está passando; 
A Ele estende tua mão,
No Seu amor, confiando.

PASSANDO ESTÁ - PASSANDO ESTÁ...
O AMOROSO SALVADOR!
VEM TU A ELE Ó PECADOR!
PASSA AQUI -CHAMA POR TI.

2. Vem oprimido pecador,
Cristo está passando;
Vem receber do Seu amor,
Que te está ofertando!

3. Vem á faminto, te fartar!
Cristo está,passando;
O pão da Vida vem tomar;
Por que estás demorando?

4. Vem pecador, sem demorar,
Cristo está assando;
Nos braços e us vem te lançar,
Jesus te estão chamando.                                        P.L.M.

491. HÁ PODER NO SANGUE DE JESUS

1. O teu pecado tu queres deixar?
Na sangue há poder sim há poder;
Queres do mal a vitória ganhar?
Seu sangue tem este poder!

HÁ PODER SIM FORÇA E VIGOR
NESTE SANGUE DE JESUS;
MÁ PODER SIM NO BOM SALVADOR;
OH! CONFIA NO CRISTO DA CRUZ.

2. Queres os vícios abandonar?
No sangue há poder, sim, há poder;
Confia em Cristo pára te curar;
Seu sangue tem este poder!

3. Oh! paralítico, queres andar?
No Sangue há poder sim há poder;
Para fazer-te também caminhar,
Seu Sangue tem este poder!

4. Queres pureza p'ra teu coração?
No Sangue há poder, sim, há poder;
Mais lealdade mais consagração,
Seu sangue tem este poder!

5. Queres de Cristo a mensagem levar?
No Sangue há poder, sim há poder;
Queres co'os anjos na glória cantar?
Seu sangue tem este poder!

492. JESUS VIRÁ DO CÉU 

1. Jesus em breve virá do céu,
Cumprir o que subindo prometeu,
Tudo revela que virá presto,
Com Ele iremos p'ra o reino Seu.

JESUS COM SANGUE ME TEM COMPRADO,
E PELO ESPÍRITO ME TEM SELADO;
'STOU REDIMIDO, TENHO O PENHOR
DA MINHA HERANÇA EM MEU SENHOR.

2. E, pelo mundo sem descansar,
Os mensageiros 'stão a anunciar
O Evangelho do Filho amado,
Que a este mundo quis resgatar!

3. Do mundo inteiro já vão chegar!
Em breve tu não achas mais lugar;
Se vir desejas, não te demores,
Mas vem depressa p'ra te salvar.

4. Já vem o dia, clareando está,
Pois a trombeta em breve soará,
A Sua noiva em vestes brancas,
Jesus p'ra glória conduzirá.                                                               H.E.N.

493. AO PAI VOLTAI

1. Ao Pai voltai, vós que chorais,
Voltai ao lar paterno;
Pois lá Jesus, em santa luz,
Vos dá um gozo eterno!

AO PAI VOLTAI AO LAR ETERNO;
A DEUS TORNAI. AO VOSSO LAR PATERNO.

2. O Pai está ansioso lá,
Pois quer vos ver a salvo;
Tereis então a salvação
Se Cristo for o alvo!

3. O mal deixai e regressai 
P'ra o lar do Pai glorioso,
Então, assim, sereis enfim
P'ra sempre mui ditoso.

4. Não recuseis, mas escolhei
A Cristo, o vero trilho;
Voltai ao lar, p'ra lá morar,
Com Deus e com Seu Filho.                                                     P.L.M.

494. JERUSALÉM CELESTIAL

1. Jerusalém celestial,
Mansão de paz tão divinal!
De aspe tem muro em redor;
Onde é a luz, o meu Senhor.

JERUSALÉM, MANSÃO DE LUZ,
JERUSALÉM DE MEU JESUS!
CIDADE QUE P'RA NÓS FEZ: DEUS;
ETERNA GLÓRIA PARA OS FILHOS SEUS.

2. Um rio tem, e qual cristal,
Cuja água faz ser imortal;
As árvores lá mui belas são,
E p'ra curar oh! servirão.

3. Ali não há mais pranto e dor;
A maldição não tem vigor;
A noite foi e não vem mais;
O sol raiou, passaram os "ais".

4. Ali verei o meu Senhor,
Contemplarei seu resplendor,
E cantarei o seu louvor
Em gratidão e com fervor.                                                            S.N.

495. CRISTO À PORTA ESTÁ  

1. Jesus Cristo à porta está;  
Bate sempre para entrar;  
Se ouvires abre já;  
Abre o coração.  

Abre o coração!  
Abre o coração!  
Jesus quer te libertar;  
Abre o coração!

2. Jesus bate ainda lá
E se não abrires já,
Ele triste voltará;
Abre o coração!

3. Jesus bate, abre já,
Abre. sim, ó pecador!
O juízo à porta está;
Abre o coração!                                              J.Car.

496. JESUS ME TIROU DA LAMA 

l. Jazia num lago de lama, de horror,
Não tinha esperança em mim pecador,
Mas tenho clamado a Jesus Salvador,
P'ra fora do lago me tirou o Senhor.

DUM LAGO HORRÍVEL JESUS ME TIROU,
SOBRE A ROCHA MEUS PÉS FIRMOU!
UM NOVO CANTO EM MIM SOOU,
AO SALVADOR, ALELUIA!

2. Agora desejo a Cristo seguir,
Com todo o meu ser eu O quero sentir,
Pois Ele salvou-me a fim de O servir,
E para Seu gozo, eu também fruir.

3. Somente eu quero servir ao Senhor
Com todo prazer e com muito fervor,
Assim vou andar de valor em valor,
Na luz gloriosa do Consolador!

4. P'ra sempre agora eu proclamarei,
"Foi crendo em Cristo que me libertei,
E foi no Seu Sangue que me lavei,
Na rocha eterna mais me firmarei!"                                          P.L.M.

497. MEU BOM SALVADOR 

l. Jesus é precioso, meu bom Salvador,
P'ra sempre O louvo, pois deu-me a luz;
Se débil me encontro me dá Seu vigor,
P'ra mim é precioso Jesus!

PRECIOSO É JESUS, MEU JESUS!
PRECIOSO É JESUS, MINHA LUZ!
QUE GLÓRIA SERÁ O SEU ROSTO MIRAR!
P'RA MIM É PRECIOSO JESUS!

2. Andando no mundo, sem Deus, a vagar,
Na senda do mal, que à morte conduz,
Me disse Jesus: "Eu te quero salvar"
P'ra mim é precioso Jesus!

3. Já por Sua graça, eu posso gozar;
Encheu-me de gozo do reino da luz;
Contemplo por fé, meu celeste lugar.
P'ra mim e precioso Jesus!

4. Jesus é precioso, pois me quis salvar,
Morrendo por mim pendurado na cruz,
E mui glorioso virá me buscar,
P'ra mim é precioso Jesus!                                                        P.L.M.

498. GUIA-ME, Ó SALVADOR

1 Guia-me ó Salvador pela senda divinal,
Ao Teu lado, sem temor, tenho gozo perenal!

CRISTO! CRISTO! NÃO ME DEIXES. Ó SENHOR;
GUIA-ME POR TEU AMOR, E SEREI UM VENCEDOR.

2. Não me deixes, ó Senhor, neste horrendo e
forte mar;Leva-me por Teu amor para o meu eterno
lar.

3. És a minha salvação, meu querido Redentor;
Da terrível corrupção me salvaste com amor!

4. Quero Teu somente ser, Te amar e Te servir,
Cristo é, para mim, viver e morrer, o céu fruir.                                  P.L.M,

499. A SANTA BÍBLIA  

1. Santa Bíblia, para mim,  
Es o meu tesouro, sim;  
Tu conténs a lei de Deus  
E me mostras lindos céus;  
Tu me dizes quem eu sou  
Donde vim, p'ra onde vou!

2. Tu repreendes meu falar,
Me exortas sem cessar.
Alumias os meus pés
E me guias pela fé, 
Para as fontes de amor,
Do bendito Salvador!

3. És a voz dos altos céus,
Do Espírito de Deus.
Que vigor p'ra alma dá,
Quando em aflição está;
Me ensinas triunfar
Dentre os mortos, do pecar!

4. Por Tua santa letra sei
Que com Cristo reinarei;

Eu que tão indigno, sou,
Por Tua luz. ao céu eu vou;
Santa Bíblia para mim,
És o meu tesouro, sim!                                      P.L.M.

500. QUERO VER A JESUS CRISTO

1. Quero ver a Jesus Cristo, meu precioso Salvador,
Ver a face do meu Mestre, que por mim sofreu na cruz;
Quero ir ao céu sublime, ver o trono do Senhor,
Viverei, sim, nessa pátria de eterno gozo e luz.

QUERO VAR A DESEJADA
PÁTRIA ONDE REINA ETERNO AMOR;
QUERO TER FELIZ MORADA
COM JESUS, MEU SALVADOR.

2. Quero dar a Jesus Cristo, sem reserva, meu amor.
E também viver p'ra sempre entre o coro angelical;
Quero ser um mensageiro conduzindo o pecador
Para a cruz de Jesus Cristo, para a pátria celestial.

3. Pela obra redentora de Jesus que me salvou,
Viverei eternamente p'ra gozar o Seu amor;
Pelo sangue do Cordeiro, redimido já estou
Com as hostes redimidas louvarei ao meu Senhor.

4. Vou morar na minha pátria que Jesus foi preparar,
Habitar entre os remidos pelo sangue do Senhor;
Entre os anjos e os arcanjos lá no reino eu vou morar
E dar glórias para sempre ao bondoso Salvador.                                     A.A.S.

501. VENCENDO COM O BOM CAPITÃO

1. O que serve a Deus de coração, vence o mal;
Quem vencer terá um galardão eternal;
Ó não queiras mais desanimar, quando vier a provação;
Vencerá, quem puro conservar seu coração.

COM TODO O FERVOR, CONTRA O TENTADOR,
VENCERÁ ENTÃO, CO'O BOM CAPITÃO!

2. Nada poderá a fé tirar, que dá Deus;
Pois seu povo sempre vai guiar para os céus;
Quem a Ele tudo confessar, nunca lutará em vão,
Vencerá, quem puro conservar seu coração.

3. Eis que as armas para combater vêm dos céus,
São as armas d'eficaz poder do bom Deus;
Com a espada pode pelejar e vencer a tentação,
Vencerá, quem puro conservar seu coração.                                    E.C

502. Ó PASTOR BENDITO  

1. Ó Pastor bendito, escuta  
De Teus filhos a oração  
Cordeirinhos que, na luta,  
Dão a Ti seu coração.  

2. Cristo Rei, meu soberano,  
Faze que ao repousar  
Te contemple em brando sono,  
E Te busque ao despertar.  

3. Graças mil, Pastor amado,  
Hoje Teus cordeiros dão,  
Pois Tuas mãos, oh! nos têm dado  
Que vestir e nosso pão.

4. Pequeninos, Te buscamos,
Esta noite em oração,
Reverentes esperamos,
De manhã u'a nova unção. Amém.                                        P.L.M.

503. VIDAS CONSAGRADAS AO TRABALHO

1. Cristo busca corações já puros,
Que proclamem sempre o perdão da cruz,
Que aos transgressores mostre os bens futuros,
P'ra voltarem do pecado para luz!

IDE TRABALHAR ALÉM NOS CAMPOS DO SENHOR
QUE PARA A SEGA SE APRESENTAM BRANCOS JÁ;
DEPRESSA AO LABOR, ORDENA JEOVÁ,
DESFRUTAREIS, ENTÃO, SEU GRANDE AMOR!

2. Lábios puros Cristo necessita,
Que com gozo falem desta salvação;
Línguas cheias duma graça infinita,
Que proclamem aos cativos, redenção!

3. Cristo busca mãos. mas consagradas,
Para trabalhar com santa prontidão;
Pedem vosso auxílio messes já douradas,
Os trigais maduros breve cairão!

4. Vidas santas Cristo necessita,
Que aos pecadores mostrem Seu poder,
Em Jesus firmadas e também contritas,
Para que por elas, faça Seu querer.                                                P.L.M.

504. MOMENTO SOLENE

1. E solene o momento;
Já expirando o ano está;
Presto como o pensamento,
O que resta passará.

2. Débil sopro é a existência,
Breve, efêmera qual flor;
Pois somente tem a ciência,
Quem ao tempo dá valor.

3. Nome fama, império, glória...
Nada humano fica em pé;
Pois só firme é a vitória,
Que se alcança pela fé.

4. Néscio o homem que atrás corre
P'ra alcançar bens sob os céus;
Ai do mísero que morre,
Sem achar a paz de Deus!

5. A insondável eternidade
É bendita por Jesus
Que me dá imortalidade,
Gozo eterno, plena luz!                                        P.L.M.

505. AS PALAVRAS DE JESUS

1. Anelo eu ouvir a voz do meu bom Salvador,
Seus ditos um banquete são, banquete de amor
Qual o maná celestial, vigor me dão também,
Me trazem sempre instrução do Mestre de Belém.

AS PALAVRAS DO SENHOR,
SÃO PALAVRAS DE VIGOR,
ME ENSINAM ME GUIAM
ME TRAZEM Á LUZ, AS PALAVRAS DA JESUS.

2. Só as palavras de Jesus infundem-me valor,
Afastam do meu coração os males e a dor
A mansidão do Salvador me fazem conhecer,
O gozo divinal do céu me trazem ao meu ser.

3. Em todo tempo meu Jesus, palavras me dirá,
Nas provas elas são meu bem, sua voz me alentará,
Minh'alma nelas tem a paz, quem pode me turbar,
Jesus me dá real festim me chama p'ra cear.

4. Lugar não há nem haverá no mundo de horror,
Em que o perdido tenha paz a não ser no Senhor
Pois, as palavras que nos diz, são fonte de poder,
P'ra todo pobre pecador, que humilhado crer.                                    P.L.M.

506. BÍBLIA SAGRADA

l. Bíblia Sagrada, de Deus mandada;
Celeste tocha de vera luz,
Torna minh'alma cheia de calma,
Pois nela ouço a voz de Jesus!

2. Bíblia gloriosa, jóia preciosa,
É meu tesouro do coração,
Que me enriquece, me fortalece;
Mostra-me em Cristo a salvação!

3. Bíblia bendita, graça infinita,
De Deus revela, o Seu poder!
Dom verdadeiro ao mundo inteiro,
Dela obtenho sumo saber!                                                                P.L.M.

507. JESUS SALVA

1. O Salvador te quer salvar,
Ó pecador, vem sem tardar;
Recebe no teu coração
A gloriosa salvação!

JESUS SALVA, JESUS SALVA,
JESUS SALVA O PECADOR.
ELE TE AMA, HOJE TE CHAMA,
COM SUA VOZ DE AMOR;
JESUS SALVA, JESUS SALVA,
JESUS SALVA O PECADOR.
VEM TU AGORA, VEM SEM DEMORA,
TE ENTREGAR AO SENHOR.

2. O Salvador te chama, vem,
Recebe logo o sumo bem;
A salvação, o dom de Deus,
A Jesus Cristo, o Rei dos céus.

3. O Salvador, chorando está,
Por que não te entregas já?
Vem hoje mesmo a Jesus.
Vem receber celeste luz!                                                            P.L.M.

508. SUA PALAVRA REVELADA

1. Justa, explicita e mui pura
É a lei do meu Senhor;
Para os tristes dá ventura,
Libertando-os do temor.

2. Sua Palavra revelada
É caudal de gran poder.
Donde a alma atribulada,
Pode a seu sabor beber.

3. Olha para o céu tão belo
Onde está teu Redentor;
Para sempre cesse o duelo;
Faze a paz com teu Senhor.

4. Clama ao Salvador, e a alma
Lhe entrega, ó pecador!
Ele paz dará e calma,
Dando fim à tua dor!                                                                     P.L.M.

509. AO PASSAR O JORDÃO

1. Quando o Jordão passarmos unidos,
E entrarmos no céu, veremos lá,
Como areia da praia os remidos,
Oh! Que gloriosa vista será!

TANTOS COMO A AREIA DA PRAIA!
TANTOS COMO A AREIA DO MAR!
QUE GOZO SENTIRÁ
TODO O SALVO POR VERÁ,
SIM, TANTOS COMO A AREIA DA PRAIA!

2. Quando virmos os salvos do mundo,
Que a morte jamais alcançará,
Se saudarem com gozo profundo,
Oh! Que gloriosa esta será!

3. Lá na margem do rio da vida,
Onde paz e justiça haverá,
Nós veremos a terra prometida;
Oh! Que gloriosa vista será!

4. Quando Cristo Jesus contemplarmos,
Coroado no céu como está,
E prostrado aos Seus pés adorarmos,
Oh! Que gloriosa vista será!                                                             A.S.

510. A RIOUEZA DIVINAL 

1. Um dom real Deus despertou
Nos seus fiéis - Dom de curar!
Toda a doença Deus sarou,

E sara ainda e vai sarar;
Por Jesus, por Jesus,
Oh! Não falhou, nem vai falhar!

OH! QUE RIQUEZA DIVINAL,
EU GOZO JÁ POR FÉ E LUZ,
POR VISÃO TRIUNFAL,
MAIS GOZAREI COM MEU JESUS!

2. Es cego? Crê, que tu verás,
Es mudo? Crê, que vais falar;
Es surdo? Crê que ouvirás,
Es coxo? Crê que vais andar;
Fé em Deus, fé em Deus,
Crê que Jesus te vai curar!

3. De que sofreis? Dos rins, pulmões?
De febre, gripe. ou coração?
De tosse, nervos, ou lesões?
De pele, dentes, defluxão?
Sarareis, sarareis,
Pelo poder da oração!

4. Deixai as capas e vereis,
As maravilhas do Senhor!
Tirai a pedra e gozareis
As grandes bênçãos do amor!
Fé em Deus, Fé em Deus,
A quem rendemos o louvor!
5. Quando a doença a nós vem ter,
Em Deus devemos confiar,
Pois Jesus Cristo tem poder,
P'ra num momento nos curar;
Glória a Deus, glória a Deus.
Que é poderoso p'ra sarar. ···

511. GLORIOSO DEUS

1. Glorioso Deus, que está no céu,
Conselheiro é contra o revés,
Se aqui trevas há. m'iluminará;
Na tribulação, nEle os crentes firmados estão.

OH! QUÃO BOM É NOSSO DEUS!
TUDO PREPAROU P'RA OS SEUS,
QUE POR ELE, CHEGARÃO,
SATISFEITOS À SUA MANSÃO.

2. Vindo a morte dar golpe em meu lar,
Então, eu bem sei, onde acharei,
Paz que satisfaz, pois Jesus me traz
O que me é mister e o que me possa aqui conter.

3. Longe do meu lar, sinto eu pesar,
Mas o bom Jesus dá-me Sua luz.
E minh'alma diz: "Stás em mim feliz,
'Stou contigo aqui", estarás, sim, comigo ali.

4. Peregrino sou, mas em breve estarei
Onde ficarei sempre com Sua grei;
Lá. hei de gozar Seu amor sem par;
Grato cantarei aleluias ao grande Rei.                                            S.N.

512. O AMOR INESGOTÁVEL

1. O santo amor de Cristo, que não terá igual,
A Sua vera graça, sublime e eternal,
E a misericórdia imensa como o mar,
A qual ao Céu atinge, com gozo, hei de cantar.

COMO É INESGOTÁVEL
O AMOR DE MEU JESUS!
RICO E INEFÁVEL; NADA É COMPARÁVEL
AO AMOR DE MEU JESUS!
2. Jesus andou no mundo, e o povo O procurou,
E todas as angústias, sim, aos Seus pés deixou;
E Seu amor brotava, qual rio divinal,
Pujante, forte, imenso, sanando todo o mal.

3. Também, nos olhos cegos pôs uma nova luz,
A luz que nos dá vida, que já brilhou na cruz;
E deu também às almas, a gloria de Seu ser,
Ao implantar Sua graça, e Seu real poder.

4. O amor de Jesus Cristo, no mundo, é um fanal,
Que marca vitorioso a senda do ideal;
Embora passem os anos, é sempre eficaz,
Precioso é dar à alma incomparável paz.                                    P.L.M.

513. MINHA ALMA TE QUER

1. Vem, ó meu bom Jesus, me consolar;
Vem, leva-me daqui, p'ra contigo estar.

Minh'alma Te quer, vem ó meu Jesus sem par!
Vem, leva-me daqui, p'ra contigo estar.

2. Que sofrimento atroz eu sinto aqui.
Longe da Pátria além, choro eu por Ti.

3. Quero descanso ter ao pé de Ti.
Desejo só partir deste mundo aqui.

4. Nada me satisfaz longe do lar, 
Que preparaste ali, para eu morar.

5. Que glória que, prazer eu sentirei,
Quando eu,daqui, partir, com o eterno Rei.

6. Vem, ora vem, Senhor, ó Rei dos céus!
Vem já me libertar, para estar com Deus.                                                J.P.S.

514. EM GLÓRIA ESPLENDENTE

1. Em glória esplendente, na nuvem luzente,
Ao mundo vira, outra vez, o Senhor;
O santo Cordeiro, que lá no madeiro,
Verteu o Seu Sangue purificador.
Se Cristo agora voltar, tu'alma irá jubilar?

TENS LÂMPADA PRONTA E AS VESTES TAMBÉM,
P'RA IRES COM CRISTO ALÉM?
NÃO MAIS TE DEMORES, MAS VEM A JESUS.
A FIM DE ACENDER TUA LUZ.

2. Começando a ira, perece a mentira,
No dia da vinda de Cristo, o Senhor;
O mundo enganado no vício e pecado,
Não vai tomar parte nas bodas de amor.

3. A graça perfeita não temendo, aceita,
Pois breve Jesus há de vir, lá do céu;
O veste tu'alma com graça e com calma.
De dia e de noite, orando ao teu Deus.                                              P.L.M.

515. SE CRISTO COMIGO VAI

1. Se. pelos vales, eu peregrino vou andar
Ou na luz gloriosa de Cristo habitar,
Irei com meu Senhor p'ra onde Ele for.
Confiando na graça de meu Salvador.

SE CRISTO COMIGO VAI, EU IREI
E NÃO TEMEREI, COM GOZO IREI; COMIGO VAI;
É GRATO SERVIR A JESUS, LEVAR A CRUZ;
SE CRISTO COMIGO VAI, EU IREI.

2. Se lá para o deserto Jesus me quer mandar;
Levando boas novas de salvação sem par;
Eu lidarei, então, com paz no coração.
A Cristo seguindo, sem mais dilação.

3. Será a minha sorte a dura cruz levar,
Sua graça e Seu poder,
quero sempre aqui contar
Contente com Jesus, levando a minha cruz.
Eu falo de Cristo que é minha luz.

4. Ao Salvador Jesus eu desejo obedecer
Pois na Sua Palavra encontro o meu saber;
Fiel a Deus serei, o mundo vencerei,
Jesus vai comigo, não mais temerei.                                                     F.V.

516. CRISTO, MEU VERO AMIGO

1. Antes eu não conhecia a Jesus o Salvador;
Pois vivia em pecados e temor;
Mas achei que minhas culpas, sobre Si Jesus levou
E meu gozo nunca mais aqui cessou.

É JESUS CRISTO MEU VERO AMIGO,
QUE MINHAS CULPAS PERDOOU.
E JESUS CRISTO MEU VERO AMIGO,
POIS A MINH'ALMA LIBERTOU.

2. Antes, eu não conhecia essa purificação.
E o poder que desejava o coração.
Mas vigor das promessas a min 'alma transformou
E Jesus à fonte viva me levou.

3. Pronto estou p'ra ir com Cristo a mensagem proclamar,
Pelas vinhas onde vou a trabalhar;
Bem eu sei que é poderoso;
Sua graça me dará; E vitória plena me concederá.                                  F.V.

517. CURA DIVINA

1. Cristo Jesus hoje vai te curar,
Se podes crer, se podes crer.
Pois tem virtude e graça sem par,
P'ra curar teu ser!

VEM, VEM, PARA TE CURAR,
CRÊ, CRÊ QUE HÁS DE VER;
CURA DIVINA SE MANIFESTAR
NO TEU FRACO SER!

2. Crendo em Cristo irás receber.
Cura do céu, cura do céu;
Pois Ele tem 'inda o mesmo poder,
O poder de Deus!

3. Mui poderoso é Cristo Jesus,
P'ra te curar, p'ra te curar.
Todas as doenças cravou sobre a cruz,
Para te sarar!

4. "Não te hei dito: Se creres em Mim,
Que hás de ver, que hás de ver;
Cura divina manando enfim
Se puderes crer!"                                              P.L.M.

518. SALVA-VIDAS

1. Por seus pecados, 'stá o pecador
Qual pobre náufrago sem Salvador;
Que triste sorte, perece no mar,
Nada, se cansa, e vai afundar.

ORANDO.JOGA AO QUE SE AFAGA,
O SALVA-VIDAS SEM DEMORAR;
ANTES QUE DESÇA - DESAPAREÇA
NAS PROFUNDEZAS DO MAR.

2. O salva-vidas não queres lançar
Ao que s'afoga nas ondas do mar?
Que morte horrível tem o pecador,
Que não aceita o bom Salvador!

3. É Jesus Cristo, o Filho de Deus;
O salva-vidas lançado dos céus;
Cristo te Pode salvar hoje até,
O salva-vidas segura com fé.                                           P.L.M.

519. ACHEI JESUS, MEU SALVADOR

1. Achei Jesus, o meu Salvador,
De amor fiel, veraz;
Não cessarei de Lhe dar louvor,
Pois tenho a salvação e paz.

SALVO POR CRISTO SOU,
SALVO POR QUEM ME AMOU!
PERFEITA PAZ, ELE AGORA ME TRAZ,
PORQUE SALVO ESTOU.

2. Vem me guardar Sua forte mão,
De todo o vício e mal;
Vencendo vou cada tentação;
Sustém-me o braço divinal.

3. Jesus me achou, tão aflito e mal,
Sem ter consolação;
Chamou-me a Si, com amor real;
Cheguei-me e achei a salvação.
4. Da morte eterna me resgatou,
Da dura escravidão;
Na Rocha eterna seguro estou;
Cantando vou, com gratidão.                                                      E.W.

520. A DOCE E PRECIOSA VOZ 

1. Eu me achei num estado de tristeza e dor,
Já prevendo da vida o fim;
Hoje, exulto ao lembrar-me da hora feliz,
Em que Cristo olhou para mim,

ERA SÓ SUA DOCE E PRECIOSA VOZ
QUE EU SEMPRE OUVIA SOAR,
ENTÃO, RECEBI A ESPERANÇA,
QUE JESUS ME HAVIA DE CURAR.

2. Hoje eu bem alegre testifico a vós,
Que Jesus, o meu bom Salvador,
É o meu defensor, o meu guia e luz,
Meu conforto, na luta, na dor.

3. Oh! Que dia ditoso e belo p'ra mim, 
Em que ouvi a voz de meu Senhor,
Exortando-me a nEle eu bem confiar,
Pois curou-me, por Seu grande amor!                                        A.C.B.

521. VEM O PASSO DAR! 

1. Com teu pecado vem já p'ra Jesus,
Ele te quer perdoar,
Deixa as trevas, vem já para a luz;
Vem tua vida salvar.

VEM! VEM! VEM O PASSO DAR!
VEM TEU CORAÇÃO ENTREGAR;
VEM JÁ DIZER: "JESUS ME SALVOU,
DO MEU PECADO LIMPO ESTOU".

2. Contra o pecado outra fonte não há,
Só Jesus pode limpar;
Dos teus temores e culpas, vem já
NEle te refugiar.

3. Oh! Que oferta por ti fez Jesus,
Para te purificar!
Deu o Seu Sangue no alto da cruz;
Vem tua alma lavar!

4. Vem dar o passo, sem hesitação,
Jesus te quer perdoar;
Agora mesmo toma a salvação
Vem tua vida salvar.                                                      A.S.

522. O REI DA GLÓRIA  

1. O Rei da glória, quem será,  
Senhor onipotente  
Só Deus, o Filho, o pode ser,  
Que reina eternamente.  
As chagas que Ele recebeu,  
A morte que na cruz sofreu,  
O provam cabalmente!  

2. A morte que Ele à morte deu,  
Ganhando a vitória,  
A sepultura que rompeu,  
Subindo à excelsa gloria,  
Declaram Seu real poder,  
E ao mundo dão a conhecer,  
Que Cristo é o Rei da glória!  

3. Eis, elevado lá no céu,  
Jesus, o Rei da glória,  
Ali reinando além do véu,  
Com Deus, na eterna glória,  
Onde remida multidão,  
Num êxtase de adoração,  
Dá a Jesus a glõria!  

4. Oh! Quão feliz quem nEle crer,  
Pois vê-Lo-á na glória!  
Sim, todo aquel'que renascer  
Tem o penhor da glória!  
Confessa ser um pecador.  
Confia só no Salvador,  
Jesus, o Rei da Glória!                                                       H.M.W. 

523. CRISTO, A FONTE ESCONDIDA  

1. Cristo nos deu uma fonte escondida.  
Que qualquer sede pode estancar.  
E cujas águas repletas de vida,  
Sempre de graça nos hão de fartar. 

ÁGUA SAIRÁ, VIVA MANARÁ 
DA FONTE QUE ABRIU O SENHOR, ÁGUA CORRERÁ! 
SE TODOS QUISEREM BEBER, NÃO SE ESGOTARÁ; 
MILHARES DE MILHARES VENHAM; SEMPRE SAIRÁ!

2. Há muitas fontes de gozo no mundo,
Nelas os homens vão sempre beber,
Mas são cisternas e poços imundos,
Que águas vivas não podem conter

3. Já muitos homens gastaram dinheiro,
Sem a fonte de Deus encontrar;
Mas Jesus Cristo é o nosso roteiro,
Que para a fonte, nos há de guiar.

4. Oh Aleluia ao bom Pai supremo
Pelas bênçãos que a todos quer dar,
E pela fonte de paz que nós temos,
Em nosso ser, para nos alegrar!                                           P.L.M.

524. CRISTO PENSA EM MIM 

1. Através da tempestade
Em qualquer calamidade,
Me consola esta verdade:
Cristo pensa em mim.

PENSA EM MIM, JESUS
LÁ NA EXCELSA LUZ;
JÁ PROVASTE A CRUZ,
COM AMOR SEM FIM;
SATISFEITO ESTOU,
SEM MEDO VOU;
CRISTO PENSA EM MIM.
CRISTO PENSA EM MIM. 

2. Quando conforto eu desejo,
Força, ousadia almejo,
Nisto, pois, eu tudo vejo:
Cristo pensa em mim,
3. Se eu receio o inimigo,
Tendo temor do perigo,
Em Jesus encontro abrigo:
Cristo pensa em mim.

4. Caso eu vá ausentar-me,
Dos meus irmãos separar-me,
Nisto hei de consolar-me
Cristo pensa em mim.                                                   A.A.


525. VENCENDO VEM JESUS
1 Já refulge a glória eterna
De Jesus, o Rei dos reis!
Breve os reinos deste mundo
Seguirão as suas leis!
Os sinais da sua vinda
Mais se mostram cada vez:
Vencendo vem Jesus!

Coro
Glória! glória! Aleluia!
Glória! glória! Aleluia!
Glória! glória! Aleluia!
Vencendo vem Jesus!

2 O clarim que chama os crentes
A batalha já soou:
Cristo, à frente do seu povo,
Multidões já conquistou.
O inimigo, em retirada,
Seu furor já demonstrou:
Vencendo vem Jesus!

3 Eis que em glória refulgente
Sobre as nuvens descerá,
E as nações e os reis da terra
Com poder governará.
Sim, em paz e santidade
Toda a terra regerá:
Vencendo vem Jesus!

4 E por fim entronizado
As nações irá julgar:
Todos, grandes e pequenos,
O Juiz hão de encarar.
E os remidos triunfantes,
Lá no Céu irão cantar:
- “Venceu o Rei Jesus!”

Coro Final
Glória! glória! Aleluia!
Glória! glória! Aleluia!
Glória! glória! Aleluia!
Venceu o Rei Jesus!  J.W.H/R.P


526. Grandioso És Tu
1 Senhor, meu Deus, quando eu, maravilhado,
Contemplo a tua imensa criação,
A terra e o mar e o céu todo estrelado
Me vêm falar da tua perfeição.

Coro
Então minh’alma canta a ti, Senhor:
- “Grandioso és Tu! - grandioso és Tu!”
Então minh’aima canta a ti, Senhor:
- “Grandioso és Tu! - grandioso és Tu!”

2 Quando as estrelas, tão de mim distantes,
Vejo a brilhar com vivido esplendor,
Relembro, oh! Deus, as glórias cintilantes
Que meu Jesus deixou, por meu amor!

3 Olho as florestas murmurando ao vento
E, ao ver que Tu plantaste cada pé,
Recordo a cruz, o lenho tão cruento,
E no teu Filho afirmo a minha fé.

4 E quando penso que Tu não poupaste
Teu Filho amado por amor de mim,
Meu coração, que nele Tu ganhaste,
Transborda, oh! Pai, de amor que não tem fim!

5 E quando Cristo, o amado meu, voltando,
Vier dos céus o povo seu buscar,
No lar eterno quero, jubilando,
A tua santa face contemplar.  S.K.H

527. Dominador É Deus
1 Dominador é Deus sem par,
Pois, com potente mão,
A tempestade faz cessar,
E reina paz, então.

2 Os céus e terra Ele criou;
Seres e mananciais.
Sua vontade Ele ditou,
E vida a todos traz.

3 Oh! santos! nele esperai!
Até em aflição;
Pois as promessas do bom Pai
Jamais nos falharão.

4 Oh! Jamais duvideis de Deus!
Devemos confiar.
Ele abençoa os filhos seus,
Por muito os amar.  ***

528. Eu Te Amo, Ó Deus
1 Eu te amo, ó Deus, não só porque
Almejo o Céu fruir,
Nem só porque eu temo aqui
Na morte sucumbir.

2 Eu te amo, ó Deus, porque na cruz
Provaste o teu amor:
Jesus desceu e em meu lugar
Morreu, sofrendo a dor.

3 Por isso, ó Deus, o meu amor
Eterno há de ser.
Cantar no Céu o teu louvor
Será o meu prazer.  F.X/D.A

529. Em Sua Graça
1 Em sua graça, seu rico amor.
Veio do Céu a Belém meu Senhor.
Que maravilha! Meu Salvador
Por mim na cruz morreu!  K.L.C

530. Vivifica a Tua Igreja
1 Vivifica a tua igreja,
Ó bendito Salvador!
Sem tua graça, ela murcha
Ficará, e sem vigor.

2 Vivifica! - vivifica
Nossas almas, oh! Senhor!
Vivifica! - vivifica
Nossas almas, oh! Senhor! H.M.W

531. Nome Precioso
1 Leva tu contigo o nome
De Jesus, o Salvador!
Este nome dá conforto
Hoje, sempre e onde for.

Coro
Nome bom! - doce à fé
- A esperança do porvir!
Nome bom! - doce à fé
- A esperança do porvir!

2 Este nome leva sempre
Para bem te defender:
Ele é a arma ao teu alcance,
Quando o mal te aparecer.

3 Oh! que nome precioso!
Gozo traz ao coração!
Sendo por Jesus aceito,
Tu terás o seu perdão.

4 Santo nome! adorável!
Tem Jesus, o amado teu:
- "Rei dos reis”, "Senhor eterno”
Tu o aclamarás no Céu.  L.B

532. Santo Nome
1 Este nome santo,
Nome de Jesus,
Doce melodia
Em meu coração produz.  W.A

533. Honras Sejam ao Cordeiro
1 Cristo, nosso Salvador,
Adoramos-te, Senhor!
Gratos, damos-te louvor,
Honras sejam ao Cordeiro!

2 Ele foi que padeceu,
Que por nós na cruz morreu!
E que assim por nós se deu,
Honras sejam ao Cordeiro!

3 Sofredor que ali penou,
Vencedor que triunfou!
Salvador que nos amou,
Honras sejam ao Cordeiro!

4 Digno és Tu, Senhor, que a ti
Demos nosso culto aqui!
Como os teus, nos céus, ali
Honras sejam ao Cordeiro! S.E.M’N

534. Cristo É Real Pra Mim
1 Cristo é real pra mim,
Cristo é real pra mim.
Ele vive em meu ser;
Sua paz posso ter,
Pois Cristo é real pra mim. R.C.H.

535. Tu És Fiel, Senhor
1 Tu ás fiel, Senhor, meu Pai celeste:
Pleno poder aos teus filhos darás.
Nunca mudaste: tu nunca faltaste:
Tal como eras, tu sempre serás.

Coro
Tu és fiel, Senhor! Tu és fiel, Senhor!
Dia após dia, com bênçãos sem fim,
Tua mercê me sustenta e me guarda.
Tu és fiel, Senhor, fiel a mim.

2 Flores e frutos, montanhas e mares,
Sol, Lua, estrelas no céu a brilhar:
Tudo criaste na terra e nos ares.
Todo o Universo vem pois te louvar!

3 Pleno perdão tu dás: paz, segurança:
Cada momento me guias, Senhor.
E, no porvir, oh! que doce esperança:
Desfrutarei do teu rico favor! T.O.C./J.S./L.B./H.S.

536. Amigo Sem Igual
1 Amigo sem igual!
Amigo sem igual!
Jesus morreu, em meu lugar,
A fim de me salvar.
Amigo sem igual!
Amigo sem igual!
Seu grande amor não mudará,
E nunca falhará.

2 Amigo sem igual!
Amigo sem igual!
Bem perto está e quer salvar
Quem nele confiar.
Amigo sem igual!
Amigo sem igual!
Convida com imenso amor
A todo o pecador.  H.M.W.

537. Sempre Comigo
1 Sempre comigo está Jesus.
Seja nas trevas, seja na luz;
Ele protege-me, cuida de mim;
Eu quero amar a quem me guarda assim. W.A.

538. Tu, Senhor, És Nosso Amigo
1 Tu, Senhor, és nosso amigo,
Que vieste nos salvar,
Tu, que nos tens sempre amado,
Vives para nos guardar.  W.A.

539. Ao Pensar na Dor Crucial
1 Ao pensar no sofrer e na dor crucial
Que na cruz suportou por amor nosso Rei,
Próprio eu, vida, enfim, e prazer mundanal,
Coisas vãs aqui nunca mais amarei.

2 Destas mãos, destes pés sangue está a jorrar,
Manancial de poder, e de paz, e de amor.
Sempre irei nesta cruz do Senhor me gloriar,
Neste amor sem fim pelo vil pecador.

3 Nem do Céu a extensão é capaz de conter
A amplidão sem igual e o poder deste amor.
Lá no Céu, pela fé neste amor e poder,
Estarei aos pés do meu bom Salvador. I.W.

540. Ao Ver a Cruz
1 Ao ver morrer na rude cruz,
Em dor e angústia meu Jesus,
Compreendo ser um pecador,
E meu orgulho sem valor.

2 As mãos, os pés e a fronte em dor
Derramam sangue por amor;
Oh! santa mão! Ferida mão!
Deseja dar-me salvação.

3 Dou graças mil a meu Jesus;
O amor provado sobre a cruz
Irá sustar e conduzir
A minha vida no porvir.  I.W.

541. Calvário, Revelação de Amor
1 No Calvário contemplamos
Nosso meigo Salvador!
- Oh! revelação de amor! -
O mistério há tanto oculto,
Deus em Cristo revelou!
- Oh! revelação de amor!

Coro
Calvário! - Calvário!
- Oh! grande dor!
Calvário! - Calvário!
- Oh! revelação de amor!

2 Deus amou a este mundo
E seu Filho ofereceu.
- Oh! revelação de amor! -
O Senhor, na cruz morrendo,
De nós se compadeceu!
- Oh! revelação de amor!

3 Deus, o Pai, olhou o Calvário
E seu Filho abandonou!
- Oh! revelação de amor! -
Mas sofrendo este abandono,
Cristo deu-nos seu perdão!
- Oh! revelação de amor! J.P.C.

442. História de Cristo
1 Conta-me a história de Cristo,
Grava-a no meu coração,
A linda história inaudita,
De graça, paz e perdão!
Conta como Ele, encarnando,
Veio no mundo morar,
E aos pecadores, indignos,
De Deus o amor revelar!

2 Conta como Ele, bondoso,
Nunca a ninguém rejeitou,
Como, de mãos estendidas,
Todos a si convidou!
Como não pode o bom Mestre,
Seja a quem for, recusar,
Se, convencido e contrito,
O seu convite aceitar.

3 Conta-me quando no monte
Sobre a cidade chorou,
pois orgulhosa e rebelde
O seu amor rejeitou!
Conta como Ele ainda chora
Sobre os que seguem o mal;
E, endurecidos, resistem
Ao seu amor divinal.

4 Conta também como Cristo,
Mesmo na cruz, se lembrou
Dos seus cruéis inimigos,
E ao Pai por eles rogou!
Como ao ladrão moribundo
Tão prontamente escutou,
E, nesse dia, consigo
Para o descanso o levou!

5 Conta-me as duras afrontas
Que mansamente sofreu:
Como, na cruz levantado,
Ele por ímpios morreu!
Dá-me o viver na certeza
De que foi mesmo por mim!
Que seu amor inefável
Não tem mudança nem fim! H.M.W.

543. Cristo, Meu redentor
1 Cristo, meu Redentor!
Cristo, meu bom Pastor!
Tu, que morreste, e teu sangue verteste,
És meu Salvador!  W.A.

544. Creio, Senhor
1 Cristo Jesus, o sangue teu,
Teu grande amor e retidão
São para mim glorioso véu
A me cobrir com teu perdão.

2 Creio, Senhor, na redenção
Dada na cruz ao pecador,
Que resgatou da perdição
Meu pobre ser, por santo amor.

3 Creio, Senhor, que nunca mais
Mal há de entrar no lar do Além,
Que, pela cruz, os imortais
Desfrutarão o eterno bem. N.L.Z./D.P.A.

545. Porque Ele Vive
1 Deus enviou seu Filho amado
Pra perdoar, pra me salvar.
Na cruz morreu por meu pecado,
Mas ressurgiu e vivo com o Pai está.

Coro
Porque Ele vive, posso crer no amanhã.
Porque Ele vive, temor não há.
Mas eu bem sei, eu sei, que a minha vida
Está nas mãos da meu Jesus, que vivo está.

2 E quando, enfim, chegar a hora
Em que a morte enfrentarei,
Sem medo, então, terei vitória:
Irei à Glória, ao meu Jesus que vivo esta. G.G./W.J.G.

546. Manhã da Ressurreição
1 Quando, enfim, voltar o Salvador,
No venturoso alvor,
Nunca mais serão a morte atroz e a dor.

2 Que manhã! feliz ressurreição!
Queridos lá estão!
Todos os remidos vida em Deus terão.

3 Oh! prazer supremo que seduz!
Ressuscitar em luz!
Ver a paz do Céu a contemplar Jesus! S.B./D.A

547. O Rei Está Voltando
1 Os fiéis são trasladados; seu trabalho aqui findou.
A carreira desses santos, nesta vida já cessou.
Do Senhor os bons ceifeiros, terminaram seu labor;
A colheita completou-se: é a vinda do Senhor!

Coro
O Rei está voltando! o Rei está voltando!
A trombeta está soando, para os santos trasladar.
Sim, o Rei está voltando! o Rei está voltando!
Aleluia! Ele vem nos buscar!

2 Desta Terra estão subindo os remidos para o céu,
Ao encontro do Deus Filho, que aparece além do véu.
E o templo está deserto; sua pregação cessou.
É noticia em toda parte: “Jesus Cristo já voltou!”

3 Os remidos vão subindo: é a festa celestial:
Todo o Céu está se abrindo, num “Bem-vindo!” sem igual,
Qual o som de muitas águas, nós ouvimos entoar
Aleluias ao Cordeiro! - vamos indo para o Lar!  B.G./G.F.K./A.L.

548. Breve Jesus Há de Vir
1 Breve Jesus há de vir lá do Céu, buscar-nos para o Lar.
Devo estar pronto, ao Jesus chegar, e assim vou para o Lar.  L.W.J.

549. Ora Vem, Senhor Jesus
1 Senhor, não mais retardes
A luz do reino Teu,
Pois já a vida aqui
Toda em dor se converteu.

2 Por Ti, Jesus, ansiosos
Estão os corações;
Oh! vem, sem mais tardar,
Desfazer as aflições.

3 Com fé a Igreja aguarda
O alvor da tua luz,
E está a suplicar:
“Ora vem, Senhor Jesus!” D.P.A.

550. Breve Ele Volta
1 Breve Ele volta;
Quando, eu não sei;
Breve Ele volta;
Jesus virá outra vez.  J.P.

551. O Santo Espírito
1 O Santo Espírito, Consolador,
Já nos encheu de seu eterno amor,
De sua graça e plena unção,
Pra anunciarmos a salvação! Amém. A.M.N.V.

552. Quando para o Céu Nós Formos
1 Canta o grande amor de Cristo,
Sua graça e compaixão:
Num lugar tranqüilo e belo
Faz-nos eternal mansão.

Coro
Quando ao Céu nós chegarmos,
Oh! que dia de júbilo há de ser!
A Jesus daremos
Hosanas, cheios de prazer.

2 Somos hoje peregrinos:
Nuvens toldam nosso céu,
Mas um dia - estrada finda -
Não mais sombras, não mais véu.

3 Vamos ser leais, portanto,
Seja em crer, seja em servir!
Um relance lá da Glória
Atração dá ao porvir.

4 Eia, ao galardão depressa:
Vamos logo ao Céu chegar:
Abrem-se os portais gloriosos:
Eis Jesus a nos saudar.  E.E.H.

553. Oh! Pai, o Santo Espírito
1 Oh! Pai, o Santo Espírito,
Pedimos, vem nos dar,
Pra que Ele venha já
O seu poder nos outorgar!

2 Convença-nos de todo o mal,
Console os corações,
Ampare-nos a fé
Em meio à dor e ás aflições!

3 Habite nossos corações
Pra sermos templos teus,
Opere conversão
E redenção, oh! nosso Deus! D.P.A.

554. O Evangelho
1 O meu Salvador, por seu grande amor,
Do céu, veio aqui morrer,
Pra, salvo, levar quem nele confiar
E ir sempre com Ele viver. ***

555. O Redentor
1 Sei que vive o Redentor,
Sei que há vida em seu favor.
Ele aqui na cruz morreu:
Reina em glória lá no Céu.

2 Vive para interceder
E nas lutas me valer,
Vive pra me sustentar,
E do mal me resguardar.

3 Deus me livra do temor,
Minorando a minha dor.
A tristeza me desfaz,
Dá-me gozo, vida e paz.

4 Vive! Hosanas eu lhe dou!
Vive! reina! e salvo eu sou!
Vivo nele, o Redentor,
Sempre firme em seu amor! A.J.S.N.

556. Lê a Bíblia
1 Se desejas conhecer
A mensagem do Senhor,
Tua alma enriquecer
Na Verdade e no Amor,

Coro
Lê a Bíblia! - Teu fervor
Nela vem alimentar!
Tua vida redimida
No Senhor vai exultar.
Lê a Bíblia - Teu fervor
Nela vem alimentar!
Tua vida redimida
No Senhor vai exultar.

2 Se almejas alcançar
As promessas de Jesus
E pretendes caminhar
Sob a proteção da Cruz,

3 Se em verdade queres ir
Habitar com o Senhor,
Junto dele usufruir
Do mais rico e pleno amor. J.O.


557. A Palavra da Vida
1 Cristo, oh! celeste vida,
Manifesta o teu poder!
Vivifica os sem-alento,
Faze os mortos reviver!
Vida eterna - vida eterna
Vem a todos conceder!
Vem a todos conceder!

2 Abre-nos teu santo Livro!
Brilhe em nós a luz dos céus!.
Esclarece todo o engano
E dos erros livra os teus!
Ilumina! - ilumina
Nossas almas, Rei dos céus!
Nossas almas, Rei dos céus!

3 Na leitura desta Bíblia
Dá-nos gozo, oh! Senhor!
Tendo, pelo teu ensino,
Comunhão em santo amor,
Exultemos - exultemos
Entoando o teu louvor!
Entoando o teu louvor!

4 Pelo estudo da Palavra
Aprendemos oh! Jesus!
- Deus concede os belos frutos Que tua instrução produz.
Desfrutamos - desfrutamos
Alegria, vida e luz!
Alegria, vida e luz! Amém. S.P.K./J.H.

558. Daí-me a Bíblia
1 Dai-me a Bíblia, que eu tanto anelo:
Por seu caminho quero sempre andar.
Por suas palavras são a grata nova
Que Jesus Cristo veio anunciar.

Coro
Dai-me a Bíblia, livro tão precioso!
Doutrina Santa: fonte é de luz.
E seus ensinos, qual farol glorioso,
A nós conduzem ao Senhor Jesus.

2 Dai-me a Bíblia: dela eu preciso,
Pois do pecado a mim vai livrar
E suas palavras são tão poderosas,
Que minha alma podem renovar.

3 Dai-me a Bíblia! Que meu guia seja!
E nesta vida meu caminho e luz!
E seus ensinos - o roteiro certo -,
Que me conduzam para o bom Jesus. P.J.O.

559. Bíblia Sagrada
1 Bíblia Sagrada,
És a Palavra de Deus:
És o mapa da jornada
Dos que seguem para o Céu.
És a carta enviada,
Que o Atalaia tem na mão:
És as velas da jangada
Dos que levam a salvação.

Coro 1
Livro de amor,
Livro que nos dá prazer
No Salvador,
No Espírito e no saber.
Livro bendito!
Só em ti pode habitar
A Palavra de amor,
Que dos lábios do Senhor
Saiu para em ti falar.

2 Bíblia Sagrada,
És o livro de fulgor,
És a jóia rejeitada
Pelo vituperador.
És o livro para a senda,
Contra o horror da corrução.
És o livro que nos manda
Falar desta salvação.

Coro 2
Além do véu,
Estás, livro do Senhor,
Livro do Céu,
Que transforma o pecador.
Livro Sagrado!
Bem-aventurados são
Os que cantam o louvor,
Que registras com amor,
Pela nossa salvação.

3 Bíblia Sagrada,
És a luz do meu Brasil,
És a lança e a espada
Deste povo varonil.
És dos dedos, o brilhante,
És do jardim, a linda flor,
És a luz mais radiante
Que nos mostra o Salvador.

Coro 3
Tu vens de Deus,
Livro santo de Jesus.
Dos altos céus,
Revelaste a nós a Cruz.
Livro que faia
Do poder do Salvador,
Livro que nos revelou
Como Deus a nós amou,
Es a voz do Redentor. R.N.

560. Tenho Paz em Meu Ser
1 Tenho paz em meu ser, uma perfeita paz,
Que o mundo não me pode dar.
E na prova fatal ou na luta mortal
Tenho paz para me confortar.

Coro
Em meu ser habita Cristo, o Senhor.
Em meu ser habita profundo amor!
Sim, não me desampara: Ele é fiei:
Estará comigo, meu Salvador.

2 Quando eu fui a Jesus, encontrei plena luz,
De paz a minh’alma inundou.
Toda noite passou: novo dia raiou,
Porque Cristo Jesus me salvou.

3 Esta paz sem igual, que me livra do mal,
Sublime, sem par, eternal,
Não a quero deixar: ela vai me ajudar,
Té chegar à mansão celestial.  W.L.M.

561. Que Bênção!
1 Que bênção: a lua brilhando no espaço!
Que bênção: as ondas que rolam no mar!
Que bênção: as flores brotando nos campos!
Mas a maior bênção eu vou te contar:

Coro
Jesus me salvou, dos pecados meus,
Que bênção, Jesus! que bênção, meu Deus!
Jesus me salvou, dos pecados meus,
Que bênção, Jesus! que bênção, meu Deus!

2 Que bênção: as aves que cantam e encantam!
Que bênção: crianças em simples brincar!
Que bênção: rebanhos pastando entre os rios!
Mas a maior bênção eu vou te contar:

3 Que bênção: amigos que a mim procuram!
Que bênção: a Pátria, a qual posso amar!
Que bênção: família, saúde, fartura!
Mas a maior bênção eu vou te contar: E.F.C.

562. Autor da Vida
1 Autor da vida. Cristo, Deus!
A vida fluis a teu querer.
Perdão por ti nos vem dos céus
E tu nos dás real prazer,
Fazendo em nosso coração
Raiar a luz da salvação.

2 Nos deste a vida eterna a nós -
Outrora mortos para Deus -
Fizeste ouvir a tua voz
- A voz que vivifica os teus.
Pra te render real louvor,
Estamos juntos, oh! Senhor! R.H.

563. Sempre Feliz
1 Feliz, eu sou feliz, feliz, oh! sempre mui feliz!
Pois Cristo veio e me salvou, meu coração lavou.
Feliz, eu sou feliz, oh! sempre mui feliz!
Feliz, eu sou feliz, feliz, oh! sempre mui feliz! ***

564. Conta as Bênçãos
1 Se da vida as vagas procelosas são,
Se, com desalento, julgas tudo vão,
Conta as muitas bênçãos, dize-as duma vez,
E verás, surpreso, quanto Deus já fez!

Coro
Conta as bênçãos! dize quantas são,
Recebidas da divina mão!
Vem dizê-las, todas duma vez,
E verás, surpreso, quanto Deus já fez!

2 Tens acaso mágoas? Triste é teu lidar?
E a cruz pesada, que tens de levar?
Conta as muitas bênçãos, não duvidarás,
E em canto alegre os dias passarás.

3 Quando vires outros com seu ouro e bens,
Lembra que tesouros prometidos tens!
Nunca os bens da terra poderão comprar
A mansão celeste que vais habitar.

4 Seja o conflito fraco ou forte aqui,
Não te desanimes: Deus será por ti,
Seu divino auxílio, minorando o mal,
Te dará consolo, e galardão final. E.R.S.


565. Tu És Meu
1 Jesus, eu sei que tu és meu,
O Dom que Deus, o Pai, me deu.
Teus feitos majestosos são
O gozo do meu coração.

2 Tudo o que tens, é para mim.
O meu prazer está em ti.
Tomaste aqui o meu lugar,
Pra eu estar no santo lar.

3 Por mim estás nos céus. Jesus.
Que eu mostre aqui a tua luz!
Revele sempre o teu amor!
Até que venhas, meu Senhor! S.E. McN.

566. Paz Perfeita, Sim, Busquei
1 Paz perfeita, sim, busquei,
E jamais a encontrei,
Pois o preço não queria eu pagar.
Longe de Deus a vagar,
Sua promessa a rejeitar.
Do pecado não querendo me apartar.

Coro
Mas agora estou vivendo pra Jesus,
Esconder-me quero junto à sua Cruz.
Inda que sofrendo dor,
Quero estar com meu Jesus:
Encontrei por fim a vida em meu Senhor.

2 Eu estava em oração,
Deus tocou meu coração
E me disse: “Põe tua vida no altar
Para eu santificar!”
O pecado então deixei:
Minha vida a Deus eu logo dediquei.

3 Com seu sangue me comprou,
O meu ser purificou.
- Uma vida de -vitória encontrei.
“Teus pecados perdoei
Pelo muito que te amei”
Ternamente me falou o Grande Rei. R.H.M.


567. Sou Feliz
1 Sou feliz, feliz, feliz no meu viver!
Sou feliz, pois tenho um grande Salvador.
Desde quando me salvou com o seu poder,
Vivo alegre, mui feliz no seu amor.  J.I.O.

568. Manso e Suave
1 Manso e suave, é Cristo chamando:
Chama por ti e por mim.
Eis que Ele às portas espera velando:
Vela por ti e por mim,

Coro
Vem já! vem já! alma cansada, vem já!
Manso e suave, Jesus convidando,
Chama: - “Vem, pecador, vem!”

2 Com paciência, Ele está esperando,
Hoje, por ti e por mim.
Oh! não desprezes a quem, convidando,
Chama por ti e por mim.

3 Correm os dias, as horas se passam,
Passam por ti e por mim.
Transes de morte, por fim, vão chegando,
Tanto por ti e por mim.

4 Oh! quanto amor que Jesus nos tem dado!
Tudo por ti e por mim!
Seu sangue foi sobre a Cruz derramado,
Sim, foi por ti e por mim. B.S.

569. Morri na cruz por Ti
1 “Morri na cruz por ti:
Morri pra te livrar!
Meu sangue, ali, verti,
E posso te salvar.”

Coro
“Morri! morri na cruz por ti:
- Que fazes tu por mim?
Morri! morri na cruz por ti:
- Que fazes tu por mim?”

2 “Vivi assim por ti,
Em dor, em dissabor,
E tudo fiz aqui
Pra ser teu Salvador.”

3 "Sofri na cruz por ti, -
A fim de te salvar.
A vida consegui,
Que tu irás gozar.”

4 Eu trouxe a salvação,
Dos altos céus louvor.
É certo meu perdão,
É grande o meu amor!” D.M.H./P.P.B.

570. A Última Hora
1 - Ao findar o labor desta vida
Quando a morte a teu lado chegar,
Que destino há de ter a tua alma?
Qual será no futuro teu lar?

Coro
Meu amigo, hoje tu tens a escolha:
- Vida ou morte - qual vais aceitar?
Amanhã pode ser muito tarde:
Hoje Cristo te quer libertar.

2 Tu procuras a paz neste mundo,
Em prazeres que passam em vão.
Mas, na última hora da vida,
Eles não mais te satisfarão.

3 - Por acaso tu riste, ó amigo,
Quando ouviste falar de Jesus?
Mas somente Jesus pode dar-te
Salvação pela morte na cruz.

4 Tens manchada tua alma e não podes
Contemplar o semblante de Deus:
Só os crentes de corações limpos
Poderão ter o gozo nos céus.

5 Se decides deixar teus pecados,
E entregar tua vida a Jesus,
Trilharás, sim, na última hora
Um caminho brilhante de luz. J.D.

571. Rende o Coração
1 Rende o coração agora a Jesus,
Pois está á tua espera, com amor.
Quem se entrega a Cristo goza paz e luz;
Oh! Vem ao Salvador!  J.I.F.

572. A Porta Sou EU
1 "A porta sou eu”. diz o Senhor,
“Alguém entrando por mim, por mim,
Salvo será, salvo será; salvar-se-á”. W.A.

573. A Graça de Nosso Senhor
1 A graça de nosso Senhor,
E o amor de Deus,
E a comunhão do Espírito Santo,
Sejam conosco. Amém, Amém. J.G.R.

574. Ó Pai Bondoso
1 Ó Pai bondoso, vem nos guiar!
No novo ano vem nos guardar! ***

575. Espero em Ti
1 Eu só espero em ti,
Cordeiro, que por mim,
Foste à cruz.
Ouve minha oração.
Dá-me a tua mão,
Enche meu coração
Com santa luz!

2 Dá-me consolação,
Guarda meu coração!
Teu grande amor,
Teu sangue carmesim,
Deste na cruz por mim.
Que eu viva para ti,
Com muito ardor!

3 A trilha seguirei,
E provas eu terei.
Meu guia sê.
Do mal vem me livrar:
Puro me conservar!
Pra sempre vou cantar
O teu louvor. R.P.

576. Assim como estou
1 Assim como estou: sem nada dizer,
Senão que por mim vieste a morrer.
E me convidaste a ti recorrer:
Bendito Jesus, me chego a ti!

2 Assim como estou: sem mais demorar,
Minha alma do mal querendo limpar,
A ti, que de tudo me podes lavar:
Bendito Jesus, me chego a ti!

3 Assim como estou: em grande aflição.
Tão digno de morte e da perdição,
Rogando-te vida, com paz e perdão:
Bendito Jesus, me chego a ti!

4 Assim como estou: o teu grande amor
Me vence: e crendo em ti, sem temor,
Eu quero servir-te, divino Senhor!
- Bendito Jesus, me chego a ti! R.R.K.
577. Em Fervente Oração
1 Em fervente oração, vem o teu coração
Na presença de Deus derramar!
Mas só podes fruir o que estás a pedir,
Quando tudo deixares no Altar.

Coro
Quando tudo perante o Senhor estiver,
E todo o teu ser Ele controlar,
Só, então, hás de ver que o Senhor tem poder,
Quando tudo deixares no Altar.

2 Maravilhas de amor te fará o Senhor.
Atendendo à oração que aceitar.
Seu imenso poder, te virá socorrer,
Quando tudo deixares no Altar.

3 Se orares, porém, sem o teu coração
Ter a paz que o Senhor pode dar,
Foi por Deus não Sentir que tua alma se abriu,
Tudo, tudo, deixando no Altar. ***

578. Sossegai!
1 — Ó Mestre! O mar se revolta:
As ondas nos dão pavor:
O céu se reveste de trevas:
Não temos um Salvador!
Não se te dá que morramos?
Podes assim dormir.
Se a cada momento nos vemos,
Sim, prestes a submergir?

Coro
— “As ondas atendem ao meu mandar:
Sossegai!
Seja o encapelado mar
A ira dos homens, o gênio do mal:
Tais águas não podem a nau tragar,
Que leva o Senhor, Rei do Céu e mar,
Pois todos ouvem o meu mandar:
Sossegai! — sossegai!
Convosco estou para vos salvar:
Sim, sossegai!”

2 — Mestre, na minha tristeza
Estou quase a sucumbir:
A dor que perturba minha alma,
Oh! Peço-te, vem banir!
De ondas do mal que me encobrem,
Quem me fará sair?
Pereço, sem ti, oh! meu Mestre!
Vem logo, vem me acudir!

3 — Mestre, chegou a bonança,
Em paz eis o céu e o mar!
O meu coração goza calma
Que não poderá findar.
Fica comigo, oh! meu Mestre,
Dono da Terra e Céu,
E assim chegarei bem seguro
Ao porto, destino meu.  M.A.B./H.R.P.

579. Porque te Afliges?
1 Oh! por que te afliges, pobre coração?
Pois o teu Jesus quer dar consolação.
São demais as cargas? É cruel a dor?
Olha para o céu e vê teu lar de amor.

2 Pesa na consciência teu pecado vil?
Olha para a cruz, Jesus é tão gentil!
Seu precioso sangue Ele já verteu
Para dar perdão e abrir caminho ao céu.

3 Quando te comprimem garras de temor,
Quando em aflições, confia no Senhor.
Ele te protege, triste coração!
Ele te conduz ao céu com sua mão! E.G./D.A.

580. Salmo 121
1 Ergo os meus olhos para os altos montes:
O meu socorro, de onde me virá?
O meu socorro vem do Deus eterno
Que fez a terra, fez o céu e o mar.

2 Ele te guarda se teu pé vacila:
Teu guarda nunca tosquenejará.
É tua sombra: nem de noite a lua
Nem o sol de dia te molestarão.

3 Todos os males Ele é quem afasta,
Pois tua alma Ela guardará.
Guarda a saída, guarda a tua entrada,
Sim, desde agora, para sempre, amém. A.D./D.A.

581. Castelo Forte
1 Castelo forte é nosso Deus,
Amparo e fortaleza:
Com seu poder defende os seus
Na luta e na fraqueza.
Nos tenta Satanás,
Com fúria pertinaz,
Com artimanhas tais
E astúcias tão cruéis,
Que iguais não há na Terra.

2 A nossa força nada faz:
Estamos, sim, perdidos.
Mas nosso Deus socorro traz
E somos protegidos.
Defende-nos Jesus,
O que venceu na cruz
O Senhor dos altos céus.
E sendo também Deus,
Triunfa na batalha.

3 Se nos quisessem devorar
Demônios não contados,
Não nos podiam assustar,
Nem somos derrotados.
O grande acusador
Dos servos do Senhor
Já condenado está:
Vencido cairá
Por uma só palavra.

4 Que Deus a luta vencerá,
Sabemos com certeza,
E nada nos assustará
Com Cristo por defesa.
Se temos de perder
Família, bens, poder,
E, embora a vida vá,
Por nós Jesus está,
E dar-nos-á seu reino.  M.L.

582. A Barca da Vida
1 Eu tenho de andar neste mundo
Qual barca vogando no mar,
Mas sei o segredo profundo
De nele jamais naufragar:

Coro
Cristo é o Piloto para me guiar,
Da vida a barca, até no Céu chegar.

2 A luz que ao Céu me dirige,
A Santa Palavra de Deus,
Desvios e faltas corrige,
Mostrando o caminho dos céus.

3 O mar tormentoso da vida
Rugindo, me busca perder,
Mas sempre por Cristo mantida,
Minh’alma bonança há de ter.

4 Assim eu não temo perigo:
Não vou naufragar neste mar.
Se Cristo Jesus vai comigo,
No céu, sim, eu hei de entrar. A.H.S.

583. Sê Tu Meu Guia
1 Sê tu meu Guia, ó Cristo: estou medroso
De andar sozinho pela solidão!
Sê tu meu Guia, e o ermo pavoroso
Já não será lugar de escuridão!

2 Sê tu meu Guia, leva-me a teu lado,
Pois, junto a ti desejo estar, Senhor!
Pois por teu braço, estando assim firmado,
Não hei de tropeçar nem ter temor.

3 Sê tu meu Guia, em tempo radiante,
Ou na bonança, ou mesmo em temporal!
Sê tu meu Guia, que eu prossiga avante,
Sem me afastar do rumo divina!.

4 Sê tu meu Guia, até que tenha entrada
na casa paternal, no Céu além;
Ali, enfim. minha alma descansada
Terá contigo seu eterno bem.  F.L.C./S.E.M’N

584.O Piloto
1 Guia, Cristo, minha nau
Sobre o revoltoso mar,
Tão enfurecido e mau,
Quer fazê-la naufragar.
Vem Jesus, oh! vem guiar,
Minha nau vem pilotar!

2 Como sabe serenar
Boa mãe o filho seu.
Vem, acalma, assim, o mar
Que se eleva até o céu.
Vem Jesus, oh! vem guiar,
Minha nau vem pilotar!

3 Se, no porto quando entrar,
Mais o mar se enfurecer,
Que me possa deleitar
Em ouvir Jesus dizer:
"Entra, pobre viajor,
No descanso do Senhor.”  E.H./W.E.E.

585. Jesus me Satisfaz
1 Jesus me satisfaz.
E gozo sua paz;
Com Ele vou,
Contente estou:
- Jesus me satisfaz. W.A.

586. Gozo e Vida Tenho
1 Gozo e vida tenho no meu coração,
Desde que Jesus Cristo deu-me seu perdão.  D.H.J.

587. Neste Lenho me Glorio
1 Neste lenho me glorio,
Manancial de resplendor;
Brilha intenso o suplício
Do divino Redentor.

2 Quando temos caridade,
Mansidão, perfeito amor,
Uma intensa claridade
Mostra ao mundo seu fulgor.

3 Que suprema dor e angústia
Suportou o Salvador!
Sim, por morte tão terrível
Redimiu-nos com amor.  J.B.

588. Sou Mui Feliz
1 Fui pecador, perverso e mau,
Longe de Ti vaguei!
Mas, mui feliz eu hoje sou,
Jesus, meu Deus e Rei.

2 Eu percebi a tua voz
A me chamar: "Oh, vem!
Vem, filho meu! Eu dar-te-ei
O meu perdão! Sim, vem!”

3 Logo a teus pés, humilde, vim,
E me prostrei, Senhor!
Oh! sou feliz, porque senti
O teu benigno amor! D.P.A.

589. Quádruplo Amém
1 Amém, Amém, Amém, Amém! J.S.

590. Contentamento
1 Eu já contente estou: Tenho Jesus!
Com alegria vou: Tenho Jesus!
Gozo que o mundo traz, bem cedo se desfaz:
Tenho perfeita paz, paz em Jesus.

2 Eu posso envelhecer, nunca Jesus!
Eu posso empobrecer, nunca Jesus!
Tudo me suprirá, sempre me valerá,
Nada me faltará, tendo Jesus.

3 Vai tudo aqui findar, menos Jesus!
Quando o Juiz chegar: é meu Jesus!
Bem grato me há de ser quando meu Rei descer.
Certo Ele irá dizer: “Sou teu Jesus!” J.C.B./R.H.

591. Pura, Sim, Mais Pura
1 Pura, sim, mais pura quero a mente ter!
Gozo, sim, mais gozo possa eu conhecer!
Oh! Jesus Bendito, ouve esta oração,
Pois a ti pertence o meu coração.

2 Calmo, sim, mais calmo sempre quero estar.
Firme, sim, mais firme possa eu sempre andar!
Nunca me esmoreça este coração,
Pois em Cristo tenho toda a perfeição.

3 Alto, sim, mais alto que as estrelas vou.
Perto, sim, mais perto de Jesus estou.
Cristo é meu modelo, sempre o seguirei:
Tudo quanto anelo nele encontrarei.  J.G.R.

592. O Lugar de Bênção e Paz
1 Eu estou no lugar onde há bênção e paz,
Onde sinto comigo Jesus.
Aos humildes seu sangue assegura perdão:
Seu Espírito os enche de luz.

Coro
Estou no lugar onde há bênção e paz,
Onde Cristo nos mostra afeição.
Descansai! exulta!! confessai-o!
- PublIcai que nele há salvação.

2 Que alegria estar onde há bênção e paz!
Que riqueza de amor sem igual:
O cansado recebe alimento e vigor:
Para o triste há consolo real!

3 Que ternura estar onde há bênção e paz,
E perdão de inefável valor!
Mas somente os fiéis é que podem contar
Esta graça do bom Salvador.

4 Há louvor sem igual onde há bênção e paz!
E eis que os anjos desejam cantar
Com os homens, em coro, a bendita mercê
De Jesus, que nos veio salvar! S.P.K.

593. Estou Seguro
1 Oh! Jesus, meu Salvador,
Estou seguro em teu amor,
E por ti sou vencedor,
Pois estás comigo! J.I.F.

594. Fé Persistente
1 Almejo a fé que forte é
Diante do terror,
Que, calma, não recuará
Do mundo aterrador.

2 A fé que não me faz queixar
Na dor da correção,
Mas quanto o fogo mais arder,
Mais firma o coração.

3 A fé que sempre brilha mais
No negro furacão,
Que no perigo sente paz,
Audaz na escuridão.

4 Ó Deus, me dá tamanha fé,
Que venha o que vier!
Então na lide provarei
Celestial prazer.  W.H.B./J.H.N.

595. Somente a Ti!
1 Quem tenho, ó Deus, no céu aí
Senão a ti - somente a ti!
E mais ninguém adoro aqui
Além de ti, somente a ti!

2 A Rocha deste coração
És tu, Senhor, e meu quinhão.
Com teu olhar guiar-me-ás
E em glória me receberás. K.L.C.

596. Gratidão
1 Eu te agradeço, Jesus, meu Senhor,
As tuas bênçãos a flux.
Eu me enlevo por teu grande amor
Manifestado na cruz!
Ao lado estou das riquezas dos céus,
Fluídas de tuas mãos.
Quero cantar mil cantares!
- Oferta profunda do meu coração! ;

Coro
Louvemos, pois, o nosso Rei Jesus,
Que por amor morreu na dura cruz!
Só Ele nos dá paz,
Sua graça satisfaz:
Louvemos, pois, o nosso Rei Jesus!

2 Tua bondade é sublime e real,
Eternamente pra mim.
Aceita agora o meu voto leal
Por tua graça sem fim!
Tu nos provês da fartura dos céus,
Com tuas divinas mãos.
Por isto canto mil cantos,
Que jorram de dentro do meu coração!

3 Mui amoroso és, Cristo Jesus,
Desde o Calvário de dor.
Onde abriu-se a fonte da Luz
Que sara o sofredor.
Por gratidão, quero sempre cantar
Louvores de salvação,
Quero cantar mil cantares
Com gozo imenso do meu coração! V.R.S./J.W.P.

597. Graça Dou
1 Graças dou por esta vida: pelo bem que revelou.
Graças dou pelo futuro, e por tudo que passou.
Pelas bênçãos derramadas, pela dor, pela aflição,
Pela graça revelada! - graças dou pelo perdão.

2 Graças pelo azul celeste e por nuvens que há também,
Pelas rosas do caminho, por espinhos que elas têm,
Pela escuridão da noite, pela estrela que brilhou,
Pela prece respondida, pelo sonho que falhou.

3 Pela cruz e o sofrimento e por toda provação,
Pelo amor que é sem medida, pela paz no coração,
Pela lágrima vertida, pelo alivio que é sem par.
Pelo dom da eterna vida, sempre graças hei de dar! A.O.D./J.A.H.

598. Riquezas do Céu
1 Oh! buscai, não as riquezas
Deste mundo de incertezas!
As do Céu não têm tristezas:
Oh! buscai-as, sim, buscai!

2 Oh! buscai. não as loucuras
Que só trazem amarguras.
Mas as eternais venturas:
Oh! buscai-as, sim. buscai!

3 Oh! buscai Jesus primeiro,
Ao real, fiel Cordeiro!
Nele há gozo verdadeiro:
Oh! buscai-o, sim, buscai!

4 Sim, buscai Jesus bendito,
Seu amor é infinito,
Inefável, inaudito:
Oh! buscai-o, sim, buscai!

5 Oh! buscai a santidade,
A pureza, a caridade!
Com temor, com humildade,
Oh! buscai-as! sim, buscai!

6 De Jesus imitadores,
Sede bons trabalhadores!
E buscai os pecadores:
Oh! buscai-os, sim, buscai!

7 Com amor, a convidá-los.
Ide agora procurá-los,
Pois Jesus manda chamá-los:
Oh! buscai-os, sim, buscai! H.M.W./T.C.

599. Herdeiro do Reino
1 Ó tu, herdeiro do reino celeste,
Não, não dormites, o fim vai chegar;
Oh! cinge as armas e põe-te na luta,
Pois a vitória desejas ganhar.

2 Não te detenham prazeres terrenos,
Pois bem depressa terão de passar;
Oh! deixa a vida que ao mundo te prende,
Vem, vem a Cristo que te há de salvar!

3 Eis as potências dispostas à luta;
Sê fervoroso, fiel, bom cristão;
Já no horizonte refulgem as glórias
Oh! nobre herdeiro, prorrompe em canção!  ***

600. Mãos ao Trabalho
1 Mãos ao trabalho, crentes,
Vai já passando o alvor.
Vamos, enquanto temos
Nossa vida em flor!
Vamos, enquanto é dia,
Com força trabalhar:
Eia que em vindo a noite,
Já não há lidar!

2 Mãos ao trabalho, crentes,
Andai, enquanto há luz:
Eia, que, agora é tempo
De servir Jesus!
Ide o vigor da vida
Todos ao bem votar.
Eia, que em vindo a noite,
Já não há lidar!

3 Mãos ao trabalho, crentes,
Breve nos chega o fim.
Firmes, enquanto a morte
Não tocar clarim!
Vamos, irmãos, à obra,
Por Cristo trabalhar:
Eia, que em vindo a noite,
Vamos descansar! A.L.W.C./A.H.S.

601. A Seara está Madura
1 A seara está madura;
Há trabalho pra fazer.
Ouve a voz de Deus chamando
Para à ceifa te trazer!

Coro
Do teu labor o fruto aumenta,
Quando vives sempre a orar.
Terás Justa recompensa,
Se tu fores trabalhar.

2 Bem-aventurado o servo
Que viveu a trabalhar.
Ao fiel o Pai declara:
"No meu gozo vais entrar." F.W.S.

602. Juntos Trabalhamos
1 Juntos trabalhamos pelo nosso Rei;
Frutos mostraremos quando aqui voltar.
Homens maus buscamos para a sua grei,
Pois o nosso Rei também os quer salvar.

2 Mesmo em nossa casa nosso derredor,
Vamos trabalhando pelo Salvador..
Nossa recompensa há de ser maior,
Sendo-lhe fiéis e ao seu supremo amor.

3 Temos a mensagem para proclamar.
Tempos perigosos são os atuais;
Cristo em breve volta, temos que lugar;
Sempre avante, assim - Retroceder, jamais! W.S./J.R.C./D.A.

603. Método de Deus
1 É bom falar com alguém
De Cristo, de Cristo,
É bom falar com alguém
De Cristo.

2 Vai hoje e traze alguém
A Cristo, a Cristo,
Sim, vai e traze alguém
A Cristo.

3 Vai hoje orar por alguém
A Cristo. a Cristo.
Sim, vai orar por alguém
A Cristo.

4 Alguém assim salvarás
Por Cristo, por Cristo.
E grande gozo terás
Em Cristo.  J.J.

604. Senhor, os Mensageiros Teus
1 Senhor, os mensageiros teus
Irão levar por onde for
A luz da graça ao mundo mau,
E a fé no Salvador.

2 Senhor, envia obreiros bons,
De fé, coragem, zelo e amor;
Fiéis a Ti e ao seu dever,
Leais ao Redentor.

3 Senhor, possamos todos nós
Aqui do teu perdão falar;
A quem do mal cativo está,
Até Jesus voltar.  M.C.G.

605. Quero te Servir
1 Quero, Jesus, fazer o teu querer;
Quero servir-te, sim.
Tua palavra sempre obedecer,
Pois tens amado a mim.

Coro
Quero Te servir
Oh! meu Salvador
Quero Te servir,
Pois és o meu Pastor.

2 Nesta jornada sempre confiarei
No teu grandioso amor.
Tua mensagem sempre levarei
Aos que padecem dor.

3 Um dia, aqui, as lutas findarão;
Contigo estarei.
Alegre irei, sim, à feliz Sião,
Com tua santa grei. N.J.L.

606. Triunfo
1 Eu triunfarei pelo sangue de Jesus;
Sim, triunfarei pela sua cruz. H.M.W.

607. Luz após Trevas
1 Luz após trevas, glória após luz,
Ganho após perda, trono após cruz,
Paz após luta, fruto após flor,
Riso após pranto, gozo após dor.

2 Crente após ímpio, justo após réu,
Graça após ira, vista após véu,
Sol após chuva, mel após sal,
Lar após lida, bem após mal.

3 Perto após longe, Cristo após eu,
Vida após tumba, terra após Céu,
Glória, paz, vida, fé, trono e luz
Tudo isso eu tenho, crendo em Jesus. F.R.H./R.G.

608. Se em Teu Caminho
1 Se em teu caminho aqui
A escuridão e as sombras vêm,
E se nenhum fulgor sorri,
Trazendo luz do vasto além,
Terás a luz do Céu.

2 Se em teu viver aqui
Perseguição trouxera dor,
Trouxer o sofrimento a ti,
Oh, sim então, em teu favor
Virás paz do Céu.

3 Mas oh! se o teu sofrer
E a luta atroz findar aqui,
E a paz, enfim, puderes ter.
Quão calmo e bom, quão doce a ti
Serão lar do Céu.  A.R.S.

609. Vitória Deus Dará a Mim
1 Vitória Deus dará a mim, eu sei,
Vitória Deus dará a mim, eu sei.
Se eu andar em plena luz,
Confiar só em Jesus,
Vitória Deus dará a mim, eu sei. ***

610. Fé É a Vitória
1 Fé é a vitória,
Sim, fé sempre tem poder.
Fé é a vitória:
Ao mundo irá vencer. J.H.Y.

611. Cristo, Comandante
1 Sempre avante! manda o General;
Sempre avante! guerra contra o mal!
Firmes, fortes, nunca vacilar!
Pois os seus fiéis irão ganhar. F.A.B.

612. Ó Pai Eterno
1 Ó Pai eterno que no Céu habitas,
Nós, os teus filhos, vimos te pedir
Que nos amparem tuas mãos benditas.
Em nossas lutas hoje e no porvir.

2 Não nos impute nossos vis pecados.
Teus, nós sejamos, sempre mais e mais;
Pois, confiantes, somos vigorados
Em teus paternos braços divinais.

3 Ó Pai, transforma nossa natureza,
Vem ensinar-nos a fazer o bem.
Em nossa mente dá-nos mais pureza,
Mais santidade, por Jesus. Amém K.L.B.

613. Vitória Final
1 Quando chegar ao fim da jornada,
Finda a luta e ao Céu eu for;
Doce será. sim, gozar o repouso
E as boas vindas de Cristo, Senhor.  L.E.C.


614. Terra Feliz
1 Eu avisto uma terra feliz,
Onde irei para sempre morar:
Há mansões nesse lindo país,
Que Jesus foi pra mim preparar.

Coro 1
Vou morar! - vou morar
Nessa terra celeste porvir!
Vou morar! - vou morar!
Nessa terra celeste porvir!

2 Cantarei nesse lindo país
Belos hinos ao meu Salvador.
Pois ali viverei bem feliz,
Sem angústias, tristezas, nem dor.

Coro 2
Vou cantar! - vou cantar
Nessa terra celeste porvir!
Vou cantar! vou cantar
Nessa terra celeste porvir!

3 Deixarei este mundo, afinal,
Para ir a Jesus adorar.
Nessa linda cidade real,
Em venturas sem fim vou estar.

Coro 3
Vou estar! - vou estar
Nessa terra celeste porvir!
Vou estar! - vou estar
Nessa terra celeste porvir! S.F.B./J.P.W.

615. Vou Rumo ao Meu Lar
1 Vou rumo ao meu lar, meu lar celestial;
Vou rumo ao meu lar e a Cristo;
Lá, não mais pesar, tristezas ou dor;
Vou rumo ao meu lar e a Cristo. W.C.

616. Quanto Almejo!
1 Quanto almejo, lar celeste,
Tua glória ver!
Vestes brancas, perenais,
De Deus receber!

2 Quanto almejo junto aos coros
Minha voz erguer!
Com meu Mestre caminhar,
Será meu prazer!

3 Quanto almejo sua volta,
Vê-lo vir em luz,
Para em breve desfrutar
A paz com Jesus!  D.P.A.

617. Quanto Anelo
1 Quanto anelo contemplar a Cristo;
Quanto anelo seu divino rosto ver!
'Stou cansado de andar qual peregrino triste aqui;
Quanto anelo eu a Cristo ter.  ***

618. É Nosso o Lar
1 É nosso lar dos céus, no qual não entra o mal,
Morada, junto ao santo Deus, na glória divinal.

2 mão do amante Pai conduz-nos para o lar:
Bendito lar que sempre foi de Deus o seu lugar.

3 O sangue de Jesus já no-lo assegurou;
A sua morte sobre a cruz, o título firmou.

4 E o bom Consolador, penhor da redenção.
Pra o céu nos leva com amor, paz e satisfação.

5 Consolador sem par aqui será pra nós,
Até ouvirmos nesse lar de Cristo a terna voz.

6 Eternamente, então, folgando no Senhor,
No lar faremos, em canção, soar o seu louvor. R.H.


619. Meu Lar, Jerusalém
1 Feliz Jerusalém, meu lar!
Em ti almejo estar!
Sentir a calma em glória ali,
E teu prazer gozar.

2 Oh! lar feliz de amor e paz!
Jardim sem outro igual!
O teu fulgor de glória e luz,
Jamais o viu mortal.

3 Jesus em breve irá voltar,
E a paz do lar de além
Irá, então, em ti reinar,
Meu lar – Jerusalém J.B.

620. Na Jornada Para Jerusalém
1 Na jornada para o Céu,
Vivo sempre a meditar.
Muito alegre vou cantando
E seguindo pro meu lar.
Muito alegre vou cantando
E seguindo pro meu lar.

Coro
Sei que é certa a vitória,
Que Jesus me garantiu:
Eu vou chegar à Glória (bis)
Que o mortal inda não viu.

2 Caminhando com Jesus,
Meu prazer sempre aumentou:
Revelou-me o amor da cruz,
Que meus crimes perdoou
Revelou-me o amor da cruz,
Que meus crimes perdoou.

3 Um clarão da luz do Céu
Minha alma iluminou
Então vi o abismo eterno
Do qual Deus já me salvou.
Então vi o abismo eterno
Do qual Deus já me salvou.

4 Nesta senda gloriosa,
Me ajude o meu Rei:
Tenho paz, e mui ditosa,
E mais paz no Céu terei.
Tenho paz, e mui ditosa.
E mais paz no Céu terei. J.P.C.

621. Juntos, no Céu
1 Iremos juntos viver no Céu;
Felizes vamos ser.
Felizes lá no Céu,
Iremos juntos viver no Céu:
Jesus e eu!  ***

622. Tão Grato me é Lembrar
1 Tão grato me é lembrar
Que cada dia estou
Mais perto do celeste lar,
Em que morar eu vou!

Coro
Cada vez mais perto do lar,
Perto do meu eterno lar,
Em que morar eu vou.

2 Em breve vou partir
Pra onde não há dor.
Delícias no céu vou fruir
Naquele lar de amor.

3 O Mestre, que leal
Eu seja sempre aqui!
Pois quero junto aos salvos mil
Contigo estar ai.  P.C.

623. Oh, Sim, Bem Sei
1 Oh, sim, bem sei que o Redentor
Nos altos céus está;
Que vê-lo-ei ao regressar,
E a vida me dará.

2 À plena luz dos olhos meus
Verei o Salvador;
Em carne, sim, verei a Deus,
Na paz do céu de amor.

3 Oh, sim, bem sei, bem certo estou
Que vive, além, meu Rei;
E pelo seu eterno amor,
Com Ele viverei.  H.I.D.

624. Anseio um Lugar de Amor
1 Anseio a paz, um lugar de amor!
Saudoso estou deste lar feliz;
Subir em vestes de fulgor
Ao sempiterno, bom pais.

2 Jamais virão os pecados vis
A penetrar nos portais de luz;
Será no centro do pais
O trono eterno de Jesus.

3 Ali fruir infindáveis paz,
Ali viver são os sonhos meus;
E o doce enlevo que me traz,
Real se torne, queira Deus!  J.G.W


625. Glória Indizível
1 Tenho lido da bela cidade
Situada no Reino de Deus,
Amurada de jaspe luzente,
E juncada com áureos troféus.
Bem no meio da praça eis o rio
Da vida e vigor eternal;
Mas metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal.

Coro
Jamais se contou ao mortal!
Jamais se contou ao mortal!
Metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal!

2 Tenho lido dos belos palácios,
Que Jesus foi no Céu preparar,
Onde os santos fiéis, para sempre,
Mui felizes irão habitar;
Nem tristeza, nem dor, nem velhice
Veremos no lar paternal;
Mas metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal.

3 Tenho lido das vestes brilhantes,
Das coroas que os crentes terão,
Quando o Pai os chamar proclamando:
- “Recebei eternal galardão!”
Tenho lido que os santos na glória
Tem gozo e prazer perenal.
Mas metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal.

4 Tenho lido da história bendita
De Jesus, o fiel Redentor,
Que por nós padeceu no Calvário
E recebe ao mais vil pecador.
Tenho lido do sangue vertido
Que a todos redime do mal;
Mas metade da glória celeste
Jamais se contou ao mortal. J.B.A./O.F.P.

626. Tríplice Amém
1 Amém, Amém, Amém! M.L.Y.

627. Finda-se Minha Prisão
1 Lá, eu verei meu Salvador,
Coros de anjos quero ouvir;
Junto também hei de cantar
Que meu Jesus me quis remir.  F.J.C.

628. Além do céu Azul
1 Além do céu azul,
Foi Jesus preparar
Um lar pra dar a quem
A vitória alcançar.
Por Ele consegui
A vida do porvir,
Com fé no meu Senhor Jesus.

2 Bem sei que eu de mim
Nada tenho pra dar
Mas sei que meu Jesus
Já me veio salvar.
Por Ele livre estou,
Seguindo a Ele vou,
Até seu rosto ver além.  A.B.S.

629. Conversaremos Ali no Céu
1 Conversaremos ali no Céu,
Conversaremos: Jesus e eu.
Dirá o porquê do meu sofrer.
Naquele dia eu entenderei. I.S.

630. Não Há Separação na Glória
1 Não há separação na glória;
Na alvorada, nas alturas.
Não há separação na glória,
Quando estivermos lá no Céu!  J.R.R.

631. Neste Lugar
1 Eis plantada neste dia,
Qual semente singular,
Esta pedra - que alegria
Faz o povo aqui cantar!

Coro
Ouvi, oh! Terra e toda gente,
O louvor, a gratidão
A Jesus e ao Pai somente
Pelas almas que virão!

2 Tantas vidas tão vazias
Ou repletas de aflição,
Neste templo, novos dias
No Senhor desfrutarão!

3 Quantos jovens sem futuro
A esta Casa hão de chegar
-E desfeito o negro muro
Paz e amor vão respirar!

4 Mães e esposas suspirosas
A clamar, aqui virão;
Logo após. vitoriosas,
Glória e glória ao Rei darão!

5 Muitos seres quebrantados,
Nesta Casa de Oração,
Pelo Espírito visitados,
“Aleluia!” exclamarão.  J.O.

632. Mais um Templo
1 Hoje, inaugura-se aqui, santo Deus,
Mais um padrão de teu amor:
Um novo templo, fanal para os céus,
Causa de mais louvor!

Coro
Glória a Deus! - glória a Deus
Cantem os filhos teus!
Glória a Deus! - glória a Deus!
Glória nos altos céus!

2 Casa de cultos e fonte de luz,
Onde, Senhor, dás salvação
Pelo Evangelho que trouxe Jesus,
Com tanta compaixão!

3 Marco sublime da proclamação
Do teu amor - do teu querer:
Os pecadores aqui ouvirão
Qual é o seu dever.

4 Seja esta casa lugar de oração,
Habitação tua, oh! Deus!
E porta do Céu, lugar de perdão,
Vida de paz nos céus!  M.A.S.

633. Meu Brasil
1 Meu Brasil, nação gigante e mui sublime,
Creio ver-te muito breve bem maior,
Combatendo a iniqüidade, o vicio, o crime,
Redimido aos pés de Cristo, o Salvador.

Coro
Meu Brasil! - meu Brasil!
Abre o largo peito e deixa a luz raiar!
Meu Brasil! - meu Brasil!
O Evangelho de Jesus te quer salvar!

2 Debelar a escuridão minh'alma anseia
Do teu meio, onde o Evangelho prega a paz.
Espalhando livros santos a mancheia,
A vitória, meu Brasil, alcançarás.

3 Não te peço, meu Senhor, poder, riqueza,
Nem as glórias que oferece o mundo vil:
Dá que eu possa ver fulgindo de beleza,
Na coroa de Jesus - o meu Brasil. A.M.

634. Oração pela Pátria
1 Minha Pátria para Cristo!
- Eis a minha petição.
- Minha Pátria tão querida,
Eu te dei meu coração.
Lar prezado, lar formoso,
É por ti o meu amor.
Que o meu Deus de excelsa graça
Te dispense seu favor!

Coro
Salve Deus a minha Pátria,
Minha Pátria varonil!
Salve Deus a minha terra,
Esta terra do Brasil!

2 Quero, pois, com alegria,
Ver feliz a mãe gentil,
Por vencer o Evangelho
Nesta terra do Brasil.
Brava gente brasileira.
Longe vá temor servil;
Ou ficar a Pátria salva,
Ou morrer pelo Brasil.  W.E.E.

635. Eis o Brasil em Tuas Mãos
1 Ó nosso Rei e Redentor,
Vem atender-nos a oração;
Sê o supremo Protetor,
Eis o Brasil em tua mão.

2 Dá compreensão e bênçãos mil
Aos que dirigem a nação;
Põe neles zelo mais febril
Por tua Lei e retidão.

3 Pai, quando, enfim, voltar Jesus,
Vier para dar-nos galardão,
Com os remidos lá na luz,
Dá ao Brasil a salvação. D.P.A.

636. Por nossa Pátria Oramos
1 Por nossa Pátria oramos
A ti, supremo Deus!
Por nosso lar clamamos
A ti, ó Rei dos céus!
Bendize a vida pastoril,
Governa o brio senhoril,
Modera a lida mercantil!
- Deus salve a Pátria!

2 Da Pátria, que nos deste,
Desvie tua mão
Desgraças, fome e peste,
Perfídia e sedição!
Sustenta a ordem nacional,
O bom governo imparcial,
E dá-nos graça divinal!
- Deus salve a Pátria!

3 Dá-nos real civismo,
Fiel, constante, audaz!
Promove o cristianismo
Do Príncipe da paz!
Da Pátria afasta crenças vás,
Derrama bênçãos temporãs!
Dominem só. doutrinas sãs!
- Deus salve a Pátria!

4 A tua Igreja inflama
Com zelo e terno amor,
E seja o seu programa
Cumprido com vigor!
Então, os salvos de Jesus,
Lutando firmes pela Cruz,
Difundirão de Cristo a luz
Por toda a Pátria! Amém. J.G.R.(J.B.)

637. Hino à Bandeira Nacional
1 Salve lindo pendão da esperança!
Salve, símbolo augusto da paz!
Tua nobre presença à lembrança
A grandeza da Pátria nos traz.

Coro
Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

2 Em teu seio formoso retratas
Este céu de puríssimo azul,
A verdura sem-par destas matas,
E o esplendor do Cruzeiro do Sul.

3 Contemplando teu vulto sagrado,
Compreendemos o nosso dever,
E o Brasil. por seus filhos amado,
Poderoso e feliz há de ser.

4 Sobre a imensa nação brasileira,
Nos momentos de festa ou de dor,
Paira sempre, sagrada bandeira,
Pavilhão da justiça e do amor! O.B./A.F.B.


638. Hino Nacional Brasileiro
1 Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.
Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó liberdade,
Desafia o nosso peito á própria morte!
O Pátria amada, idolatrada, salve! salve!
Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.
Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido, colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.

Coro
Terra adorada, entre outras mil és tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada, Brasil!

2 Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!
Do que a terra mais garrida
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores,
“Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida”, no teu seio, “mais amores”.
Ó Pátria amada, idolatrada, salve! salve!
Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde louro desta flâmula:
“Paz no futuro e glória no passado".
Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.  J.O.D.E./F.M.S.

639. Hino da Independência
1 Já podeis da Pátria filhos
Ver contente a mãe gentil,
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil!
Já raiou a liberdade
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil.

Coro
Brava gente brasileira
Longe vá temor servil
Ou ficar a Pátria livre
Ou morrer pelo Brasil
Ou ficar a Pátria livre
Ou morrer pelo Brasil

2 Mal soou na serra ao longe
Nosso grito varonil;
Nos imensos ombros, logo,
A cabeça ergue o Brasil!
Nos imensos ombros, logo,
Nos imensos ombros, logo,
A cabeça ergue o Brasil.

3 Os grilhões que nos forjava
Da perfídia astuto ardil
Houve mão mais poderosa
Zombou deles o Brasil.
Houve mão mais poderosa
Houve mão mais poderosa
Zombou deles o Brasil!

4 Parabéns, ó brasileiros
Já com garbo juvenil
Do Universo entre as nações
Resplandece a do Brasil.
Do Universo entre as nações
Do Universo entre as nações
Resplandece a do Brasil. E.V./D.P.I.

640. Hino da Proclamação da República do Brasil
1 Seja um pálio de luz desdobrado
Sob a larga amplidão destes céus
Este canto rebel, que o passado
Vem remir dos mais torpes labéus!
Seja um hino de glória que fale
De esperanças de um novo porvir!
Com visões de triunfos embale
Quem por ele lutando surgir!

Coro
Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz!

2 Nós nem cremos que escravos outrora
Tenha havido em tão nobre pais...
Hoje, o rubro lampejo da Aurora
Acha irmãos, não tiranos hostis.
Somos todos iguais! Ao futuro
Saberemos, unidos, levar
Nosso augusto estandarte que, puro,
Brilha, ovante, da Pátria no altar!

3 Se é mister que de pertos valentes
Haja sangue no nosso pendão,
Sangue vivo do herói Tiradentes
Batizou este audaz pavilhão!
Mensageiros da paz, paz queremos,
E de amor nossa força e poder,
Mas da guerra nos transes supramos
Heis de ver-nos lutar e vencer!

4 Do Ipiranga é preciso que o brado
Seja um grito soberbo de fé!
O Brasil já surgiu libertado,
Sobre as púrpuras régias de pé!
Eia, pois, brasileiros, avante!
Verdes louros colhamos louçãos!
Seja o nosso pais, triunfante,
Livre terra de livres irmãos!  J.J.C.C.M.A/L.A.M.

 

Contato

Tiago Sampaio

TIAGOSAMPAIO07@GMAIL.COM

RUA:PIRINEUS N:149-B
MONDUBIM
FORTALEZA-CEARÁ

(85)-8568-0146

Pesquisar no site

I. A PERSONALIDADE DO ESPÍRITO SANTO
"Ao atribuir personalidade ao Espírito pensamos que Ele não é uma energia impessoal, uma abstração, uma influencia, ou emanação. Ele é uma inteligência auto-cônscia, autodeterminada, voluntária, sensiente. Pode-se dizer que a personalidade existe onde se encontrem unidas numa combinação singular inteligência, emoção a volição, ou senso comum e autodeterminação" (Bancroft, Elemental Theology).
Que o Espírito é uma pessoa, está provado:
1. A MENÇÃO DELE JUNTAMENTE COM OUTROS MEMBROS DA TRINDADE.
Mateus 28:19; 2 Coríntios 13:14
2. SUA ASSOCIAÇÃO COM OUTRAS PESSOAS EM PARENTESCO PESSOAL.
Atos 15:28
3. A ATRIBUIÇÃO A ELE DE EMOÇÃO E VOLIÇÃO.
1 Coríntios 12:11; Efésios 4:30
4. ATRIBUIÇÃO A ELE DE ATOS PESSOAIS.
(1) Ele sonda as coisas profundas de Deus.
1 Coríntios 2:10
(2) Ele fala.
Mat 10:20; Atos 10:19,20; 13:2; Apocalipse 2:7. Vide também passagens sob a inspiração em que se diz que o Espírito falou pelos profetas e outros escritores da Escritura.
(3) Ele ensina.
Lucas 12:12; João 14:26; 1 Coríntios 2:13
(4) Ele conduz e guia.
João 16:13; Romanos 8:14
(5) Ele intercede.
Romanos 8:26
(6) Ele dispensa dons.
1 Coríntios 12:7-11
(7) Ele chama homens para o serviço.
Atos 13:2; 20:28
5. A REPRESENTAÇÃO DELE COMO SENDO AFETADO COMO UMA PESSOA PELOS ATOS DE OUTREM.
(1) Ele pode ser rebelado contra, incomodado e entristecido.
Isaías 63:10; Efésios 4:30
(2) Ele pode ser blasfemado.
Mateus 12:31
(3) Ele pode ser mentido (enganado).
Atos 5:3
6. O USO DO PRONOME MASCULINO EM REFERENCIA A ELE.
Em João 16:13, só o pronome masculino se aplica ao Espírito sete vezes. É isto muito significativo desde que a palavra grega correspondente a "espírito" (pneuma) é neutra. Vemos assim que a idéia da personalidade do Espírito é tão forte que na passagem supra ela tem precedência sobre a ordem gramatical. Em Romanos 8:16,26, numa construção mais próxima, prevalece a ordem gramatical, mas isto não anula a significação de na outra passagem arredar-se a ordem gramatical.
7. A APLICAÇÃO DO NOME MASCULINO "PARAKLETOS" AO ESPÍRITO.
"O nome "parakletos"... não pode ... ser traduzido por "conforto", ou ser tomado como nome de qualquer influencia abstrata. O Confortador, Instrutor, Protetor, Guia, Advogado, que este termo traz perante nós, deve ser uma pessoa" (Strong, Systematic Theology).
"Parakletos" é a palavra grega para "Consolador" em João 14:26; 15:26; 16:7.
II. A RELAÇÃO DE PENTECOSTES COM O ESPÍRITO SANTO
1. ESPÍRITO SANTO JÁ EXISTIA ANTES DO PENTECOSTES.
Gênesis 1:2; Neemias 9:20; Salmos 51:11; Isaías 63:10; 2 Pedro 1:21. Temos visto que o Espírito Santo, como um membro da Trindade, é co-eterno com o Pai.
2. ELE TEVE ACESSO À TERRA E OPEROU NO HOMEM ANTES DO PENTECOSTES.
Vide todas as passagens imediatamente antes que seguem a primeira passagem.
3. ELE VEIO NO DIA DE PENTECOSTES NUMA CAPACIDADE ESPECIAL.
Isto explica os significados da promessa de Cristo de mandar o Espírito. Esta capacidade especial foi:
(1) Talvez como o antítipo da Shequína.
Números 9:15-22; 2 Crônicas 7:1-3. A Shequína, no caso de tabernáculo, foi para liderança e, no caso do templo foi um símbolo de propriedade e possessão. A vinda do Espírito Santo no Pentecostes significou ambas as coisas à igreja.
(2) Em cumprimento de profecia e promessa.
Joel 2:28; Mateus 3:11. Não sustentamos, todavia, que o dia de Pentecostes marcou o cumprimento completo e ultimado da profecia de Joel. Este dia viu somente um cumprimento parcial e espiritual dessa profecia. Efetivamente, as palavras de Pedro precisam ser entendidas como significando não mais além que a coisa ora testemunhada nesse dia era a mesma em espécie como aquela da qual Joel predissera. O cumprimento literal, ultimado e completo de Joel 2:28-32 virá com a conversão da nação judaica na segunda vinda de Cristo. Vide Zacarias 12:9-11; 13:8,9; Romanos 11:26.
(3) Autorizar a igreja.
Atos 1:4,8
(4) Como o consolador residente e mestre dos crentes.
João 14:16,17; 1 João 2:20,27. Antes do Pentecostes, como indicado supra, o Espírito Santo teve acesso à terra, mas Ele veio e foi; não morou nos crentes constantemente. Durante a dispensação do Velho Testamento o Espírito Santo veio até mesmo sobre ímpios, tais como Balaão e o rei Saul. E Ele inspirou os escritores da Escritura. Também regenerou homens; mas uma união inseparável entre a alma do crente e o Espírito Santo não se formou então como acontece agora sob a presente dispensação. É a esta união indissolúvel entre a alma do crente e o Espírito Santo que o escritor aos Hebreus se refere quando ele fala de escrever a Lei de Deus no coração do crente. Vide Hebreus 8:10. O fato de o Espírito Santo não morar constante e inseparavelmente nos crentes antes do Pentecostes explica porque Davi orou: "Não tires o Teu Espírito Santo de mim" (Salmos 51:11). O pecado podia então afugentá-lo do peito, porquanto o Seu presente era transiente. Mas, não assim agora, como mais tarde veremos mais claramente; e essa oração é totalmente inadequada ao crente nesta dispensação.
(5) Para convencer o mundo do pecado, da justiça e do juízo.
João 16:8-11. Sustentamos esta passagem como se referindo primariamente a uma obra indireta do Espírito, porque a diferença entre a obra direta e indireta do Espírito é para se ver mais tarde sob o exame do Seu trabalho nos perdidos.
4. SUA VINDA NO PENTECOSTES FOI DISPENSACIONAL E FINAL.
Não há absolutamente nada que justifique a crença que o Pentecostes é para repetir-se na experiência de cada crente. Ele veio em cumprimento de profecia e promessa definitas e particulares, marcou o princípio de uma dispensação especial do Espírito. O pentecostalismo é disparate dos mais absurdos. Podia alguém com a mesma razão falar de uma repetição da ressurreição e ascensão de Cristo como de uma repetição do Pentecostes, que nunca se repetiu e nunca se repetirá. A ocorrência na casa de Cornélio foi meramente suplementada ao Pentecostes (Atos 10:44-47) e aconteceu para que Pedro pudesse saber que os crentes gentios foram recebidos por Deus no mesmo nível como os crentes judeus.
5. DESDE O PENTECOSTES O ESPÍRITO SANTO ENTRA EM TODO O CRENTE NA CONVERSÃO E JAMAIS PARTE.
João 7:38,39; Atos 10:1; Romanos 8:9; Gálatas 3:2; 4:6; Efésios 1:13; 4:30; Judas 19. É loucura o crente orar pelo Espírito Santo, ainda que possa orar pelo Seu poder e plenitude. Tão pouco precisa o crente orar para que Deus não lhe tire o Espírito Santo; porque, ainda que o crente possa entristecer e apagar o Espírito (1 Tessalonicenses 5:19) - recusar Seus impulsos, o crente, não obstante, está permanentemente selado pela presença do Espírito (Efésios 1:13; 4:30).
6. O CRENTE, PORTANTO, NÃO DEVERÁ BUSCAR NEM A PRESENÇA NEM O BATISMO DO ESPÍRITO, MAS SUA PLENITUDE.
Efésios 5:18. Mostramos que cada crente tem o Espírito. Agora só resta ser observado que não há na Escritura garantia para afirmar-se um batismo do Espírito hoje tanto na regeneração como depois dela. A Escritura está calada sobre a noção de um batismo do Espírito para este tempo. A passagem costumeiramente referida para substanciar um batismo do Espírito na regeneração refere-se ao batismo na água. Vide seu exame sob batismo na água.
O crente tem tudo do Espírito Santo, mas o Espírito comumente não tem tudo do crente. Sua presença é expansiva: Ele enche tanto do crente do que estiver vazio de egoísmo e pecado. Assim, a exortação para encher-se do Espírito é uma exortação de completa rendição a Ele. Quanto mais Ele nos enche, maior será a manifestação do Seu poder em nossas vidas (Atos 6:3-5; 11:24).
III. A OBRA DO ESPÍRITO SANTO
1. SUA OBRA EM GERAL.
(1) Ele foi o agente de Deus na criação.
Gênesis 1:2
(2) Ele inspirou os escritores da Escritura.
2 Pedro 1:21. Vide outras passagens sob a discussão da inspiração verbal.
(3) Ele é, em geral, o agente de Deus em todas as obras de Deus.
Jó 33:4; Salmos 104:29,30; Isaías 40:7; Lucas 1:35; Atos 10:38.
2. SUA OBRA NOS PERDIDOS.
(1) Sua obra indireta nos perdidos.
Por obra indireta do Espírito nos perdidos queremos dizer tal obra como a que Ele executa mediatamente através da Palavra e não imediatamente por impacto pessoal sobre a alma. Qualquer obra produzida pela Palavra é uma obra do Espírito, porquanto Ele é o autor da Palavra. Está isto provado em Atos 7:51,52, onde resistência à palavra falada pelos profetas é dita como resistindo ao Espírito Santo.
Na obra indireta do Espírito nos perdidos Ele:
A. Luta com Eles.
Gênesis 6:3. Esta luta se faz por meio de homens, tais como Enoque e Noé, na pregação da Palavra.
B. Ele os convence do pecado, da justiça e do juízo.
João 16:8-11. A presença e as operações do Espírito no mundo, como um que veio tomar o lugar e levar adiante a obra de um rejeitado e crucificado Cristo, constitue um convencimento potencial do pecado. Tivesse Cristo sido um impostor, Sua promessa do Espírito não se teria cumprido. É como se a alma (espírito) de um homem voltasse a rondar seus assassinos e prosseguir a obra que eles tão vãmente tentaram acabar. Tal tenderia a convencer os assassinos de sua culpa e testemunhar da justiça do homem que mataram. Assim é com o Espírito Santo: O Espírito de Cristo (Romanos 8:9; Gálatas 4:6). E assim é que o Espírito Santo dá prova da justiça de Cristo, por manifestar que Ele foi para o Pai e por manifestar que Ele assim se vê ter triunfado sobre Satanás, o qual buscou por todos os meios impedir o propósito de Deus por meio de Cristo. Por este meio Ele convence os homens do pecado de rejeitarem a Cristo e da certeza do juízo a todos que permanecem ligados ao Diabo, porque Satanás já está julgado (João 12:31). "Este juízo de Satanás foi alcançado na Cruz e Satanás foi feito potencialmente impotente" (Bancroft).
Note-se que o Espírito Santo, na Sua obra de convencer ou convicção, "convicta, não primariamente do pecado de transgressão, mas do pecado de incredulidade, - do pecado, porque não crêem em mim?. Atos 2:36-37. Como todo pecado tem sua raiz na incredulidade, assim a forma mais agravada de incredulidade é a rejeição de Cristo. O Espírito, contudo, ao prender esta verdade sobre a consciência, não extingue, mas, pelo contrário, consuma e intensifica o senso de todos os demais pecados." (Bancroft, Elemental Theology).
Chamamos especial atenção para esta última sentença acima. Muitos entenderiam que a incredulidade é o único pecado danoso. Muitos mesmo diriam que isto é tudo por que os homens sofrerão no inferno. Semelhante noção está abundantemente contraditada pela Bíblia. Vide Romanos 2:5,6; 7:7-11; Gálatas 3:10,24; 1 João 3:4; Apocalipse 20:12. O Espírito não convence meramente do pecado de incredulidade, mas do pecado por causa da incredulidade. Isto é, Ele mostra aos homens sua condição pecaminosa por fazê-los ver que estão rejeitando ao Cristo de Deus, mostrando assim rebelião contra Deus. A incredulidade é o principal sintoma da doença do pecado, cuja essência é a anarquia.
A obra indireta do Espírito não só pode ser resistida, mas é resistida constantemente pelos pecadores. Os pecadores nada mais fazem que resistir ao Espírito até que o Espírito, por impacto direto e pessoal sobre a alma, vivifica o pecador cadáver á vista. Isto, como já indicado, explica Atos 7:51,52.
(2). Sua obra direta nos perdidos.
Referimo-nos aqui à regeneração. A regeneração é instantânea. Não pode ser doutra maneira, por não ser possível um homem estar em parte vivo e em parte morto sob um ponto de vista espiritual. É por essa razão que colocamos a convicção antes da regeneração. Os pecadores evidenciam vários graus de convicção através de períodos de extensão variável. É só no momento de regeneração, sem duvida, que a convicção alcança a intensidade mais elevada. A obra indireta do Espírito na convicção é trazida a cumprimento instantâneo no momento em que a alma cadáver é vivificada à vida. Mas a convicção existe antes da vivificação. Vide Paulo na sua experiência, Atos 26:14. Vide também e compare Atos 2:37. Notai que na parábola dos ossos secos no vale (Ezequiel 37:1-10) houve um efeito produzido pela pregação antes de Espírito (simbolizado pelo fôlego) vir sobre eles. Isto ilustra a obra indireta do Espírito na convicção antes da vivificação.
A obra direta do Espírito na regeneração é irresistível. Não quer isto dizer que o Espírito viole a vontade: Ele simplesmente opera posto-vontade. A regeneração tem lugar na "região da alma sob senso comum" (Strong). É o meio pelo qual nossas vontades se conformam à de Deus rigorosamente segundo as leis da vontade e sua ação. Vide o capítulo sobre a livre agencia do homem. A regeneração é irresistível porque é uma obra de Deus e não depende da vontade de homens (João 1:12,13). É na regeneração que Deus habilita os homens a virem a Cristo (João 6:65). É assim que ele entrega os seus eleitos a Cristo (João 6:37). A regeneração é a atração a que se refere em João 6:44,45, na sua consumação. O homem nada pode fazer agradável a Deus enquanto estiver espiritualmente morto, estando na carne (Romanos 8:7,8). Mas, quando vivificado à vida, ele está certo de agir em harmonia geral com a vontade de Deus (1 João 5:4; 3:9). Assim a regeneração é necessariamente irresistível.
3. SUA OBRA NOS SALVOS.
Já vimos que o Espírito habita em todo o crente. Esta moradia é para a realização de uma obra nos crentes. A obra consiste de:
(1) Dar garantia de salvação.
Romanos 8:16; 2 Coríntios 1:22; Efésios 1:14. O Espírito não só testemunha aos crentes da filiação atual, mas da garantia de salvação final. É neste ultimo sentido que a obra do Espírito é um "penhor", que quer dizer "hipoteca, uma parte do preço de compra adiantada como garantia de que a transação será completada". A presença do Espírito em nossos corações proporciona-nos uma prelibação do céu e é uma garantia de recebermos a herança "incorruptível e impoluta, que não fenece, reservada no céu" para nos "que somos guardados pelo poder de Deus para a salvação, já prestes para se revelar no ultimo tempo" (1 Pedro 1:4,5).
(2) Confortando, ensinando e iluminando.
João 16:7; 1 Coríntios 2:9-12; Efésios 1:17; 1 João 2:20,27.
(3) Liderando em obediência e serviço.
Romanos 8:14; Gálatas 5:16; Atos 8:27,28.
(4) Chamando para serviço especial.
Atos 13:2,4. "O Espírito Santo não só dirige o teor geral da vida cristã, mas chama homens para trabalhos especiais, tais como missões, o ministério, ensino, etc."
"Esta passagem não nos conta como o Espírito chama homens, presumivelmente porque Ele não chama sempre homens do mesmo modo. Cabe-nos a nós estarmos prontos a ser chamado, desejá-lo e então esperar que o Espírito Santo nos chame. Ele não chama a todos para o trabalho missionário estrangeiro, ainda que todo cristão devera estar pronto a responder a esse chamado. Ele chama, contudo, todo cristão para algum campo de serviço e o conduzirá, se ceder, a esse campo especifico" (Bancroft).
(5) Distribuindo dons espirituais.
1 Coríntios 12:4-11. Notai que "a manifestação do Espírito é dada a todo o homem (Isto é, todo o homem salvo) para o que for útil" (1 Coríntios 12:7). Nenhum homem salvo pode dizer verdadeiramente, portanto, que está falto de habilidade espiritual no serviço do Senhor.
(6) Fortificando no serviço.
Atos 1:8; 1 Coríntios 2:4; 1 Tessalonicenses 1:5.
(7) Fazendo frutífero.
Gálatas 5:22-25.
(8) Ditando oração e intercedendo.
Romanos 8:26,27; Gálatas 4:6.
(9) Movendo a adorar.
Filipenses 3:3. Foi dito: "Em nossas orações somos tomados com as nossas necessidades, em nossas ações de graça somos tomados com as nossas bênçãos, mas em nossa adoração somos tomados com Deus mesmo".
(10) Finalmente, vivificando o corpo do crente.
Romanos 8:11-23.

DEZ PASSOS PARA UM EVANGELISMO PESSOAL EFICIENTE


PARTE I – Conhecer a Palavra de Deus
Como pode uma pessoa falar a respeito do que não conhece?
Como contra argumentar uma tese sem base para isso? Para que você possa falar de alguma coisa para alguém é necessário que antes você saiba um mínimo possível a respeito do que irá falar.
Pode um professor dar aula sem conhecer o assunto? II Tm. 2:15 Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.
II Tm. 3:16 Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; 17 para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra

PARTE II – Confiar na Palavra de Deus
É questão de ética que todo e qualquer homem defenda as questões nas quais acredita.
Não posso anunciar uma coisa na qual eu não acredito. Não posso dizer que Deus fará determinado milagre se não creio que Ele realmente pode fazer.
Só devo anunciar a mensagem de salvação de Cristo se realmente acredito que Ele a tem. Is. 55: 11 assim será a palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.

PARTE III – Obedecer a Palavra de Deus
Já vimos que é necessário conhecer e confiar na Palavra de Deus, porém o mais importante é obedecer a Palavra de Deus.
Na epistola de Tiago 1: 22 diz: “E sede [cumpridores] da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.”
É claro para nós que devemos obedecer aos mandamentos de Deus, cabe a nós assim fazer-mos. Josué 1: 8 Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.

PARTE IV – Perseverar em plantar
A perseverança deve ser uma marca em todo crente. Mateus 24:13 diz que aquele que perseverar até o fim será salvo.
Cristo disse na parábola dos dois servos (Mateus 24:46) que bem aventurado é aquele que for encontrado trabalhando quando Ele voltar.
Ec. 11: 4 “Quem observa o vento, não semeará, e o que atenta para as nuvens não segará. 5 Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da que está grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas. 6 Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retenhas a tua mão; pois tu não sabes qual das duas prosperará, se esta, se aquela, ou se ambas serão, igualmente boas”.

PARTE V – Ter fé
Não podemos fazer nada sem Ter fé.
Hebreus 10:38 diz que o justo viverá da fé, Hebreus 11:6 diz que sem fé é impossível agradar a Deus.
Somos justificados pela graça de Deus e pela redenção em Cristo Jesus (Romanos 3:24), portanto devemos viver pela fé.
Quando evangelizamos é porque queremos agradar a deus, só que sem fé é impossível agradar a Deus. Hebreus 11:1 diz que a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.
Se evangelizamos com a esperança de ver uma mais alma entrar no Reino de Deus, devemos colocar a fé como nosso fundamento. E pela fé podemos ver a nossa esperança se tornar em realidade.

PARTE VI – Orar
I Ts. 5:17 diz que devemos orar sem cessar.
Há quem diga que “evangelismo é falar mais com Deus a respeito dos homens do com os homens a respeito de Deus”.
Sabemos que a oração é uma de nossas armas contra o diabo, e evangelismo é luta espiritual, Deus quer e o diabo não. Devemos pegar essa arma e usá-la, se quisermos vencer.
Temos como exemplo os apóstolos. Eles se reuniam todos os dias para orar. Atos 1: 14 Todos estes perseveravam unanimemente em oração, com as mulheres, e Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele.

PARTE VII – Ser cheio do Espírito Santo
É sabido de todos nós que devemos andar de acordo com o Espirito Santo.
A primeira obra evangelística da igreja Primitiva está em Atos 2:14-47, isso foi logo após a descida do Espirito Santo no dia de Pentecostes.
De acordo com Atos 1:8 é o poder do Espirito santo que nos faz pregar da maneira que Deus quer Atos 1: 8 Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

PARTE VIII – Se purificar
A purificação sempre foi exigida por Deus, desde o Antigo Testamento, aonde era ordenado que o sacerdote se purifica-se antes de entrar na presença de Deus.
Em Levitico 11:44 Deus diz que devemos ser santos porque Ele é Santo. II Tim. 2: 21 Se, pois, alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e útil ao Senhor, preparado para toda boa obra.

PARTE IX – Pregar
No livro de Atos podemos observar que antes de qualquer conversão havia uma pregação (discurso – ex.: Atos 2:14-47).
Cristo disse em Lucas 19:40 que se nós nos calarmos as pedras clamarão. Não podemos cessar de pregar as Boas Novas de Cristo.
Se não pregarmos como as pessoas podem conhecer a Deus? Romanos 10: 14 Como pois invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram falar? e como ouvirão, se não há quem pregue?

PARTE X – Persuadir
É comum vermos as pessoas falarem que devemos insistir uma pessoa a se converter, isso é verdade, porém não quer dizer que não devemos tentar convencê-las.
Persuadir significa levar alguém a crer. Persuadir é você conversar com essa pessoa com o objetivo de convencê-la a aceitar o que você diz.
Em Atos 13:43 o apóstolo Paulo exortava, ou seja, persuadia, Judeus e prosélitos a perseverarem na Graça de Deus, ou seja, o Evangelho de Cristo. Em Atos 18:4 a Bíblia diz que Paulo discutia todos os sábados na sinagoga, e persuadia a judeus e gregos.
Paulo chegava ao ponto de discutir para convencer as pessoas, há ainda versões que trazem disputar no lugar de discutir. Paulo verdadeiramente tomou o evangelismo como uma luta para si.
Paulo chegou a evangelizar o rei Agripa e foi ousado a ponto de dizê-lo que queria que todos se tornassem Cristãos como ele era (Atos 26:27-29). Atos 13: 43 E, despedida a sinagoga, muitos judeus e prosélitos devotos seguiram a Paulo e Barnabé, os quais, falando-lhes, os exortavam a perseverarem na graça de Deus.
Atos 18: 4 Ele discutia todos os sábados na sinagoga, e persuadia a judeus e gregos. Atos 26: 27 Crês tu nos profetas, ó rei Agripa? Sei que crês.28 Disse Agripa a Paulo: Por pouco me persuades a fazer-me cristão.29 Respondeu Paulo: Prouvera a Deus que, ou por pouco ou por muito, não somente tu, mas também todos quantos hoje me ouvem, se tornassem tais qual eu sou, menos estas cadeias.

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons J McSporran, Elephas_a  Obrigado por Visitar o Meu Site

Crie um site grátis

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!